• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Biologia 11   preparação para exame 1
 

Biologia 11 preparação para exame 1

on

  • 7,420 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,420
Views on SlideShare
7,210
Embed Views
210

Actions

Likes
2
Downloads
282
Comments
0

1 Embed 210

http://bg11esc.wordpress.com 210

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Biologia 11   preparação para exame 1 Biologia 11 preparação para exame 1 Presentation Transcript

    • Biologia 11Exercícios de Revisão
    • Processamento AlternativoO património genético de todas as células vivas está inscrito no seu DNA.Nos seres eucariontes, o RNA sintetizado sofre um processamento ou maturação antes deabandonar o núcleo. Durante este processo, diversas secções do RNA, inicialmentetranscritas, são removidas. Estas porções são chamadas intrões. As porções não removidas– exões – ligam-se entre si, formando um mRNA maduro, que será traduzido numa proteína.Todavia, entre o DNA e as proteínas esconde-se um outro código, o que explica que, apesarde o DNA humano não conter mais do que uma vintena de milhares de genes, as nossascélulas retirem dele informação para fabricar centenas de milhares de proteínas diferentes.Na Figura 3, está representado um processamento alternativo em que são produzidas duasmoléculas diferentes de mRNA a partir do mesmo gene. Este processamento obedece aregras de um código bem preciso, que era até há pouco tempo inimaginável.A partir de uma mesma sequência de DNA, a célula pode produzir não um, mas mais deuma dezena de mRNA diferentes. Em cada tecido, a célula reconhece, na sequência de umprimeiro intrão, a informação que nesse momento conduz à conservação ou à supressão doexão seguinte.Eis aqui uma nova forma de controlar o código da vida, que permite à célula saber comoprocessar o RNA pré-mensageiro de acordo com o seu papel no organismo. É graças a esteprocesso que as células se distinguem umas das outras e ajustam os seus comportamentosàs circunstâncias.Na Figura 4, está representada a produção de diferentes moléculas de mRNA a partir domesmo gene, em diferentes tecidos. Assim, a partir de um único gene, o organismo é capazde conceber diferentes proteínas cuja funcionalidade é específica.Baseado em Science & Vie, Outubro de 2010 Nuno Correia 2
    • Nuno Correia 3
    • Nuno Correia 4
    • Explique de que modo o processo de inibiçãoda transcrição de genes e o processamentoalternativo contribuem para a diferenciaçãocelular. Nuno Correia 5
    • Sugestão metodológica1. Identificar os elementos do item que devem ser relacionados.Os elementos que devem ser relacionados são os seguintes:Explique de que modo o processo de inibição da transcrição de genes e oprocessamento alternativo contribuem para a diferenciação celular.2. Identificar o tipo de relação a estabelecer.Tal como acontece com a maior parte das respostas de construção, tambémesta se baseia na explicitação de uma relação causal; neste caso duas relaçõesprocesso de inibição da transcrição de genes e o processamentoalternativo (causa) e a diferenciação celular (efeito).3. Estabelecer relações.Neste caso, a relação deverá ser estabelecida com recurso a articuladores delinguagem que exprimem relações de causa-efeito (por ex., uma vez que...logo...; se... então...; considerando que... então...).Ao desenvolver a resposta deve ter em conta a informação contida na introduçãoà pergunta bem como nos textos, ou outros elementos, que lhe sirvam desuporte. Apesar da sua resposta pressupor o conhecimento teórico sobre osassuntos em causa, é fundamental que consiga selecionar, a partir dosdocumentos fornecidos, elementos que permitam a sua estruturação. Nuno Correia 6
