Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Aula 06 8 Coan 2009 2

858 views
765 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
858
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
33
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 06 8 Coan 2009 2

  1. 1. Aula 06 – Marketing Esp. | Cultural… 25/08/2009 8COAN Prof. Ney Queiroz de Azevedo www.midiaeconsumo.com.br Twitter.com/neyqueiroz Marketing Empresarial
  2. 2. <ul><li>Aula Data Tema (NOVAS DATAS A CONFIRMAR) </li></ul><ul><li>01 27/07 Apresentação - introdução </li></ul><ul><li>02 28/07 Marketing – Conceitos Básicos </li></ul><ul><li>03 17/08 Debate – Marketing serviços de contabilidade </li></ul><ul><li>04 18/08 Composto de Marketing – 4Ps </li></ul><ul><li>05 24/08 Marketing Esportivo </li></ul><ul><li>06 25/08 Marketing Cultural e Social </li></ul><ul><li>07 31/08 Marketing de Guerrilha </li></ul><ul><li>08 01/09 Marketing de Guerrilha 2 - cases </li></ul><ul><li>09 14/09 Marketing nas Mídias Sociais </li></ul><ul><li>10 15/09 Marketing Viral </li></ul><ul><li>11 21/09 Marketing Viral 2 - cases </li></ul><ul><li>12 22/09 Apresentação de trabalhos </li></ul><ul><li>13 28/09 Apresentação de trabalhos </li></ul><ul><li>14 29/09 Apresentação de trabalhos </li></ul><ul><li>15 - Apresentação de Trabalhos </li></ul><ul><li>- Revisão </li></ul><ul><li>- Prova 1o. Bimestre (7,0) </li></ul><ul><li>- Devolutiva – Correção da prova - Notas </li></ul>
  3. 3. Características <ul><li>Tipo de mkt promocional </li></ul><ul><li>Mídia alternativa, que atinge de forma rápida e direta o consumidor </li></ul><ul><li>Elemento de fixação e divulgação de marcas e conceitos </li></ul><ul><li>Menores riscos e custos e apresenta diferentes alternativas de investimentos </li></ul><ul><li>Elemento de reforço de imagem para seus investidores </li></ul>
  4. 4. Vantagens <ul><li>Segundo Darren Marshall(vice-presidente da SRI-Sponsorship research international) o retorno de uma marca ou produto envolvido em patrocínio de eventos esportivos é 4 vezes maior do que o de uma campanha publicitária </li></ul><ul><li>Possibilita um alto retorno publicitário para seus investidores </li></ul><ul><li>Fixação da marca, o que contribui para a melhoria da imagem da empresa e de sua marca junto aos clientes atuais e potenciais </li></ul>
  5. 5. Benefícios do Marketing Esportivo <ul><li>Aumento do reconhecimento público; </li></ul><ul><li>Rejuvenescimento da imagem da empresa; </li></ul><ul><li>Exposição constante da marca na imprensa e em todas as mídias; </li></ul><ul><li>Reforço da imagem corporativa; </li></ul><ul><li>Simpatia junto ao público e mídia; </li></ul><ul><li>Esporte é sinestésico tornando as mentes mais receptivas. </li></ul>
  6. 6. Como investir no Marketing Esportivo? <ul><li>Escolha um esporte ou atleta em evidência ou em franca ascensão </li></ul><ul><li>Faça um bom planejamento após tal escolha </li></ul><ul><li>Elabore promoções paralelas </li></ul><ul><li>Exponha sua marca de maneira bem visível </li></ul><ul><li>Crie brindes que identifiquem a marca e os produtos </li></ul><ul><li>Aproveite espaços alternativos para merchandising </li></ul><ul><li>Conte com uma Assessoria de Impresa e espaços reservados para entrevistas coletivas </li></ul><ul><li>Lembre-se de clipar o maior número de matérias possíveis </li></ul><ul><li>Aprenda a criar fatos sobre o que se está patrocinando </li></ul><ul><li>Associe alguns produtos ao esporte. </li></ul>
  7. 7. Retorno Publicitário <ul><li>Esporte é notícia; </li></ul><ul><li>Espaços valiosos na TV, rádio, jornais e revistas; </li></ul><ul><li>Efeito direto. </li></ul>
  8. 8. Retorno de Imagem <ul><li>Esporte = conceito e imagem de sucesso, emoção, vida, prazer, vitória e entretenimento; </li></ul><ul><li>Emoção transferida inconscientemente para o espectador; </li></ul><ul><li>Associação da marca e do produto com os ingredientes emocionais do esporte; </li></ul><ul><li>Efeito direto. </li></ul>
