Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'

on

  • 1,340 views

Palestra realizada dia 08/07/2011 na trila ALM do TDC2011 em São Paulo....

Palestra realizada dia 08/07/2011 na trila ALM do TDC2011 em São Paulo.

Os slides são apenas um guia para a palestra. Quem sabe um dia eu consiga tempo para escrever tudo o que falo sobre cada um deles e publicar, mas isso não faz parte do meu MVP no momento.

Statistics

Views

Total Views
1,340
Slideshare-icon Views on SlideShare
1,233
Embed Views
107

Actions

Likes
3
Downloads
20
Comments
0

3 Embeds 107

http://blog.claudiobr.com 85
http://feeds.feedburner.com 15
http://posterous.com 7

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto' Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto' Presentation Transcript

    • Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto' 
      ALM
    • Palestra realizada no dia 08/07/2011 na trilha ALM do TCD2011 em São Paulo.
      Infelizmente os slides são apenas um guia, pois a palestra é bem dinâmica.
      A bicicleta foi usada para explicar os diferentes níveis de requisitos e seus diferentes níveis de certeza.
      A camiseta é da GoHorseInternational
    • Requisitos não são tudo aquilo
      O que é um requisito? (BABOK 2.0)
      Uma condição ou capacidade necessária para uma parte interessada para resolver um problema ou atingir um objetivo.
      Uma condição ou capacidade que deve ser atendida ou possuída por uma solução ou componente de solução para satisfazer um contrato, padrão, especificação ou outros documentos formalmente impostos.
      Uma representação documentada de uma condição ou capacidade como em 1 ou 2.
    • Elicitação de requisitos
      Elicitação x levantamento x coleta
      Descreve como analistas de negócios trabalham junto às partes interessadas para identificar e compreender suas necessidades e preocupações, e compreender o ambiente no qual trabalham. A elicitação visa garantir que as reais necessidades das partes interessadas sejam compreendidas e não somente seus desejos explícitos ou superficiais.
    • Técnicas de elicitação
      Entrevistas
      Questionários
      Brainstorms
      Grupos focais
      Observação passiva
      Observação ativa
      Workshops de requisitos
      Prototipação
    • O quê tudo isso gera?
    • Pilhas de papel?(também)
    • Hipóteses
    • Vamos ver novamente a definição de elicitação?
      Descreve como analistas de negócios trabalham junto às partes interessadas para identificar e compreender suas necessidades e preocupações, e compreender o ambiente no qual trabalham. A elicitação visa garantir que as reais necessidades das partes interessadas sejam compreendidas e não somente seus desejos explícitos ou superficiais.
    • A realidadetambém éparte interessada
    • http://vidadeprogramador.com.br
    • Método Científico
      “Até que se prove o contrário, a maioria dos requisitossão hipóteses que aguardam por decisão e comprovação”
    • Como faz?
      Tratar requisitos como o que eles realmente são: apenas hipóteses.
      Utilizar métodos e ferramentas que facilitem o trabalho em ciclos.
      Parar de trabalhar com projetos e passar a trabalhar com produtos.
    • Projetos não são tudo aquilo
      O que é um projeto? (PMBOK)
      Projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Por ser temporário, possui inicio e finais bem definidos.
    • Projeto
      Features
      Tempo sem validação das hipóteses
    • “Mas trabalhamos com Scrum nos nossos projetos”
      Das duas uma:
      Não é Scrum
      Não são projetos
    • “Mas trabalhamos com Scrum nos nossos projetos”
      Não é Scrum:
      Vocês fazem as cerimônias, até mostram o que estão fazendo para os clientes, mas não é possível mudar o escopo (pelo menos não sem renegociações trabalhosas).
    • “Mas trabalhamos com Scrum nos nossos projetos”
      Não é projeto:
      Os clientes usam (internamente ou externamente) o que é constantemente entregue e o que é aprendido é incorporado aos próximos ciclos.
    • Projeto
      E aqui, acabou?
      Não havia nada aqui?
      Features
      Tempo sem validação das hipóteses
    • Projeto
      REALIDADE
      HIPÓTESES
      Features
      Tempo sem validação das hipóteses
    • Conflito de objetivos
      Leading Lean Software Development: Results Are not the Point: Mary Poppendieck
    • http://vidadeprogramador.com.br
    • Não existe abiogênese
    • ALM e produtotudo a ver
    • Iteração 1
      Iteração 2
      Iteração 3
      Iteração 4
      Iteração 5
      Perspectiva do Negócio
      Incremento no valor do negócio
      Novas capacidades
      Lançamento
      .....
      apóia
      Perspectiva do Produto
      MinimumMarketableFeatures
      MinimumViableProduct
      Release
      .....
      resulta
      Perspectiva do processo
      Melhor performance
      PDCA
      PDCA
      PDCA
      PDCA
      PDCA
      Perspectiva do projeto
      gerencia
      Integração, Aquisições, custos e riscos
      Uma Nova Percepção de Valor
      Valor
      Tempo
    • Mas tudo na minha empresa é orientado a projetos!
    • Projeto = Pesadelo
    • Iteração 1
      Iteração 2
      Iteração 3
      Iteração 4
      Iteração 5
      Perspectiva do Negócio
      Incremento no valor do negócio
      Novas capacidades
      Lançamento
      .....
      apóia
      Perspectiva do Produto
      MinimumMarketableFeatures
      MinimumViableProduct
      Release
      .....
      resulta
      Perspectiva do processo
      Melhor performance
      PDCA
      PDCA
      PDCA
      PDCA
      PDCA
      Perspectiva do projeto
      gerencia
      Integração, Aquisições, custos e riscos
      Uma Nova Percepção de Valor
      Valor
      Tempo
    • Pare de tentar entortar a colher!
    • Enxergando um Fluxo de Valor
      Estratégia
      do produto
      Estratégia do
      produto & desenvolvimento
      Estratégia do negócio
      Visão
      Serviços do
      negócio
      Releases
      do produto
      Demandas
      do negócio
      Demandas do
      produto
      Percepções
      de mercado
      Gerenciamento do negócio
      Gerenciamnento do produto
      Ger. de operações
      Ger. desenvolvimento
      Release
      BVI
      MVP
      MMF
      BusinessOwner
      ProductOwner
      SoftwareEngineer
      SystemsEngineer
      BusinessAnalyst
      UXDesigner
      TestAnalyst
      SystemsArchitect
      SEO/DAAnalytcs
    • “Pelas beiradas”
      Cerimônias e
      práticas ágeis
      Integração e deploy contínuo.
      Código limpo.
      Visão de produto.
      Orçamentação inteligente.
    • e...
      cuidado com o Cypher.
    • Inspiração
      Lean software development, Luiz Claudio Parzianello(os slides bonitos são dele), André Nascimento, Rodrigo Yoshima, Victor Cavalcante, Cristiano Heringer, Jorge Diz, IIBA, PMI, Kotler e claro, a Realidade.
      Obrigado!
      Claudio Br@oclaudiobr
      claudiobr@claudiobr.com