Your SlideShare is downloading. ×
Caps. 11 e 12 - Indústrias e energia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Caps. 11 e 12 - Indústrias e energia

723
views

Published on


1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
723
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
28
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A industrialização e a energia Prof.º Acácio Martins
  • 2. A evolução da atividade industrial• Para satisfazer as suas necessidades, o Homem se apropriou dos recursos naturais (rochas, águas, plantas, solos, etc.) para utilizá-los como matérias-primas.• Trabalho humano: atividade transformadora do Homem, realizada na natureza e na sociedade em que vive.• Técnica: conjunto de conhecimentos de uma sociedade na produção de instrumentos e máquinas.• Alterações no espaço geográfico: Revolução agrícola e a domesticação dos animais; e a Revolução Industrial.
  • 3. O que é a indústria?• É um processo produtivo que conjuga (une) o capital e o trabalho com o objetivo de transformar matérias-primas em bens de produção, bens de capital e bens de consumo.• É a atividade pela qual o Homem transforma matéria-prima em produtos semiacabados ou em produtos acabados. Ela fornece a maior parte dos empregos de um país, além de produzir quase tudo o que consumimos ou utilizamos.
  • 4. A evolução do processo de transformação Artesanato Manufatura Maquinofatura Séculos XIII e XV. Séculos XVII e XVIII. Século XVIII.Força humana ou animal, dos Transição entre as fontes de Intenso consumo de fontes de ventos e da água. energia simples e as modernas. energia modernas. Trabalho manual. Trabalho manual com máquinas Mão de obra quase inexistente  simples. maioria são máquinas. Pouca tecnologia. Regular tecnologia Utilização constante de tecnologia.Artesão sozinho ou com um Divisão de tarefas entre os Divisão e especialização do ajudante. membros da equipe. trabalho. Trabalho familiar. Trabalho assalariado. Trabalho assalariado. Baixa produtividade. Média produtividade. Alta produtividade.
  • 5. Localização das indústrias• Fatores locacionais:- Proximidade do mercado consumidor;- Existência de capital (investimento, dinheiro);- Disponibilidade de matéria-prima e energia;- Existência de uma rede de transportes;- Telecomunicações bem estruturada.• Mundo: Estados Unidos, Europa Ocidental e Japão.• Brasil: Região Sudeste.
  • 6. Quanto à tecnologia empregada:• Indústrias tradicionais:- muita mão de obra e sem muita qualificação;- pouco automatizadas.- Exs: Indústrias de alimentos e têxteis.• Indústrias modernas ou dinâmicas:- grandes investimentos de capital;- usam tecnologia de ponta;- mão de obra reduzida, porém qualificada;- máquinas de rápido ajuste.- Exs: ramos de informática, aeroespacial, eletroeletrônicos, telecomunicações, tecnologia nuclear, biotecnologia, engenharia genética, etc.
  • 7. De acordo com o bem produzido:• Indústrias de bens de produção, ou indústrias de base:- Gastam muita energia;- Transformam matérias-primas para outras indústrias;- Exs: Indústrias siderúrgicas (transformam minerais em metais), petroquímicas, metalúrgicas e de cimento.• Indústrias de bens de capital, de equipamentos, ou intermediárias:- O mais importante tipo de indústria;- Fornecem máquinas, equipamentos e ferramentas ou autopeças para outras indústrias e também para os transportes;- Exs: indústrias de componentes eletrônicos, as de máquinas, as de motores para carros ou aviões e as de material de transporte e outros equipamentos.
  • 8. De acordo com o bem produzido:• Indústrias de bens de consumo:- Produzem diretamente para o mercado consumidor a partir de produtos e bens provenientes das indústrias de base ou da agricultura;- Podem ser de dois tipos: A. Indústrias de bens de consumo duráveis:- Fabricam mercadorias não perecíveis;- Exs: Automóveis, eletrodomésticos e móveis.B. Indústrias de bens de consumo não-duráveis:- Produzem bens de consumo rápidos e de consumo generalizado;- Exs: produtos alimentícios, vestuário, remédios, etc.
  • 9. Os setores da economia• Setor primário: inclui as atividades ligadas à extração de recursos naturais do meio ambiente.• Setor secundário: é composto pelas atividades econômicas dedicadas à transformação de bens e recursos extraídos do meio ambiente mediante processo industrial.• Setor terciário: agrupa aquelas atividades que se baseiam na prestação de serviços.
