Bartolomeu de Gusmao (Miguel)

  • 892 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
892
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
16
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Bartolomeu de Gusmão A Passarola
  • 2.  
  • 3.
    • Bartolomeu Lourenço de Gusmão nasceu no Brasil em Dezembro de 1685. Apenas com 20 anos destacou-se como inventor,
    • construindo uma bomba hidráulica que fazia subir a água de um rio até ao seminário onde estudava.
  • 4.
    • Matriculou-se em 1705 na Universidade de Coimbra, onde desenvolveu os seus dois maiores interesses: a Matemática e a Física.
    • Segundo se sabe a observação de uma bola de sabão a subir no ar, inspirou-lhe a concepção de um balão e o desenvolvimento dos estudos na área da aerostação*.
    • *(ciência que trata da navegação aérea em aparelhos mais leves que o ar - aeróstatos)
  • 5.  
  • 6.
    • Em 8 de Agosto de 1709, perante uma importante assistência na sala dos Embaixadores na Casa da Índia, Bartolomeu de Gusmão fez voar um balão aquecido a ar que subiu até ao tecto da sala com cerca de 4 metros de altura. Com medo que pegasse fogo aos cortinados, dois lacaios derrubaram-no com varapaus, pois poderia ter queimado o tecto e as cortinas e dar origem a um enorme incêndio.
  • 7.
    • A seguir à demonstração Bartolomeu de Gusmão iniciou o desenvolvimento de um balão maior para ser tripulado, que ficou conhecido por “Passarola”.
    • Esse balão que funcionava a ar quente foi lançado da Praça de armas do castelo de S. Jorge. Fez uma viagem de cerca de 1Km e foi aterrar no Terreiro do Paço em Lisboa.
  • 8.
    • Este voo tripulado trata-se de uma lenda porque não existem registos que provem este acontecimento e as experiências que Bartolomeu de Gusmão fez levaram o povo a fazer troça dele.
  • 9.  
  • 10. D.João V mandou que dessem a Bartolomeu uma quantia de 300 mil réis anuais, para que se continuasse os estudos, mas como a junta dos três estados alegou que não havia dinheiro, Bartolomeu de Gusmão nunca o recebeu.
  • 11.
    • Bibliografia:
    • - http://pt.wikipedia.org/wiki/Passarola
    • -http://www.pioneirosdoar.com
    • -http://www.instituto-camoes.pt
    • Trabalho realizado por: Miguel Afonso 6ºD Nº12