• Like
  • Save
ReproduçãO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

ReproduçãO

  • 2,666 views
Published

 

Published in Education , Technology , Travel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,666
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
4

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A Regulação dos Ciclos Sexuais Femininos
  • 2. Ciclo Ovárico A parede do ovário cicatriza e o local do folículo transforma-se numa estrutura com um pigmento amarelo – corpo amarelo. Próximo do fim do ciclo o corpo amarelo degenera. Esta fase dura cerca de 14 dias. A partir da puberdade, mensalmente, alguns folículos entram em actividade, atingindo apenas um a maturação, originando um óvulo. Esta fase dura cerca de 13 dias Ocorre geralmente por volta do 14º dia do ciclo. O folículo maduro está encostado à parede do ovário e, por ruptura desta, liberta o gâmeta que está no seu interior – o óvulo.
  • 3. Ciclo ovárico Folículos não desenvolvidos Folículos em fase de desenvolvimento Folículo maduro Ovócito II Ovócito II Ovulação Corpo amarelo (formação e desenvolvimento) Corpo amarelo (regressão) 1 2 3 4 5 6 7 8
  • 4. Ciclo Uterino Inicia-se por uma hemorragia, no decurso da qual ocorre uma desagregação e eliminação da maior parte do endométrio. Sangue, fragmentos de tecidos e o próprio óvulo são expulsos, constituindo a menstruação, que dura cerca de 5 dias. Terminado o período menstrual, o endométrio sofre uma multiplicação celular, entrando numa fase de reconstituição. Torna-se cada fez mais espesso e restabelece-se a rede de vasos sanguíneos. Esta ocorre durante a fase folicular do ciclo ovárico. As glândulas do endométrio produzem secreções. Os vasos sanguíneos desenvolvem-se, ficando o útero preparado para receber o novo ser. Se não ocorrer fecundação, verifica-se uma nova fase menstrual, iniciando-se outro ciclo. Fase Menstrual Fase Proliferativa Fase Secretora
  • 5. Ciclos sexuais – ovárico e uterino (controlo) Menstruação Fase de reparação Fase de secreção Fase folicular Fase do corpo amarelo Útero Ovário Estrogénios Progesterona Órgão 1 Órgão 2 Fase A Fase B Fase C Fase D Fase E Hormona X Hormona Y
  • 6. COMO SE FAZEM OS …
  • 7. RELAÇÃO SEXUAL Como tudo começa… OU NÃO !!! CORTEJAMENTO
  • 8.  
  • 9.  
  • 10. Problema: Se milhares de espermatozóides atingem o óvulo, por que razão, para que o ovo seja viável, apenas um espermatozóide entra para o interior do óvulo?
  • 11. 1 2
  • 12. Alterações do óvulo após a fecundação Barreira que impede a entrada de mais do que um espermatozóide para o interior do óvulo. Inúmeras divisões do conteúdo do ovo.
  • 13.  
  • 14.  
  • 15. PLACENTA E CORDÃO UMBILICAL - PRODUTOS DE EXCREÇÃO DA MÃE PARA O FETO DO FETO PARA A MÃE - NUTRIENTES - ÁLCOOL E NICOTINA - VARIOLA,VARICELA, ROBÉOLA - CERTOS MEDICAMENTOS
  • 16. Período Embrionário e Período Fetal
  • 17. ECOGRAFIAS 2D ECOGRAFIAS 3D CONTRIBUIÇÃO DA CIÊNCIA
  • 18. BEBÉ SAUDÁVEL BEBÉS COM MALFORMAÇÕES
  • 19.  
  • 20.  
  • 21. AMAMENTAÇÃO NUTRIENTES ANTICORPOS MEDICAMENTOS AFECTO
  • 22. NEM SEMPRE ACONTECE… Infertilidade   Causas Masculinas:         Ausência de espermatozóides       Poucos espermatozóides       Alteração na forma ou na mobilidade dos espermatozóides       Disfunções hormonais        
  • 23.   Causas femininas:       Distúrbios hormonais (problemas de ovulação)       Problemas anatómicos (nas trompas ou no útero)       Impedimento da passagem dos espermatozóides por parte de muco cervical.