Psicologia 12ºAno<br />Estereótipos, Preconceitos e Discriminação<br />Cognição Social<br />Inês de Sousa Mascarenhas nº6 ...
Estrutura do Trabalho:<br /> páginas<br />Cognição Social                                                       151-177<br...
Cognição Social<br />
O que é?<br />
	Humano		   Animal<br />
Cognição Social<br />Relação<br />
Processos de Cognição Social<br />Esquemas <br />
Impressões<br />Construção de Imagem / Ideia; Formação da Impressão<br />Características / Indícios<br />Selecção dos aspe...
Impressões<br />Objectos<br />Construção de Imagem / Ideia; Formação da Impressão<br />Características / Indícios<br />Sel...
ImpressãoeCategorização<br />Categorização através de: Semelhanças e Diferenças<br />
ImpressãoeCategorização<br />Categoria<br />Categoria<br />Processos psicológicos<br />Categoria<br />Categoria<br />pesso...
Em suma:<br />
Formação das Impressões<br />
Formação das Impressões<br />Indícios<br />Impressão Global<br />
Formação das Impressões<br />Atribuição de:<br />Atribuição de:<br />
Teoria implícita da personalidade<br />
Experiência de Solomon<br />
Pessoa A<br />Inteligente<br />Trabalhadora<br />Impulsiva<br />Crítica<br />Obstinada<br />Invejosa<br />Pessoa B<br />Ob...
Primeiras Impressões<br />Primeira Impressão tem maior influência sobre a pessoa.<br />Logo, não é indiferente a ordem pel...
Primeiras Impressões<br />Caracterizam-se por<br />
Observação de Características.<br />Efeito de “Halo”<br />Impressão Formada pela pessoa.<br />captada<br />captada<br />ca...
Primeiras Impressões<br />As impressões podem ainda ser influenciadas por outros factores como o Humor:<br />Pessoas com b...
Expectativas<br />Expectativas: Facilitadoras da Leitura do Mundo.<br />
Entrada num recinto festivo (casamento)<br />Avistamento de uma pessoa de vestido preto<br />Conclusão de que é convidada<...
Exemplo<br /><ul><li>Entrada num recinto festivo (casamento)
Avistamento de uma pessoa de vestido preto
Conclusão de que é convidada
Formação de expectativas sobre a pessoa</li></ul>Indução<br />Dedução<br />
Expectativas<br />
Importância das Expectativas na Vida Social:<br />Pais – Filhos; <br />Professores – Alunos;<br />Empregados – Patrões;<br...
Efeito das Expectativas<br />
Efeito das Expectativas<br />	Auto-realização das profecias.<br />	Efeito de Pigmaleão.<br />
As expectativas dos professores afectam de forma significativa o que os alunos aprendem.<br />Os alunos em que têm altas e...
Efeito das Expectativas<br />
Atitudes<br />
Atitudes<br />Atitude<br />Comportamento<br />Tendência relativamente estável<br />Predisposição<br />
Atitudes<br />Em que consiste? Posição<br />De quem? Agente<br />Relativamente ao quê? Objecto<br />Como se exprime? Sinto...
Atitudes<br />Informações<br />Este processo explica diferentes interpretações face ao mesmo acontecimento.<br />
Componentes das Atitudes<br />construídas essencialmente<br />
Componentes das Atitudes<br />
Componentes das Atitudes<br />
Atitudes e Comportamento<br />Uma vez que as atitudes não são directamente observáveis temos que as inferir dos comportame...
Atitudes e Comportamento<br />Factores que determinam uma atitude relativamente a um comportamento:<br />Se é ou não forte...
Formação e Mudança de Atitudes<br />
Formação e Mudança de Atitudes<br />Observação<br />Identificação<br />Imitação<br />de Modelos<br />
Dissonância Cognitiva é: sentimento desagradável que pode ocorrer quando a pessoa sustenta duas atitudes que se opõem.<br ...
Dissonância Cognitiva<br />
Dissonância Cognitiva<br />
Representações Sociais<br />Representações:<br />
Representações Sociais<br />Moscovici:<br />
Representações Sociais<br />resultam das:<br />
Representações Sociais<br />
Representações Sociais<br />Elaboração das Representações Sociais:<br />
Representações Sociais<br />Objectivação:<br />Representações complexas e abstractas<br />Excluir e esquecer alguns elemen...
