• Save
Aula 05 4 ppan_2010_1
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Aula 05 4 ppan_2010_1

on

  • 1,201 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,201
Views on SlideShare
1,189
Embed Views
12

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 12

http://www.slideshare.net 12

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Aula 05 4 ppan_2010_1 Aula 05 4 ppan_2010_1 Presentation Transcript

  • Aula 05 – Mídia Exterior - Outdoor 26/02/2010 4PPAN Prof. Ney Queiroz de Azevedo www.midiaeconsumo.com.br twitter.com/neyqueiroz Mídia
    • [Ney Queiroz de Azevedo]
    • Formado em Comunicação Social e Direito;
    • Mestre pela PUC-PR;
    • Professor do MBA em Marketing da Universidade Positivo;
    • Professor do MBA em Marketing da OPET;
    • Professor de Mídia, Novas Mídias, Marketing e Leg.Publicitária na UniBrasil;
    • Diretor Executivo da Centermídia | Grupo Outdoormídia;
    • Editor do Blog Mídia&Consumo | www.midiaeconsumo.com.br
  • Carga horária: 72 horas – 36 encontros (18 faltas); Chamada; Disciplina = respeito. Material de apoio: disponível no blog www.midiaeconsumo.com.br Metodologia: exposição, vídeos, debates, grupos... Obs.: as apresentações (power point) e outros materiais disponíveis no blog NÃO substituem as aulas!
    • [Avaliação]
      • Provas................... 7,0
      • Trabalhos.............. 2,0
      • Presença............... 1,0
    Presença: 1,0 (até 2 faltas), 0,5 (até 4 faltas) e 0,0 (+ de 4 faltas).
    • Aula Data Tema
    • 01 08/02 Apresentação - introdução
    • 02 12/02 Mídia – Conceitos Básicos - PI
    • 03 19/02 Conceitos Básicos e Mídia Exterior
    • 04 22/02 Debate
    • 05 26/02 Mídia exterior - outdoor
    • 06 01/03 Mídia exterior – mobiliário urbano
    • 07 05/03 Mídia exterior – novos formatos
    • 08 08/03 Apresentação e julgamento dos trabalhos (1,0)
    • 09 12/03 Apresentação e julgamento dos trabalhos (1,0)
    • 10 15/03 Mídia Eletrônica - Rádio – histórico - formatos
    • 11 19/03 Mídia Eletrônica – Rádio Digital - tendências
    • 12 22/03 Debate – novas tendências do meio rádio
    • 13 26/03 Mídia eletrônica – Televisão - histórico
    • 14 29/03 Mídia eletrônica – Televisão - formatos
    • 15 05/04 Mídia eletrônica – TV digital - tendências
    • 09/04 Revisão
    • 12/04 Prova 1o. Bimestre (7,0)
    • 16/04 Devolutiva
    • [Até - Notas lançadas no sistema]
  • Mas afinal o que é Outdoor?
  •  
  • A Central de Outdoor
    • Histórico;
    • Diversidade de formatos, valores...
    • Necessidade de profissionalização;
    • Regulamentação do meio;
    • 1977 – São Paulo;
    • Hoje: + de 1.300 afiliadas;
  • A Central de Outdoor
    • Legislação aplicada 1) LEGISLAÇÃO E AUTO-REGULAMENTAÇÃO
    • CONAR: a Central de Outdoor, como membro do Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária, e suas Exibidoras Afiliadas acompanham as resoluções do CONAR quanto ao cumprimento das normas éticas do Código Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária, inclusive quanto à suspensão da veiculação de cartazes que estejam em desacordo com o Código.
    • Código de Proteção e Defesa do Consumidor: por determinação do Código de Proteção e Defesa do Consumidor, o material a ser exibido deve identificar o anunciante responsável pela mensagem publicitária de tal forma que o consumidor fácil e imediatamente a identifique como tal. Pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor, o cartaz pode ter sua exibição suspensa, caso seja julgado enganoso ou abusivo.
    • CENP: : a Central de Outdoor também é signatária da constituição do CENP - Conselho Executivo das Normas-Padrão, estando suas afiliadas condicionadas a operar segundo suas normas-padrão.
    • As exibidoras responsabilizam-se por quaisquer autuações lavradas por órgãos públicos. 2) PRINCÍPIOS ÉTICOS
