Your SlideShare is downloading. ×
Bdm 07.04.2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Bdm 07.04.2010

193

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
193
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Quarta-feira, 7 de Abril de 2010 bomdiamercado.com.br Além da Grécia, China também pode ameaçar otimismo com EUA Por ROSA RISCALA* ... Uma notícia veiculada no final da noite de ontem na Bloomberg pode comprometer os prognósticos de mais um dia positivo para os mercados globais... Segundo a agência, um membro do conselho de política monetária do Banco do Povo, Li DAOKUI, declarou ao China Securities Journal que o BC CHINÊS deve elevar o JURO neste trimestre. Pode pesar para as COMMODITIES, que ampliaram os ganhos nessa última onda de otimismo com a economia americana. E se pesar para as commodities, pesa para a BOVESPA. .. Tirando a CHINA (e a GRÉCIA, que voltou a ressurgir nas preocupações do investidor), é tranquila a agenda de indicadores desta quarta-feira. Mesmo a fala de BERNANKE, em Dallas, a partir das 14h30, sobre os desafios da economia, é esperada sem susto, já que, ontem, a ATA DO FED fez um bom trabalho de projeção do cenário ( abaixo). ... Numa avaliação que pode ser considerada muito positiva para os EMERGENTES, em especial para o BRASIL, o FOMC admitiu que as coisas estão melhorando, mas que não pensa em mexer no juro americano enquanto o mercado de trabalho não der sinais consistentes de recuperação. Desse modo, o investidor tem um horizonte seguro para as suas decisões nos próximos meses, contando, de um lado, com a estabilização das condições econômicas e, de outro, com a certeza de juros baixos por um longo tempo, o que o libera para buscar melhor rendimento em ativos de risco, inclusive fora dos EUA. ... Entre outros motivos, a perspectiva desse FLUXO ajudou a derrubar o DÓLAR para o piso de R$ 1,75, na contramão da alta da moeda norte-americana nos mercados internacionais, pela sexta sessão consecutiva, enquanto os players já se questionam em relação à estratégia da autoridade monetária para evitar uma excessiva valorização do real... As especulações giram em torno de uma ação mais agressiva do BC nas compras, com a entrada do TESOURO em cena (leia mais abaixo)... Na agenda, serão monitorados os números semanais do FLUXO CAMBIAL, que o BC divulgará às 12h30. ... Já a BOVESPA pegou leve na realização, sustentando-se acima dos 71 mil pontos. O índice foi favorecido pelas COMMODITIES, que reagem à expectativa do crescimento da economia mundial e aumento da demanda. Nesta terça-feira, o DOE elevou as suas estimativas para o consumo de PETRÓLEO no segundo trimestre, para +1,60%, puxado pela CHINA. Ontem, o futuro do WTI fechou acima de US$ 86 em Nova York. ... HOJE, serão divulgados (11h30) os estoques comerciais de óleo e derivados dos EUA, na semana passada. Na DJ, as previsões são de crescimento de 1,3 milhão de barris nas reservas de petróleo bruto e queda para a gasolina (1 milhão) e destilados (1,3 milhão). Entre os indicadores, o FED informa (16h) dados do crédito ao consumidor em fevereiro. ... Na EUROPA, são destaques a revisão final do PIB do quarto trimestre da zona do euro e as encomendas da indústria da Alemanha em fevereiro. GRÉCIA continua no foco, no dia em que chegam a Atenas representantes do FMI para prestar "assistência técnica" na administração do déficit público. Nesta terça-feira, pesaram notícias de que os bancos gregos estariam sofrendo uma onda de saques. Caíram mal, também, os rumores de que AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 7/Abr/2010 9:06 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 1/5