Representações Sociais<br />Ancoragem:<br />Enraizamento e assimilação de imagens criadas pela objectivação.<br />Novas op...
Representações Sociais<br />
Representações Sociais<br />Funções das Representações Sociais:<br />Função de Saber<br />Explicação, compreensão e desenv...
Estereótipos, Preconceitos e Discriminação<br />
Estereótipos:<br />Conjunto de Crenças<br />Imagem Simplificada<br />Características<br />Grupo<br />Quadros Interpretação...
Estereótipos, funções:<br />Função Sociocognitiva – Bem e Mal, categorização da realidade social.<br />Função Socioafectiv...
Simplicidade<br />Uniformidade<br />Tonalidade Afectiva<br />Durabilidade e Constância<br />Pregnância<br />Estereótipos, ...
Tarefa:<br />Definição de: Preconceito e Discriminação.<br />Se já sofreu de algum tipo de preconceito ou discriminação e ...
Preconceitos e Discriminação:<br />Falem!<br />
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Cognição Social

32,573

Published on

Trabalho de psicologia do 12º Ano sobre cognição social e estereótipos, preconceitos e discriminação.

Published in: Education
4 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
32,573
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
771
Comments
4
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cognição Social

  1. 1. Psicologia 12ºAno<br />Estereótipos, Preconceitos e Discriminação<br />Cognição Social<br />Inês de Sousa Mascarenhas nº6 12ºC1<br />
  2. 2. Estrutura do Trabalho:<br /> páginas<br />Cognição Social 151-177<br />Impressões 153-157<br />Impressão e categorização 154,155<br />Formação das impressões 155,156<br />Efeito das primeiras impressões 157<br />Expectativas 159-163<br />Estatuto e papel das expectativas 160<br />Efeito das expectativas 161-163<br />Atitudes 164-170<br />Componentes das atitudes 165,166<br />Atitudes e comportamentos 166,167<br />Formação e mudança de atitudes 167,168<br />Dissonância cognitiva 169,170<br />Representações Sociais 172-177<br />Elaboração das representações sociais 175,176<br />Função das representações sociais 177<br />Estereótipos, preconceitos e discriminação 221-223<br />Estereótipos 221-224<br />Estereótipos e categorização 221-223<br />Funções dos estereótipos 223,224<br />Preconceitos 224-226<br />Discriminação 226-229<br />Discriminação e auto-estima 228,229<br />
  3. 3. Cognição Social<br />
  4. 4. O que é?<br />
  5. 5.
  6. 6. Humano Animal<br />
  7. 7. Cognição Social<br />Relação<br />
  8. 8. Processos de Cognição Social<br />Esquemas <br />
  9. 9. Impressões<br />Construção de Imagem / Ideia; Formação da Impressão<br />Características / Indícios<br />Selecção dos aspectos considerados mais importantes<br />Outro<br />Eu<br />Processo Mútuo<br />
  10. 10. Impressões<br />Objectos<br />Construção de Imagem / Ideia; Formação da Impressão<br />Características / Indícios<br />Selecção dos aspectos considerados mais importantes<br />Objecto<br />Eu<br />Processo Único<br />
  11. 11. ImpressãoeCategorização<br />Categorização através de: Semelhanças e Diferenças<br />
  12. 12. ImpressãoeCategorização<br />Categoria<br />Categoria<br />Processos psicológicos<br />Categoria<br />Categoria<br />pessoas<br />sensações<br />objectos<br />Categoria<br />Categoria<br />Categoria<br />
  13. 13. Em suma:<br />
  14. 14. Formação das Impressões<br />
  15. 15. Formação das Impressões<br />Indícios<br />Impressão Global<br />
  16. 16. Formação das Impressões<br />Atribuição de:<br />Atribuição de:<br />
  17. 17. Teoria implícita da personalidade<br />
  18. 18. Experiência de Solomon<br />
  19. 19. Pessoa A<br />Inteligente<br />Trabalhadora<br />Impulsiva<br />Crítica<br />Obstinada<br />Invejosa<br />Pessoa B<br />Obstinada<br />Crítica<br />Invejosa<br />Impulsiva<br />Inteligente<br />Trabalhadora<br />
  20. 20. Primeiras Impressões<br />Primeira Impressão tem maior influência sobre a pessoa.<br />Logo, não é indiferente a ordem pela qual descrevemos alguém a outra pessoa.<br />
