Vila Real            Realizado por:            Hugo Santos e Pedro Santos
 Vila Real, apresenta-se hoje como  uma cidade em crescimento, cada vez  mais identificada como um centro  urbano, ainda ...
   Man With a Movie Camera é um documentário realizado por Dziga    Vertov e editado pela sua mulher Elizaveta Svilova em...
   Man with a Movie Camera: The Global Remake       É uma obra de Perry Bard que baseado e motivado pela obra de        ...
   Berlin: Symphony of a Metropolis é um filme de 1927 realizado    pelo alemão Walter Ruttmann. O filme faz o retracto d...
   A azáfama da zona ribeirinha da cidade do Porto é ilustrada    tendo o rio Douro como personagem central, como pano de...
   Inspirado em obras como Berlim - Sinfonia de uma Metrópole, Um    Homem com uma Camera e a trilogia Qatsi, o filme mos...
   O filme consiste primariamente de imagens de arquivos em    Camera lenta e em Time-lapse, mostrando cidades e muitas  ...
   Powaqqatsi, também conhecido como Powaqqatsi: Life in    Transformation, é um documentário americano lançado em    198...
   É o último filme da trilogia Qatsi, que é composta juntamente com os    documentários Koyaanisqatsi (1983) e Powaqqats...
   O filme, de 14 minutos, ainda mudo, foi o resultado de meses a fio de    filmagem meticulosamente editada. E tem como ...
   http://en.wikipedia.org/wiki/Man_with_a_Movie_Camera   http://blogmultiplicidade.wordpress.com/category/man-    with-...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Sinfonia de uma cidade

446 views

Published on

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
446
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sinfonia de uma cidade