  • 2. o país resiste à participação do FMI no socorro financeiro acertado com a UE. ... AQUI, o mercado de JUROS monitora os indicadores industriais da CNI de fevereiro. A pesquisa, às 10h, apresentará os dados de faturamento, horas trabalhadas, emprego, massa salarial e o nível de utilização da capacidade instalada. Nesta terça-feira, as taxas do DI tiveram uma leve correção de alta, com algumas apostas numa elevação mais forte da SELIC, na estréia do aperto monetário, no final do mês... Esse movimento poderá ganhar mais força, ou arrefecer, com o IPCA de março, que o IBGE divulgará só amanhã. ... Também hoje, serão conhecidos os dados regionais da produção industrial (às 9h) e os números de produção e venda de veículos da ANFAVEA em março (às 10h30). JAPÃO HOJE. O BOJ decidiu manter o juro estável em 0,1%, em linha com o esperado. Dólar no piso ... Ainda não foi ontem que o dólar quebrou a marca de R$ 1,75. Mas, chegou mais perto, depois de computar a sexta desvalorização consecutiva. No início do dia, a moeda americana ameaçou subir com mais rumores sobre os problemas fiscais na GRÉCIA. Só que não resistiu a um giro superior a US$ 5 bilhões - onde as ofertas de venda prevaleceram.. Os investidores inverteram a trajetória ainda durante a manhã, e o dólar à vista encerrou o dia negociado a R$ 1,754, com queda de 0,45%, na mínima. ... De quem é? Ninguém sabe, ninguém viu. Mas ainda assim, o forte volume de recursos movimentado no câmbio e a direção das cotações do dólar foram atribuídos a uma operação de entrada de recursos. Ainda mais que tudo isso aconteceu num dia em que lá fora os fatos e boatos conspiravam na direção contrária. Em meio a vários rumores sobre a Grécia, que recolocaram o mercado de câmbio de sobreaviso, o euro, forte balizador do real, passou boa parte desta terça-feira abaixo de US$ 1,34 ( leia abaixo). ... Enquanto via o real rumar contra a maré e insistir na valorização, o investidor manteve os olhos atentos à movimentação do mercado. Considerava a possibilidade de o Tesouro intervir na compra. Bala na agulha não falta desde que foi autorizado a atuar em nome do Fundo Soberano do Brasil e, posteriormente, teve o prazo de antecipação de compras para honrar compromissos externos ampliado de 360 dias para até 750 dias... Mas, se já atuou, passou totalmente despercebido. O mercado garante que, pelo menos por enquanto, só o BC continuou interferindo com seus leilões diários de compra de divisas. ... Seja como for, ainda que o TESOURO entre, o efeito sobre as cotações é questionado. Como disse o economista e professor da PUC do Rio de Janeiro, Márcio Garcia, em entrevista ao AE Broadcast AO VIVO, "o Brasil deve aprender a conviver com uma taxa de câmbio onde está hoje ou mais apreciada". Para ele, se o mundo continuar na rota do crescimento, o dólar deve fechar o ano ao redor do nível em que se encontra atualmente. ... Nas mesas de JUROS, cresceram apostas numa alta de 0,75 ponto porcentual na taxa SELIC, agora em abril. Bancos como Santander, Bradesco e BTG Pactual vieram a público, ontem, refazer suas estimativas para o juro, e interferiram no rumo dos negócios. .. No Santander, o economista-chefe, Alexandre SCHWARTSMAN, estima não uma, mas duas doses de 0,75 ponto, em abril e em maio.... "Acreditamos que esta estratégia compensará o tempo perdido com a manutenção da Selic em março, colocando a taxa no caminho que deveria ter prevalecido se o BC tivesse iniciado o ciclo no mês passado", diz o relatório do banco... Schwartsman espera um total de 3,25 pontos porcentuais de ajuste na Selic, este ano. Ou seja, juro de 12%, no final de dezembro. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 7/Abr/2010 9:06 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 2/5