    • Elementos a Relacionar  processo de inibição da  processo de inibição da transcrição de genes transcrição de genes  processamento alternativo  processamento alternativo Uma vez que Logo, Há bloqueio/inibição da transcrição de diferentes genes  Existe uma relação entre a em diferentes células; produção de conjuntos de Existe relação entre a produção proteínas diferentes e a de diferentes moléculas de mRNA diferenciação celular a partir de um mesmo gene e o processamento alternativo; Nuno Correia 7
    • 4. Leitura final.Leia a resposta que construiu, verificando se a mesma satisfaz cabalmente osrequisitos da pergunta. Verifique também a sua correção formal, tanto sintáticacomo ortográfica/semântica.A resposta deve apresentar os seguintes tópicos: referência ao bloqueio/inibição da transcrição de diferentes genes em diferentes células; relação entre a produção de diferentes moléculas de mRNA a partir de um mesmo gene e o processamento alternativo; relação entre a produção de conjuntos de proteínas diferentes e a diferenciação celular. Nuno Correia 8
    • Identificada molécula responsável por metástases do cancro da mamaImagine um polvo e um mexilhão. Este fica agarrado às rochas e, por mais fortes quesejam as ondas, não sai do mesmo lugar. O polvo, por outro lado, espalha ostentáculos e aproveita a sua elasticidade para se esticar ao máximo. É mais ou menosesta a diferença entre o cancro da mama que não tem metástases e aquele queinvade a pele e outros órgãos. O "polvo" responsável por este tipo de cancro maisagressivo é uma molécula chamada caderina-P e foi identifica por investigadoresportugueses num estudo agora publicado na revista britânica "Oncogene".Os investigadores do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidadedo Porto (Ipatimup) descobriram que quando uma mulher apresenta níveis elevadosdesta proteína tem um pior prognóstico e tende a reagir pior às terapêuticasadministradas, o que acontece em um terço dos casos. Nuno Correia 9
    • “Percebemos que sempre que a caderina-P é expressa nos carcinomas as doentestinham piores prognósticos”, explicou ao PÚBLICO Joana Paredes, que liderou aequipa responsável pelo projecto. Uma caderina é uma molécula ou proteínaresponsável pelo mecanismo hemofílico de adesão celular. "Funciona como umfecho éclair", exemplifica Joana Paredes. Quando a caderina-P é muito elevada ascélulas, nomeadamente as cancerígenas, ficam com uma organização internadiferente. Isto é, desprendem-se mais facilmente, tornam-se invasivas e podementrar na circulação, acabando por afectar outros órgãos onde formammetástases. Contudo, segundo a investigadora portuguesa é possível desenvolveranticorpos que bloqueiem o aumento desta proteína e que permitam, assim,controlar o aparecimento de metástases. Joana Paredes destaca também que ocomportamento desta caderina é oposto ao da caderina-E, associada ao cancrogástrico.Quando os níveis desta proteína são baixos os doentes têm pior prognóstico. Na P,os efeitos são exactamente o contrário e é perante altas quantidades que a célulaé induzida a produzir "enzimas que degradam a matriz de suporte".Em Portugal, surgem todos os anos 4500 novos casos de cancro da mama eregistam-se 1500 mortes.http://www.publico.pt/Ci%C3%AAncias/identificada-molecula-responsavel-por-metastases-do-cancro-da-mama_1412179 Nuno Correia 10
    • Estas novas descobertas feitas pelos investigadores do IPATIMUP podemrepresentar passos muito significativos no aumento da esperança de vidade muitos pacientes. Explique em que medida os resultados do trabalhodescrito devem ser levados em conta relativamente à capacidade dediminuir o número de casos de morte por cancro da mama, em Portugal. Nuno Correia 11
