Your SlideShare is downloading. ×
0
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto'

1,136

Published on

Palestra realizada dia 08/07/2011 na trila ALM do TDC2011 em São Paulo. …

Palestra realizada dia 08/07/2011 na trila ALM do TDC2011 em São Paulo.

Os slides são apenas um guia para a palestra. Quem sabe um dia eu consiga tempo para escrever tudo o que falo sobre cada um deles e publicar, mas isso não faz parte do meu MVP no momento.

Published in: Business, Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,136
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Vantagens e meios de convencer o negócio a substituir o mindset 'projeto' pelo mindset 'produto' <br />ALM<br />
  • 2. Palestra realizada no dia 08/07/2011 na trilha ALM do TCD2011 em São Paulo.<br />Infelizmente os slides são apenas um guia, pois a palestra é bem dinâmica.<br />A bicicleta foi usada para explicar os diferentes níveis de requisitos e seus diferentes níveis de certeza.<br />A camiseta é da GoHorseInternational<br />
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. Requisitos não são tudo aquilo<br />O que é um requisito? (BABOK 2.0)<br />Uma condição ou capacidade necessária para uma parte interessada para resolver um problema ou atingir um objetivo.<br />Uma condição ou capacidade que deve ser atendida ou possuída por uma solução ou componente de solução para satisfazer um contrato, padrão, especificação ou outros documentos formalmente impostos.<br />Uma representação documentada de uma condição ou capacidade como em 1 ou 2.<br />
  • 7. Elicitação de requisitos<br />Elicitação x levantamento x coleta<br />Descreve como analistas de negócios trabalham junto às partes interessadas para identificar e compreender suas necessidades e preocupações, e compreender o ambiente no qual trabalham. A elicitação visa garantir que as reais necessidades das partes interessadas sejam compreendidas e não somente seus desejos explícitos ou superficiais.<br />
  • 8. Técnicas de elicitação<br />Entrevistas<br />Questionários<br />Brainstorms<br />Grupos focais<br />Observação passiva<br />Observação ativa<br />Workshops de requisitos<br />Prototipação<br />
  • 9. O quê tudo isso gera?<br />
  • 10. Pilhas de papel?(também)<br />
  • 11. Hipóteses<br />
  • 12. Vamos ver novamente a definição de elicitação?<br />Descreve como analistas de negócios trabalham junto às partes interessadas para identificar e compreender suas necessidades e preocupações, e compreender o ambiente no qual trabalham. A elicitação visa garantir que as reais necessidades das partes interessadas sejam compreendidas e não somente seus desejos explícitos ou superficiais.<br />
  • 13. A realidadetambém éparte interessada<br />
  • 14. http://vidadeprogramador.com.br<br />
  • 15. Método Científico<br />“Até que se prove o contrário, a maioria dos requisitossão hipóteses que aguardam por decisão e comprovação”<br />
  • 16. Como faz?<br />Tratar requisitos como o que eles realmente são: apenas hipóteses.<br />Utilizar métodos e ferramentas que facilitem o trabalho em ciclos.<br />Parar de trabalhar com projetos e passar a trabalhar com produtos.<br />
  • 17. Projetos não são tudo aquilo<br />O que é um projeto? (PMBOK)<br />Projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Por ser temporário, possui inicio e finais bem definidos.<br />
  • 18. Projeto<br />Features<br />Tempo sem validação das hipóteses<br />
