Your SlideShare is downloading. ×
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Parte 1 - Definição, Fins E Desenvolvimento Da Educação Comparada - Finalidades E Campo Da EC

4,689

Published on

Published in: Education, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
4,689
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
64
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. DEFINIÇÃO, FINS E DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO COMPARADA “Fazer analogias e comparar são acções inerentes à consciência e à vida humana, e a busca por conhecer as diferentes soluções que outros povos encontraram para os seus problemas sempre foi meio de desenvolvimento e enriquecimento.” (Pariz, 2004). “(…) a comparação é o processo de perceber diferenças e semelhanças, para perceber o outro e a partir dele, se reconhecer.” (Pariz, citando Franco, 2000).
  • 2. A comparação é uma atitude mental, uma forma intuitiva de conhecimento do ser humano. A Educação Comparada (Pedagogia Comparada) não é normativa. Não prescreve o que deveria ser feito. Tenta apenas compreender o que se faz e porque é assim. (Mialaret, et al, 1977). Pese embora a importância que neste início de século se dá aos estudos comparativos em educação, continua a não ser fácil definir de forma precisa e inquestionável o âmbito e a especificidade que tal designação deve traduzir. Educação Comparada – 1817 – Marc-Antoine Jullien de Paris. Esquisse et vues préliminaires d’un ouvrage sur l’éducation comparée, entrepris d’abord pour les vingt-deux cantons de la Suisse, et pour quelques parties de l’Allemagne et de l’Italie, et qui doit comprendre successivement, d’aprés le méme plan, tous les Etats de l’Europe Esboço e visões exploratórias do trabalho de uma educação comparada, uma primeira abordagem entre os vinte e dois cantões da Suíça, e em seguida para qualquer parte da Alemanha e Itália, e isso se deve muito para compreender sucessivamente os planos de ensino de todos os Estados de Europa (tradução livre)
  • 3. Actividade - Trabalho de grupo A partir do documento de António Gomes Ferreira: “O sentido da Educação Comparada: Uma compreensão sobre a construção de uma identidade” elaborar uma biografia de Marc- Antoine Jullien de Paris Entrega: de preferência antes do dia da realização da frequência (5 de Janeiro de 2010). Número de páginas: 1 (após a elaboração da biografia numa página do Office Word, cada um dos grupos deverá efectuar o upload do documento e colocar como “post” no e-portefólio da unidade curricular. Formatação: TNR 12, espaçamento 1,5 ou Simples. Que definição? “Os comparatistas em educação encontram-se numa situação especial. Sabem que a Educação Comparada existe. Acaso não têm diante os seus olhos um número cada vez mais impressionante de obras relativas a esta disciplina? E, no entanto, não sabem exactamente qual é a essência e os limites da sua especialidade. Os comparatistas mais eminentes reuniram-se várias vezes, mas não chegaram, todavia, a pôr-se de acordo para formular uma definição. Haveria que começar, pois, por um estudo comparado das numerosas definições de Educação Comparada. Enquanto não chega esse momento, devemos contentar-nos em prosseguir empiricamente.” (Rosselló, 1978).
  • 4. … e assim faremos!!! Isaac Kandel “O fim da Educação Comparada é o de descobrir as diferenças nas forças e causas que produzem diferentes sistemas educativos. Seu maior valor reside na análise das causas que determinam o desenvolvimento dos sistemas, na comparação das diferenças entre os distintos sistemas, nos motivos subjacentes e, por último, no estudo das soluções tentadas”.
  • 5. Nicholas Hans “O principal objectivo da Educação Comparada consiste em estudar analiticamente esses factores [raça, língua, religião, política…] de um ponto de vista histórico, e em comparar as soluções tentadas para os problemas resultantes.” Arnold Anderson “A Educação Comparada, em seu sentido mais amplo, pode ser definida como a comparação intercultural da estrutura, do processo, das metas, e dos métodos e dos rendimentos dos distintos sistemas educativos e seus elementos.”
  • 6. Joseph Albert Lauwerys “A Pedagogia Comparada é a parte da Teoria da Educação que concerne à análise e às interpretações das diferentes práticas e políticas em matéria de educação, nos diferentes países e diferentes culturas.” Alexandre Vexliard “A Pedagogia Comparada é uma disciplina que investiga e tende a extrair conhecimentos novos, de ordem teórica e prática, por meio da confrontação de dois ou mais sistemas de educação em uso em diversos países, regiões ou em distintas épocas históricas.”
  • 7. Harold Noah & Max Eckstein “A Educação Comparada faz parte de um plano mais amplo para explicar os fenómenos, primeiro dentro dos sistemas e instituições educativas; e segundo, abraçando e veiculando a educação com o seu ambiente social.” Lê Thành Khôi “A Educação Comparada pode ser definida como a ciência que tem por objecto esclarecer, analisar e explicar as semelhanças e as diferenças entre os factos educativos e/ou as suas relações com o ambiente que os rodeia (político, económico, social, cultural), e de investigar as leis eventuais que os determinam nas diferentes sociedades e em diferentes momentos da história humana.
  • 8. Ênfases… Relações da educação com a sociedade. Relações da educação com o ambiente sociocultural. Carácter prático da Educação Comparada. Nota: Educação Comparada Vs Pedagogia Comparada Problema Finais da década de 70 Afirmou-se a primeira denominação décadas de 80 e 90. Aspecto consensual… Aceitação de um método próprio. Todavia, para além de uma metodologia própria, a Educação Comparada deve contar com um objecto específico de estudo, caso se pretenda afirmar como uma disciplina autónoma no âmbito das CE.
  • 9. (mais uma!) Definição de Educação Comparada A Educação Comparada é: a) A componente pluridisciplinar das Ciências da Educação; b) que estuda os fenómenos e os factos educativos; c) nas suas relações com o contexto social, político, económico, cultural, etc.; d) comparando as suas semelhanças e as suas diferenças em duas ou mais regiões, países, continentes ou a nível mundial; e) afim de melhor compreender o carácter único de cada fenómeno no seu próprio sistema educativo e de encontrar generalizações válidas ou desejáveis; f) Com a finalidade de melhorar a educação. (Daele, 1993). O objecto da Educação Comparada A apropriação dos sistemas educativos não resolve o problema do objecto da Educação Comparada. Mas, afinal, o que é um sistema educativo?
  • 10. Teoria dos Sistemas A abordagem dos sistemas educativos deve ser antecedida por uma reflexão sobre a amplitude de tal conceito. Um SE é uma realidade complexa. (…) que se vê representado por um conjunto de estruturas, estratégias e meios relativamente bem identificados: Órgãos e serviços de gestão e administração com as suas hierarquias / funções / competências; Estabelecimentos escolares e seus actores / programas / exigências / recursos. Todavia, a identificação do sistema educativo com o sistema escolar omite ou subestima a existência de instituições, meios e agentes educativos que trazem uma evidente mais-valia para o desenvolvimento da educação de um país. Raramente estudos comparativos concepção ampla do sistema educativo. O normal é encarar-se a educação numa perspectiva meramente escolar.

×