B11 distribuição da matéria

1,212 views
1,107 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,212
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
104
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

B11 distribuição da matéria

  1. 1. Otransportenas plantas
  2. 2. Nuno Correia 11/12
  3. 3. As árvores mais altas que seconhecem, as sequóias , podem ter cerca de 110 m de altura. Qualquer teoria que pretendaexplicar o mecanismo de transporte da água nas plantas deve ter em consideração este facto. Nuno Correia 11/12
  4. 4. Nuno Correia 11/12
  5. 5. Nuno Correia 11/12
  6. 6. Tecidos condutores Nuno Correia 11/12
  7. 7. Nuno Correia 11/12
  8. 8. Xilema Nuno Correia 11/12
  9. 9. Nuno Correia 11/12
  10. 10. Elementos de vaso São evolutivamente mais recentes e eficientes, poisapresentam maior diâmetro e asextremidades de contacto entreas células podem ser totalmentedissolvidas, formando um tubo oco mais eficaz no transporte. Nuno Correia 11/12
  11. 11. Nuno Correia 11/12
  12. 12. Floema Nuno Correia 11/12
  13. 13. Nuno Correia 11/12
  14. 14. Nuno Correia 11/12
  15. 15. A seiva bruta é transportada pelo xilema Nuno Correia 11/12
  16. 16. Nuno Correia 11/12
  17. 17. Como ascende a água na Planta? Nuno Correia 11/12
  18. 18. Nuno Correia 11/12
  19. 19. Qual é a força responsável pela ascensão de água no xilema?1ª Hipótese – a água sobe por bombeamento feito por células vivas.2 ª Hipótese - A pressão radicular é a causa da subida da água.3ª Hipótese - O mecanismo de tensão-coesão-adesão é o principal responsável pelo transporte da seiva bruta? Nuno Correia 11/12
  20. 20. Hipótese da pressão radicularEsta hipótese é suportada pela observação de fenómenos de Gutação e Exsudação Nuno Correia 11/12
  21. 21. Nuno Correia 11/12
  22. 22.  Esta hipótese postula que existe uma pressão formada na raiz (pressão radicular) que impele a seiva bruta para cima.A acumulação de iões nas células radiculares (por transporte activo), faz com que a concentração de solutos aumente pelo que a água entra na raiz por osmose.A acumulação de água na raiz provoca então uma pressão radicular(pressão positiva da raiz) que força a água a subir. Nuno Correia 11/12
  23. 23. Observação experimental Nuno Correia 11/12
  24. 24. Alguns aspetos que não consegue explicara pressão radicular medida em várias plantas não é suficientemente grande para elevar a água até ao ponto mais alto de uma árvore grande; a maioria das plantas não apresenta gutação nem exsudação; as plantas das zonas temperadas não apresentam exsudação nos planos de corte, efetuando até, por vezes, absorção de água; existem determinadas plantas (algumas Gimnospérmicas, denominadas Coníferas) que possuem -uma pressão radicular nula. Nuno Correia 11/12
  25. 25. Teoria da tensão-coesão-adesãoA teoria da tensão-coesão-adesão explica a ascensão da seiva bruta desde araiz até às folhas com base na existência de uma transpiração estomática ao nível das folhas. Nuno Correia 11/12
  26. 26. Nuno Correia 11/12
  27. 27. Nuno Correia 11/12
  28. 28. Nuno Correia 11/12
  29. 29. Nuno Correia 11/12
  30. 30. Esta hipótese é apoiada pelas seguintes evidências: existência de forças de adesão entre as moléculas de água e as paredes dos vasos; existência de forças de coesão entre as moléculas de água, resultantes da ligação por pontes de hidrogénio entre as suas moléculas; existência de forças de tensão geradas nas folhas e resultantes das perdas de água ao nível das células do tecido clorofilino. Nuno Correia 11/12
  31. 31. De acordo com esta hipótese, a perda de água portranspiração através dos estornas das folhas gera umatensão que obriga a seiva bruta a sair dos vasosxilémicos para as células do tecido clorofilino emdireção aos estomas. Nuno Correia 11/12
  32. 32. As propriedades de coesão e adesão da água permitema manutenção de uma coluna contínua de água nointerior do xilema, da raiz até às folhas, que se deslocade baixo para cima em direção à fonte de tensão. Se osestomas estiverem fechados, a água no interior doxilema tende a manter-se num estado estacionário. Nuno Correia 11/12
  33. 33. Transporte no floema Os Afídeos ou Pulgões são insetos que parasitam as plantas. Por meio de seus aparelhos bucais, formados por estiletes compridos, penetram nas partes tenras do vegetal e estabelecem uma comunicação com o líber, passando a extrair a seiva elaborada. Cortes feitos nessas regiões e vistos ao microscópio mostram que os estiletes bucais estão localizados no tecido liberiano. Nuno Correia 11/12
  34. 34. Nuno Correia 11/12
  35. 35. Nuno Correia 11/12
  36. 36. Nuno Correia 11/12
  37. 37. Nuno Correia 11/12
  38. 38. Nuno Correia 11/12
  39. 39. Nuno Correia 11/12
  40. 40. Nuno Correia 11/12
  41. 41. Nuno Correia 11/12
  42. 42. Nuno Correia 11/12
  43. 43. Nuno Correia 11/12
  44. 44. Nuno Correia 11/12
  45. 45. Nuno Correia 11/12
  46. 46. Nuno Correia 11/12
  47. 47. Nuno Correia 11/12
  48. 48. Nuno Correia 11/12

×