Your SlideShare is downloading. ×
Redes internacionais-de-pesquisadores-e-redes-sociais-na-internet
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Redes internacionais-de-pesquisadores-e-redes-sociais-na-internet

2,802
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,802
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Explica que este é um organismo unicelular que perante dificuldades inicia um processo de agrupamento. Corre o vídeo enquanto mostra o processo de agrupamento. Este organismo e o processo já é conhecido desde... e se tentava entender como ele ocorria. Em função dos modelos teóricos utilizados se buscava identificar de onde partia a ordem que desencadeava o processo de agrupamento, sem conseguí-lo. Após x anos de estudo se chegou a uma compreensão de que as iniciativas de cada organismo é que geravam o processo de agrupamento (explicar – caldinho) Terminado o vídeo e o agrupamento, muda o slide.
  • Mostra as diferentes fases do agrupamento e fala que este tipo de processo é característico dos processos complexos: São processos deste tipo que ocorrem na Internet
  • Transcript

    • 1. Redes Sociais na Internet
    • 2. Redes Internacionais de Pesquisadores e Redes Sociais na Internet Redes Sociais na Internet Nilton Bahlis dos Santos – Doutor em Ciência da Informação Pesquisador da Fiocruz e Coordenador do Núcleo de Experimentação de Tecnologias Interativas (Next) e do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) Lider do Grupo de Pesquisa "Tecnologias, Culturas, Práticas Interativas e Inovação em Saúde" e-mail: niltonbdossantos@gmail.com
    • 3.
      • O que fazemos na Fiocruz
      • Grupo de Pesquisa "Tecnologias, Culturas, Práticas Interativas e Inovação em Saúde“ – Ceritificado na Fiocruz e no CNPQ
      • Pesquisa sobre Redes Sociais na Internet
      • Pesquisa sobre Educação Não Formal em Ambientes Educativo – Incubadora de Cursos à Distância;
      • Implantação Experimentação de Tecnologias Interativas (Next)
        • – Incubadora de projetos de novas tecnologias (na Fiocruz e na Área da Saúde);
        • – Pesquisa das tecnologias Interativas;
        • – Experimentação, em particular das tecnologias Web 2.0 e de nuvem;
      • Inovação (NIT)
        • – Discussão sobre ambiente de Inovação)
      Redes Sociais na Internet
    • 4.
      • O que define a dinâmica e as possibilidades de uma sociedade ou organização está associado
      • aos fluxos comunicativos e agenciais
      • que as articulam.
      Redes Sociais na Internet
    • 5.
      • Estes fluxos comunicativos e agenciais estão articulados as caracteristicas das tecnologias e práticas culturais que os sustentam.
      • O que acontece que estamos transitando entre duas culturas:
      • da Imprensa para a da Internet,
      • dos Sistemas Simples para a dos Sistemas Complexos de Comunicação.
      Redes Sociais na Internet
    • 6. Redes Sociais na Internet
      • Em função das limitações de processamento e para se tornarem viáveis e efetivas, as tecnologias anteriores “simplificavam o sistema”, especializando-o. Isto é, descartavam todos os dados “desnecessários” aos objetivos do sistema (que considera “ruídos”); Ex.: Livros, Jornais, Bibliotecas, Banco de dados, Repositório de arquivos, etc.;
      • Estes sistemas são organizados em forma de árvore, obedecem uma hierarquia e classificação, etc.
      Ocorre que quando o sistema ganha uma certa dimensão, isso se torna inviável. SISTEMAS ESPECIALIZADOS:
    • 7. Redes Sociais na Internet
        • Não tem centro. Tudo se liga com tudo.
        • São Dispositivos de Interação Virtuais, que pressupõem possibilidades e especializações diversas;
        • Suportam a heterogeneidade e permitem a unificação e integração de elementos diversos;
        • Se caracterizam por processos de Sincronização e Emergência (Internet/Web2.0/Wikis).
      SISTEMAS COMPLEXOS:
    • 8. Redes Sociais na Internet
      • Temos um Sistema Especializado, cuja inteligência está no centro e onde a unificação só é possível de cima para baixo, que conforme cresce vai aumentando a cadeia de intermediários (o peso dos galhos acaba por derrubar a árvore);
      • Temos outro Sistema de Baixo para Cima, cuja inteligência está dispersa no conjunto, onde a unificação se constrói através da sincronização da ação dos diferentes agentes e cuja unificação é uma emergência.