  • 10. Consequências do processo industrial• Desmatamento;• Poluição do ar;• Poluição da água;• Poluição do solo;• Poluição sonora;• Lixo;• Desemprego.
  • 11. Energia• É a capacidade de realizar trabalho.- Energia muscular;- Energia dos animais;- Energia do fogo;- Energia da água e do vento.• Com a revolução industrial, é necessário ter uma força maior para mover as máquinas, surgindo novas fontes de energia, como: o carvão mineral, a eletricidade, o petróleo e o gás natural.
  • 12. Carvão mineral• É uma rocha sedimentar combustível;• Resultante da transformação de vegetais submetidos a certas condições no decorrer de milhares de anos;• É a terceira fonte de energia mais empregada no mundo;• É usado como matéria-prima para a produção de aço nas usinas siderúrgicas, na geração de energia elétrica em usinas termelétricas e na produção de tintas, corantes, inseticidas, entre outros;• A sua queima libera dióxido de carbono (CO2).
  • 13. Carvão mineral• É uma rocha sedimentar combustível;• Resultante da transformação de vegetais submetidos a certas condições no decorrer de milhares de anos;• É a terceira fonte de energia mais empregada no mundo;• É usado como matéria-prima para a produção de aço nas usinas siderúrgicas, na geração de energia elétrica em usinas termelétricas e na produção de tintas, corantes, inseticidas, entre outros;• A sua queima libera dióxido de carbono (CO2).
  • 14. Petróleo• É uma substância oleosa, inflamável, geralmente menos densa que a água, com cheiro característico e coloração que pode variar do castanho claro até o preto;• É resultante da deposição de restos de animais e vegetais junto à lama no fundo de ambientes aquáticos;• É responsável por quase metade de toda energia produzida no mundo;• Está presente em diversas formas: materiais de construção, embalagens, ingredientes de tintas, fertilizantes, produtos farmacêuticos, gasolina, óleo diesel, querosene, asfalto, parafina, vaselina, pneus;• Os três maiores produtores mundiais são a Arábia Saudita, os Estados Unidos e a Rússia;• A sua queima é uma das principais causas da poluição atmosférica e do aumento do efeito estufa.
  • 15. Petróleo• É uma substância oleosa, inflamável, geralmente menos densa que a água, com cheiro característico e coloração que pode variar do castanho claro até o preto;• É resultante da deposição de restos de animais e vegetais junto à lama no fundo de ambientes aquáticos;• É responsável por quase metade de toda energia produzida no mundo;• Está presente em diversas formas: materiais de construção, embalagens, ingredientes de tintas, fertilizantes, produtos farmacêuticos, gasolina, óleo diesel, querosene, asfalto, parafina, vaselina, pneus;• Os três maiores produtores mundiais são a Arábia Saudita, os Estados Unidos e a Rússia;• A sua queima é uma das principais causas da poluição atmosférica e do aumento do efeito estufa.
  • 16. Gás natural• É um combustível fóssil encontrado em terrenos sedimentares;• É o menos poluente entre os combustíveis fósseis e a segunda principal fonte de energia utilizada no planeta;• Pode ser aproveitado de várias maneiras: nas residências, como gás de cozinha ou para aquecimento dos ambientes; em usinas termelétricas e como combustível nos meios de transportes (GNV – Gás Natural Veicular).
  • 17. Gás natural• É um combustível fóssil encontrado em terrenos sedimentares;• É o menos poluente entre os combustíveis fósseis e a segunda principal fonte de energia utilizada no planeta;• Pode ser aproveitado de várias maneiras: nas residências, como gás de cozinha ou para aquecimento dos ambientes; em usinas termelétricas e como combustível nos meios de transportes (GNV – Gás Natural Veicular).
  • 18. Hidreletricidade• É uma forma de energia obtida pela força corrente das águas que ao mover turbinas ligadas a geradores, produz eletricidade;• As usinas hidrelétricas têm uma duração prolongada com gastos de manutenção baixos e utilizam um recurso natural renovável e de custo zero, a água;• A única desvantagem é a grande alteração na paisagem e os impactos ambientais causados pela instalação das usinas;• O potencial hídrico do Brasil é o maior do mundo devido à sua ampla rede hidrográfica.