  • 19. “Mas trabalhamos com Scrum nos nossos projetos”<br />Das duas uma:<br />Não é Scrum<br />Não são projetos<br />
  • 20. “Mas trabalhamos com Scrum nos nossos projetos”<br />Não é Scrum:<br />Vocês fazem as cerimônias, até mostram o que estão fazendo para os clientes, mas não é possível mudar o escopo (pelo menos não sem renegociações trabalhosas).<br />
  • 21. “Mas trabalhamos com Scrum nos nossos projetos”<br />Não é projeto:<br />Os clientes usam (internamente ou externamente) o que é constantemente entregue e o que é aprendido é incorporado aos próximos ciclos.<br />
  • 22. Projeto<br />E aqui, acabou?<br />Não havia nada aqui?<br />Features<br />Tempo sem validação das hipóteses<br />
  • 23. Projeto<br />REALIDADE<br />HIPÓTESES<br />Features<br />Tempo sem validação das hipóteses<br />
  • 24. Conflito de objetivos<br />Leading Lean Software Development: Results Are not the Point: Mary Poppendieck<br />
  • 25. http://vidadeprogramador.com.br<br />
  • 26. Não existe abiogênese<br />
  • 27. ALM e produtotudo a ver<br />
  • 28. Iteração 1<br />Iteração 2<br />Iteração 3<br />Iteração 4<br />Iteração 5<br />Perspectiva do Negócio<br />Incremento no valor do negócio<br />Novas capacidades<br />Lançamento<br />.....<br />apóia<br />Perspectiva do Produto<br />MinimumMarketableFeatures<br />MinimumViableProduct<br />Release<br />.....<br />resulta<br />Perspectiva do processo<br />Melhor performance<br />PDCA<br />PDCA<br />PDCA<br />PDCA<br />PDCA<br />Perspectiva do projeto<br />gerencia<br />Integração, Aquisições, custos e riscos<br />Uma Nova Percepção de Valor<br />Valor<br />Tempo<br />
  • 29. Mas tudo na minha empresa é orientado a projetos!<br />
  • 30. Projeto = Pesadelo<br />
  • 31. Iteração 1<br />Iteração 2<br />Iteração 3<br />Iteração 4<br />Iteração 5<br />Perspectiva do Negócio<br />Incremento no valor do negócio<br />Novas capacidades<br />Lançamento<br />.....<br />apóia<br />Perspectiva do Produto<br />MinimumMarketableFeatures<br />MinimumViableProduct<br />Release<br />.....<br />resulta<br />Perspectiva do processo<br />Melhor performance<br />PDCA<br />PDCA<br />PDCA<br />PDCA<br />PDCA<br />Perspectiva do projeto<br />gerencia<br />Integração, Aquisições, custos e riscos<br />Uma Nova Percepção de Valor<br />Valor<br />Tempo<br />
  • 32. Pare de tentar entortar a colher!<br />
  • 33. Enxergando um Fluxo de Valor<br />Estratégia<br />do produto<br />Estratégia do <br />produto & desenvolvimento<br />Estratégia do negócio<br />Visão<br />Serviços do<br />negócio<br />Releases<br />do produto<br />Demandas<br />do negócio<br />Demandas do<br />produto<br />Percepções<br />de mercado<br />Gerenciamento do negócio<br />Gerenciamnento do produto<br />Ger. de operações<br />Ger. desenvolvimento<br />Release<br />BVI<br />MVP<br />MMF<br />BusinessOwner<br />ProductOwner<br />SoftwareEngineer<br />SystemsEngineer<br />BusinessAnalyst<br />UXDesigner<br />TestAnalyst<br />SystemsArchitect<br />SEO/DAAnalytcs<br />
  • 34. “Pelas beiradas”<br />Cerimônias e <br />práticas ágeis<br />Integração e deploy contínuo.<br />Código limpo.<br />Visão de produto.<br />Orçamentação inteligente.<br />
  • 35. e...<br />cuidado com o Cypher.<br />
  • 36. Inspiração<br />Lean software development, Luiz Claudio Parzianello(os slides bonitos são dele), André Nascimento, Rodrigo Yoshima, Victor Cavalcante, Cristiano Heringer, Jorge Diz, IIBA, PMI, Kotler e claro, a Realidade.<br />Obrigado!<br />Claudio Br@oclaudiobr<br /> claudiobr@claudiobr.com<br />

×