Your SlideShare is downloading. ×
0
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Proposição d' "Os Lusíadas"
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Proposição d' "Os Lusíadas"

23,430

Published on

Análise literária da Preposição de "Os Lusíadas"

Análise literária da Preposição de "Os Lusíadas"

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
23,430
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
14
Actions
Shares
0
Downloads
325
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O quê?
  • 2. 1. “As armas e os barões assinalados” (v.1, est.1)
    • JUSTIFICAÇÃO:
    • Viagem por mares nunca antes navegados;
    • Perigos e guerras enfrentados;
    • Edificação de um novo império.
  • 3.
    • Verso 2: “Ocidental praia Lusitana”
    Verso 6: “Mais do que prometia a força humana”
  • 4.
    • “ E também as memórias gloriosas
    • Daqueles reis…”
    • (v. 1 e 2, est.2)
    JUSTIFICAÇÃO: a) Aumentaram a fé e o império pela África e Ásia.
  • 5.
    • “ E aqueles que por obras valerosas
    • Se vão da lei da morte libertando:”
    • (vv. 5 e 6, est.2)
    JUSTIFICAÇÃO: a) Fizeram obras grandiosas.
  • 6.
    • Verso 2 (est. 2): “foram dilatando”
    Verso 4: “andaram devastando” Verso 6: “vão (…) libertando” Verso 6: “Se vão da lei da morte libertando”
  • 7. Esqueça-se 1. “ O sábio grego e o troiano” 2. “ Alexandre” e “Trajano” NAVEGAÇÕES GUERRAS PORQUE (“QUE”) “ eu canto o peito ilustre lusitano”
  • 8. MAR GUERRA NAVEGAÇÕES VITÓRIAS NAS GUERRAS
  • 9. Entidade mitológica que inspirava os poetas, escritores, historiadores da Antiguidade Logo, tudo o que foi escrito na Antiguidade devia ser esquecido… “ QUE OUTRO VALOR MAIS ALTO SE ALEVANTA” (Porque os feitos dos portugueses são superiores a todos os cantados na Antiguidade.)
  • 10. - Verbos no conjuntivo (com valor imperativo) - “peito ilustre” - “outro valor”

×