Your SlideShare is downloading. ×
0
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Universidade, Tecnologias, Sociedade e Exclusão digital

828

Published on

Apresentaç

Apresentaç

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
828
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A Universidade na Sociedade da Informação: o desequilíbrio de forças quando a literacia em causa é digital Neuza Pedro (nspedro@ie.ul.pt) Susana Lemos (silemos@ie.ul.pt) João Filipe Matos (jfmatos@ie.ul.pt) Lisboa, 1 e 2 de fevereiro de 2013 – Faculdade de Motricidade Humana - UTL
  • 2. Sociedade da Informação e do conhecimentoAs tecnologias digitais permitem novas formas de distribuição e acesso ao conhecimento Exigem o domínio de competências específicas Perigo da exclusão digital na sociedade da informação e do conhecimento
  • 3. Sociedade da Informação e do conhecimento – o desafio dos estudantes“Hoje em dia, um qualquer aluno do ensino secundário passou em média cerca de 10000 horas a jogar computador. Não se pode pensar que isto não muda a forma de aprender.” (Prensky, 2001)
  • 4. Net-gener@tion Os Nativos digitais pensam, estudam, trabalham, escrevem e interagem de forma diferente As suas Lêem blogs; agem àinterações sociais, velocidade de 1 amizades e clique; preferem atividades cívicas acessos aleatórios; são mediadas por videojogos; gráficos tecnologias reais; multitasking; digitais rápidas recompensas; encontros online, etc.“As estruturas neurológicas do cérebro humano têm vindo a mudar em sequência dos novos hábitos de web surfing.” (Gary Small, 2009) Fortes implicações nas aprendizagens
  • 5. Século XXI: Que competências para os estudantes? 21 st century skills (Pedro, Matos, Pedro & Abrantes, 2011)
  • 6. Século XXI: Que competências para os professores?A realidade atual dos jovens que habitam o sistema educativo é distintadaquela que acolheu a geração que hoje atua como seus professoresA hierarquia na relação entre professor-estudante, determinada pelo acessoe domínio do conhecimento, surge em risco quando o foro de conhecimentos eo domínio de competências em questão são de índole digitalRelevando níveis reduzidos de competências digitais, os professores começama ser sinalizados como em risco de exclusão digitalInevitabilidade crescente da atualização e da formação ao longo da vida
  • 7. Desafio da Universidade Promoção da utilização das tecnologias digitais e de ambientes online de aprendizagemAs novas necessidades devem ser assumidas como desafios e oportunidades demudança nas instituições do ensino superiorReconceptualização do ensino superior: foco nas necessidades do indivíduo e naflexibilização do acesso e diversidade de conteúdos, metodologias, espaço e temposNo contexto tecnológico onde o estudante digital assume novos papéis, aformação dos professores na utilização e aplicação das TIC surge comoelemento fulcral na melhoria do desempenho dos estudantesNecessidade de atualização das competências dos professores universitários Reforço da profissionalização docente e do desenvolvimento profissional docente
  • 8. O contributo do e-learning lab da UL A promoção do combate à exclusão digitalFORMAÇÂO: Eixo orientador do trabalho desenvolvido pelo e-Learning Lab• Procura-se dar resposta às necessidades de atualização técnica e pedagógica dos docentes• Realização de workshops de formação em torno de temáticas relacionadas com a integração das tecnologias nas atividades de ensino• As sessões assumem uma vertente de trabalho prática, onde os docentes são convidados a desenvolver competências digitais: o Na exploração das funcionalidades dos sistemas online de gestão das aprendizagens o No domínio de aplicações específicas de comunicação e colaboração online o Em conceção e desenvolvimento de recursos educativos digitais o Na gestão de comunidades de aprendizagem e e-tutoria
  • 9. O contributo do e-learning lab da UL A promoção do combate à exclusão digitalFORMAÇÂO: Eixo orientador do trabalho desenvolvido pelo e-Learning Lab• Realização de sessões de apoio individualizado a docentes• Apoio na criação de conteúdos de aprendizagem (instructional design)• Suporte à conversão de unidades curriculares presenciais• Apoio na conceção de oferta formativa para b/e-learning• Apoio na conceção de learning objects e conteúdos multimedia
  • 10. É urgente…… combater o desequilíbrio de forças quando a literacia em causa é digitalNeuza Pedro (nspedro@ie.ul.pt)Susana Lemos (silemos@ie.ul.pt)João Filipe Matos (jfmatos@ie.ul.pt) Lisboa, 1 e 2 de fevereiro de 2013 – Faculdade de Motricidade Humana - UTL

×