Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Gestão Ágil de Projetos com Scrum

  • 725 views
Uploaded on

Gestão Ágil de Projetos com Scrum. Material da apresentação feita na Softcom Tecnologia.

Gestão Ágil de Projetos com Scrum. Material da apresentação feita na Softcom Tecnologia.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
725
On Slideshare
725
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
6
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Gestão Ágil de Projetos com Scrum Noaldo Sales Santos Filho noaldo@gmail.com Noaldo Sales Santos Filho
  • 2. Motivação• 1986 um paper foi publicado comparando a construção de pontes e a construção de softwares. Como premissa foi utilizado: – Pontes normalmente são entregues no prazo, dentro do orçamento e “não caem” – Softwares raramente são entregues no prazo ou dentro do orçamento. E normalmente eles tem bugs.• Razões para o sucesso na construção de pontes: – Alto nível de detalhe em momento de design; – O design é congelado e o contratante tem pouquíssima flexibilidade de mudanças. Noaldo Sales Santos Filho
  • 3. Motivação• The Standish Group fez uma pesquisa e em 2009 publicou:• 24% dos projetos fracassam;• 44% dos projetos são entregues com sucesso parcial;• E apenas 32% dos projetos obtêm sucesso. Noaldo Sales Santos Filho
  • 4. Motivação• Os principais fatores que ajudaram no sucesso dos projetos foram: – Envolvimento do usuário: 15.9% – Apoio executivo: 13.9% – Declaração de requisitos clara e limpa: 13% – Planejamento apropriado: 9.6% – Expectativas realistas: 8.2% – Milestones pequenos: 7.7% – Equipe competente: 7.2% – Propriedade: 5.3% – Visão e objetivos claros: 2.9% – Trabalho duro e equipe focada: 2.4% – Outros: 13.9% Noaldo Sales Santos Filho
  • 5. Motivação• Os fatores que influenciaram os projetos de sucesso parcial foram: – Falta de insumos do usuário: 12.8% – Requisitos & Especificações incompletas: 12.3% – Mudanças nos requisitos & especificações: 11.8% – Falta de apoio executivo: 7.5% – Ambiente tecnológico incompleto: 7.0% – Falta de recursos: 6.4% – Expectativas irrealistas: 5.9% – Objetivos nebulosos: 5.3% – Ciclos (tempo) irrealistas: 4.3% – Novas tecnologias: 3.7% – Outras: 23% Noaldo Sales Santos Filho
  • 6. Motivação• As principais causas de fracasso são: – Requisitos Incompletos: 13.1% – Falta de envolvimento do usuário: 12.4% – Falta de recursos: 10.6% – Expectativas não realistas 9.9% – Falta de apoio executivo: 9.3% – Mudanças de requisitos: 8.7% – Falta de planejamento: 8.1% – Não precisa mais daquilo: 7.5% – Falta de gestão da TI: 6.2% – Analfabetismo tecnológico: 4.3% – Outros: 9.9% Noaldo Sales Santos Filho
  • 7. Motodologias Ágeis• Agile Alliance – Em 2001, Kent Beck e outros dezesseis renomados desenvolvedores, autores e consultores assinaram o manifesto para o desenvolvimento ágil de software. – Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas – Software que funciona mais que documentação completa – Colaboração com o cliente mais que negociação contratual – Respostas as mudanças mais que seguir o plano Noaldo Sales Santos Filho
  • 8. Project noise level Noaldo Sales Santos Filho
  • 9. Agile Value Profile Noaldo Sales Santos Filho
  • 10. Plano vs Valor Noaldo Sales Santos Filho
  • 11. Scrum Framework Noaldo Sales Santos Filho
  • 12. Scrum Framework• Scrum não é uma metodologia que irá te ajudar a desenvolver melhores produtos;• Scrum não lhe dá a resposta de como desenvolver software de qualidade mais rapidamente;• Scrum é uma ferramenta, um framework, que você pode usar para identificar o que você precisa fazer para desenvolver software de qualidade rapidamente;• Scrum não necessita que as equipes estejam co- localizadas. Porém, lhe permite medir a produtividade de equipes co-localizadas;• Eficaz para projetos com prazos de entrega apertados, requisitos mutáveis e críticos de negócio. Noaldo Sales Santos Filho
