Avaliacao em e-learning

  • 1,966 views
Uploaded on

UC Avaliacao online das Aprendizagens, Mestrados em TIC e Educação, IEUL

UC Avaliacao online das Aprendizagens, Mestrados em TIC e Educação, IEUL

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,966
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
17
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Avaliação em E-learning Neuza Pedro, 2012 IEUL Neuza Pedro, 2012 UC: Avaliação online das Aprendizagens Mestrados TIC e Educação, IEUL
  • 2. Aquisições Produções O quê avaliar? Satisfação Processos Percursos, ... Alunos/Formandos Professores Quem avaliar? Recursos, Estratégias E-A Course Design Grupos Métodos Instrumentos Como avaliar? Instituições, ... Momentos Para quê avaliar? Seriação Selecção Certificação Desenvolvimento, ... Onde avaliar?EaD, presencial, blended Síncrono/Assíncrono
  • 3. Avaliação e o Design de Cursos em E-learning Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 4. Avaliar para Estruturar• Mercado• Condições (tempo/recursos/estruturas de suporte)• Público• Soluções técnicas
  • 5. Início de cursos em E-learning: a entrada do Estudante Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 6. Organização e gestão do tempo– Gestão da vida profissional, pessoal e educativa– Autorregulação– Capacidade de interação e colaboração– Calendarização das atividades de aprendizagens Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 7. A problemática daAvaliação em E-learning Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 8. Ambientes online e aLegitimidade da avaliação (Gomes, 2009, p.1679)
  • 9. Ambientes online e a Legitimidade da avaliação . Credibilidade . Estatuto . respeito Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 10. Neuza Pedro, 2012 IEULComplexificar Diversificar Conhecer
  • 11. Neuza Pedro, 2012 IEULComplexificar Diversificar Conhecer
  • 12. Neuza Pedro, 2012 IEULComplexificar . Formato da avaliação . Tarefas . Nível de conhecimento exigido Ex. descrever- aplicar-criar . Interconexão nos conteúdos . Co-dependência entre os estudantes
  • 13. Neuza Pedro, 2012 IEULComplexificar Diversificar Conhecer
  • 14. Neuza Pedro, 2012, IEULDinâmica subjacente àspropostas de actividades Temposex. trabalho a pares, . Tarefas-surpresa (paratrabalho em grupo, pontuações suplementares)apresentações síncronas DiversificarCurrículo aberto Tipos de avaliação. Votação de temas (não . Auto-avaliação e hetero-previsíveis) avaliação. Temáticas diferentes para . Diagnóstica, Formativa,grupos de alunos Sumativa
  • 15. Neuza Pedro, 2012 IEULComplexificar Diversificar Conhecer
  • 16. Neuza Pedro, 2012 IEUL. Perfil de competências prévias, motivações e interessesdo estudanteex. entrevista de selecção, docs de candidatura. Registo do nível de desenvolvimento. Estilo de comunicação. Reuniões síncronas de análise de acompanhamento eanálise da satisfação (coord.). Exames orais (síncronos) =Ganhar confiança (evidências) na identidade do aluno Conhecer
  • 17. blended-learning como solução última para oproblema da legitimidade Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 18. A abordagem: contínua, dinâmica e sistémica Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 19. Avaliação sistémicaxi) De cada elementoxii) Do processoxiii) Da relação entre os elementosxiv) Dos sistemasxv) Dos produtos/resultado (Lagarto, 2009)
  • 20. Avaliação sistémica (Lagarto, 2009) Instituição/Coord. Professorxi) De cada elemento Tutor Aluno Conteúdos Abordagem EaDxii) Do processo Dinâmica Metodologias Instituição/Coord. Professorxiii) Da relação entre os elementos Tutor Aluno Conteúdos Fiabilidadexiv) Dos sistemas Usabilidade Compatibilidade Adaptabilidadexv) Dos resultado Rentabilidade Desempenho Produtos/Outcomes