    • Seleccione a alternativa que avalia correctamente as afirmações.1) A nível celular, a produção excessiva de proteínas pode muitas vezes sertransformada num polissacarídeo de reserva como o glicogénio.2) Ao nível celular, o transporte activo e a difusão simples são dependentes dometabolismo celular.3) A difusão simples é um transporte que conduz à anulação do gradiente deconcentrações.a) 1 e 3 são verdadeiras; 2 é falsa;b) 1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas;c) 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa;d) 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas; Nuno Correia 12
    • As glicoproteínas, como por exemplo a caderina-P, segregadas pelas célulascancerígenas, abandonam muitas vezes o espaço intracelular, alterando osmecanismos de adesão celular ao nível do espaço intersticial. Tendo em contao fenómeno descrito reconstitua a sequência correta ordenando as letrasde A a F iniciando a ordenação pela letra A.A. Ação da enzima RNA-polimerase ao nível do núcleo da célula.B. Produção de uma cadeia polipeptídica não funcional.C. Ligação da porção glicosídica à cadeia polipeptídica.D. Transporte de glicoproteínas no espaço intracelular.E. Formação de uma molécula ribonucleotídica funcional.F. Aumento da concentração das caderinas-P ao nível do espaço intracelular. Nuno Correia 13
    • Documento 2: Cientistas estudam moléculas que fazem a proteção solardas cianobactériasOs cientistas estão a um passo de criarem um protetor solar inspirado nanatureza. Eles identificaram as enzimas responsáveis pela produção demoléculas de filtro solar em cianobactérias, organismos que vivem na Terra há3,4 biliões de anos, muito antes da existência de oxigénio suficiente paratravar os efeitos nocivos dos raios ultravioletas do Sol. As cianobactériasproduzem energia e matéria orgânica através da fotossíntese. Para isso, elasprecisam de se expor à radiação ultravioleta do sol, que danifica moléculas deDNA. A cianobactéria demorou quase l bilião de anos para desenvolvermoléculas proteicas chamadas mycosporines e mycosporine aminoácidos(MMA) que absorvem os raios nocivos do Sol. Nuno Correia 14
    • Emily Balskus e Christopher Walsh, dois pesquisadores da Escola de Medicina deHarvard, descobriram os genes e enzimas envolvidos na síntese dessesprotectores solares biológicos pela primeira vez.Com uma técnica de extração genómica, os dois identificaram um grupo de genesque podem ser os responsáveis pela produção das moléculas-filtro solar emcianobactérias da espécie Anabaena varialibis. Para testar os genes, oscientistas activaram este grupo de genes em bactérias do tipo Escherichia coli,que não produzem as moléculas normalmente, e notaram que as bactériaspassaram a produzi-las. In, New Scientist Nuno Correia 15
    • Documento 3O gráfico representa, em unidades arbitrárias, a quantidade de (CO2)libertada e absorvida por uma cianobactérias sujeita a diferentesintensidades luminosas. Nuno Correia 16
    • As radiações ultravioleta conduzem a alterações na molécula de DNA.No organismo humano, se estas mutações ocorrerem em células____,então____ser transmitidas às gerações seguintes.A. sexuais ... não podemB. não sexuais... podem.C. somáticas... não podemD. somáticas ... podem Nuno Correia 17
    • As cianobactérias são seres produtores, ____que obtêm a_____partir docarbono atmosférico.A. fotossintéticos ... energiaB. quimiossintéticos... matériaC. fotossintéticos... matériaD: quimiossintéticos... energia Nuno Correia 18
    • Para testar os genes, os cientistas activaram estes grupo de genes embactérias do tipo Escherichia coli, que não produzem moléculasnormalmente, e notaram que as bactérias passaram a produzi-las. Asbactérias E. coli sintetizavam moléculas ______________ às sintetizadas pelascianobactérias devido à_______________.A. Iguais ... universalidade do código genético.B. Diferentes ... ambiguidade do código genético.C. Iguais... redundância.D. Diferentes... degenerescência. Nuno Correia 19
