Mulher Rodeense
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Mulher Rodeense

on

  • 655 views

 

Statistics

Views

Total Views
655
Views on SlideShare
642
Embed Views
13

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

2 Embeds 13

http://rodeiovirual.blogspot.com.br 8
http://rodeiovirual.blogspot.com 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Mulher Rodeense Presentation Transcript

  • 1. QUANDO AS FAMÍLIAS DE IMIGRANTES COLONIZARAM RODEIO, AS VIAS PARA TIMBÓ, INDAIAL E BLUMENAU ERAM PRECÁRIAS APÓS AS ESTRADAS SEREM ALARGADAS, RODEIO ENCONTRAVA-SE LIGADO AOS PRINCIPAIS CENTROS DE COMÉRCIO DO VALE
  • 2. A PARTIR DISSO, PEQUENAS EMPRESAS FORAM SE INSTALANDO, SENDO QUE A MAIORIA ERA MADEIREIRAS, FAZENDO COM QUE OS HOMENS TIVESSEM ONDE TIRAR SEUS SUSTENTOS PARA A MULHER, RESTAVA O SERVIÇO DOMÉSTICO, DEIXANDO-A NUMA POSIÇÃO INFERIOR AO HOMEM
  • 3. AS MULHERES DEPENDIAM DOS MARIDOS, E ERAM OS MARIDOS QUE DECIDIAM O QUE FAZER COM O DINHEIRO DA CASA
  • 4. COM O PASSAR DAS DÉCADAS INSTALOU-SE EM RODEIO UMA NOVA FÁBRICA UMA FÁBRICA ONDE ERA NECESSÁRIO MUITA MÃO-DE-OBRA ‘FEMININA’
  • 5. TEVE FORMAÇÃO COM A CHEGADA DOS IMIGRANTES ALEMÃES HERMANN HERING E BRUNO HERING, EM 1880 OS IRMÃOS IMPLANTARAM EM BLUMENAU UMA FÁBRICA DE CAMISETAS , QUE MAIS TARDE CHEGARIA EM RODEIO; NASCIA ASSIM, A HERING
  • 6. A EUROPA VIVIA EM CRISE, E MUITAS FAMÍLIAS PROCURAVAM NOVAS COLÔNIAS, ONDE PUDESSEM HABITAR E PROGREDIR HERMANN HERING OUVIRA FALAR DE UMA NOVA COLÔNIA, ONDE A AGRICULTURA E A PEQUENA INDÚSTRIA COMEÇAVAM A PROSPERAR
  • 7. OS PRIMEIROS ANOS NO BRASIL FORAM DIFÍCEIS, PORÉM OS HERING ENCONTRARAM UMA NOVA CHANCE: NÃO HAVIA NENHUMA TECELAGEM NA REGIÃO HERMANN COMPROU, EM 1880, UM TEAR CIRCULAR E UM CAIXOTE DE FIOS, E EM SEGUIDA ESCREVEU PARA SUA FAMÍLIA NA ALEMANHA, PARA QUE SE DIRIGISSEM AO BRASIL
  • 8. ASSIM, TEVE INÍCIO A PRODUÇÃO DE UMA PEQUENA TECELAGEM, QUE FABRICAVA CAMISETAS DE ALGODÃO COM O TEMPO, FORAM ADQUIRIDAS NOVAS MÁQUINAS, CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS E CONSTRUÍDAS OUTRAS INSTALAÇÕES
  • 9. A PARTIR DE 1972, UMA NOVA INSTALAÇÃO SURGIRIA: A DE RODEIO! A PREFEITURA DE RODEIO DEU INCENTIVOS. OFERECEU O TERRENO A ESCOLHA DA FÁBRICA E INSENÇÃO DE IMPOSTOS POR DEZ ANOS A HERING, VIA EM RODEIO MUITA MÃO-DE-OBRA E OFERTA DE CAPITAL
  • 10. EM 1974, A FÁBRICA INSTALA-SE NA SEDE PROVISÓRIA. CERCA DE 1100 MULHERES, ENTRE 13 E 28 ANOS, SE INSCREVERAM PARA O TRABALHO O DINHEIRO, QUE JÁ NÃO EXISTIA EM MUITAS FAMÍLIAS, COMEÇOU A ENTRAR DEVIDO AO TRABALHO DA MULHER, MÃE OU FILHAS
  • 11. AS CASAS COMEÇAM A SER REFORMADAS, OS ELETRODOMÉSTICOS COMEÇAM A APARECER NAS RESIDÊNCIAS ATRAVÉS DAS PRESTAÇÕES, SE ABRE A POSSIBILIDADE DE SE TER NAS CASAS TODO O CONFORTO QUE A PROPAGANDA OFERECE