  • 3. ... Depois de passarem a manhã rondando os níveis dos ajustes da véspera, as taxas dos DIs subiram à tarde. Só escaparam os contratos curtos, que continuam estáticos. No fechamento da BM&F, o DI maio de 2010 permaneceu estável, a 8,67%.. Já o DI julho de 2010 subiu de 9,19% para 9,23%, e o DI janeiro de 2011 encerrou em 10,41%, contra 10,37%... DI janeiro de 2012 fechou na máxima de 11,65%, de 11,62% na segunda-feira. ... Na BOVESPA, ações de PETROBRAS e VALE evitaram uma realização mais a fundo, sustentando o índice acima dos 71 mil pontos, em 71.095,65 pontos (-0,27%), após oscilação entre a mínima foi de 70.823 pontos (-0,65%) e a máxima de 71.711 (+0,59%). Também o volume financeiro cresceu, somando R$ 6,3 bilhões... Mais do que os receios com a Grécia, a ATA DO FED ajudou a bolsa a manter o otimismo com o fluxo. ... As blue chips foram estimuladas pelas commodities (metais e petróleo). No final do dia, PETROBRAS ON subia 0,47%, para R$ 40,59, e a PN, +0,19%, a R$ 36,08. Também os papéis de VALE PNA voltaram a subir (+0,36%), para R$ 49,97. VALE ON recuou 0,14%. Entre as siderúrgicas, Gerdau PN subiu 2,10% e Metalúrgica Gerdau PN, +2,51%. ... TAM PN (+3,4%), Duratex ON (+3,3%) e Telemar PN (+2,7%) lideraram as altas. Já as maiores quedas foram de Redecard ON (-4,5%), e Usiminas: 3,58% (ON) e 3,35% (PNA). Low profile ... Equilibradas no HIGH, as bolsas em NY não têm conseguido lançar grandes investidas de alta, tampouco têm deixado os negócios penderem para qualquer realização mais expressiva de lucro. Assim WALL STREET vai se segurando nas máximas em 18 meses. Para o executivo Jim MEYER (TOWER BRIDGE ADVISORS), "o investidor sente que estamos entrando na melhor fase de uma recuperação econômica saudável... É possível verificar isso na persistência das ações em subir". Apesar de o DOW JONES ter fechado negativo ontem (-0,03%), aos 10.969,99 pontos, nem dá propriamente para chamar de queda o movimento desta terça-feira. Nos últimos 27 pregões, o índice só caiu seis vezes ... Também próximo da estabilidade, o NASDAQ ganhou 0,30%, a 2.436,81 pontos, maior nível de fechamento desde agosto de 2008, enquanto o S&P- 500 registrava uma valorização modesta de 0,17%, a 1.189,44 pontos, melhor marca desde setembro / 2008. ... Como o mercado imaginava, a ATA DO FOMC ajudou a sustentar as bolsas em NY. O documento revelou que a economia americana se expandiu em um ritmo moderado no início do ano... Mas ainda não cresceu com força suficiente para que o comitê de política monetária sentisse segurança para elevar o juro. "O FED acredita que as coisas estão melhorando.. Mas o teste decisivo para determinar uma recuperação sustentável está no mercado de trabalho", disse na DJ Anthony CHAN (JPMORGAN CHASE PRIVATE). ... A Ata mostrou que quase todos os membros do FOMC eram favoráveis à manutenção da promessa de juro perto de zero por um "período prolongado" - numa linguagem que é interpretada pelo mercado como indicação de pelo menos mais vários meses de estabilidade na taxa, como anotou no Broadcast a jornalista Suzi Katzumata. Até aqui, a aposta mais concorrida é de que o juro só sobe em novembro. .. A confirmação de que o FED ainda deverá demorar para subir o juro roubou o interesse dos TREASURIES, elevando o preço dos papéis (que andam na direção contrária dos yields)... "O FOMC estava mais suave (dovish) do que o mercado esperava.. A política de juro vai permanecer extraordinariamente acomodatícia por um período prolongado", disse Ward MCCARTHY (da JEFFERIES). Operadores também associaram parte da alta dos bônus ontem a compras de asiáticos, atraídos pelo alto rendimento do papel de dez anos, AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 7/Abr/2010 9:06 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 3/5
