A real função da educação

3,150 views
2,798 views

Published on

Published in: Travel, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,150
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A real função da educação

  1. 1. A REAL FUNÇÃO DA EDUCAÇÃO A função da educação não é simplesmente preparar-vos para exames, porém, sim, ajudar-vos a compreender todo o este problema do viver - que inclui sexo, ganhar sustento, ter alegria,iniciativa, ser ardoroso e saber pensar profundamente. É também nosso problema descobrir o que éDeus - a verdadeira base de nossa vida. Sem adequados alicerces, nenhuma casa pode ficar de pépor muito tempo, e todo engenho e todas as invenções do homem nada significarão se nãoestivermos investigando o que é Deus ou a Verdade. O educador deve ter capacidade para ajudar-vos a compreender isso, pois tendes de começarna juventude e não nos sessenta anos. Aos sessenta anos não podereis descobrir Deus, porque, nessaidade, a maioria das pessoas está “gasta”, liquidada. Deveis começar enquanto estais jovem, porque,assim, pode-se lançar a base correta e vosso edifício atravessará de pé todas as tempestades que osentes humanos desencadeiam para si próprios. Vivereis então felizes, porque vossa felicidade nãodepende de coisa alguma, não depende de saris nem de jóias, de carros nem de rádios, nem de sealguém vos ama ou rejeita. Sereis felizes, não por possuirdes alguma coisa, não por terdes posição,riqueza ou ilustração, mas porque vossa vida terá intrínseco significado. Mas, só se descobre essasignificação quando a cada instante se está buscando a Realidade – e a Realidade se encontra emtodas as coisas; não podeis achá-la na igreja, no templo, na mesquita, em nenhum ritual. Para descobrir a Realidade, precisamos saber como limpar a poeira dos séculos que sobre elase acumulou; e, crede-me, essa busca da Realidade é a verdadeira educação. Qualquer homem detalento é capaz de ler livros e de acumular conhecimentos, alcançar alta posição e explorar os outros– mas isso não é educação. O estudo de certas matérias é apenas parte diminuta da educação; mas,há uma vasta esfera em nossa vida para a qual não nos educam, absolutamente, e à qual não temosmeios de acesso adequados. Descobrir o verdadeiro acesso à vida, de modo que nosso viver diário, nossos rádios, carrose aeroplanos tenham significação, relativamente a “outra coisa” que os inclui e transcende todos –isto é educação. Por outras palavras, e educação deve começar pela religião. Mas religião nada tema ver com sacerdotes, igrejas, dogmas, ou crenças. Religião é amar sem motivo, ser generoso, serbom, porque só assim somos entes humanos reais; mas a bondade, a generosidade ou amor, sópodem tornar-se existente na busca da Realidade. Infelizmente, toda essa imensa esfera da vida é desprezada pela educação moderna. Viveisocupados com livros que pouco significam, e com o passar em exames, que tem menos significaçãoainda. Por eles, podereis obter empregos – o que já é de certa significação. Mas não está longe o diaem que as fábricas funcionaram quase que automaticamente, e por essa razão devemos começar já aser educados para utilizar corretamente nossos lazeres – e “utilizá-los corretamente” não é perseguirideais, porém descobrir e compreender as vastas esferas de nossa existência de que ainda estamosinconscientes, que ainda desconhecemos completamente. A mente, com seus sutis argumentos, nãoé todas as coisas. Existe algo de vasto e imensurável além dos limites da mente, uma beleza que amente não pode compreender. Nessa imensidade há êxtase, bem-aventurança; e é para vivermosnessa imensidade, para a experimentarmos, que precisamos da correta educação. Se não receberdesessa qualidade de educação, ireis, quando sairdes para o mundo, perpetuar a horrível confusão queas gerações passadas criaram. Assim, pois, mestres e alunos, refleti sobre tudo isso. Não vos queixeis, mas ponde-vos atrabalhar, para ajudardes a criar uma instituição onde a religião, no verdadeiro sentido da palavra,seja investigada, amada, compreendida, e vivida. Vereis, então, que a vida se tornará imensamenterica – muito mais rica do que todos os depósitos bancários do mundo. Krishnamurti A CULTURA E O PROBLEMA HUMANO - ICK

×