Universidade Federal de Santa Catarina
Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Disciplina: INE3625-002 – Bioestatísti...
Contextualização
 Os periódicos

são o meio para a comunicação formal dos resultados
de uma pesquisa científica.

 As ba...
Contextualização
 Análise sobre a

visibilidade dos periódicos indexados na base de
dados Scopus, da Editora Elsevier, ut...
Universo da pesquisa
Dos 16.384 periódicos constantes no ranking do SCImago, 544 são de
países da América do Sul.

3,32%

...
Universo da pesquisa
Dos 16.384 periódicos constantes no ranking do SCImago, 544 são de
países da América do Sul.
3,32%

D...
Universo da pesquisa
Dentre os 305 periódicos brasileiros, 69 são da área de medicina, 50 de
agricultura e ciências biológ...
Universo da pesquisa
Vamos analisar os 161 periódicos das áreas de medicina
(69), agricultura e ciências biológicas (50) e...
Metodologia estatística


Análise descritiva dos dados.



Teste de correlação de Pearson



Adotado a classificação do...
Análise dos resultados



A maior média é da medicina (0,04856);



Os menores valores do índice SJR estão nos periódico...
Análise dos resultados



As médias indicam uma diferença significativa entre os valores do Índice H;



Há uma heteroge...
Análise dos resultados



Indica a existência de uma correlação positiva entre as variáveis estudadas;



É possível per...
Análise dos resultados
Por área...



Na área de agricultura e ciências biológicas observa-se a concentração dos dados na...
Análise dos resultados



O coeficiente de correlação de Pearson (r) é de 0,798 (pvalor < 0,001, n= 141), o que indica
a ...
Considerações Finais


Observa-se que as variáveis estão positivamente correlacionadas.
Há uma correlação mais forte entr...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Apresentação bioestatística

111

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
111
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação bioestatística

  1. 1. Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Educação Física Disciplina: INE3625-002 – Bioestatística Professor: Adriano Ferreti Borgatto Período: 2011/1 ÍNDICE DE CITAÇÃO DOS PERIÓDICOS BRASILEIROS: uma análise dos periódicos no SCImago Patricia da Silva Neubert
  2. 2. Contextualização  Os periódicos são o meio para a comunicação formal dos resultados de uma pesquisa científica.  As bases de dados tem por finalidade sinalizar a existência de documentos de uma área do conhecimento oriundos de diversas publicações, a fim de facilitar a identificação e o acesso a estas informações.  Algumas bases de dados disponibilizam indicadores da citação dos artigos publicados pelos periódicos que indexam.  Esses índices de medição da qualidade/impacto da produção científica são importantes para a definição de políticas,diretrizes e investimentos para o desenvolvimento científico. ANDREATTO, 2010; BOLAÑO; KOBASHI; SANTOS, 2006; ERDMANN, et al., 2009; FUJINO, et al., 2007; MUELLER, 2007; MUGNAINI; JANNUZZI; QUONIAM, 2004; STUMPF, 1997; TARGINO, 2000.
  3. 3. Contextualização  Análise sobre a visibilidade dos periódicos indexados na base de dados Scopus, da Editora Elsevier, utilizando os índices de citação produzidos e utilizados pela ferramenta SCImago Journal & Country Rank.  Os índices de citações disponibilizados pelo SCImago são o Índice H (usada pela base Scopus) e o SJR (SCImago Journal Rank).  Índice H - H é o número atribuído a um pesquisador que tem H trabalhos, que tenham sido citados pelo menos H vezes.  SJR - índice baseado no Page Rank (algoritmo para análise das redes de citações entre páginas web - determina pesos numéricos entre 0 e 1 para as ligações)
  4. 4. Universo da pesquisa Dos 16.384 periódicos constantes no ranking do SCImago, 544 são de países da América do Sul. 3,32% 96,68%
  5. 5. Universo da pesquisa Dos 16.384 periódicos constantes no ranking do SCImago, 544 são de países da América do Sul. 3,32% Destes 544 periódicos, 305 são brasileiros. 96,68% 56% 44 %
  6. 6. Universo da pesquisa Dentre os 305 periódicos brasileiros, 69 são da área de medicina, 50 de agricultura e ciências biológicas e, 42 das ciências sociais – representando 52,79% dos periódicos brasileiros no SCImago. 22,62 % Medicina 47,21 % Outras áreas 16,39% 13,78% Ciências Sociais Agricultura e Ciências Biológicas
  7. 7. Universo da pesquisa Vamos analisar os 161 periódicos das áreas de medicina (69), agricultura e ciências biológicas (50) e ciências sociais (42), que juntas representam mais de 50% dos periódicos brasileiros no ranking do SCImago. Vamos trabalhar com as seguintes variáveis: Área SJR Índice H
  8. 8. Metodologia estatística  Análise descritiva dos dados.  Teste de correlação de Pearson  Adotado a classificação do grau de correlação de acordo com Dancey e Reidy (2005):
  9. 9. Análise dos resultados  A maior média é da medicina (0,04856);  Os menores valores do índice SJR estão nos periódicos da área das ciências sociais (E I = 0,029 e ES=0,034);  Maior homogeneidade entre os valores nas ciências sociais (S = 0,001140);  Observa-se que há uma significativa diferença entre as áreas.
  10. 10. Análise dos resultados  As médias indicam uma diferença significativa entre os valores do Índice H;  Há uma heterogeneidade entre os dados das áreas de agricultura e ciências biológicas (S= 7,546) e medicina (S=9,249);  Nos periódicos da área de ciências sociais há uma maior homogeneidade entre os dados;  Nas áreas de agricultura e ciências biológicas e medicina existem periódicos que tiveram 45 de seus artigos citados pelo menos 45 vezes (ES).
  11. 11. Análise dos resultados  Indica a existência de uma correlação positiva entre as variáveis estudadas;  É possível perceber ainda, uma maior concentração dos dados entre os valores de 0 a 10 para o índice H, e de 0,02 a 0,06 para o índice SJR.
  12. 12. Análise dos resultados Por área...  Na área de agricultura e ciências biológicas observa-se a concentração dos dados na faixa de 0 a 20 para valores do índice H (alta concentração de 0 a 10) e entre os valores de 0,02 a 0,06 para o índice SJR.  Na medicina é possível observar uma maior distribuição dos dados e, valores mais altos para ambas as variáveis.  Nas ciências sociais estão concentrados os valores mais baixos para ambos os índices, destacando-se os valores entre 0,03 e 0,035 para o índice SJR e valores de 0 a 8 para o índice H, com uma maior concentração de dados entre 0 e 3.
  13. 13. Análise dos resultados  O coeficiente de correlação de Pearson (r) é de 0,798 (pvalor < 0,001, n= 141), o que indica a existência de uma forte correlação entre as variáveis SJR e índice H.  O coeficiente de correlação é maior entre os índices dos periódicos da área de agricultura e ciências biológicas (r = 0,849).  Os índices dos periódicos classificados nas área de ciências sociais apresentam correlação moderada (r = 0,532).
  14. 14. Considerações Finais  Observa-se que as variáveis estão positivamente correlacionadas. Há uma correlação mais forte entre os Índices H e SJR nos periódicos da área de agricultura e ciências biológicas (r = 0,849), e uma menor correlação nas demais áreas, havendo uma maior diferença na área de ciências sociais (r = 0,532, correlação moderada).  Os resultados evidenciam uma diferença significativa entre os índices dos periódicos da área de ciências sociais em relação as demais áreas. Pode-se concluir que a visibilidade destes periódicos é menor do que os periódicos das áreas de agricultura e ciências biológicas e medicina.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×