Biologia 11   reprodução assexuada
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Biologia 11 reprodução assexuada

on

  • 4,783 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,783
Views on SlideShare
4,783
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
228
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Biologia 11   reprodução assexuada Biologia 11 reprodução assexuada Presentation Transcript

  • BiologiaBiologia 11º
  • A duração de vida dos indivíduos é muito diversa, mas sempre limitada. Nuno Correia 2011/12
  • A continuidade da vida é assegurada pela reprodução. Nuno Correia 2011/12
  • AssexuadaReprodução Sexuada Nuno Correia 2011/12
  • Bipartição Divisãode um ser em dois com idênticas dimensões. Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Processo que ocorre por exemplo em Amiba, Paramécia, Planária Nuno Correia 2011/12
  • Divisão múltipla Nuno Correia 2011/12
  • Gemulação Formaçãode uma ou mais saliências, os gomos ou gemas, que se desenvolvem e separam, originando novos seres. Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Esporulação Formação de células reprodutoras, os esporos, cada um dos quais pode originar um novo indivíduo. Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Esporo  Célula revestida por um invólucro resistente e capaz de desenvolver, de forma independente, um novo indivíduo.  São células reprodutoras assexuadas, quando resultantes de mitose. Nuno Correia 2011/12
  • Multiplicação vegetativa Formação de novos seres a partir do desenvolvimento de certas estruturas vegetativas, como raízes, caules e folhas. Estolhos do morangueiro Nuno Correia 2011/12
  • Rizomas Natural Estolhos TubérculosMultiplicação Bolbos Vegetativa Réplicas Estacaria Artificial Mergulhia Alporquia Enxertia Nuno Correia 2011/12
  • Rizomas Nuno Correia 2011/12
  • Estolhos Nuno Correia 2011/12
  • Tubérculos Bolbos Nuno Correia 2011/12
  • Réplicas Nuno Correia 2011/12
  • Multiplicação vegetativa artificialEstacaria Nuno Correia 2011/12
  • Multiplicação vegetativa artificialMergulhia Nuno Correia 2011/12
  • Multiplicação vegetativa artificialAlporquia Nuno Correia 2011/12
  • Multiplicação vegetativa artificialEnxertia Nuno Correia 2011/12
  • Clonagem de plantas Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Fragmentação Separaçãode fragmentos do corpo, originando cada fragmento um novo indivíduo. Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Estrobilização (divisão transversal) Nuno Correia 2011/12
  • Partenogénese Formação de novos indivíduos exclusivamente a partir do desenvolvimento de gâmetas femininos. Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Na espécie Cnemidophorus uniparens, não existem machos.As fêmeas podem, contudo, adoptar, durante a parada nupcial,comportamentos de macho ou de fêmea.Durante este processo, os «machos» simulam uma cópula, emboranão libertem esperma, dado que não o produzem.As «fêmeas» libertam os seus óvulos, dos quais resultam ovos queoriginarão descendência. Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Clonagem em animais Nuno Correia 2011/12
  • Nuno Correia 2011/12
  • Vantagens da reprodução assexuada Uma das vantagens deste processo é os seres vivos que não se deslocam para outros locais ou que vivem isolados poderem reproduzir-se sem necessidade de encontrar um parceiro e sem gasto de energia na produção de gâmetas e na fecundação. A possibilidade de um rápido crescimento populacional, por exemplo, nas bactérias (que se reproduzem em menos de três horas, cerca de trinta minutos em algumas espécies), se existi- rem condições favoráveis, obtêm-se populações de milhões de seres em pouco mais de vinte e quatro horas. Na agricultura, a possibilidade de as plantas se propagarem vegetativamente proporcionou, ao longo do tempo, a produção de grande número de plantas, com um mínimo de esforço e despesa. Muitas das árvores de fruto e ornamentais foram propagadas assexuadamente a partir de caules ou folhas de uma planta com boas características. Muitas outras plantas são propagadas a partir de fragmentos de raízes ou caules subterrâneos (por exemplo, as batatas). As plantas também podem ser multiplicadas em laboratório, utilizando técnicas de cultura de células. Podem ainda ser utilizadas técnicas de engenharia genética, que melhoram as características originais das plantas, introduzindo genes com interesse nas células que vão ser clonadas. Estas técnicas são aplicadas para obter monoculturas, grandes áreas com uma única variedade de planta que apresenta grande interesse, do ponto de vista económico, para o Homem. Nuno Correia 2011/12
  • Desvantagens da reprodução assexuada A grande desvantagem da reprodução assexuada é o facto de todos os descendentes do mesmo progenitor serem geneticamente iguais (a população é uniforme). Se as condições ambientais do local se modificarem e deixarem de ser propícias a esses indivíduos, estes podem desaparecer. Numa população com variabilidade genética, porém, alguns seres conseguem sobreviver nas novas condições ambientais e, por isso, manter-se. Nuno Correia 2011/12