• Like
  • Save
Poesiaconcreta
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Poesiaconcreta

on

  • 6,130 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,130
Views on SlideShare
5,601
Embed Views
529

Actions

Likes
3
Downloads
183
Comments
1

11 Embeds 529

http://lied-costaesilva.blogspot.com.br 328
http://lied-costaesilva.blogspot.com 162
http://lied-ananery.blogspot.com 19
http://www.lied-costaesilva.blogspot.com.br 11
http://www.slideshare.net 3
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://lied-costaesilva.blogspot.pt 1
http://lied-costaesilva.blogspot.com.ar 1
http://www.lied-costaesilva.blogspot.com 1
http://lied-costaesilva.blogspot.cz 1
http://lied-costaesilva.blogspot.kr 1
More...

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • ta massa
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Poesiaconcreta Poesiaconcreta Presentation Transcript

    • POESIA CONCRETA
    • CONCRETISMO POESIA NÃO-VERBAL = POESIA CONCRETA
    • CONCRETISMO • O QUE É POESIA CONCRETA? • QUEM INVENTOU? • COMO FAZER?
    • POESIA CONCRETA • Surgiu em São Paulo um grupo de poetas e artistas capazes de abalar todo esse alicerce moderno mas trintão: o movimento Concreto, liderado por Augusto de Campos, Haroldo de Campos e Décio Pignatari. É interessante constatar que o concretismo acontecia em várias partes do mundo a partir do final da segunda guerra mundial. Houve concretismo na Alemanha, na França, nos Estados Unidos, Inglaterra e Escócia, em muitos casos uns não sabiam o que os outros estavam fazendo. No Brasil o concretismo se deu quase que de forma simultânea, quando descobrem Erza Pound e resolvem realizar um trabalho de "invenção".O surgimento oficial se daria em 1956 com a Exposição Nacional de Arte Concreta, realizada no Museu de Arte Moderna em São Paulo, embora o grupo já existisse desde 52.
    • • A exposição reuniu trabalhos de artistas de São Paulo e Rio, contou com palestras de vários poetas e pintores. O movimento continha em suas veias um pouco do sangue antropofágico de Oswald de Andrade, o formalismo de Pound e a herança visual de Stéphane Mallarmé, mas buscava (ou já tinha encontrado) um novo estilo, "produto de uma evolução crítica de formas". Alguns estudiosos o consideram um sub- movimento, inserido nas muitas variações do Modernismo, sem a consistência que caracteriza os grandes movimentos artísticos.
    • • No entanto a poesia brasileira deste período se debateu entre ser ou não ser concretista, muitos poetas se sentiram pressionados: era a morte da lírica? Outros chegaram a pensar que aquele fosse o rumo definitivo da poesia, como se em poesia caminhos definitivos existissem. Mas não existem... Felizmente a poesia brasileira é plural, terrivelmente plural, mesmo diante da avassaladora influência do concretismo, ocorrida não apenas pela qualidade da obra do grupo, mas pelo desenvolvimento de uma teoria poética sem precedentes em nossa história literária, com proposições e objetivos artísticos bem delineados: "linguagem direta, economia, arquitetura..." e, também, pelo excelente trabalho de traduções.
    • • O concretismo enriqueceu a poesia brasileira contemporânea com a possibilidade da palavra pura, palavra-coisa, trouxe os ideogramas, a poesia russa moderna, Mallarmé e Octavio Paz, abrindo um novo leque poético. Enfim , a grande contribuição do movimento foi ter colocado a poesia no centro da roda, instrumento de e para o debate, como uma "arte geral da palavra, poesia como produto: objeto útil.". Poesia como coisa, coisas inventadas, reinventadas, reverbificadas. Décadas depois podemos afirmar: a experiência acrescentou novos códigos e parâmetros estéticos à cultura brasileira contemporânea, e ainda hoje desperta polêmicas. Quer mais? Ave Poesia! Assim seja.
    • • beba coca cola babe cola beba coca babe cola caco caco cola cloaca "beba coca cola" (1957), Décio Pignatari
    • Lygia Clark, Plano superfícies moduladas n.3
    • "pós-tudo" - Augusto de Campos
    • DEVERDELERDEVER DEVERDELERDEVER DELERDEVERDELER DELERDEVERDELER
    • Primeiro movimento literário brasileiro com reconhecimento internacional, a poesia concreta ainda inspira e se renova
    • • VAMOS ENTRAR NESTE MUNDO CONCRETO DA POESIA! Coloque sua criatividade na tela e construa seu poema concreto! Abuse do espaço das letras e palavras! Professora Ana Nery