  • 19. Hidreletricidade• É uma forma de energia obtida pela força corrente das águas que ao mover turbinas ligadas a geradores, produz eletricidade;• As usinas hidrelétricas têm uma duração prolongada com gastos de manutenção baixos e utilizam um recurso natural renovável e de custo zero, a água;• A única desvantagem é a grande alteração na paisagem e os impactos ambientais causados pela instalação das usinas;• O potencial hídrico do Brasil é o maior do mundo devido à sua ampla rede hidrográfica.
  • 20. Energia nuclear• É uma forma de energia obtida pela quebra do núcleo do urânio, liberando uma grande quantidade de energia que é utilizada para gerar eletricidade;• É considerada uma fonte de energia limpa, pois não emite toneladas de carbono na atmosfera;• Seus dois principais pontos negativos são: os riscos de acidentes nucleares e a produção de lixo atômico, que permanece radioativo por vários anos, contaminando o meio ambiente e provocando danos à saúde;• O Brasil possui a quinta maior reserva de urânio do planeta e duas usinas nucleares (Angra I e Angra II).
  • 21. Energia nuclear• É uma forma de energia obtida pela quebra do núcleo do urânio, liberando uma grande quantidade de energia que é utilizada para gerar eletricidade;• É considerada uma fonte de energia limpa, pois não emite toneladas de carbono na atmosfera;• Seus dois principais pontos negativos são: os riscos de acidentes nucleares e a produção de lixo atômico, que permanece radioativo por vários anos, contaminando o meio ambiente e provocando danos à saúde;• O Brasil possui a quinta maior reserva de urânio do planeta e duas usinas nucleares (Angra I e Angra II).
  • 22. Energia eólica• Energia gerada pela força dos ventos e que pode ser transformada em eletricidade;• É uma energia limpa e renovável;• Suas usinas podem ser instaladas em qualquer lugar;• Seus únicos problemas são a poluição sonora para algumas espécies de animais e a poluição visual;• As regiões brasileiras mais indicadas para a instalação das usinas são a Sul, Nordeste e Centro- Oeste.
  • 23. Energia eólica• Energia gerada pela força dos ventos e que pode ser transformada em eletricidade;• É uma energia limpa e renovável;• Suas usinas podem ser instaladas em qualquer lugar;• Seus únicos problemas são a poluição sonora para algumas espécies de animais e a poluição visual;• As regiões brasileiras mais indicadas para a instalação das usinas são a Sul, Nordeste e Centro- Oeste.
  • 24. Energia solar• Energia gerada por células fotovoltaicas que convertem a energia do Sol em eletricidade;• Energia limpa e renovável;• As células podem ser instaladas em telhados e paredes de casas e prédios, grandes áreas abertas ou até mesmo costuradas em roupas para alimentar equipamentos eletrônicos portáteis;• A desvantagem é o alto custo de fabricação das células fotovoltaicas.
  • 25. Energia solar• Energia gerada por células fotovoltaicas que convertem a energia do Sol em eletricidade;• Energia limpa e renovável;• As células podem ser instaladas em telhados e paredes de casas e prédios, grandes áreas abertas ou até mesmo costuradas em roupas para alimentar equipamentos eletrônicos portáteis;• A desvantagem é o alto custo de fabricação das células fotovoltaicas.
  • 26. Biocombustíveis• São combustíveis obtidos a partir dos óleos vegetais e são capazes de substituir ao menos uma parte do petróleo atualmente consumido pelos veículos motorizados;• O biocombustível mais comum é o álcool etanol obtido a partir da cana-de-açúcar, no qual o seu maior produtor é o Brasil;• Vários vegetais podem ser utilizados para a sua produção, como: o milho, a mamona, o dendê, o girassol, o babaçu, o amendoim, o pequi, a soja, etc.
  • 27. Biocombustíveis
  • 28. Biomassa• Energia obtida pela decomposição de rejeitos de origem vegetal ou animal;• Lixo residencial, lixo industrial, bagaço da cana, madeira, casca de arroz, etc.;• O gás metano produzido é usado para gerar energia;• A biomassa também pode ser empregada nas usinas termelétricas.
  • 29. Biomassa

×