  • 13. O que é Scrum?• É um Framework Agile que permite entregar um “valor de negócio” mais elevado num período de tempo mais curto;• Concebido em 1990 por Jeff Sutherland e sua equipe;• Permite entregar rapidamente software funcionando e de qualidade a cada duas a quatro semanas (Sprints);• O cliente define as prioridades. O time se auto-organiza e determina a melhor forma de entregar as funcionalidades de maior priorização;• No fim de cada Sprint o Time apresenta para o cliente as funcionalidades funcionando.• Seus princípios são usados para orientar as atividades de desenvolvimento dentro de um processo que incorpora as atividades de requisitos, análise, projeto, evolução e entrega. Noaldo Sales Santos Filho
  • 14. Por que Scrum?• Aumento do ROI – Métodos tradicionais demoram para satisfazer as necessidades do cliente; – Entregar mais cedo permite um ROI mais cedo.• Flexibilidade – Responder a mudanças de requisitos; – Responder a evolução da tecnologia.• Produto de Qualidade – Entregar produto certo na primeira entrega; – Entregar com menos erros, testando mais cedo e com mais frequência.• Visibilidade – Medida do progresso = produto concluído;• Rápido Feedback – Feedback constante do cliente, stakeholders e membros do time. Noaldo Sales Santos Filho
  • 15. O que é Scrum?• Transparência• Inspeção• Adaptação Noaldo Sales Santos Filho
  • 16. Scrum é composto por• Times Scrum – e seus papéis associados;• Time-Boxes – Eventos com duração fixa;• Artefatos;• Regras; Noaldo Sales Santos Filho
  • 17. Time-Boxes• Assegurar o foco do time nas tarefas que precisam ser executadas. – Reunião de Release Planning; – Reunião de Sprint Planning; – Sprint; – O Daily Stand up; – Sprint Review; – Retrospectiva; Noaldo Sales Santos Filho
  • 18. Os Três Papéis Noaldo Sales Santos Filho
  • 19. Porcos e Galinhas Noaldo Sales Santos Filho
  • 20. Galinhas• Não fazem parte do time;• Não podem mandar no time;• Não podem alterar o caminho do time;• Suas idéias só farão parte do Product Backlog se o PO assim decidir;• Quer fazer alguma coisa? Quer decidir? Quer participar? Então, seja porco. Noaldo Sales Santos Filho
  • 21. Product Owner (PO) Noaldo Sales Santos Filho
  • 22. Product Owner (PO)• Define as funcionalidades do produto;• Decide a data de entrega e o conteúdo;• Responsável pelo ROI;• Prioriza as funcionalidades conforme o valor de negócio;• Ajusta as funcionalidades e suas prioridades a cada Sprint;• Aceita ou rejeita os resultados. Noaldo Sales Santos Filho
  • 23. Scrum Master (SM) “The sheepdog for the team” – Ken Schwaber Noaldo Sales Santos Filho
  • 24. Scrum Master (SM)• Responsável pela aplicação dos valores e práticas do Scrum;• Remove impedimentos;• Assegura que a equipe está totalmente funcional e produtiva;• Permite a cooperação entre os diversos papéis e funções;• Proteje o time das interferências externas. Noaldo Sales Santos Filho
  • 25. Scrum Master (SM)• Quem pode ser o ScrumMaster?• O ScrumMaster pode ter outros papéis?• Quais as qualidades que ele precisa ter?• Qual a autoridade que o ScrumMaster tem?• O ScrumMaster é responsável por datas, orçamento, benefícios, etc.?• Quais as obrigações do ScrumMaster? Noaldo Sales Santos Filho
  • 26. O Time (Team) Noaldo Sales Santos Filho
  • 27. O Time (Team)• 7 pessoas (+ ou - 2);• Multifuncional;• Dedicados ao projeto;• Auto-organizado e auto-gerenciável;• Responsável por escolher o trabalho que será executado durante o Sprint;• Responsável por quebrar as funcionalidades e estimar a sua complexidade; Noaldo Sales Santos Filho
  • 28. Scrum = Communication Noaldo Sales Santos Filho
  • 29. Alguém ainda não viu? Noaldo Sales Santos Filho
  • 30. Product Backlog Iceberg Noaldo Sales Santos Filho
  • 31. Product Backlog ExampleUser Story Priority EstimateComo usuário eu gostaria de criar uma conta H 4Como usuário eu gostaria de enviar um documento H 8Como usuário eu gostaria de visualizar um H 5documentoComo usuário eu gostaria de buscar documentos H 10pelo texto delesComo usuário eu gostaria de criar pastas para os M 3documentosComo usuário eu gostaria de poder mover um M 3documento para uma pastaComo usuário eu gostaria de taggear um documento L 4 Noaldo Sales Santos Filho
  • 32. User Stories• Atributos: – Tamanho (pontos, dias ideiais), Valor de negócio; – Condições de satisfação. Noaldo Sales Santos Filho
  • 33. User Stories• Quando necessário, a equipe também pode definir estórias para o produto;• Estórias muito grandes devem ser divididas. Noaldo Sales Santos Filho
