Pratini Moraes: como alimentar o mundo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Pratini Moraes: como alimentar o mundo

on

  • 631 views

 

Statistics

Views

Total Views
631
Views on SlideShare
631
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
24
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Pratini Moraes: como alimentar o mundo Pratini Moraes: como alimentar o mundo Presentation Transcript

  • PRATINI DE MORAES Como alimentar o mundo São Paulo, 14 de Junho 2011. FEICORTE
  • !"#$#%&()*+&*",--& DISTRIBUIÇÃO DO SOLO (Milhões de hectares) Floresta Amazônica 350 41,1% Pastagens em uso 175 20,6% Pastagens em transição 45 5.3% Reservas Legais 55 6,5% Lavouras anuais 49* 5,8% Culturas permanentes 16 1,9% Cidades, lagos, estradas, etc. 20 2,4% Florestas cultivadas 5 0,6% Outros usos (reservas indígenas, etc) 48 5,6% Área disponível 88 10,3% Total 851 Área utilizada pela agricultura1 8,2% *Fonte: CONAB, Estimativa Safra 2010/11 (levantamento Jun/11)
  • +#./)0#1#$#+&+,*+,*2-,& Potencial de exploração agropecuária2 Fonte: FAO Fonte: FAO
  • /-)+!()*+,*3-().*45#$67,.8 180 154,8 160 + 43,6% + 47,5% 140 149,3 131,7 144,1 122,4 119,1 120,8 135,0 120 Produção (ton) 100,3 113,4 100 97,1 81,2 82,4 83 78,9 76,5 80 76 73,8 68,2 68,3 Área cultivada (ha) 57,8 60 49,2 47,3 48,7 47,3 46,2 47,4 47,7 40 43,2 47,4 37,8 38,4 35,6 38,9 38,4 36,8 36,4 35 36,9 37,8 37,9 40,2 203 Fonte: CONAB, *Estimativa Safra 2010/11 (levantamento Mai11)
  • /-)+!"#9#+&+,*+&*.):&*0)*1-&.#$ KG/HA SAFRA KG/HA 2000/2001 2.751 2001/2002 2.577 2002/2003 2.816 2003/2004 2.329 2004/2005 2.245 2005/2006 2.419 2006/2007 2.823 2007/2008 2.816 2008/2009 2.629 2009/2010 2.9274 2010/2011 3.104 Crescimento 00/01 a 10/11 = 12,8% Fonte: CONAB, *
  • 1)9#0).;*/-)+!"#9#+&+,*0)*<&5/)!"#$%&#%$()$*#+%,+-./01%&#%/#2)$"#(3%4%5#6$7/1%819-71%,+-./01%&#%2$6#:$(3179,0 1,3178,5 1,2178,0177,5 1,1177,0 1176,5176,0 0,9175,5 0,8 Área de Pastagens Ocupação Bovina175,0174,5 0,7 5 ;1<"2#= >8?@A8-*+$ B17(<.)1"-$
  • ,=/)-"&7,.*+,*.):&*,5*3-() 2010 VALOR CORÉIA DO SUL DEMAIS 1,5% 7,4% JAPÃO 1,7% CHINA ITÁLIA 64,6% 1,9% REINO UNIDO 2,3% TAIWAN (FORMOSA) 2,2% ESPANHA 6,7% PORTUGAL PAÍSES BAIXOS 2,6% 5,0% TAILÂNDIA6 4,0% Total: US$ 11,03 bilhões Fonte: AgroStat Brasil Elaboração: CGOE/ DPI/ SRI/ MAPA
  • ,=/)-"&7,.*+,*5#$6) ,=/)-"&7,.*+,*5#$6) 2010 VALOR Irã Demais 12% 27% Taiwan 10% Portugal Marrocos 4% 8% Indonésia 4% Malásia 8% Japão 5% Colômbia Arábia Saudita7 Espanha 8% 7% 7% Total: US$ 2,2 bilhões Fonte: Sistema ALICE / MDIC
  • ,=/)-"&7,.*+,*>-&03) Carne de Frango in Natura (2010) VALOR-2010 ARÁBIA SAUDITA 15,7% DEMAIS 30,3% JAPÃO ÁFRICA DO SUL 15,7% 2,8% EGITO 3,4% HONG KONG CHINA 8,6% 3,8% EMIR.ARABES UN. COVEITE 6,0% RÚSSIA 4,7% VENEZUELA 4,2% 4,9% Total: US$ 5,8 bilhões8 Fonte: AgroStat Brasil Elaboração: CGOE/ DPI/ SRI/ MAPA
