Sexta-feira, 30 de Abril de 2010                                      bomdiamercado.com.br


                 Torcida hoje...
consumidor (CPI) caiu 1,2% em março na comparação anual. A produção industrial se
                 recuperou da queda de f...
acelerar a compra de moeda, não conseguiram sustentar o dólar.... Ele esclareceu que a
                 compra de dólares ...
recuperar da mínima de um ano, atingida na véspera frente o DÓLAR - que também caiu
                 contra o iene (94,07/...
parceria comercial com a Agência Estado, EXCLUSIVAMENTE, para assinantes. O
                 repasse do serviço para terce...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Bdm 30.04.2010

194

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
194
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Bdm 30.04.2010

  1. 1. Sexta-feira, 30 de Abril de 2010 bomdiamercado.com.br Torcida hoje fica para PIB nos EUA e solução para a Grécia Por ROSA RISCALA* ... A preliminar do PIB trimestral nos EUA e a expectativa de um desfecho para o socorro financeiro à GRÉCIA são os drivers dos mercados internacionais, nesta sexta-feira. Se tudo der certo, são grandes as chances de mais um dia positivo para os negócios, com a recuperação da BOVESPA. No CÂMBIO, os interesses da PTAX podem acrescentar volatilidade, enquanto os JUROS tendem a se acomodar após o forte ajuste ao COPOM. ... Embora o aumento de 0,75 ponto da SELIC, para 9,5%, fosse a aposta majoritária dos traders, o mercado tomou essa confirmação como um sinal de que novas altas de igual magnitude serão decididas pelo BC nas próximas reuniões, convencido de que o ciclo de aperto monetário será concentrado num período de tempo mais curto. Resta, agora, esperar que a ATA, na quinta-feira que vem (6), confirme essa nova percepção ( abaixo). ... Até lá, os negócios com DI podem reagir aos indicadores, mas HOJE a agenda é mais tranquila. O dado mais importante é o resultado consolidado das contas públicas em março, que o BC divulgará às 10h30. O déficit das contas do Governo Central, ontem, de R$ 4,6 bilhões, embora muito maior do que a mais pessimista das projeções, não chegou a assustar - já que foi influenciado pelo pagamento de R$ 6,8 bilhões de sentenças judiciais, como explicou o secretário do Tesouro, Arno AUGUSTIN. "Foi atípico", garantiu. ... Entre os BALANÇOS, REDECARD anuncia resultados antes da abertura e a TARPON, após o fechamento. Leia no Em tempo... mais sobre as companhias abertas. ... Em NY, a preliminar do PIB americano do primeiro trimestre será divulgada às 9h30, e as estimativas são de um crescimento de 3,3% na margem, após a forte expansão do último trimestre de 2009 (5,6%) Às 10h45, o índice dos gerentes de compras de Chicago tem previsão de alta para 60,0 e, às 10h55, o resultado final da confiança do consumidor de abril, medido pela Universidade de Michigan, deve ficar acima da preliminar, em 71,0. ... Na EUROPA, saem às 6h a inflação (CPI) de abril e o desemprego em março da Zona do Euro. Mais do que os indicadores, porém, o interesse na região continua focado numa solução para a dívida da GRÉCIA... A perspectiva de uma decisão rápida, talvez até mesmo antes do fim de semana, entusiasmou os negócios, ontem. À noite, fonte próxima às negociações informou ao Financial Times que Atenas teria concordado com a exigência de um pacote de austeridade de 24 bilhões de euros, incluindo o congelamento de três anos nos salários do funcionalismo, em troca do dinheiro do FMI e da UE. ... A esta perspectiva somaram-se indicadores positivos da economia americana, para um pregão otimista em WALL STREET. Entre as COMMODITIES, no entanto, enquanto o petróleo seguiu as ações, os metais recuaram ainda sob o peso da crise na Europa - que não se restringe à Grécia, mas envolve também as dificuldades de Portugal e Espanha. Por isso, as boas notícias para Atenas conseguiram apenas uma leve recuperação para o EURO, que continua no nível de US$ 1,32 (abaixo, mais dos mercados internacionais). ... No JAPÃO, uma bateria de indicadores econômicos foi divulgada HOJE... A inflação ao AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 30/Abr/2010 9:30 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 1/5