    • As cianobactérias dependem ___________da luz solar, uma vez que __________.A. Indirectamente ... transferem energia luminosa para a matéria orgânica que sintetizam.B. Directamente ... transferem energia luminosa para a matéria orgânica que sintetizam.C. Directamente ... consomem matéria orgânica sintetizada pelos seres autotróficos.D. Indirectamente... consomem matéria orgânica sintetizada por seres autotróficos. Nuno Correia 20
    • Considere as afirmações que se seguem referentes à análise dos dadospresentes no documento 3. Selecione a alternativa que as avaliacorrectamente.1. À medida que a intensidade luminosa aumenta, a quantidade de C02 libertada também aumenta.2. No momento II, a quantidade de CO2 utilizado na fotossíntese é superior à quantidade libertada durante a respiração.3. O valor constante de C02 absorvido no momento III permite inferir que os produtos da fotossíntese são usados como reagentes na respiração.a) l e 3 são verdadeiras; 2 é falsa.b) 2 é verdadeira; l e 3 são falsas.c) 2 é verdadeira; 2 e 3 são falsas.d) l e 2 são verdadeiras; 3 é falsa. Nuno Correia 21
    • Seleccione a alternativa que completa correctamente a afirmaçãoseguinte.A síntese de enzimas envolvidas na produção desses protectores solaresbiológicos a partir da informação de um gene implica a ....A. ... tradução da sequência de codões do RNA mensageiro processado.B. ... replicação semiconservativa da informação genética.C. ... tradução da sequência de anti-codões do RNA mensageiro processado.D. ... leitura aleatória do RNA mensageiro no citoplasma. Nuno Correia 22
    • A cianobactérias demorou quase l bilião de anos para desenvolvermoléculas chamadas mycosporines e mycosporine aminoácidos(MMA) que absorvem os raios do Sol, garantindo o processofotossintético.Relacione a reduzida vulnerabilidade do material genético dascianobactérias às radiações UV com o equilíbrio dosecossistemas de um ponto de vista trófico. Nuno Correia 23
    • Os vírus são partículas muito pequenas constituídas por uma regiãocentral com ácido nucleico, rodeado por uma cápsula proteica. O ciclode vida de um vírus está representado na figura 1. Nuno Correia 24
    • 1. As duas etapas de síntese proteica B e C, assinaladas noesquema, são, respectivamente……A. replicação (...) traduçãoB. transcrição (...) traduçãoC. replicação (...) transcriçãoD. tradução (...) transcrição Nuno Correia 25
    • Quando um vírus infecta uma célula, multiplica-se no seu interior, dando origema um grande número de vírus. Relacione o fenómeno biológico A com ofacto de a descendência de um vírus poder ser toda idêntica. Nuno Correia 26
    • Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintesafirmações.A. Através do processo de tradução da informação genética, ocorre a síntese dos três tipos de RNA.B. O RNA transcrito é um percursor do RNAm funcional, designando-se, por isso, RNA pré-mensageiro.C. O invólucro nuclear é contínuo com o RELD. O invólucro nuclear é uma membrana simples, que separa o núcleo do citoplasma da célula.E. A enzima RNA polimerase abre a cadeia de DNA permitindo a replicação.F. As bases púricas são complementares das bases pirimidicas.G. O RNA é traduzido a partir de uma cadeia de DNA.H. A pentose e o ácido fosfórico são hidrofóbicos. Nuno Correia 27
    • Considere a seguinte experiência: injectou-se uracilo radioactivo em ratos jovens; após duas horas, os animais foram "sacrificados1; seguidamente procedeu-se à pesquisa de sinais de radioactividade nas células do fígado. observação realizada por auto-radiografia, ao microscópio electrónico está ilustrado na figura 2. Nuno Correia 28
    • Nuno Correia 29
    • Os números 1 e 4 da figura 2 representam, respectivamente, ___________e_______________.A. nucléolo(...) complexo de golgi ;B. núcleo (...) ribossomasC. núcleo (...) complexo de golgiD. nucléolo (...) ribossomas Nuno Correia 30
