Anatomia do Sistema Nervoso Humano

10,114
-1

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
10,114
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
168
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Anatomia do Sistema Nervoso Humano

  1. 1. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael Garcia Sistema nervosoIntrodução O sistema nervoso é um grupo de tecidos compostos por células altamenteespecializadas que possuem características de excitabilidade e condutividade.Divisões do sistema nervoso Sistema nervoso central: Inclui o encéfalo e a medula espinhallocalizados no crânio e no canal vertebral respectivamente. Sistema nervoso periférico: Inclui 12 pares de nervos cranianos e seusramos e 31 pares de nervos espinhais e seus ramos. Este sistema faz a ligação entremúsculos e glândulas e o sistema nervoso central. As fibras nervosas periféricas distribuídas aos músculos lisos, músculo cardíacoe glândulas (efetores) compõem o sistema nervoso autônomo. Página 1 de 13
  2. 2. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaTipos de células nervosas O sistema nervoso é composto de um tecido especial que contém 2 tipos decélulas: Os Neurônios elementos ativos da condução e a Neuróglia os elementos desuporte.Os Neurônios O neurônio ou célula nervosa é a unidade básica do sistema nervosoresponsável por conduzir o impulso elétrico de uma parte do corpo a outra e consiste emum Corpo, com apenas 1 núcleo e processos que transmitem impulsos para o corpo edele recebem. Existem 2 tipos de processos: Os Dendritos e os Axônios. Os Axônios levam oimpulso para longe do corpo celular enquanto que os Dendritos levam o impulso nadireção do corpo celular.A fibra nervosa Fibra nervosa é qualquer processo neuronal como o axônio ou o dendrito. Todas as fibras do sistema nervoso periférico possuem um envoltório compostopor células denominadas Células de schwann. Fibras menores possuem um envoltório fino (neurilema), já em fibras com maiordiâmetro este envoltório é espesso formando uma bainha chamada Bainha de mielina. A mielina recobre a fibra nervosa inteira exceto nas terminações e nasconstrições periódicas chamadas Nodos de Ranvier. Página 2 de 13
  3. 3. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael Garcia As fibras envoltas por bainha de mielina são denominadas Fibras mielínicas,enquanto que as que não são envoltas por esta bainha são denominadas FibrasAmielínicas. No sistema nervoso central, onde não há as células de Schwann, a bainha demielina é formada pelas células acessórias chamadas Oligodendróglias.Função da bainha de mielina A mielina é composta 80% de lipídios, sendo um eficiente isolante evitando adispersão dos impulsos elétricos. Também aumenta a velocidade de transmissão dosimpulsos ao longo da fibra nervosa em um tipo de condução chamada Conduçãosaltatória.Classificação dos neurônios quanto a sua função  Sensitivos (aferentes): São neurônios que trazem impulsos da pele ou outros órgãos sensoriais para o sistema nervoso central.  Motores (eferentes): São neurônios que levam impulsos do sistema nervoso central para os músculos e glândulas.  Interneurônios: São neurônios que se situam inteiramente dentro do sistema nervoso central. Recebem impulsos dos neurônios sensitivos e se comunicam entre si ou com neurônios motores. Página 3 de 13
  4. 4. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaCélulas acessórias São os elementos não nervosos do sistema nervoso e consistem de vasossanguíneos, tecido conjuntivo, células de sustentação (neuróglia), células de schwann,oligodendróglia, astrócitos, micróglia e células ependimárias.  Astrócitos: São assim chamados por possuírem forma de estrela e fazem o controle do transporte de substâncias entre a corrente sanguínea e os neurônios.  Micróglia: São células que tem a função de células fagocitárias. A fagocitose é o processo no qual a membrana de uma célula envolve uma partícula livre que pode ser uma fonte de nutrição ou um agente nocivo.  Células ependimárias: São células que revestem os ventrículos (cavidades) do encéfalo e o canal central da medula espinhal. Página 4 de 13
  5. 5. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaTransmissão sináptica Os sinais são levados de um neurônio ao outro em junções especializadasdenominadas Sinapses. Esta transmissão é mais freqüente do axônio de um neurônioaos dendritos de outro, mas também ocorrem outros tipos de sinapses. Os axônios possuem várias ramificações cada uma delas terminando em umaexpansão denominada botão sináptico. Receptores sensoriais Um receptor é uma terminação periférica de um neurônio sensorial, ou umaestrutura ou órgão inervado por um neurônio sensorial que é sensível a um determinadoestímulo. Há 2 tipos de receptores: Receptores para sentidos gerais, distribuídos pelocorpo (dor, frio calor, tato, pressão e sentido cinestésico), e receptores especiais nacabeça (visão, audição, olfato, gosto e equilíbrio).O Encéfalo: Divisões e subdivisões  Existem 3 áreas que surgem durante o desenvolvimento embrionário: 1. Encéfalo anterior (Prosencéfalo) 2. Encéfalo médio (Mesencéfalo) 3. Encéfalo posterior (Rombencéfalo)O Encéfalo: Divisões e subdivisões Página 5 de 13
  6. 6. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaO Cérebro (telencéfalo) O Cérebro é a porção mais larga do encéfalo e representa 7/8 do seu peso total. Os centros nervosos que governam as atividades sensitivas e motoras e as áreasque determinam a razão, a memória e a inteligência estão localizadas no cérebro. Durante o desenvolvimento embrionário do cérebro, a substância cinzentacortical se expande desproporcionalmente a substância branca. Como resultado asuperfície enrola-se e dobra-se sobre si mesma formando os giros. Página 6 de 13