  9. 9. Retorno sobre Vendas <ul><li>Marca ou produto bem divulgado, imagem forte e positiva = aumento de faturamento; </li></ul><ul><li>Efeito indireto; </li></ul>
  10. 10. Caso Ronaldo no Corinthians <ul><li>Como o Corinthians conseguiu contratar o fenômeno? </li></ul><ul><li>Qual a participação de anunciantes? </li></ul><ul><li>Quais as vantagens para as partes envolvidas? (clube, atleta, anunciante…); </li></ul><ul><li>Onde o marketing está envolvido nesse caso? </li></ul>
  11. 11. Marketing Cultural <ul><li>O marketing cultural surgiu na época em que Otaviano era chefe de Estado do Império Romano e Caio Augusto, Imperador de Roma. Caio Mecenas era um tipo diplomata e grande articulador entre o estado e o mundo das artes, patrocinando vários artistas e escritores, surgindo assim o termo “mecenas”, que significa “grande protetor de letras, ciências e artes”. </li></ul>
  12. 12. O que é Marketing Cultural <ul><li>É toda ação de marketing que usa a cultura como veículo de comunicação para se difundir o nome, produto ou fixar imagem de uma empresa patrocinadora. Para se fazer marketing cultural não há fórmula fechada, pois há variáveis que, conforme combinadas, podem resultar numa excelente ação de marketing. </li></ul>
  13. 13. O que é Marketing Cultural <ul><li>O que manda é a criatividade para atingir o público alvo de forma a atender os objetivos de comunicação da empresa com os recursos disponíveis. </li></ul>
  14. 14. O que é Marketing Cultural <ul><li>Ao patrocinar um show, por exemplo, a empresa pode não só associar sua marca àquele tipo de música e público como pode também oferecer amostras de produto (promoção); distribuir ingressos para os seus funcionários (endomarketing); </li></ul>
  15. 15. O que é Marketing Cultural <ul><li>eleger um dia exclusivo para convidados especiais (marketing de relacionamento); enviar mala-direta aos consumidores/clientes informando que o show está acontecendo e é patrocinado pela empresa (marketing direto); </li></ul>
  16. 16. O que é Marketing Cultural <ul><li>mostrar o artista consumindo o produto durante o show (merchandising); levantar informações gerais sobre o consumidor por meio de pesquisas feitas no local (database marketing); fazer uma publicação sobre o evento (marketing editorial); </li></ul>
  17. 17. O que é Marketing Cultural <ul><li>realizar uma campanha específica destacando a importância do patrocínio (publicidade) e muitas outras ações paralelas que tem o poder de ampliar o raio de alcance da ação de marketing cultural. </li></ul>
  18. 18. Case: Skol Folia
  19. 19. Case: Skol Folia
  20. 20. Case: Skol Folia
  21. 21. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>Ele vem ganhando força no meio empresarial porque apresenta soluções relativamente baratas a três novas exigências do mercado: </li></ul>
  22. 22. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>1) necessidade de diferenciação das marcas; </li></ul><ul><li>2) diversificação do mix de comunicação das empresas para melhor atingir seu público; e </li></ul><ul><li>3) necessidade das empresas se posicionarem como socialmente responsáveis. </li></ul>
  23. 23. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>Ao patrocinar um projeto cultural a empresa se diferencia das demais a partir do momento em que toma para si determinados valores relativos àquele projeto (por exemplo tradição, modernidade, competência, criatividade, popularidade etc.). </li></ul>
  24. 24. Por que as empresas investem em Marketing Cultural <ul><li>Também amplia a forma como se comunica com seu público alvo e mostra para a sociedade que não está encastelada em torno da sua lucratividade e de seus negócios. </li></ul>
  25. 25. Como uma empresa pode fazer Marketing Cultural <ul><li>Importante é que a ação de marketing deve se encaixar perfeitamente ao perfil da empresa, ao público alvo e ao objetivo buscado. Sem equalizar esses três quesitos (público alvo, identidade, objetivos) fica difícil garantir a eficácia da ação. </li></ul>
  26. 26. Cases??
