Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
  • Save

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Tipologia Dos Métodos Pedagógicos

  • 17,456 views
Published

 

Published in Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
17,456
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
15

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Recordando…
    • Formação
    • Método
    • Técnicas Pedagógicas
    • Situações de Aprendizagem
  • 2. Formar é mais do que a adição dos conceitos referidos…
    • A formação pode fazer evoluir os saberes, os saberes práticos, o saber-ser, facilitar a reflexão para a compreensão e resolução de problemas com vista à acção, reelaborar novos comportamentos sociais e novos valores, favorecer o desenvolvimento do indivíduo pela metacognição (reflectir sobre a acção).
    “ Anima” significa em latim, alma. “ Animar” – dar alma, sentido, significado.
  • 3. Método
    • O MÉTODO , sendo um modo de gerir a formação, isto é, um modo de estabelecer uma rede de relações entre o formador e os formandos, implica a utilização de diferentes técnicas pedagógicas. É um conjunto estruturado de princípios que orientam a formação.
    Quanto ao papel dos formandos… Métodos Activos vs. Métodos Passivos
  • 4. Técnicas Pedagógicas
    • As TÉCNICAS PEDAGÓGICAS definem-se como o conjunto de atitudes, procedimentos e actuações que o formador adopta para utilizar correctamente os recursos de que dispõe: o gesto, a palavra, a imagem, o texto, a informática, o audiovisual.
  • 5. Situações de Aprendizagem
    • Situação impositiva – o formador é o transmissor dos saberes e é deixado ao formando a tarefa de organizar e reelaborar o saber transmitido. Privilegia-se o Método Expositivo. O feedback é reduzido.
    • Situação individualizada – pressupõe o diálogo entre o formando e um programa de trabalho que conduz à consecução dos objectivos a atingir, respeitando-se o ritmo de cada formando.
    • Situação interactiva – os formandos são os construtores dos seus saberes . A aprendizagem faz-se por partilha com uma linguagem comum, em trabalho de equipa, a avaliação é participativa.
  • 6. Tipologia dos métodos pedagógicos Magistrocentrado, pedocentrado, directivo, não-directivo, tecnocentrado, sociocentrado, tradicional e aberto. Fonte: Guia do Formador , Lisboa: Ed. Horizonte
  • 7. Tipologia dos Métodos
    • Primeiro eixo: O Actor Principal
      • Método Magistrocentrado
        • O formador é o actor principal da formação e está no centro da comunicação.
      • Método Pedocentrado
        • O formando é o actor principal da formação, está no centro das preocupações e tem um papel primordial na comunicação.
    • Segundo eixo: A Orientação
      • Falar-se-á de método directivo ou não-directivo segundo o grau de orientação da formação: fixação preestabelecida ou não dos objectivos , rigor ou flexibilidade na planificação das diligências e da animação .
      • Método Directivo
        • (ex. magistrocentrado)
      • Método Não-directivo
        • (ex. pedocentrado)
  • 8.
    • Terceiro eixo: O Agente
      • Método Tecnocentrado
        • A técnica é um agente que desempenha um papel importante na formação (recurso às técnicas que necessitam dos apoios escrito-audiovisuais).
      • Método Sociocentrado
        • O grupo é o agente fundamental da formação.
    • Quarto eixo: O Objectivo
      • Método Tradicional
        • A formação visa a restituição, ou seja, o saber-repetir ou o saber-refazer.
      • Método Aberto
        • A formação visa o saber-fazer (cognitivo ou prático) e o saber-ser transferíveis.
  • 9. Tipologia dos métodos pedagógicos Tipologia clássica Fonte: Dinâmicas da formação , Porto: Edições ASA
  • 10. A par dessa tipologia, podemos evocar uma tipologia mais clássica dos métodos pedagógicos…
    • Método Expositivo
      • Apresentação de um conjunto de saberes – frequentemente pela exposição verbal –, na crença de que os indivíduos visados se apropriam deles pela actividade intelectual individual. A participação dos formandos é reduzida , o formador distancia-se das construções que os formandos fazem dos saberes transmitidos.