  7. 7. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaO Diencéfalo O Diencéfalo é composto pelo tálamo e pelo hipotálamo e encontra-se noencéfalo anterior. O Tálamo é uma estrutura par e consiste de grandes massas de substânciacinzenta. Ele é o centro de ligação para todos os impulsos sensitivos. O Hipotálamo está relacionado ao sistema nervoso autônomo que acompanhama expressão emocional e de comportamento. Além disso, ele controla a água, atemperatura do corpo e as atividades alimentares. Também produz hormônios queregulam funções endócrinas e mantém normal o comportamento sexual e a reprodução.O Mesencéfalo O Mesencéfalo é encontrado entre o Prosencéfalo e o Rombencéfalo e estárelacionado com os reflexos visuais e a audição. Ele também é uma importante conecção motora entre os encéfalos anterior eposterior.O Cerebelo O Cerebelo ocupa a fossa craniana posterior e está relacionado com a função domovimento e equilíbrio. Ele também auxilia o córtex motor dos hemisférios cerebrais na integração dosmovimentos voluntários.A Ponte e o Bulbo A ponte está localizada entre o Mesencéfalo e o Bulbo. Sua função é ligar as várias partes do cérebro e o Bulbo com os centros corticaissuperiores. O Bulbo continua-se com a medula espinhal em uma extremidade e com a pontena outra. Ele possui um número de centros reguladores e reflexos vitais, incluindo osque controlam o sistema circulatório, a respiração, a deglutição, o vômito, a tosse e oespirro.As meninges As meninges são membranas que protegem o encéfalo e a medula espinhal. Da parte externa para interna são elas: Dura-máter; Aracnóide; Pia-máter. O espaço entre a dura-máter e a aracnóide é chamado Subdural. O espaço entrea aracnóide e a pia-máter é chamado Subaracnóideo, que é onde se encontra o Líquor.E o espaço entre a dura-máter e o periósteo é chamado Epidural ou Extra-dural. Página 7 de 13
  8. 8. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaLíquor ou líquido cerebroespinhal O Líquor circula dentro dos ventrículos cerebrais, no canal da medula espinhal eno espaço subaracnóideo e serve para proteger o encéfalo e a medula de agressões.Fornece também um suporte flutuante, tendo em vista que um encéfalo deaproximadamente 1500g quando flutuando neste líquido passa a pesar apenas 50g. Página 8 de 13
  9. 9. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaA medula espinhal A medula espinhal está localizada dentro do canal vertebral e é contínua aoBulbo superiormente. Ela se inicia na altura do forame magno e no seu crescimentoembrionário se desenvolve mais lentamente que a coluna vertebral. Como resultado, amedula no adulto termina na altura da 2ª vértebra lombar. Sua extremidadeinferior é denominada Cone medular. Após o cone medular a medula se ramifica dandoorigem a Cauda Eqüina. Página 9 de 13
  10. 10. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaSNP - Nervos espinhais Um nervo é um feixe de fibras nervosas fora do encéfalo ou da medula espinhal.31 pares de nervos espinhais se originam da medula saindo do canal vertebral atravésdos forames intervertebrais. Estes 31 pares são denominados de acordo com a região ao qual emergem.Existem 8 pares de nervos cervicais, 12 torácicos, 5 lombares, 5 sacrais e 1 coccígeo. O conjunto de nervos denomina-se Plexo. Existem os seguintes plexos: Cervical;Braquial; Lombar; Sacral. Página 10 de 13
  11. 11. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael Garcia SNP- Nervos Cranianos Os nervos cranianos são 12 pares ligados ao encéfalo simetricamente dispostos. Cada um deixa o crânio através de um forame na sua base. I. Nervo Olfatório (sensitivo), função: Olfato. II. Nervo Óptico (sensitivo), função: Visão. III. Nervo Oculomotor (motor), função: Mov. Olhos. IV. Nervo Troclear (motor), função: Mov. Olhos. V. Nervo Trigêmeo (misto), funções: mm. da mastigação, pele da face e couro cabeludo. VI. Nervo Abducente (motor), função: Mov. Olhos.VII. Nervo Facial (Misto), funções: mm da expressão facial e gosto.VIII. Nervo Vestibulococlear (sensitivo), função: Equilíbrio e audição. IX. Nervo Glossofaríngeo (misto), função: mm. da faringe e gosto. X. Nervo Vago (misto), funções: Faringe, laringe, vísceras torácicas e abdominais. XI. Nervo Acessório (motor), função: m. Trapézio, m. Esternocleido, mm. Da faringe e laringe.XII. Nervo Hipoglosso (motor), função: mm. Da língua. Página 11 de 13
  12. 12. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaSistema Nervoso Autônomo As fibras nervosas periféricas eferentes distribuídas à musculatura lisa, músculocardíaco e glândulas pertencem ao SNA. O SNA auxilia no controle da pressão arterial, na secreção gastrintestinal, naprodução de urina, na sudorese, na temperatura corporal e várias outras funções. Todas as funções do SNA relacionam-se com a manutenção da Homeostase.Subdivisões do SNA S.N. Simpático ou toracolombar está relacionado com a mobilização dasenergias do corpo (ação estimulatória), para lidar com o aumento de atividade. Já o S.N. Parassimpático ou craniosacral conserva as energias do corpo (ação inibitória).Por exemplo, a ação no coração é aumentada pelo estímulo simpático e diminuída peloparassimpático. Página 12 de 13
  13. 13. Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana – Sistema Nervoso - Professor Raphael GarciaReferências 1. Jacob, Stanley W. Francone, Clarice A. Lossow, Walter J. Anatomia e fisiologia humana. 5ª edição. São Paulo. Guanabara Koogan, 1990. 2. Netter, Frank. Atlas de anatomia humana. 4ª edição. São Paulo. Elsevier, 2008. Página 13 de 13

×