    • As Exibidoras Afiliadas reservam-se o direito de não exibir peças que atentem contra os princípios éticos defendidos pela Central de Outdoor, pelo CONAR, pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor e pela sociedade brasileira.
  • Outdoor
    • Formato: 3x9 m;
    • Colagem: 32 folhas (4x8) ou 16;
    • Produção: Papel ou lona;
    • Período: bi-semana
    • Padronização de molduras;
    • FORMATO PADRÃO
    • Tamanho do cartaz: total com 16 ou 32 folhas = 8,80 m x 2,9 m.
    • Arte-final: formato mínimo de 48,0 cm x 16,0 cm. GABARITO DAS FOLHAS DO CARTAZ
    • Cartaz de 32 folhas:
    • Cada folha: 1,12 x 0,76 m.
    32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 13 12 11 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1
  •  
  • Outdoor é mídia por natureza. Enquanto nos demais veículos de comunicação, a propaganda é um suporte financeiro inserido dentro de um contexto editorial, no outdoor ela é tudo - razão de existência do próprio meio. Uma emissora de rádio ou TV, um jornal, uma revista ou um cinema podem sobreviver sem publicidade. O outdoor não; ele é a própria propaganda em si. Apenas este dado já seria suficiente para provar que o outdoor é uma mídia muito específica em relação às demais, mas o veículo ainda possui outras particularidades que devem ser levadas em conta na hora da elaboração de um plano de mídia:
  • 1. TV e outdoor - O outdoor penetra em áreas onde a veiculação em televisão não é adequada, reforçando a campanha. O impacto visual proporcionado pelo outdoor explica a imagem transmitida pela TV, incrementando a freqüência da mensagem.
  • 2. Rádio e outdoor - Se, como dizem, o rádio é o teatro da mente, o outdoor fornece à mensagem radiofônica uma poderosa associação gráfica visual. Combinando as significativas qualidades de alcance e freqüência de ambos os meios, a eficiência da campanha fica multiplicada.
  • 3. Revista e outdoor - O alcance seletivo das revista é excelente, mas freqüência é limitada. O outdoor incrementa significativamente a freqüência, dentro de uma audiência segmentada precisa. E adiciona também uma espécie de "sabor do local" junto aos pontos de venda do produto ou serviço. Os avanços tecnológicos da produção gráfica possibilitam ao outdoor comunicar sua mensagem com a mesma qualidade da revista.
  • 4. Jornal e outdoor - A imagem gráfica do outdoor combina com o jornal, gera um audacioso impacto visual, que se soma aos benefícios das explanações detalhadas. O outdoor direciona o consumidor ao anúncio de jornal. Como o jornal é um veículo de vida curta, o outdoor irá estender a vida útil do anúncio, reforçando "quilometragem" da mídia.
  • Técnicas: “ TEASER”
  •  
  •  
  • Técnicas: Aplique
  • Técnicas: Aplique
  • Técnicas: Aplique
  • Técnicas: Aplique
  • Técnicas: Aplique
  • Peculiaridades do meio… Exposto às ações do tempo Ventos, chuvas…
  • Técnicas: Aplique
  • Técnicas: Aplique
  • A Negociação de Compra 1- Pedido de disponibilidade; 2- Escolha dos pontos; 3- Reserva dos pontos; 4- Confirmação da reserva; 5- Envio do P.I. / Autorização.
  •  
  • Dados do P.I.:
      • Dados da agência;
      • Dados do veículo;
      • Dados do cliente;
      • Nome da campanha / motivo;
    • Período de veiculação;
      • Pontos/locais;
      • Valor unitário / total / líquido;
      • Data de vencimento;
      • Forma de cobrança.
  • Exibidoras de Outdoor em Curitiba:
      • Filiadas à Central de Outdoor;
      • Não filiadas à Central de Outdoor.
  • Trabalho (1,5)
      • Cliente: Loja de Esportes – Park Shopping Barigui
      • Verba: R$ 10.000,00
      • Campanha: Promoção de Verão, que será de 20/03 a 01/04.
      • Pesquisar disponibilidade de pontos; (internet e/ou in loco );
      • Escolher os pontos e a bi-semana.
      • Preencher o P.I. com todos os dados básicos.
      • Utilizar pelo menos 2 exibidoras.
      • JUSTIFICAR A CAMPANHA.