• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Apresentação do programa
 

Apresentação do programa

on

  • 2,078 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,078
Views on SlideShare
2,052
Embed Views
26

Actions

Likes
0
Downloads
18
Comments
0

2 Embeds 26

http://nunosilvafraga.net 25
http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Apresentação do programa Apresentação do programa Presentation Transcript

    • Organização e Desenvolvimento de Projectos
      Coordenador Científico: Jesus Maria Sousa
      Docente: Nuno Silva Fraga
    • Introdução
      Pretende-se que o formando se assuma como agente de inovação e mudança nos contextos educacionais, numa intervenção crítica sobre o desempenho da escola.
      Os conteúdos programáticos desenvolvem-se em torno da problematização da noção de projecto e evolução histórica do conceito:
      o enquadramento do projecto nas teorias pedagógicas, nas imagens organizacionais da escola e na sua inovação pedagógica;
      a observação, análise e caracterização de projectos educacionais, como por exemplo, o Projecto Curricular de Escola;
      e a análise político-legal do Projecto Educativo de Escola, no Sistema Educativo Português.
      Pretende-se que a promoção intencional, na sala de aula e fora dela, se desenvolva através de actividades dirigidas à observação e ao questionamento da realidade e à integração de saberes, tendo em conta uma visão holística de situações do quotidiano.
    • Objectivos
      Pretende-se que o formando adquira de forma compreensiva e integrada, os fundamentos científicos necessários para a construção de projectos de intervenção educativa, devendo para tal:
      Identificar as etapas na construção dum projecto de intervenção educativa.
      Reconhecer a organização político-administrativa da educação escolar, relacionando-a com a organização curricular do sistema educativo português.
      Promover a capacidade crítica e o espírito inovador em matérias de política educativa.
      Compreender a dinamicidade do Projecto na gestão estratégica do espaço escolar.
    • Conteúdos Programáticos
      A operacionalização do Trabalho de Projecto. A Área de Projecto em Educação.
      O Projecto Educativo, a Autonomia das Escolas e Teorias Críticas: Territorialização das políticas educativas - o lugar do Projecto.
      Construção e Avaliação do Projecto Curricular de Escola: questões relativas à autonomia curricular das escolas.
    • Conteúdos Programáticos
      ImagensOrganizacionaisdaEscola.
      LiderançaseClimasEscolares.
      Visão, Missão e Valores: a identidade escolar.
      Gestão estratégica, gestão da mudança e aprendizagem organizacional.
      Elaboração do Plano de Melhoria.
      Optimização dos instrumentos de gestão estratégica da escola: PEE, PCE, PCT, PAA e o RI.
      Análise SWOT
    • Metodologia
      Esta unidade curricular incidirá no apetrechamento teórico dos formandos, quer através da exposição oral e clarificação de conceitos pelo docente e pelo grupo de trabalho, quer através de leituras a efectuar dentro e fora das sessões lectivas, bem como, a partir da participação activa dos alunos na realização de actividades conducentes à reflexão e aprofundamento das temáticas.
    • "Ninguém educa ninguém, ninguém se educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo.”
      Pedagogia do Oprimido. 9 ed., Rio de Janeiro. Editora Paz e Terra. 1981, p.79
    • Metodologia (A metáfora da caixa de fósforos, dos detonadores e do oxigénio)
      Era uma vez uma caixa. Uma caixa de fósforos. E a caixa de fósforos estava dentro de nós. E os fósforos eram a emoção, o saber, a razão, a experiência, a compaixão, a dádiva, o compromisso. Todos tínhamos, em graus diversos, estas sementes de vida.
      Era uma vez um detonador que acendia fósforos, às vezes todos os fósforos. Uma palavra. Um contexto. Um olhar. Uma consciência. Um estímulo. Uma liderança. Um reconhecimento. Uma política mobilizadora. E havia então o fogo, o lume que aquecia uma relação. Um entusiasmo.