  21. 21. Primeiras Impressões<br />Caracterizam-se por<br />
  22. 22. Observação de Características.<br />Efeito de “Halo”<br />Impressão Formada pela pessoa.<br />captada<br />captada<br />captada<br />rejeitadas<br />
  23. 23. Primeiras Impressões<br />As impressões podem ainda ser influenciadas por outros factores como o Humor:<br />Pessoas com bom humor formam impressões positivas dos outros<br />Pessoas com mau humor formam impressões negativas dos outros<br />
  24. 24. Expectativas<br />Expectativas: Facilitadoras da Leitura do Mundo.<br />
  25. 25. Entrada num recinto festivo (casamento)<br />Avistamento de uma pessoa de vestido preto<br />Conclusão de que é convidada<br />Formação de expectativas sobre a pessoa<br />Exemplo<br />
  26. 26. Exemplo<br /><ul><li>Entrada num recinto festivo (casamento)
  27. 27. Avistamento de uma pessoa de vestido preto
  28. 28. Conclusão de que é convidada
  29. 29. Formação de expectativas sobre a pessoa</li></ul>Indução<br />Dedução<br />
  30. 30. Expectativas<br />
  31. 31. Importância das Expectativas na Vida Social:<br />Pais – Filhos; <br />Professores – Alunos;<br />Empregados – Patrões;<br />Expectativas, Estatuto e Papel<br />Conjunto de Expectativas Mútuas<br />Conjunto de comportamentos esperados de alguém com um dado estatuto<br />
  32. 32. Efeito das Expectativas<br />
  33. 33. Efeito das Expectativas<br /> Auto-realização das profecias.<br /> Efeito de Pigmaleão.<br />
  34. 34. As expectativas dos professores afectam de forma significativa o que os alunos aprendem.<br />Os alunos em que têm altas expectativas geralmente apresentam progressos.<br />Os alunos sobre os quais não há expectativas tendem a não realizar tantos progressos como os anteriores.<br />Os alunos sobre os quais não há expectativas que fazem progressos são vistos de forma negativa.<br />Efeito das Expectativas<br />Efeito de Rosenthal<br />
  35. 35. Efeito das Expectativas<br />
  36. 36. Atitudes<br />
  37. 37. Atitudes<br />Atitude<br />Comportamento<br />Tendência relativamente estável<br />Predisposição<br />
  38. 38. Atitudes<br />Em que consiste? Posição<br />De quem? Agente<br />Relativamente ao quê? Objecto<br />Como se exprime? Sintomas ou Indicadores<br />Qual a sua função? Função Cognitiva, Energética e Reguladora<br />
  39. 39. Atitudes<br />Informações<br />Este processo explica diferentes interpretações face ao mesmo acontecimento.<br />
  40. 40. Componentes das Atitudes<br />construídas essencialmente<br />
  41. 41. Componentes das Atitudes<br />
  42. 42. Componentes das Atitudes<br />
  43. 43. Atitudes e Comportamento<br />Uma vez que as atitudes não são directamente observáveis temos que as inferir dos comportamentos.<br />Zona de Fumadores<br />Zona de Não Fumadores<br />
  44. 44. Atitudes e Comportamento<br />Factores que determinam uma atitude relativamente a um comportamento:<br />Se é ou não forte<br />Se é ou não relativamente estável<br />Se é ou não relevante para o comportamento<br />Se é ou não importante<br />Se é ou não facilmente retida pela memória<br />Página 167<br />
  45. 45. Formação e Mudança de Atitudes<br />
  46. 46. Formação e Mudança de Atitudes<br />Observação<br />Identificação<br />Imitação<br />de Modelos<br />
  47. 47. Dissonância Cognitiva é: sentimento desagradável que pode ocorrer quando a pessoa sustenta duas atitudes que se opõem.<br />Como resolver?<br />Mudando as duas convicções<br />Alterando a percepção de importância de uma delas<br />Acrescentando uma outra informação<br />Negando a relação entre as duas convicções<br />Dissonância Cognitiva<br />
  48. 48. Dissonância Cognitiva<br />
  49. 49. Dissonância Cognitiva<br />
  50. 50. Representações Sociais<br />Representações:<br />
  51. 51. Representações Sociais<br />Moscovici:<br />
  52. 52. Representações Sociais<br />resultam das:<br />
  53. 53. Representações Sociais<br />