  • 12. SURGEM LOJAS E BARES ADOLESCENTES VÃO SAINDO DA ESCOLA, PORQUE OS PAIS NECESSITAM DO DINHEIRO DA FÁBRICA
  • 13. COM O TRABALHO NA FÁBRICA, A MULHER PARTICIPA EFETIVAMENTE COM GRANDE PARCELA DO DINHEIRO AS FÁBRICAS PARA ELEMENTOS MASCULINOS PAGAM, DE MODO GERAL, O SALÁRIO-MÍNIMO E, AINDA ASSIM, SÃO POUCAS
  • 14. FOI ASSIM QUE A MULHER COMEÇOU A CONSEGUIR A SUA INDEPÊNDENCIA PERANTE O HOMEM ELA JÁ TINHA O SEU PRÓPRIO DINHEIRO, E TINHA UMA MELHOR POSIÇÃO DENTRO DE CASA
  • 15. ENTREVISTA FEITA COM UMA MULHER QUE COMEÇOU A VIDA TRABALHANDO NA FÁBRICA HERING: > VOCÊ COMEÇOU COM QUE IDADE A TRABALHAR NA HERING? < COM 13 ANOS DE IDADE > PORQUE ESCOLHEU A HERING PARA TRABALHAR TÃO CEDO? < PORQUE ERA UMA EMPRESA QUE TINHA FUTURO E PAGAVAM BEM, E FOI ESSA A OPORTUNIDADE QUE EU TIVE, FIZ O TESTE E PASSEI
  • 16. > TRABALHA QUANTAS HORAS POR DIA? E QUE TURNO? < EU TRABALHA NO 2º TURNO, 8 HORAS POR DIA, TRABALHANDO TAMBÉM AOS SÁBADOS DAS 11H AS 5H, COM 15 MINUTOS DE LANCHE > O QUE VOCÊ FAZIA COM O DINHEIRO RECEBIDO? < AJUDAVA MEU PAI E MINHA MÃE > DEIXOU DE ESTUDAR PARA TRABALHAR? < SIM, PAREI NA 7ª SÉRIE. ERA MUITO DIFÍCIL TRABALHAR E ESTUDAR, E NÃO CONSEGUIA FAZER AS DUAS COISAS
  • 17. > O DINHEIRO QUE VOCÊ RECEBIA TRAZIA MAIS CONFORTO PARA A CASA? < TRAZIA, PORQUE MEUS PAIS TINHAM 5 FILHOS, E COM O DINHEIRO ELES COMPRAVAM COMIDA E ELETRODOMÉSTICOS NOVOS > ERA CANSATIVO O TRABALHO NA FÁBRICA? < ERA CANSATIVO MAIS ERA GRATIFICANTE POIS COM O DINHEIRO PODIA AJUDAR MEUS PAIS > TRABALHOU NA HERING POR QUANTO TEMPO? < DEZ ANOS
  • 18. > VOCÊ ACHA QUE A HERING TROUXE PARA RODEIO UMA NOVA ERA PARA AS MULHERES? < ACHO QUE SIM PORQUE TINHA MUITAS MULHERES SEM EMPREGO E FOI AI QUE RODEIO CRESCEU. > O QUE MUDOU PARA VOCÊ COM O NOVO TRABALHO? < FOI NA HERING QUE EU APRENDI A COSTURAR, A CONHECER PESSOAS, E ASSIM EU TIVE OPORTUNIDADES PARA ENTRAR EM OUTROS EMPREGOS MAIS TARDE.
  • 19. > VOCÊ ACHA QUE A MULHER CONSEGUIU UMA MAIOR INDEPENDÊNCIA PERANTE AO HOMEM COM O TRABALHO DE CARTEIRA ASSINADA? < CONSEGUIU, PORQUE ASSIM ELA PODE COMPRAR SUAS PRÓPRIAS COISAS SEM TER QUE CONSULTAR O HOMEM PARA ISSO. ENTREVISTA FEITA EM 21 DE MAIO DE 2009 COM MULHER RODEENSE
  • 20. INTERROGADAS SOBRE O QUE MUDOU DENTRO DA FAMÍLIA, 90% DAS MULHERES RESPONDERAM QUE MUDOU TUDO VINDO O DINHEIRO, COMPRARAM TUDO O QUE PRECISAVAM E QUE AGORA TÊM MAIS COISAS. TAIS AFIRMAÇÕES SÃO FEITAS COM MUITA SATISFAÇÃO E ORGULHO.
  • 21. FOI ASSIM QUE A MULHER RODEENSE CONSEGUIU A MAIOR LIBERDADE DENTRO DE CASA COM A FÁBRICA HERING, A MULHER SE TORNA INDEPENDENTE, FAZ COM QUE ELA ENTRE EM UMA ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL INTERAGINDO COM OUTRAS MULHERES, MELHORANDO ASSIM O LADO SOCIAL!
  • 22. Britannic Bold