  2. 2. consumidor (CPI) caiu 1,2% em março na comparação anual. A produção industrial se recuperou da queda de fevereiro e subiu 0,3%, mas ainda abaixo do esperado (+0,8%), e a taxa desemprego subiu a 5% - perto das estimativas (de estabilidade em 4,9%). Em reunião de política monetária, o BOJ manteve o juro japonês em 0,1% - como o previsto. MEIRELLES. Presente no evento Destaque AE Projeções ontem à noite, em São Paulo, o presidente do BC não quis comentar o COPOM. "Estará na Ata", disse ele. Sobre o câmbio, voltou a afirmar que o BC "não tem piso nem teto nem banda". Em seu discurso, ele defendeu "regras prudenciais que não permitam a alavancagem" para preservar o sistema financeiro, "mas em momentos de expansão, quando são criados os problemas". Shape nervoso ... No day after do COPOM, o mercado não quis saber de esperar pela ATA, semana que vem (quinta-feira, 6), já se adiantou, reposicionando-se para novas altas de 0,75 ponto na SELIC nas próximas decisões de política monetária. Ficou a impressão de que, ao dar logo na estréia do ciclo de aperto um choque de intensidade na alta no juro, o BC estaria optando por um processo mais concentrado e curto de elevação da taxa básica. "A magnitude do aumento veio apenas confirmar a nossa expectativa da necessidade de um ciclo de aperto mais robusto no curto prazo, para as expectativas inflacionárias convergirem de forma rápida, até o início do segundo semestre" - avaliou o economista Eduardo VELHO (da PROSPER), citado no Broadcast por Denise Abarca. ... Para VELHO, o resultado comprovou o perfil técnico e a independência operacional do BC, "que conseguiu corrigir de forma plena o ruído de comunicação da Ata de março". ... Para a Ata que vem aí, "o ponto mais importante será a menção sobre as projeções de inflação para 2011 no cenário de mercado", acredita César TROTTE (MÁXIMA ASSET). Segundo ele, se o COPOM sinalizar que a projeção está em torno da meta (4,5%), estará sugerindo que 3 pontos de ajuste total na SELIC serão suficientes para inibir as pressões. Mas, caso a previsão extrapole a meta, a inflação deverá exigir um esforço adicional.. Até aqui, porém, o economista considerada exagerada a aposta num ajuste de 3,5 pontos. ... Ontem, na BM&F, o DI julho de 2010, que passa a refletir o próximo COPOM (dia 9/6), liderou o giro, com quase 2 milhões de contratos negociados, e acrescentou mais prêmio, fechando a 9,654% (de 9,56%). Também subiram o DI junho de 2010 (de 9,28% para 9,368%) e o janeiro de 2011, agora acima de 11%, após passar de 10,91% para 11,01%. No equilíbrio das forças, confiando que o BC aliviará os apertos lá na frente, a parte mais longa da curva voltou a cair... O DI janeiro de 2012 recuou a 12,16% (de 12,21%), e o DI janeiro de 2017 despencou a 12,36% (de 12,57% na véspera). ... No noticiário do dia, embora o IGP-M de abril (0,77%) tenha desacelerado sobre março (0,94%), superou a mediana das previsões à AE (de 0,65%), enquanto a FGV já saiu avisando que o fôlego de queda se esgotará facilmente, diante da retomada da atividade. ... Enquanto o movimento nos juros pressionava as taxas de curto prazo do DI, o DÓLAR amparava-se na perspectiva de um ajuste forte da SELIC e no mercado externo mais tranquilo para furar o piso de R$ 1,75. E, apesar de duas atuações do BC, fechou abaixo desta marca.... Parte dessa desvalorização, entretanto, pode estar associada ao vencimento do dólar futuro de maio na segunda-feira, 3, que será ajustada pela PTAX de hoje... Nesta quinta-feira, esse contrato fechou a R$ 1,7295 (-1,26%), enquanto o DÓLAR à vista perdeu 1,09%, a R$ 1,7320. Na mínima, chegou a bater em R$ 1,72 (R$ 1,725). ... Também as declarações do secretário Arno AUGUSTIN, advertindo que o Tesouro vai AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 30/Abr/2010 9:30 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 2/5
