Construindo um modelo de Turismo de Base Comunitária para as Unidades de Conservação Federais – Denise Carvalho

741 views
599 views

Published on



Do 3º Congresso de Natureza, Turismo e Sustentabilidade, realizado pela Fundação Neotrópica do Brasil em Bonito - Mato Grosso do Sul. Site: http://www.conatus.org.br

Published in: Travel
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
741
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Construindo um modelo de Turismo de Base Comunitária para as Unidades de Conservação Federais – Denise Carvalho

  1. 1. Ministério do Meio Ambiente TBC nas UC ICMBio – Construindo um modelo de TCB para as UC Federais
  2. 2. Ministério do Meio Ambiente TBC NAS UC TBC NA AMÉRICA LATINA
  3. 3. Ministério do Meio Ambiente TBC NAS UC TBC NA AMÉRICA LATINA Tem uma relação direta entre atores locais e os agente externos Independência em relação ao governo
  4. 4. REDE DE TBC NA AMÉRICA LATINA País Destino Argentina 7 Brasil 37 Bolívia 21 Chile 6 Colômbia 19 Costa Rica 35 Equador 52 El Salvador 0 REDE DE TBC NA AMÉRICA LATINA País Destino Guatemala 16 Honduras 6 México 36 Nicarágua 36 Panamá 5 Peru 36 Venezuela 5 MAIOR DESTINAÇÃO EQUADOR BRASIL MÉXICO/NICARÁGUA/ PERU COSTA RICA BOLÍVIA TBC na américa latina Ministério do Meio Ambiente TBC nas UC Fonte: internet, acessado em 2012
  5. 5. TBC no Brasil Ministério do Meio Ambiente TBC nas UC Base endógena da iniciativa - demanda direta das populações locais. Protagonismo social - planejamento, implementação e monitoramento. Impactos socioambientais controlados - assegura a qualidade do ambiente e da organização local. Geração de benefícios diretos às populações. Afirmação cultural - pratica da interculturalidade gera afirmação de identidade e pertencimento (Irving, 2009).  Requer menor densidade de infra-estrutura e serviços e busca valorizar uma vinculação situada nos ambientes naturais e na cultura de cada lugar (Bursztyn et al., 2009).
  6. 6. TBC nas UC ICMBio 2006 – plano de manejo PN Cabo Orange/AP proposta de uso público: TBC. 2010 -(Sisbio) Projeto de Pesquisa Tartaruga Imbricata : Uma proposta de turismo de base comunitária embarcado. 2010 - Consultas sobre procedimentos para o estabelecimento do TBC nas UC (Reservas Extrativistas, Parques, APA e Estação Ecológica)
  7. 7. 2010 ICMBio - Experiências TBC em UC 1. DIMAN – TBC no PN Cabo Orange-AP - Elaboração de TDR para contratação de Estudo de Viabilidade Economica (EVE) para o TBC no PNCO 2.DIMAN – Apoio técnico/informações para implementar TBC nas UC: - elaboração de termos de referencia - arranjos para a gestão do TBC nas UC (comunidades x gestores ICMBio) - construção de roteiros turisticos - infraestruturas de visitação TBC NAS UC Ministério do Meio Ambiente
  8. 8. 2010 ICMBio - Experiências TBC em UC 3. DIMAN e DISAT- TDR p/ contratar EVE do TBC (Resex Soure/PA, Corumbau/BA) 4. DIMAN , DISAT e CNPT – apoio ao projeto de TBC na Resex Cururupu/MA TBC NAS UC Ministério do Meio Ambiente
  9. 9. 2011 CNPT Resex Cururupu/MA - Seminário sobre Ecoturismo de Base Comunitária nas Reservas Extrativistas - São Luiz/MA Apoio: DISAT/COPROD e DIMAN/CGEUP Objetivos - Conhecer as diversas experiências em EBC pelo Brasil; - Construir coletivamente diretrizes institucionais para a implantação de projetos de EBC em Resex. Antedecedentes TBC NAS UC Ministério do Meio Ambiente 2011 – inserção do TBC nos cursos de capacitação em uso público na Acadebio
  10. 10. Antedecedentes TBC NAS UC Ministério do Meio Ambiente Seminário Ecoturismo de Base Comunitária Participantes: técnicos do ICMBio; representantes de comunidades tradicionais; pesquisadores; ONGs; empresários; Deliberações - Adoção do Termo “Turismo de Base Comunitária”; - O TBC deverá ser adotado pelo ICMBio como diretriz para o desenvolvimento da visitação pública nas Resex e RDS;
  11. 11. Encaminhamento Proposta de criação de um Grupo de Trabalho para o estabelecimento do Turismo de Base Comunitária (GT-TBC) nas Unidades de Conservação federais. Seminário Ecoturismo de Base Comunitária Ministério do Meio Ambiente TBC NAS UC
  12. 12. Grupo de Trabalho para o TBC Produto do GT-TBC: - Roteiro metodológico para o estabelecimento do TBC nas UC federais e; - Construção dos princípios e diretrizes para o estabelecimento do TBC nas UC federais. O resultado do GT- TBC: Construção das bases para a adequada implementação do Turismo de Base Comunitária nas UC federais. Ministério do Meio Ambiente TBC NAS UC
  13. 13. Ministério do Meio Ambiente Processo de TBC deve garantir: TBC NAS UC
  14. 14. Ministério do Meio Ambiente TBC nas UC Processo de TBC deve garantir:
  15. 15. Ministério do Meio Ambiente TBC nas UC Processo de TBC deve garantir:
  16. 16. Ministério do Meio Ambiente TBC nas UC Processo de TBC deve garantir:
  17. 17. Ministério do Meio Ambiente TBC nas UC Processo de TBC deve garantir:
  18. 18. Ministério do Meio Ambiente PRINCÍPIOS e DIRETRIZES METODOLOGIA Dominialidade – Comunidades protagonistas na gestão do turismo: recursos, ofertas e distribuição dos benefícios. Interculturalidade – Convivência direta entre comunidades e turistas com valorização da cultura local. 0rganização social – centralidade da colaboração, parceria e participação. Repartição de benefícios – democratização de oportunidades e benefícios. Gestão do bem comum - associativismo e cooperativismo. ( Nascimento et all 2012) TBC NAS UC
  19. 19. Ministério do Meio Ambiente TBC e o DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Comunidades à frente na gestão dos recursos da visitação Modo de vida /cultura local valorizada Conservaçã o ambiental Economicamente justa TBC Socialmente viável Proteção dos Recursos naturais TBC NAS UC
  20. 20. Denise Carvalho Manso Analista Ambiental Diretoria de Proteção e Manejo de Unidade de Conservação - DIMAN Coordenação Geral de Uso Público - CGEUP Coordenação de Diagnóstico e Ordenamento da Visitação e Ecoturismo – COECO DENISE.CARVALHO@ICMBIO.GOV.BR Obrigada

×