  • 34. User Stories• Teste escrever: – What? (O quê?) – Why? (Por que?), Who? (Quem?) Noaldo Sales Santos Filho
  • 35. User Stories no Backlog• 3 “C”s – Card – Escritas em index cards de tamanho 9 x 15cm – Podem conter estimativas, alguns detalhes, etc. – Conversation – Um lembrete para ter uma conversa – Exponha os requerimentos, não os documente – Os detalhes aparecem durante as conversas – Confirmation – Teste de aceitação para confirmar que a estória foi desenvolvida corretamente – Documente os detalhes das conversas Noaldo Sales Santos Filho
  • 36. Story Points• Tamanho de uma estória;• Influenciado por: – O quanto difícil é a estória; – Qual o tamanho do trabalho.• Valor relativo;• Pontos não possuem unidades: – Fibonacci sequence (0, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, ...) Noaldo Sales Santos Filho
  • 37. Tempo• Quanto tempo algo iria demorar se: – Você trabalhasse apenas nisso; – Sem interrupção de tempo; – Tudo que você precisa estará disponível;• O tempo ideal de uma partida de futebol seria de 90 minutos: – Dois tempos de 45 minutos.• O tempo total, porém, leva + ou - 2 horas. Noaldo Sales Santos Filho
  • 38. Prática – Product BacklogDividam-se em equipes;Escolham um Product Owner;O produto será um software para uma loja de roupas;Definam de 10 a 12 User Stories;Priorizem com o Product Owner;30 minutos; Noaldo Sales Santos Filho
  • 39. ROI – Return Of Investment Noaldo Sales Santos Filho
  • 40. Noaldo Sales Santos Filho
  • 41. Noaldo Sales Santos Filho
  • 42. Sprint Planning Noaldo Sales Santos Filho
  • 43. Sprint Burndown Noaldo Sales Santos Filho
  • 44. Prática – Sprint Planning• Com o product backlog produzido anteriormente: – Quebrar as User Stories em tasks; – Definir o tempo em horas ideais que cada task deve demorar pra ser feito; – Priorizar conforme as necessidades do product owner; – #PARADO AQUI# Noaldo Sales Santos Filho
  • 45. Release Noaldo Sales Santos Filho
  • 46. Velocity• Para fazer um release plan, precisamos saber ou ter uma idéia de Velocity;• 3 formas de termos a Velocity: – Média das anteriores; – Aprendizado das Sprints anteriores; – Faça uma previsão.• Deve ser expressa como um intervalo Noaldo Sales Santos Filho
  • 47. Re-estimar• Velocity normalmente corrige as falhas de estimativas;• Só deve acontecer quando o tamanho relativo de uma user story se altera;• Alterar os tamanhos relativos de todas as user stories não leva você a lugar nenhum; Noaldo Sales Santos Filho
  • 48. Definindo Pronto• O que significa “pronto” em seu projeto atual?• Quais os problemas que você tem com a definição atual?• Como resolver esses problemas?• Quais problemas de engenharia você percebe? Noaldo Sales Santos Filho
  • 49. Definição de Done• Code produced (all ‘to do’ items in code completed)• Code commented, checked in and run against current version in source control• Peer reviewed (or produced with pair programming) and meeting development standards• Builds without errors• Unit tests written and passing• Deployed to system test environment and passed system tests• Passed UAT (User Acceptance Testing) and signed off as meeting requirements• Any build/deployment/configuration changes implemented/documented/communicated• Relevant documentation/diagrams produced and/or updated• Remaining hours for task set to zero and task closed Fonte: http://www.allaboutagile.com/definition-of-done-10-point-checklist/ Noaldo Sales Santos Filho
  • 50. Estimativa / Velocity = Duração Tamanho Cálculo Duração 300 Story Velocity = 300/20 = Points 20 15 Sprints Noaldo Sales Santos Filho
  • 51. Interrupção Anormal• Uma ferramenta a ser evitada;• Para circunstâncias extremas;• Um novo Sprint Planning Meeting deve ser feito. Noaldo Sales Santos Filho
  • 52. Review Noaldo Sales Santos Filho
  • 53. Questões? Noaldo Sales Santos Filho
  • 54. Referências• Material do curso CSM do CST Michel Goldenberg;• http://www.scrumalliance.org• http://www.allaboutagile.com/• http://blog.agilegamedevelopment.com/2008/08/should- scrum-master-also-be-member-of.html• http://www.planningpoker.com/ Noaldo Sales Santos Filho