Your SlideShare is downloading. ×
0
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
SGBD
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

SGBD

17,632

Published on

Sistema de Gestão de Base de Dados

Sistema de Gestão de Base de Dados

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
17,632
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
330
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Bases de Dados 3 - SGBD
  • 2. Aparecimento dos Sistema de Gestão de Base de Dados • Inicialmente, os dados ficavam dependentes dos programas que os geravam e manipulavam, para alterar a estrutura da informação era necessário alterar todo o programa, e consequentemente introduzir novamente todos os dados. • Surgiu, por isto, a necessidade de guardar a informação de forma que o acesso e a gestão fossem feitos de forma mais flexível, dando assim origem ao aparecimento dos SGBD.
  • 3. Noção de Sistema de Gestão de Base de Dados Um SGBD é, então, um programa que permite criar e manipular bases de dados, nas quais os dados estão estruturados de forma independente relativamente às aplicações que os utilizam.
  • 4. Sistema de Gestão de Base de Dados O SGBD serve de interface entre os vários utilizadores e a BD
  • 5. Características de um SGBD Independência dos dados; Redundância controlada; Integridade dos dados; Acesso simultâneo aos dados; Facilidade de obtenção de informação actualizada; Diferentes vistas da base de dados.
  • 6. Exemplos de SGBD Dividem-se em dois grandes grupos: Grande porte Exemplos: ORACLE, Microsoft SQL Server, Ingres, Informix e DB2 Uso pessoal (doméstico) e ou de pequenas empresas. Exemplos: MySQL, Dbase, FoxPro e o Microsoft Access
  • 7. Arquitectura de um SGBD
  • 8. Arquitectura de um SGBD Nível Físico : é o nível mais baixo e diz respeito à organização física dos dados, nomeadamente: onde estão armazenados (discos, disquetes, fitas magnéticas, etc.) Nível Conceptual : é o nível intermédio e corresponde à forma como os dados estão organizados, nomeadamente: definição e descrição dos dados, das relações entre os dados, etc. Nível de Visualização : é o nível mais alto, destinado ao utilizador final. Ao utilizador é atribuída uma “vista” (view), através da qual pode manipular a parte dos dados que lhe dizem respeito.
  • 9. Operações com um SGBD 1. Operações de definição e alteração da estrutura de uma BD Criação de uma tabela Criação dos campos de uma tabela Criação de relacionamentos entre tabelas Alteração da estrutura de uma tabela Eliminação de tabelas ….
  • 10. Operações com um SGBD 2. Operações de Manipulação de Dados Inserção de dados Consulta ou pesquisa de dados Alteração de Dados Eliminação de dados ….
  • 11. Operações com um SGBD 3. Operações de Controlo de Dados Atribuição ou restrição dos direitos de acesso aos dados em relação a um utilizador ou grupo de utilizadores ….

×