    • 2. Em l e 4 detectaram-se sinais de radioactividade.Interprete estes resultados.3. Suponha que se utilizou timina radioactiva em vez deuracilo radiactivo.3.1.Infira os resultados observados, nesta situaçãoexperimental.3.2. Fundamente a resposta dada em 3. Nuno Correia 31
    • Documento 4 - MILHO TRANSGÉNICORecentemente, a opinião pública portuguesa foi alertada para umasituação pouco habitual, relacionada com a destruição parcial de uma áreade cultivo de milho transgénico, na zona sul do pais por parte de um grupode pessoas, que protestavam contra o cultivo desta planta geneticamentemodificada. O recurso a este tipo de cultura está relacionado com anecessidade de minimizar o problema da fome, principalmente nos paísesmenos desenvolvidos. São plantas, mais resistentes às adversidades domeio e às pragas, evitando o recurso sistemático aos pesticidas agrícolas.Os organismos transgénicos são todos aqueles em que foramincorporados genes, provenientes de outras espécies, e que não fazemparte do seu genoma original. Várias associações ecologistas têmcontestado esta prática por temerem os perigos para o meio ambiente,assim como para a saúde da população. Apesar dos critérios desegurança definidos pelas empresas de biotecnologia, vários cientistasdefendem que ainda estamos longe de avaliar todos os riscas quepoderão advir desta nova era da genética. Nuno Correia 32
    • Seleccione a alternativa que permite preencher os espaços e obter umaafirmação correcta. O aumento da importância das plantas transgénicas estádirectamente relacionado com o (a) ____________ da população mundialpermitindo _________ a esperança de vida das populações carenciadas dealimentos.A. aumento (...) diminuirB. aumento (...) aumentarC. diminuição (…) aumentarD. diminuição (...) diminuir Nuno Correia 33
    • Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintesafirmações.A. A introdução de genes de outras espécies em plantas como o milho afecta, inevitavelmente, o processo de replicação do DNA nas células em divisão mitótica.B. O aparecimento de porções de DNA diferente no genoma do milho origina, geralmente, a produção de novas substâncias químicas nas suas células.C. Nas plantas transgénicas em desenvolvimento, poderão ocorrer mutações que conduzam ao aparecimento de novas características.D. A clonagem poderá constituir um mecanismo de engenharia genética complementar à cultura de transgénicos, para a resolução da fome mundial.E. A estrutura da molécula do DNA é a mesma em todas as espécies e é universal no mundo vivo.F. O mecanismo de síntese proteica nas células vegetais, como por exemplo, na planta do milho é semelhante ao mecanismo que ocorre nos animais.G. Numa planta, as células apresentam organização eucariótica e o seu DNA nuclear encontra-se associado a proteínas.H. Numa célula em divisão o DNA é duplicado antes da fase mitótica. Nuno Correia 34
    • Uma das vantagens do cultivo de plantas transgénicasreside na capacidade que estas apresentam para aprodução de substâncias tóxicas nefastas aos parasitas.Explique em que medida a produção de substânciasnovas, toxicas para os insectos, por parte de plantastransgénicas poderá contribuir para uma maiorconservação das condições ecológicas ambientais. Nuno Correia 35
    • Analise as afirmações que se seguem, relativas ao ciclo celular. Reconstitua asequência temporal dos acontecimentos mencionados, segundo uma relação decausa-efeito, colocando por ordem as letras que os identificam.A. Primeiro momento de regulação relativamente ao prosseguimento do ciclo celular.B. Intensa actividade biossintética, nomeadamente proteínas e RNA.C. Formação de anel contrátil de filamentos proteicos na placa equatorial.D. Clivagem dos centrómeros.E. Formação de um sulco de clivagem estrangulador do citoplasma. Nuno Correia 36