  • 21. Aceitando-se a ideia de Avaliação sistémicaxi) De cada elementoxii) Do processoxiii) Da relação entre os elementosxiv) Dos sistemasxv) Dos produtos/resultado Curso = ∑ (xi-ei . Xii-eii . Xiii- eiii . Xiv- eiii . xv-ev), onde x ≠0 Custo total
  • 22. Aceitando-se a ideia de Avaliação sistémica preconiza-se que o sucesso de um curso em e-learning é determinado pela multiplicação do valor conseguido em cada um dos seus factores subtraindo a estes a expectativaprévia respectiva, a dividir pelo custo total sabendo que em nenhum dos factores o valor pode ser zero.
  • 23. Avaliação doe-docente, e-formador, e-tutor, etc… Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 24. Sistemas de avaliação da qualidade em Cursos e E-learning Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 25. Avaliação participada ou colaborativaSelf- assessment e/ou Peer-assessment Aluno Professor Nas notas de cada aluno No design do cursoNa avaliação global do curso Na avaliação global do curso Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 26. Qualidade e desenvolvimento profissionalÁrea A Área B 1 2 Teaching square (Wessely, UVIC, 2006) 3 4Área C Área D Neuza Pedro, 2012 IEUL
  • 27. Orientações para a Qualidade do Feedback• Importância do Feedback: atempado, ongoing circular, incremental• Princípios de flexibilidade (não- prescritivo), adaptação, orientação e autonomia;• Exemplificação de pistas de auto- diagnóstico, indicadores de sucesso, check-lists “insightful, timely and objective… rapid, detailed and positive” (Packham, Jones, Miller &Thomas ,2004).
  • 28. Feedback/Feedforward do aluno Sobre a organização, adequação, aplicabilidade. Sistemas e navegabilidade dos espaços . Funcionalidades e aplicações . Conteúdos e recursos de apoio . Propostas de actividade . Nível de directividade / autonomia do design . Apoio do docente, formador, tutor
  • 29. Avaliação contínua e dinâmica
  • 30. Avaliação contínua e dinâmica . ao longo de todo o processo. Com capacidade correctiva (e preventiva)
  • 31. Contínua e dinamicamente olhando para: . Dados automáticos do sistema dados de acesso, percursos de navegação, relatórios . Dúvidas apresentadas emails recebidos + posts online = transformadas em FAQ’s . Cumprimento das propostas + comentários data, conteúdo, ambos
  • 32. Trabalho/Teste + Comentários pessoais: “ encourage students to add a separate sheet indicating • What they are pleased with • What they think they have done well (or tried to do well) • Which things were difficult and they are not too happy about, and about which they would particularly like comments • Their own assessment of the piece of work * • Any other comments” (Haynes, 2003 cit. por Jamornmann, 2004, p.29)
  • 33. Contínua e dinamicamente olhando para:. Dados automáticos do sistema dados de acesso, percursos de navegação, relatórios . Dúvidas aprensentadas emails recebidos+ posts online =FAQ’s . Cumprimento das propostas + comentários data, conteúdo, ambos . Dinâmicas de interacção online . Apoio requerido ao tutor/ formador . Testes de regulação das aprendizagens
  • 34. E-learning e avaliação: pontos críticos
  • 35. ReferênciasGomes, M. J. (2009). Problemáticas da avaliação em educação online. In Paulo Dias &António Osório. (orgs.) Actas da VI Conferência Internacional de TIC na Educação –Challenges 2009 (pp. 1675 – 1693). Braga: Universidade do Minho.Jamornmann, U. (2004 ). Techniques for Assessing Students’ eLearning Achievement .International Journal of The Computer, the Internet and Management, 12 (2), 26 -31.Lagarto, J. (2009). Avaliação em e-learning. Educação, Formação & Tecnologias, 2 (1), pp.19-29. Disponível em http://eft.educom.ptPackham, G., Jones, P., Miller, C., & Thomas, B. (2004). Perceptions of efective e-moderation:A Tutors Viewpoint. Acedido a 12 de Maio 2012 através dehttp://www.networkedlearningconference.org.uk/past/nlc2004/proceedings/individual_papers/packham_et_al.htm