  27. 27. Mkt Cultural
  28. 28. Como uma empresa pode fazer Marketing Cultural <ul><li>Também é importante frisar que marketing cultural pode (e deve) vir associado a outras ações de marketing. </li></ul>
  29. 29. O que uma empresa ganha fazendo Marketing Cultural <ul><li>Inicialmente as empresas começaram a investir em marketing cultural porque, devido às leis de incentivo, financeiramente era um bom negócio. Depois, elas compreenderam que essas ações de marketing solidificavam a imagem institucional da empresa e davam visibilidade para a marca. </li></ul>
  30. 30. O que uma empresa ganha fazendo Marketing Cultural <ul><li>Desse modo, o investimento em cultura pode ser visto como uma oportunidade para as empresas participarem do processo de incremento e manutenção dos valores culturais da sociedade e, principalmente, a possibilidade de construir uma imagem forte e bem posicionada para o consumidor, garantindo a curto, médio e longo prazo sua perpetuação. </li></ul>
  31. 31. Por que o número de pessoas físicas que investe em cultura ainda é pequeno? <ul><li>Porque a maioria das pessoas desconhece os benefícios das leis de incentivo. No caso das leis Rouanet e Audiovisual, existe ainda um outro problema: quando alguém patrocina um projeto cultural, precisa adiantar o dinheiro para o produtor e só acerta as contas com o fisco no ano seguinte, após declarar seu Imposto de Renda. </li></ul>
  32. 32. Por que o número de pessoas físicas que investe em cultura ainda é pequeno? <ul><li>Acontece que, diferente das empresas, a maioria das pessoas não tem capital de giro e disponibilidade para esperar tanto tempo até terem seu dinheiro de volta. Outro fator é que não existe uma mentalidade nacional voltada para o patrocínio cultural. </li></ul><ul><li>Em países como os Estados Unidos, a maior parte do dinheiro que financia a cultura vem de pessoas físicas </li></ul>
  33. 33. Como funcionam as leis de incentivo? <ul><li>Cada lei tem um funcionamento específico. As leis federais oferecem isenção no Imposto de Renda das pessoas físicas ou jurídicas. Já as estaduais proporcionam isenção de ICMS e as municipais, de IPTU e ISS. Algumas optam por financiar a fundo perdido ou fazer empréstimos a projetos culturais regionais. </li></ul>
  34. 34. Na prática, como uma empresa patrocina um projeto cultural via lei de incentivo? <ul><li>Primeiro, o órgão do governo responsável pela aplicação da lei precisa aprovar o projeto apresentado para que ele se beneficie da lei de incentivo. Depois da aprovação, o produtor cultural (que pode ser o próprio artista) procura uma empresa que queira patrocinar o seu projeto. </li></ul>
  35. 35. Na prática, como uma empresa patrocina um projeto cultural via lei de incentivo? <ul><li>Fechado o patrocínio, a empresa fornece o dinheiro para a realização do projeto cultural. Esse dinheiro (ou parte dele) voltará para a empresa em forma de abatimento de imposto na hora do pagamento do tributo (Imposto de Renda, ICMS ou IPTU/ISS, dependendo da lei utilizada). </li></ul>
  36. 36. Como fazer para aprovar um projeto cultural? <ul><li>É preciso entrar em contato com o Ministério da Cultura ou com o órgão que regulamenta a lei (que pode ser estadual ou municipal) e ver quais são os parâmetros exigidos para a sua área especificamente (dança, teatro, música, audiovisual etc). </li></ul>

×