  3. 3. acelerar a compra de moeda, não conseguiram sustentar o dólar.... Ele esclareceu que a compra de dólares não se limitará aos recursos depositados no FSB (R$ 17 bilhões hoje), já que Tesouro pode emitir títulos para que o Fundo adquira mais moeda no mercado. ... O fato é que o juro mais alto no BRASIL traz a perspectiva de mais FLUXO e a liquidez externa se soma ao momento da economia brasileira para se refletir na facilidade do acesso ao capital externo, comprovada pelas captações... Só neste mês de abril, já foram nove operações, como anotou a editora Taís Fuoco, no Broadcast. Ontem, a FIBRIA colocou US$ 750 milhões em bônus de dez anos, com yield de 7,625%. No final da tarde, a DJ informou que MARFRIG lançou US$ 500 mi em bônus de dez anos, yield de 9,75%. ... Com NY ajudando, a BOVESPA subiu 1,98% (67.978,05 pontos). Na máxima (+2,04%) chegou a superar os 68 mil pontos (a 68.012). Abaixo das melhores médias, o volume financeiro negociado ficou em R$ 5,5 bilhões. Entre as BLUE CHIPS, VALE desprezou as quedas dos metais e disparou 3,35% a PN (R$ 47,85) e 2,74% a ON (R$ 54,40). De seu lado, PETROBRAS continuou contando com a alta do petróleo.. A PETRO PN (R$ 33,02) ampliou os ganhos em 1,95%, enquanto PETRO ON subiu mais 1,9%, para R$ 37,09. ... Entre as poucas baixas do IBOVESPA, as maiores perdas ficaram com TELEMAR ON, que caiu 3,23%, TELEMAR PN (-1,57%) e KLABIN PN (-1,28%). Já o ranking de altas foi liderado por DURATEX ON (+5,94%), CESP PNB (+5,09%) e PDG ON (+4,39%). Sem crise ...Com exceção de um dia ou outro em que as coisas não vão bem, no geral, os negócios em NY vêm passando com relativa tranquilidade pela crise européia. Ou porque a crise não é deles (dos americanos) ou porque os EUA estão vivendo agora um momento mais favorável, com os sinais de recuperação nos indicadores econômicos e nos balanços corporativos... Já para o analista Brad SAMPLES (da SUMMIT ENERGY), o mercado em NY não parece tão incomodado porque os países em crise na EUROPA estão na mesma situação dos bancos em dificuldades: "são muito grandes para quebrarem". ... Ao mesmo tempo, o executivo adverte que esta pode ser uma suposição perigosa, que "a probabilidade de correção forte dos ativos de risco existe e continua a aumentar". ... Apesar disso, as bolsas em WALL STREET seguem em frente, aparentemente, sem a menor disposição para qualquer ajuste. O DOW Jones registrou o maior ganho, 1,10%, a 11.167,32 pontos, em uma única sessão desde 5/3, puxado pelo setor industrial, como DUPONT (+2,81%) e CATERPILLAR (+2,58%) e também pelo financeiro, como a AMEX (+3,30%) e BANK OF AMERICA (+2,92%), estes beneficiados pela abertura do debate no Senado dos EUA sobre os termos da reforma regulatória do setor financeiro. NASDAQ avançou 1,63%, a 2.511,92 pontos, e o S&P-500 fechou em alta 1,29%: 1.206,78 pontos. ... A agenda de indicadores reservou boas notícias para os mercados - como a atividade do FED de Chicago, que subiu para -0,07 em março, de -0,44 em fevereiro... A média móvel em três meses, medida mais consistente de atividade econômica, subiu para -0,18 em março, de -0,31 em fevereiro, sinalizando "uma probabilidade crescente de que a recessão terminou", de acordo com o comunicado da instituição. Depois, o Departamento de Trabalho mostrou queda de 11 mil no número de pedidos de auxílio-desemprego. Por fim, o FED de Kansas City informou crescimento em março da atividade industrial. .... Na outra ponta do Atlântico, os partidos de oposição da ALEMANHA concordaram em acelerar a votação de um auxílio de 8,4 bilhões de euros (US$ 11,08 bi) para a Grécia. O sentimento de que há socorro à vista para o país levou o EURO (a US$ 1,3238) a se AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 30/Abr/2010 9:30 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 3/5