  • 4. que na segunda-feira chegou a subir acima de 4% no intraday. Ontem, fechou a 3,958% (de 3,995%). A alta recente dos juros garantiu boa demanda no leilão primário promovido pelo Tesouro. Hoje, serão leiloados mais US$ 21 bilhões em papéis de dez anos. ... A impressão de que o FED não deve retomar tão cedo o aperto do juro também ajudou a inibir ontem parte das perdas do EURO, mas a moeda ainda terminou o dia preocupada com a GRÉCIA, de volta como fator de cautela. Não adiantou o ministro das Finanças, George PAPACONSTANTINOU, negar que Atenas tenha tomado alguma medida com o objetivo de "alterar os termos do recente acordo com o Conselho Europeu sobre um mecanismo de suporte"... Prevaleceram as especulações de que o governo grego estaria tentando excluir o FMI do plano de socorro, para tentar escapar das condições de empréstimos mais rígidas. O EURO caiu a US$ 1,3406 e o IENE subiu para 93,71/US$. ... Nem com o dólar em alta, PETRÓLEO parou de subir, embora tenha ido mais devagar, ontem. Ainda assim, impressionou pela resistência, confiando que os estoques possam revelar hoje uma melhora nos fundamentos. No intraday, superou a US$ 87 (US$ 87,09). No fim do dia, na NYMEX, o WTI (maio) tinha leve alta de 0,25%, para US$ 86,84. Em Londres, o BRENT subia US$ 0,27, para US$ 86,15... "Deve haver uma trégua enquanto aguardamos as estatísticas de estoque e demanda desta semana, mas vemos movimentos para levar o petróleo a US$ 92,23... O patamar seguinte de resistência é de US$ 94,85", afirmou Peter BEUTEL (CAMERON HANOVER), em nota aos clientes. ... Como o petróleo, também os METAIS não se intimidaram pela alta do dólar e trataram de subir em Londres, que só ontem voltou da Páscoa. Reagindo com atraso aos indicadores favoráveis divulgados nos EUA na segunda-feira, as commodities correram atrás do prejuízo na City. O cobre chegou a superar a resistência dos oito mil pontos, alcançando na máxima do dia a melhor marca em 20 meses (US$ 8.010), para fechar a US$ 7.990 por tonelada, em alta de US$ 105. O chumbo registrou os maiores ganhos da sessão (+4,2%), a US$ 2.300 (ganho de US$ 93). O zinco (US$ 2.448) subiu US$ 45 e o alumínio ganhou US$ 13,50, encerrando o dia a US$ 2.364,50. Em tempo... Diretor de Finanças e RI da ELETROBRAS, Armando Casado, disse que capitalização não foi discutida entre o governo federal e a direção da estatal... ... Declaração foi feita um dia depois de o secretário do Tesouro, Arno AUGUSTIN, dizer para a AE que a capitalização da estatal deve ocorrer ainda este ano. BANCO CRUZEIRO DO SUL. Oferta de distribuição de ações compreenderá inicialmente 29.565.218 ações preferenciais da companhia... ... Com base na cotação de fechamento da ação ontem, de R$ 11,91, a operação poderá atingir até R$ 404,940 milhões, caso seja exercido também o lote suplementar. BM&FBOVESPA computou R$ 9,1 bilhões em ofertas de ações no primeiro trimestre, em oito operações, das quais cinco IPOs e três subsequentes (follow-on)... ... Ainda há 11 ofertas sendo discutidas - sete IPOs e quatro follow-ons. AVISO IMPORTANTE. Bom Dia Mercado é um serviço produzido pela Mídia Briefing, em parceria comercial com a Agência Estado, EXCLUSIVAMENTE, para assinantes. O repasse do serviço para terceiros NÃO É PERMITIDO - assim como a sua reprodução ou republicação. Bom Dia Mercado está disponível para ASSINATURAS no Sistema AE Broadcast ou na página da Mídia Briefing na WEB: < http://www.bomdiamercado.com.br>. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 7/Abr/2010 9:06 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 4/5
  • 5. *com MARIANA CISCATO Aos assinantes do Bom Dia Mercado, Bom Dia e Bons Negócios! Esta coluna é produzida pela Mídia Briefing com propósito exclusivamente informativo. As análises não consistem em recomendações de investimentos financeiros. A Mídia Briefing não se responsabiliza pelos resultados de decisões tomadas com base nesse conteúdo. AE Broadcast - Proibida a reprodução sem prévia autorização 7/Abr/2010 9:06 Agência Estado - Av. Professor Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000-São Paulo-SP Central de Atendimento 0800 011 3000 Pág. 5/5

×