  • ,=/)-"&7,.*+,*<&-0,*.!?0& 2010 - VALOR Carne Suína in Natura (2010) DEMAIS 5,2% MOLDÁVIA 1,1% RÚSSIA VENEZUELA 52,6% 1,3% CASAQUISTÃO 1,4% URUGUAI 2,5% HONG KONG ARGENTINA UCRÂNIA ANGOLA 11,2% 7,2% 8,6% 3,1% CINGAPURA 5,9% Total: US$ 1,2 bilhões9 Fonte: MDIC/SECEX Fonte: AgroStat Brasil Elaboração: CGOE/ DPI/ SRI/ MAPA
  • ,=/)-"&7,.*+,*<&-0,*1)9#0&* Carne Bovina in Natura (2010) 2010 - VALOR DEMAIS 16,4% ISRAEL LÍBANO 2,5% RÚSSIA 2,6% ARGÉLIA 26,5% 2,7% ARÁBIA SAUDITA 3,2% ITÁLIA 3,7% VENEZUELA 4,8% HONG KONG IRÃ 6,1% EGITO 20,9% 10,6% Fonte: AgroStat Brasil Total: US$ 3,86 bilhões Elaboração: CGOE/ DPI/ SRI/ MAPA Fonte: MDIC/SECEX10
  • ,=/)-"&7,.*+,*<&-0,*1)9#0&*1-&.#$,#-& /&-&*&*!0#()*,!-)/@#&A !.B*5CDEFGH Carne in natura (fresca e congelada)Periodo US$ Ton 1.000 2011* 143.368 14.698 2010* 121.429 15.707 2010 345.335 44.392 2009 297.059 44.793 2008 270.579 36.218 2007 1.086.969 185.203 2006 1.159.720 314.260* jan/maiFonte: MDIC11
  • 1&$&0&*<)5,-<#&$*+)*&3-)0,3I<#) US$ Bilhões 2009 2010 Var. Exportação 64,7 76,4 +18% Importação 9,8 13,4 +37% Superávit 54,9 63,1 +15% Em 2011: Jan/Mai Exportações US$ 34,3 ( 22%) Importações US$ 7,0 ( 37%)12 Saldo US$ 27,3 ( 18,7%) Source: MAPA
  • MARKETING E LOGÍSTICA MEIO AMBIENTE PRODUTIVIDADE / TECNOLOGIA PROTECIONISMO: TARIFAS E COTAS SANITÁRIO AMBIENTAL CÂMBIO E COMPETITIVIDADE +,.&>#). 3$)1&#.13
  • +#.<$&#5,- Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos eincertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração einformações a que a Companhia atualmente tem acesso. Declarações sobre eventos futurosincluem informações sobre nossas intenções, crenças ou expectativas atuais, assim comoaquelas dos membros do Conselho de Administração e Diretores da Companhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro tambémincluem informações sobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem comodeclarações que são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras "acredita", "poderá", "irá","continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima" ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elasenvolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo,portanto, de circunstâncias que poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação devalor para os acionistas poderão diferir de maneira significativa daqueles expressos ou sugeridospelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irão determinar estesresultados e valores estão além da nossa capacidade de controle ou previsão. 14
  • PRATINI DE MORAES OBRIGADO!