    • Faça corresponder a cada uma das letras (de A a E) que identificam afirmaçõesrelativas ao crescimento e renovação celular, o número (de l a VIII) da chaverelativa a alguns intervenientes nesses processos.AFIRMAÇÕESA. Filamento de DNA enrolado em torno de um conjunto de histonas.B. Base azotada de anel simples que existe no DNA e RNA.C. Codão de finalização que representa o sinal de paragem da síntese proteica.D. Unidade de informação hereditária, constituída por uma sequência de nucleótidos.E. Unidade monomérica das proteínas.CHAVE1. Nucleótido2. Nucleossoma3. Aminoácido4. Gene5. UAA6. UUG7. Citosina8. Guanina Nuno Correia 37
    • Documento 5 - DNA E MUTAÇÕESA actividade de cada célula ou tecido é dirigida pelo seu DNA. Ao longo daembriogénese à medida que células, cada vez mais diferenciadas, se originam a partirdo zigoto alguns genes tomam-se activos enquanto outros são silenciados, de acordocom a função final da célula. Mas cada célula mantém sempre uma cópia do genomacompleto no seu núcleo. As cadeias de DNA são frágeis e facilmente são modificadaspor químicos ou radiação. Existem, contudo proteínas reparadoras de erros do DNA quereduzem a taxa de erros ou mutações a um mínimo. A maior quantidade de erros ocorreaquando da divisão celular, devido à necessidade duplicar cada cromossoma, de modoa que cada célula-filha tenha uma cópia. Ao longo da vida, milhões de células do nossocorpo sofrem pequenas mutações. Essas células normalmente autodestroem-se,ordenadas pela actividade de proteínas, geradas a partir de genes anti-tumorais doDNA, como por exemplo o P-053. Nenhuma célula se torna neoplásica apenas comuma mutação. Normalmente são necessárias várias para haver desrregulação do ciclocelular e proliferação excessiva, e ainda mais outras para que haja invasão dos órgãosadjacentes ou distantes. Nuno Correia 38
    • Seleccione a alternativa que permite preencher os espaços e obter umaafirmação correcta. No Homem, durante a primeira fase de desenvolvimento doembrião, as células filhas formadas a partir do ovo ou zigoto vão-se tornando,sucessivamente, cada vez mais pequenas até se atingir, ao fim de cerca de 4 dias,uma estrutura em forma de amora designada mórula.Assim, nesta fase inicial que conduz à mórula, a relação volumecitoplasmático/volume nuclear vai-se tornando _______e o volume dacélula_______.A. menor [...] mantém-seB. maior [,..] mantém-seC. menor [...] diminuiD. maior [..,] diminui Nuno Correia 39
    • Durante a segmentação, ocorrem divisões celulares sucessivas, que originamcélulas com dimensões cada vez menores, embora o volume do núcleo semantenha constante. Nuno Correia 40
    • Explique em que medida alterações em genes quecodificam proteínas reparadoras de erros de DNA,poderá aumentar a probabilidade de aparecimento deneoplasia maligna. Nuno Correia 41
    • Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintesafirmações.A. Em diferentes tecidos os genes em actividade são todos diferentes.B. As mutações em células somáticas são transmissíveis à descendência.C. O potencial genético de uma célula é inferior à sua expressão bioquímica.D. Os cromossomas sexuais não existem nas células somáticas.E. No Homem, tanto nas células do intestino, como nas células da traqueia, existem os mesmos cromossomas.F. No mecanismo de expressão dos genes, o gene regulador é responsável pela produção de uma proteína repressora.G. Em alguns organismos, as células adultas diferenciadas podem tornar-se indiferenciadas.H. Uma célula com 2n = 46 cromossomas no final, de um ciclo celular, origina duas células filhas, cada uma com 2n= 46 cromossomas. Nuno Correia 42
    • Seleccione a alternativa que completa correctamente a afirmação. Considereuma célula no início da mitose. No final do ciclo celularA. ... o número de cromossomas mantém-se mas o teor de DNA duplicaB. ... o número de cromossomas mantém-se mas o teor de DNA reduz para metadeC. ... o número de cromossomas reduz para metadeD. ... o número àe cromossomas é o dobro do número de cromatídeos Nuno Correia 43