      Resumindo:
    • 9. Redes Sociais na Internet
      • Nos Sistemas que usamos temos Redes Intersubjetivas – Comunicação Humana;
      • São Sistemas Fechados – Redes Especializadas – hierárquicas - de cima para baixo – com Centro – onde, conforme elas crescem, aumenta a cadeia de intermediários.
    • 10. Redes Sociais na Internet
      • Nos Sistemas que surgem temos Redes não intesubjetivas – Comunicação através do ambiente
      • São Sistemas Abertos – Redes como nexos de possibilidades - de Baixo para Cima - com inteligência dispersa no conjunto, onde a unificação se constrói pela sincronização da ação dos diferentes agentes - emergência
    • 11. Dictyostelium discoideum
    • 12. Redes Sociais na Internet
    • 13. Redes Sociais na Internet
      • Redes Sociais Clássicas
      • Comunicação Humana - intersubjetivas – O “Discurso” é Fundamental e a construção do consenso é decisiva.
      • Elas são especializadas.
      • Redes Sociais Virtuais
      • Comunicação em Rede se articula através do ambiente e as InterAÇÕES que são decisivas
      • Elas se especializam em ações - emergências
    • 14. Redes Sociais na Internet
      • Compreender esta diferença entre as características desses novos Sistemas e Redes em relação aos anteriores tem inúmeras consequências:
      • Os sistemas complexo são dinâmicos, tem centros diversos e sua importância e impacto na Rede se modifica constantemente. As formas de comunicação, a maneira de organizar e acessá-lo diferem, assim como suas formas de regulação e possibilidades.
      • Para explorá-los necessitamos novas metodologias e formas de agir e, principalmente, estar abertos as possibilidades inesperadas que elas criam.
    • 15. Redes Sociais na Internet
      • Assim, as pesquisas do Next envolvem:
      • Pesquisas sobre os recursos das Redes Sociais na Internet visando as comunicações inter-subjetivas (disponibilização de Informações, comunicação intersubjetivas entre os diferentes agentes (mensagens, chats, teleconferências, produção coletiva de documentos, uso de laboratórios virtuais, simulação). Mesmo nestes, as possibilidades de redes ontersubjetivas estão presentes;
      • Mas nos oferecem ainda as possibilidades de explorar relações não inter-subjetivas que elas viabilizam e obrigam explorá-las.
    • 16. Redes Sociais na Internet
      • Resumindo. Trabalhamos com:
      • Pesquisas sobre os recursos das Redes Sociais na Internet visando as comunicações inter-subjetivas (disponibilização de Informações, comunicação intersubjetivas entre os diferentes agentes (mensagens, chats, teleconferências, produção coletiva de documentos, uso de laboratórios virtuais, simulação, etc);
      • Mas nos oferecem, e obrigam a explorar as potencilidades de relações não inter-subjetivas que elas viabilizam: relações entre máquinas, homens e meio ambiente, processos emergentes como meio de unificação de processos não centralizados, etc.
    • 17. Redes Sociais na Internet
      • Alguns projetos que desenvolvemos:
      • Articulação de pesquisadores através da articulação de máquinas (pesquisas que envolvem ambientes muito amplos, sem um centro) - Projeto do Guido (PCR + Bancos de Dados);
      • Pesquisas que usam o ambiente como forma de comunicação e sincronização de ações/intelectual coletivo (Estigmérgia) – Projeto Multribuição – Projeto do Alberto
      • Projeto de Redes Sociais na Internet que buscam dar uma resposta para a dificuldade de viabilização das redes – Projeto da Fiocultura
    • 18. Redes Sociais na Internet
      • Alguns elementos metodológicos respondidos:
      • Facilitação do aprendizado;
      • Identificação com o Facebook como forma de aproveitar a experiência com seu Uso;
      • Transitar por Redes diferentes;
      • Furar o Facebook;
      • Preservar o banco de dados.
    • 19. Redes Sociais na Internet Obrigado!
    • 20. Redes Internacionais de Pesquisadores e Redes Sociais na Internet Redes Sociais na Internet Nilton Bahlis dos Santos – Doutor em Ciência da Informação Pesquisador da Fiocruz e Coordenador do Núcleo de Experimentação de Tecnologias Interativas (Next) e do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) Lider do Grupo de Pesquisa "Tecnologias, Culturas, Práticas Interativas e Inovação em Saúde" e-mail: niltonbdossantos@gmail.com