Your SlideShare is downloading. ×
0
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
A Jornada do Herói
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A Jornada do Herói

2,095

Published on

Nesta apresentação, Paulo Fanton, nosso UX Designer aqui na Neue Labs, conta sobre a concepção do herói pós-moderno e os 12 passos de Campbell para a construção de um roteiro de ficção fantástica, que …

Nesta apresentação, Paulo Fanton, nosso UX Designer aqui na Neue Labs, conta sobre a concepção do herói pós-moderno e os 12 passos de Campbell para a construção de um roteiro de ficção fantástica, que já inspirou diversas narrativas que apaixonaram o público como Harry Potter e Senhor dos anéis.

Os slides fazem parte do Neue T, nosso encontro semanal de aprendizagem e socialização de conteúdos, que traz assuntos de dentro e fora das startups e que acontecem toda sexta-feira.

Você pode acompanhar o Neue T ao vivo, sempre às 17h30, pelo nosso canal no Livestream: http://bit.ly/livestreamneue

Todo material é livre para download, cópia e alteração

Published in: Design
0 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,095
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
117
Comments
0
Likes
7
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Neue T
  • 2. Estrutura narrativa Estrutura básica Intriga - açãoprimária - açãosecundária
  • 3. Estrutura narrativa Estrutura básica Intriga - açãoprimária - açãosecundária situaçãoinicial → desenvolvimento → clímax → desfecho
  • 4. Joseph Campbell Estudioso de mitologia e religião Autor de O herói de mil faces O poder do mito As máscaras de Deus O vôo do pássaro selvagem Para viver os mitos Viveu de março de 1904 Até outubro de 1987
  • 5. O monomito 12 etapas da evolução do herói 1.Omundocomum 2.Ochamadoparaaaventura 3.Recusadochamado 4.Encontrocomomentor 5.Atravessiadoumbral 6.Testes,aliadoseinimigos 7.Aproximaçãodoobjetivo 8.Provaçãomáxima 9.Conquistadarecompensa 10.Caminhodavolta 11.Depuração 12.Retornotransformado
  • 6. The cave you fear to enter holds the treasure you seek Joseph Campbell
  • 7. O mundo comum Ambientação Omundocomuméapresentadocoma funçãode: -Ambientarahistória -Criarumaanalogiaaomundoinocentedainfância
  • 8. O chamado para a aventura O rompimento da rotina Aaventurapodecomeçarcomumaajudasobrenatural,como heróidescobrindoumasinadiferentedosseussemelhantes ouatravésdeumerro. Ocentrodegravidadedoheróiétransferidodasociedade paraumlocaldesconhecido.
  • 9. Os erros não são um mero acaso; são, antes, resultado de desejos e conflitos reprimidos Joseph Campbell apud Sigmund Freud
  • 10. Recusa do chamado Os motivos para ingressar em uma jornada Oprotagonistanãosesenteespecialoudiferentedosoutros paramerecerumdestinoimpreciso. Arecusacompletadopersonagememaceitaroconvitepode serachaveparadesencadearodestinotãotemidopeloherói.
  • 11. Encontro com o mentor O auxílio sobrenatural Aapariçãodafiguragerafascínioemarcaoiníciodeumnovo estágiodaaventura. Essenovoelementodahistóriaéinconscientemente familiaraoherói.
  • 12. Encontro com o mentor O auxílio sobrenatural Écomumomentorserumafiguramasculina,geralmenteé representadocomoumsersobrenaturalquevivecomoeremita. Eleforneceosamuletoseferramentasnecessáriasparaoherói seprotegerdosfuturosperigos.