  4. 4. recuperar da mínima de um ano, atingida na véspera frente o DÓLAR - que também caiu contra o iene (94,07/US$). Houve certo alívio depois que autoridades da zona do euro afirmaram que um pacote de ajuda pode ficar pronto dentro de alguns dias. Mas a notícia de que a MOODY´S está à espera da divulgação dos detalhes desse pacote para cortar o rating do país, de forma significativa, conteve o avanço da moeda européia. ...De outro lado, muitos analistas estão convencidos de que a alta do euro tem vida curta, mesmo porque persiste o medo do contágio de outras nações altamente endividadas. ... Atingido pelas desconfianças, o mercado de METAIS ampliou as perdas... "As pessoas estão relutantes em voltar ao mercado. Precisamos de garantias da Zona do Euro para assumir grandes posições", disse um operador londrino na DJ. Analistas do JPMORGAN disseram que a correção "brutal" desta semana, provavelmente, retrairá o investidor por algum tempo. Para que fundamentos, como a recomposição de estoques e a melhora da demanda, voltem a influenciar os preços, o risco da dívida européia tem que diminuir, avaliaram os analistas do banco. Em Londres, o contrato de cobre recuou US$ 45, cotado em US$ 7.355 por tonelada e o contrato do níquel perdeu US$ 250, a US$ 25.350. Já o alumínio, mais uma vez, seguiu na contramão do mercado, e subiu US$ 11, a US$ 2.200. ... Já o PETRÓLEO, colado à alta ações, atingiu máxima de duas semanas... Os mesmos fatores que fizeram subir as bolsas são também são benéficos para a demanda da commodity. Na NYMEX, o contrato junho do WTI fechou em US$ 85,17 (+2,34%), o maior preço desde 15 de abril. Na ICE, o BRENT ganhou 0,85%, a US$ 86,90 o barril. ... Cautelosos, alguns traders consideram que os fundamentos, como estoques elevados, não justificam os atuais preços. Para Stephen SCHORK (SCHORK GROUP) a cotação deveria estar abaixo de US$ 70. "Não há dúvida de que estamos numa situação econômica melhor, mas, não indicações de que a demanda esteja superando a oferta." ... Os preços dos TREASURIES voltaram a subir - com consequente queda dos juros. Os títulos foram beneficiados por um bem sucedido leilão de US$ 32 bilhões em NOTES de sete anos. Os juros das NOTES de dez anos fecharam em 3,739%, de 3,762% na quarta. Em tempo... EMBRAER obteve lucro líquido de R$ 44,1 milhões no primeiro trimestre. Em US Gaap (padrão contábil americano), o resultado foi de US$ 35,3 milhões. LOJAS RENNER. Lucro líquido de R$ 36,9 milhões no primeiro trimestre (+239,8%) ficou acima da média das expectativas de analistas na AE (R$ 31,24 milhões). SANTOS BRASIL. Saiu de lucro para prejuízo (de R$ 5,3 milhões) no primeiro trimestre. PLASCAR. Reduziu prejuízo para apenas R$ 13 mil no primeiro trimestre. ENGEVIX. Construirá cascos a serem alocados no PRÉ-SAL da Bacia dos Santos. REDECARD. Vai recomprar até 5,5 milhões de ações ordinárias de sua emissão. TECNISA paga dividendo de R$ 0,18 por ação em 6 de maio (quinta-feira). Ex hoje. CELESC. Mudanças no estatuto devem ser aprovadas pela Assembléia Legislativa (SC). BRADESCO foi o grande vencedor da quarta edição do Ranking AE Projeções, ontem à noite, recebendo o prêmio pela 1ª colocação no ranking na categoria TOP 10 Geral. AVISO IMPORTANTE. Bom Dia Mercado é um serviço produzido pela Mídia Briefing, em AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 30/Abr/2010 9:30 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 4/5
  5. 5. parceria comercial com a Agência Estado, EXCLUSIVAMENTE, para assinantes. O repasse do serviço para terceiros NÃO É PERMITIDO - assim como a sua reprodução ou republicação. Bom Dia Mercado está disponível para ASSINATURAS no Sistema AE Broadcast ou na página da Mídia Briefing na WEB: < http://www.bomdiamercado.com.br>. *com MARIANA CISCATO Aos assinantes do Bom Dia Mercado, Bom Dia e Bons Negócios! Esta coluna é produzida pela Mídia Briefing com propósito exclusivamente informativo. As análises não consistem em recomendações de investimentos financeiros. A Mídia Briefing não se responsabiliza pelos resultados de decisões tomadas com base nesse conteúdo. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 30/Abr/2010 9:30 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 5/5

×