    • Método Demonstrativo
      • Visa a repetição de procedimentos, utilizando um processo faseado de exposição , demonstração e aplicação . Põe ênfase na tarefa da realização e na proximidade da sua consecução relativamente ao modelo apresentado, distanciando-se das características individuais do formando.
  • 11.
    • Método Interrogativo
      • Baseado na importância das aptidões e das técnicas da formulação de questões para suscitar o pensamento activo e independente de quem aprende. O formador é o participante activo no desenvolvimento do processo de questionamento perante os saberes.
    • Método Activo
      • É o formando o agente activo do processo ; as suas características pessoais têm um papel determinante nas opções que faz relativamente ao objecto de estudo e aos percursos de acesso ao saber.
  • 12. A escolha do método Os objectivos, os saberes, os formandos e o contexto. - O espaço pedagógico. Fonte: Métodos e Técnicas Pedagógicas , Lisboa: CNS
  • 13. A escolha do método pode decorrer de variados factores que influenciam a formação. O formador tem de ter em conta os objectivos, os conteúdos, os formandos e o contexto.
    • Os Objectivos
      • Os objectivos determinam uma estratégia de intervenção, logo a tipologia dos métodos. O método tem de estar enquadrado com os objectivos. Os objectivos influenciam a escolha por determinadas dinâmicas de grupo .
    • Os Saberes
      • Exigem do formador um estudo congruente da estrutura interna dos conceitos e do seu grau de complexidade. A compreensão de que cada campo do conhecimento tem metodologias próprias facilita a escolha do método.
      • Afirma-se: “quem sabe executa, quem compreende ensina” .
  • 14.
    • Os Formandos
      • As relações entre Formador – Formandos – Saberes determinam o sucesso da formação . Deve-se conhecer dos formandos o seguinte: o seu “ponto de partida” , as suas motivações , os seus interesses e o seu estatuto profissional . As realidades apercebidas no decorrer da formação são susceptíveis de mudança de método. Há que respeitar os estilos de aprendizagem de cada um  (Tempo escasso)  diversificação de técnicas .
    • O Contexto
      • As condições materiais , os recursos disponíveis e a natureza do curso influenciam a escolha do método e consequentemente das técnicas a utilizar. A inadequação da metodologia face ao contexto (ex. espaço pedagógico) trará repercussões no índice de sucesso da formação . Os recursos podem e devem ser reinventados pelos formadores para adequarem-se ao espaço pedagógico. O formador deverá treinar com os seus pares a metodologia a utilizar, caso não a domine com flexibilidade.
    • O Formador
      • Valorização das competências e experiências do formador.  Desenvolvimento de competências  auto-formação .
  • 15. O clima , a estrutura da instituição de formação, os progressos científicos e as exigências pessoais de aperfeiçoamento podem suscitar a necessidade de inovações nas metodologias .
  • 16. A escolha do método reveste-se portanto de um carácter estratégico para a gestão de realidades que são distintas – formador, formando e saber – mas que se pretende equilibrar interactivamente. Há que respeitar os ritmos e estilos de aprendizagem e essa faceta tem de estar contemplada na escolha no método. Formação  confronto de saberes plurais  construção de novos saberes A escolha do método deverá ter em conta o contexto, embora não mantenha com ele uma relação unívoca.
  • 17. Síntese
    • A escolha do método pressupõe as seguintes variáveis:
      • Os formadores
      • O formador
      • O programa de formação
      • As condições de formação (espaço pedagógico)
    • Responsabilidades do formador:
      • Motivar os formandos
      • Criar um clima participativo
      • Promover o desenvolvimento de competências
      • Animar a formação
      • Tornar eficaz a aprendizagem