  54. 54. Representações Sociais<br />Elaboração das Representações Sociais:<br />
  55. 55. Representações Sociais<br />Objectivação:<br />Representações complexas e abstractas<br />Excluir e esquecer alguns elementos de modo a valorizar e desenvolver outros.<br />Reagrupamento de ideias em torno de dado assunto.<br />3 fases da objectivação:<br />Construção Selectiva – Selecção dos elementos mais representativos. É mantida apenas a informação mais relevante.<br />Esquematização Figurativa – Organização das ideias seleccionadas em esquemas figurativos simples que podem ser convertidos para imagens.<br />Naturalização – Transformação do abstracto em concreto. Formação de imagens simples e concretas ou metáforas.<br />tornam-se<br />simples e concretas<br />
  56. 56. Representações Sociais<br />Ancoragem:<br />Enraizamento e assimilação de imagens criadas pela objectivação.<br />Novas opiniões + Opiniões Anteriores = Universo de Opiniões.<br />Integração do objecto da representação no sistema de valores do sujeito.<br />Uma vez ancorada a representação social funciona como filtro cognitivo = informações novas interpretadas segundo quadros de representação preexistentes.<br />
  57. 57. Representações Sociais<br />
  58. 58. Representações Sociais<br />Funções das Representações Sociais:<br />Função de Saber<br />Explicação, compreensão e desenvolvimento de acções sobre o real.<br />Função da Orientação<br />Guia de comportamento. <br />Precede o desenvolvimento da acção.<br />Função Identitária<br />Construção de Identidade Social.<br />Posicionamento em relação a grupos.<br />Função de Justificação<br />Explicação e Justificação de Opiniões e Comportamentos.<br />
  59. 59. Estereótipos, Preconceitos e Discriminação<br />
  60. 60.
  61. 61. Estereótipos:<br />Conjunto de Crenças<br />Imagem Simplificada<br />Características<br />Grupo<br />Quadros Interpretação<br />Função Simplificação<br />Integração Social<br />
  62. 62. Estereótipos, funções:<br />Função Sociocognitiva – Bem e Mal, categorização da realidade social.<br />Função Socioafectiva – Identidade Social. Definição de “nós” por oposição aos “outros”. Reforço da imagem positiva do grupo.<br />
  63. 63. Simplicidade<br />Uniformidade<br />Tonalidade Afectiva<br />Durabilidade e Constância<br />Pregnância<br />Estereótipos, caracterização:<br />
  64. 64. Tarefa:<br />Definição de: Preconceito e Discriminação.<br />Se já sofreu de algum tipo de preconceito ou discriminação e em relação ao quê (se quiser contar).<br />Se possuí algum tipo de preconceito ou discriminação e em relação ao quê (se quiser contar).<br />
  65. 65. Preconceitos e Discriminação:<br />Falem!<br />
  66. 66. Preconceitos e Discriminação:<br />Toda a Turma 12ºC1-12ºC4 : <br />Diferença entre preconceito e estereótipo:<br />Estereótipo – Atribui características a um dado grupo ou pessoa<br />Preconceito – ‘’ ‘’ ‘’ ‘’ + avaliar esse grupo ou pessoa de forma negativa.<br />Componente Cognitiva – Estereótipo<br />Componente Afectiva – Preconceito<br />Componente Comportamental - Discriminação<br />
  67. 67. Preconceitos e Discriminação:<br />Discriminação: comportamento que nega a dada pessoa ou grupo o tratamento merecido. Acto intencional, justo ou injusto em relação a alguém ou a um grupo de pessoas.<br />Acentua-se em tempos de crise económica e social.<br />Níveis de discriminação:<br />Exprimir opinião sobre o grupo<br />Evitar relações com o grupo<br />Medidas discriminatórias para com o grupo<br />Agressão Física<br />Extermínio<br />Discriminação positiva: ex. apoio aos pobres.<br />Pessoas que sofrem de discriminação perdem auto-estima e começam a crer no preconceito contra elas mesmas.<br />2/3 das raparigas negras às quais se perguntou que boneca preferiam escolheram a branca em vez da que se assemelhava a elas por “ser mais bonita”<br />
  68. 68. Janeiro 2010<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×