Your SlideShare is downloading. ×
Ciências naturais   cadeias alimentares
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ciências naturais cadeias alimentares

571
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
571
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ciências Naturais CADEIAS ALIMENTARES
  • 2. 2
  • 3. 3
  • 4. Autotróficos 4
  • 5. Heterotróficos 5
  • 6. 6
  • 7. 7 Consumidor Primário Consumidor Secundário
  • 8. 8
  • 9. 9
  • 10. Detritívoros Detritívoros são organismos que se alimentam de organismos mortos ou de matéria orgânica parcialmente em decomposição. Também denominados saprobiontes, alimentam-se de cadáveres, restos de vegetais e animais, e excrementos, que decompõem de maneira a provocar a sua mineralização parcial e produzindo uma nova matéria orgânica, amorfa, denominada húmus. Uma grande variedade de seres vivos alimenta-se de detritos. É o caso das minhocas, muitos roedores, insetos, crustáceos, etc. Há autores que consideram como detritívoros necrófagos os abutres, os chacais, as hienas, etc., que se alimentam de cadáveres frescos ou em estado de muito ligeira decomposição, acabando, frequentemente, o "trabalho" dos carnívoros. Da mesma maneira, consideram como detritívoros saprófagos os que se alimentam de matéria orgânica mais ou menos alterada (por exemplo, a minhoca) e detritívoros coprófagos os seres vivos que se alimentam de excrementos de animais (por exemplo, os fungos e as bactérias). 10
  • 11. 11
  • 12. 12
  • 13. 13
  • 14. 14
  • 15. 15
  • 16. 16
  • 17. 17
  • 18. Teias alimentares 18
  • 19. 19
  • 20. 20
  • 21. 21
  • 22. 22
  • 23. 23
  • 24. 24
  • 25. 25
  • 26. 26
  • 27. 27
  • 28. 28