    • Quando o vírus da estomatite vesicular (VEV) infecta uma célula de um mamífero,desencadeia nesta o inicio da síntese de uma glicoproteina, designada por G-proteína, que pode ser incorporada na membrana plasmática. A orientação da G-proteína nesta membrana é tal que a sua extremidade amina está em contacto como meio extracelular e a extremidade carboxílica com o meio intracelular, a porçãoglicídica da glicoproteina estão em contacto com o meio extracelular. Célulasinfectadas com o vírus VEV foram colocadas num meio contendo aminoácidosmarcados radioactivamente com 14C, durante cinco minutos, e depois foramtransferidas para um meio contendo aminoácidos não marcados. Em intervalos detempo regulares, recolheram-se amostras de células que foram homogeneizadas.Por centrifugação, separaram-se as membranas plasmáticas, as golgianas e as doretículo endoplasmático rugosos (RER), após o que se determinou a quantidade deG-proteína marcada radioactivamente em cada fracção. Os resultados obtidosforam registados no gráfico l da figura 1. A experiência foi repetida, utilizandogalactose marcada radioactivamente com 3H e aminoácidos não marcados, tendo-se obtido os resultados registados no gráfico II da mesma figura. Nuno Correia 44
    • Nuno Correia 45
    • Pela análise dos gráficos pode-se concluir que as membranas biológicasdo retículo endoplasmático, das vesículas golgianas e da membranaplasmática apresentam fluidez, porque_____.A. ...é efectuado o transporte do mesmo tipo de biomoléculas.B. ...as membranas possuem a mesma composição química.C. ...ocorre a fusão de diferentes porções de membrana.D. ...é efectuado o transporte de diferentes proteínas. Nuno Correia 46
    • Segundo os dados do gráfico l e II, ao fim de 10 minutos...A. ... detecta-se marcação com 14C e com 3H no RER.B. ... a marcação com 14C só é detectada no RER.C. ... detecta-se marcação com 14C e com 3H no Complexo de GolgiD. ...a marcação com 3H só é detectada no Complexo de Golgi. Nuno Correia 47
    • A extremidade amina da G-proteína e a extremidade carboxílica são....A. ambas hidrofóbicasB. hidrofílica e hidrofóbica, respectivamenteC. hibrofóbica e hidrofílica, respectivamenteD. ambas hidrofílicas Nuno Correia 48
    • A produção de________nas células é assegurada pelo_____ e a sua mobilizaçãopelo_____________A. lípidos [...] REL [...] Complexo de GolgiB. lípidos [...] RER [...] Complexo de GolgiC. proteínas [... ] REL [... ] Complexo de GolgiD. proteínas [...] Complexo de Golgi [...] RER Nuno Correia 49
    • A porção proteica da G-proteína é um composto__________________, constituídopor cadeias ________sintetizadas ao nível do______.A. quaternário [.,.] peptídicas [...] RERB. quaternário [...] polissacarídeas [...] RERC. ternário [...] peptídicas [...] RELD. ternário [...] polissacarídeas [...] RER Nuno Correia 50
    • Faça corresponder V (verdadeiro) ou F (falso) a cada uma das letras queIdentificam as afirmações seguintes, relativamente ao processo digestivo queocorre nos mamíferos.A. A digestão é exclusivamente extracelular e intracorporal.B. Ocorre uma digestão sequencial ao longo dos vários órgãos digestivos.C. Existência de uma faringe extensível que auxilia â captura de presas, que são ingeridas pela boca.D. Existência de duas aberturas: uma para a entrada do alimento e outra pela qual saem os resíduos.E. Diversos alimentos podem experimentar diferente tipo de tratamento em diferentes órgãos.F. A absorção é mais eficaz em relação à hidra de água doce, devido à existência dê uma cavidade gastrovascular ramificada.G. Possui um tubo digestivo incompleto.H. O aproveitamento do alimento é eficaz uma vez que não ocorre a mistura com substâncias não absorvidas a eliminar. Nuno Correia 51