  • 13. A travessia do umbral A travessia sem volta Oumbraléadivisãoentreomundocomumearegiãodeforça ampliada.Láeleencontraráo(s)guardião(ões)dolimiarque protegeapassagementreosdoismundos. Dooutroladodoumbralseencontraaescuridãoeoperigo, assimcomonorompimentodolimitedoolharpaternal.
  • 14. A travessia do umbral A travessia sem volta Pã(ouPan)éodeusgregoconhecido porpertenceràprimeiracamadado limiar.Suascaracterísticassãoo pânicoemedosúbitoaosquese arriscamemcruzarolimiareinvadir suasflorestas.
  • 15. A travessia do umbral O ventre da baleia Apósatravessiadoumbraloheróipodepassarpeloventreda Baleia,umaetapadetransformaçãoerenascimentoondea baleiarepresentaosímbolodoútero. Esseacontecimentopodesubstituiratravessiado personagempelosprotetoresdoumbral,levando-o diretamenteaummundodesconhecido.
  • 16. Testes, aliados e inimigos Geralmente é a maior parte da história Nessaparteéapresentadoumambientedeformasambíguas eoníricas,oheróidevevencerumasucessãodeprovaspara alcançaroobjetivo. Aprovaçãoéumaprofundamentodoproblemadoprimeiro limiar:podeoegoentregar-seàmorte? Todabatalhavencidaéumvislumbredarecompensafinal.
  • 17. O encontro com a deusa Éotestefinaldotalentodoherói,oqualjustificousuaeleiçãoà jornadaemquestão: Abênçãodoamor,queéaprópriavida, aproveitadacomoinvólucrodaeternidade.
  • 18. Sintonia com o pai Oaspectoogrodopaiéumreflexodopróprioegodavítima, derivadodamaravilhosalembrançadaproteçãomaternaque foideixadaparatrás.
  • 19. Sintonia com o pai Essaetapacriaumaexperiênciafrangilizadoradoego,por partedopai,ondeafénaimagemdesegurança(mãe)dá suporteaoheróiduranteesseperíodocrítico. Esseprocessoénecessárioparaqueoheróidescubraqueo paieamãeserefletemumaooutroesão,emessência,a mesmacoisa.
  • 20. Provação máxima O embate final Oheróialcança,depoisdetesteseprovas,seuápicee conquistaacondiçãodedeus. Esseembatesedesencadeianoquechamamosde UltimateBoon
  • 21. Conquista e recompensas O prêmio conquistado Aovencersuagrandebatalhaoheróiseencontraempossede umagranderecompensaquelhetrazpoderereconhecimento diantedosdemais.
  • 22. “A busca da imortalidade física procede de uma imcompreensão do ensinamento tradicional.” Joseph Campbell
  • 23. Caminho de volta A parte mais curta Oheróideveregressarcomseutroféutransmutadordavida, ondeesseelementoconquistadoservirácomobasede renovaçãoparaomundocomum. Seuretornopodeserdeformamágicaoucomoresgatede auxílioexterno.
  • 24. Depuração Trama secundária ou plot twist Duranteoretornodoheróipodehavernovosembatesemsua caminharumoàterranatal. Operíododedepuraçãotambémabreespaçoparaumplot twistnahistória.
  • 25. Retorno transformado Master of two worlds Nessepontooheróiconsegueaplenaconsciênciadajornada conquistadaedosbenefíciosganhos,setornandoomestre dosdoismundos. “Oheróiépatronodascoisasqueestãotornando,enãodas coisasquesetornaram(...)Elenãoconfundeaimutabilidade dotempocomapermanênciadoser”
  • 26. O herói moderno A concepção do herói no mundo moderno “Amitologiatemsidointerpretadapelointelectomoderno comoumprimitivoedesastradoesforçoparaomundoda natureza(Frazer);(...)comosonhogrupal,sintomáticodos impulsosarquetípicosexistentesnointeriordascamadas profundasdapsiquehumana(Jung);”
  • 27. O herói pós-moderno Como ser herói nos dias de hoje Serumheróiévencerodesafioimpostoseguindoseusvalores pessoaiseasnormaséticasdomundoemquevocêvive. Asjornadaspodemserdesdeaprenderaandardebicicleta atéenfrentarumasituaçãodevidaoumorte.
  • 28. OBRIGADO

×