      Era uma vez o oxigénio que mantinha a chama acesa. Contra o vento, contra a desautorização, contra a rotina, contra a inércia, contra o medo, contra a indiferença, contra a humidade que tornava os fósforos inúteis.
      Que palavras, que contextos, que consciências, que estímulos, que lideranças, que reconhecimentos, que políticas farão acender e durar a chama de uma acção profissional dedicada e justa?
      In José Matias Alves, Organização, Gestão e Projectos Educativos das Escolas, 2003, pp.81-82.
    • Avaliação
      A avaliação de conhecimentos será periódica. Elemento de avaliação:
      Redacção e apresentação ao grande grupo de um artigo científico em que se pretende ver analisado conteúdos expressos no Programa da unidade curricular, ou alguma outra temática que esteja relacionada directamente com a organização e desenvolvimento de Projectos e para a qual o formando tenha um especial interesse.
      O artigo não deverá ultrapassar as 5 páginas de texto, formatadas com o tipo de letra TimesNewRoman, tamanho 12, num espaçamento de 1,5. O artigo além das Referências (bibliografia), deverá conter um título, o nome do autor e seguidamente um resumo (abstract) (Max. 250 palavras) em português e inglês.
    • Avaliação
      Prazo de Entrega: 15 de Maio de 2010
      Datas da Apresentação: 21 e 22 de Maio de 2010
      Tempo e Formato da Apresentação: Tempo – 10 min.; Formato: Diapositivos (PowerPoint).
    • Bibliografia
      Alves, José Matias. (2003). Organização, gestão e projectos educativos das escolas. (6th ed.). Porto: Edições ASA.
      Barroso, João. (2005). Políticas educativas e organização escolar. Lisboa: Universidade Aberta.
      Carapeto, Carlos & Fonseca, Fátima. (2006). Administração Pública. Modernização, Qualidade e Inovação. (2nd ed.). Lisboa: Edições Sílabo.
      Carvalho, Adalberto. (Org.). (1993). A construção do projecto de escola. Porto: Porto Editora.
      Carvalho, Angelina & Diogo, Fernando. (2001). Projecto educativo. (4th ed.). Porto: EdiçõesAfrontamento.
      Cortesão, Luiza & Leite, Carlinda, & Pacheco, José Augusto. (2002). Trabalhar por projectos em educação. Uma inovação interessante?. Porto: Porto Editora.
      Costa, Jorge Adelino. (2003). Imagens organizacionais da escola. (3rd ed.). Porto: Edições ASA.
    • Bibliografia
      Costa, Jorge Adelino. (2003). Projectos Educativos de Escola: um contributo para a sua (des)construção. Revista Educação & Sociedade, 24 (85), 1319-1340. Inhttp://www.scielo.br/pdf/es/v24n85/a11v2485.pdf
      Eurydice. (2007). O Sistema Educativo em Portugal. Disponível em: http://www.eurydice.org.
      Fontoura, Madalena. (2006). Do projecto educativo de escola aos projectos curriculares. Fundamentos, processos e procedimentos. Porto: Porto Editora.
      Fraga, N., etal.. (2008). Liderança Escolar: qualidade que se aprende e desenvolve. In Alice Mendonça e António V. Bento (Org.) Educação em Tempo de Mudança. Funchal: Grafimadeira, pp. 115-127.
      Fraga, N. (2008). Dinâmicas no microcosmo social: o eclipse identitário. InChristineEscallier e Nelson Veríssimo (Org.) Educação e Cultura. Funchal: Grafimadeira, pp. 281-290
      Fullan, Michael. (2003). Liderar numa Cultura de Mudança. Porto: Asa Editores.
      Santos Guerra, Miguel. (2002). Entre bastidores: o lado oculto da organização escolar. Porto: Edições ASA.
      Santos Guerra, Miguel. (2003). No coração da escola. Porto: Edições ASA.
      Sousa, Jesus. (2000). O Professor como Pessoa. Porto: Edições ASA.
    • Observações
      Reprografia
      Caixa n.º: 107 (Nota: grande parte dos documentos abordados na aula quer relativos à abordagem teórica, quer relativos à abordagem prática, encontrar-se-ão disponíveis na página Web do docente).
      Contactos do docente
      E-mail: nfraga@uma.pt
      Páginas Web: http://www.uma.pt/nunosilvafraga/
      Horário de atendimento: Quarta-feira das 14h às 16h. (Solicita-se que os formandos interessados contactem previamente o docente).