  1. 1. Vila Real Realizado por: Hugo Santos e Pedro Santos
  2. 2.  Vila Real, apresenta-se hoje como uma cidade em crescimento, cada vez mais identificada como um centro urbano, ainda que, agarrada em muitos aspectos a traços históricos característicos da região transmontana. As caras, os ruídos, os tons e as rotinas de um dia numa cidade do interior.
  3. 3.  Man With a Movie Camera é um documentário realizado por Dziga Vertov e editado pela sua mulher Elizaveta Svilova em 1929. Neste clássico do cinema mudo que não tem nem atores nem roteiro, o russo mostra o dia-a-dia da cidade de Odessa numa União Soviética em plena ascensão industrial pré-guerra. Como diz o título, a única preocupação de Vertov foi ir as ruas com uma camera na mão filmando aquilo que lhe causasse interesse, proporcionando para o mundo um dos relatos mais completos de sua contemporaneidade. Técnicas:  Dupla exposição  Slow motion  Time-lapse  Tela dividida  Super close up  Stop motion
  4. 4.  Man with a Movie Camera: The Global Remake  É uma obra de Perry Bard que baseado e motivado pela obra de Vertov convida quem tiver interesse a enviar seu próprio relato da actualidade. Esse relato é incorporado ao website da artista e fica acessível para o mundo como um acervo de diferentes “Agoras” pessoais. Man With a Movie Camera: The Global Remake, ao incorporar simultaneamente actualidade e criação em rede, é uma das obras que resume o Agora.
  5. 5.  Berlin: Symphony of a Metropolis é um filme de 1927 realizado pelo alemão Walter Ruttmann. O filme faz o retracto da vida em Berlim, sobretudo através de impressões visuais, num género semi-documentário, sem o conteúdo narrativo dos filmes mainstream, embora a sequência de imagens implique uma espécie de “narrativa” da vida quotidiana na cidade. O filme surge da determinação do realizador, em desenvolver um filme sinfónico através das diferentes energias que derivam de uma metrópole. Ficha técnica: ▪ Titulo original – Berlin: Die Sinfonie der Großstadt ▪ País de produção – Deutschland ▪ Ano – 1927 ▪ Direcção – Walther Ruttmann ▪ Argumento – Karl Freund, Carl Mayer, Walther Ruttmann ▪ Música – Edmund Meisel ▪ Camera - Robert Baberske, Reimar Kuntze, Karl Freund, László Schäffer
  6. 6.  A azáfama da zona ribeirinha da cidade do Porto é ilustrada tendo o rio Douro como personagem central, como pano de fundo. Homens, mulheres e crianças, gente humilde, agitam-se no confronto com ele, convergindo num só rosto. O retrato dentro de retrato dá-nos a ver o lugar no tempo e o seu ambiente humano. Havendo o Douro como fundo, surge o encantamento. Ficha técnica:  Realização - Manoel de Oliveira  Produção - Manoel de Oliveira  Argumento - Manoel de Oliveira  Fotografia - António Mendes  Direcção de Som - Fernando Vernalde, Eder V. Frazão  Música - (Versão Sonora) Luís de Freitas Branco  Montagem - Manoel de Oliveira  Exteriores – Porto  35 mm pb 575 mt 21 mn
  7. 7.  Inspirado em obras como Berlim - Sinfonia de uma Metrópole, Um Homem com uma Camera e a trilogia Qatsi, o filme mostra o passar de um dia através de momentos peculiares e triviais do quotidiano da cidade. A narrativa se estabelece na relação da trilha sonora (original) e a montagem, sem diálogos. Ficha técnica:  Director: Rodrigo Falk Brum  Roteiro: Rodrigo Falk Brum  Produção: Rodrigo Falk Brum  Fotografia: Rodrigo Falk Brum  Montagem: Roger Santos  Banda Sonora Original: Jean Carlos Sabatovicz, Jean Douat e Rafael Zimath  Tipo do Filme: Cor  Formato de Captação: MINIDV
  8. 8.  O filme consiste primariamente de imagens de arquivos em Camera lenta e em Time-lapse, mostrando cidades e muitas paisagens naturais dos Estados Unidos. Com o visual de poema sinfónico, o filme não contém nenhum diálogo ou narração; seu tom é estabelecido pela justaposição de imagens e música. Ficha técnica:  Director: Godfrey Reggio  Roteiro:  conceito - Godfrey Reggio  Dramaturgo - Walter Bachauer  Cenário - Ron Fricke, Godfrey Reggio, Michael Hoenig  Produção: Godfrey Reggio  Edição: Alton Walpole, Ron Fricke  Musica: Philip Glass  cinematografia: Ron Fricke
  9. 9.  Powaqqatsi, também conhecido como Powaqqatsi: Life in Transformation, é um documentário americano lançado em 1988, dirigido por Godfrey Reggio e com música do compositor Philip Glass. Como os demais filmes da trilogia, não são apresentadas narrativas ou diálogos durante todo documentário. Apenas no final é revelado o significado do nome powaqqatsi. Ficha técnica:  Director: Godfrey Reggio  Roteiro: Godfrey Reggio, Ken Richards  Produção: Mal Lawrence, GodfreyReggio, Lawrenc e Taub  Edição: Iris Cahn, Miroslav Jaek, Alton Walpole  Musica: Philip Glass  cinematografia:GrahamBerry, Leonidas Zourdoumis
  10. 10.  É o último filme da trilogia Qatsi, que é composta juntamente com os documentários Koyaanisqatsi (1983) e Powaqqatsi (1988). O primeiro aborda principalmente o hemisfério norte, o segundo o sul e países asiáticos, ficando com este terceiro a grandiosidade de abordar o planeta como um todo, conectado, globalizado, mergulhado na tecnologia que encurta distâncias e acelera processos de destruição devido ao seu mau uso. Naqoyqatsi é uma expressão da língua Hopi que significa "a vida como uma guerra" ou "a guerra como um meio de vida". Também há uma sugestão de interpretação como "violência civilizada". Como os demais filmes da trilogia, não são apresentadas narrativas ou diálogos durante todo documentário. Ficha técnica:  Director: Godfrey Reggio  Roteiro: Godfrey Reggio  Produção: Steven Soderbergh, Godfrey Reggio  Edição: Jon Kane  Musica: Philip Glass  cinematografia: Russell Lee Fine
  11. 11.  O filme, de 14 minutos, ainda mudo, foi o resultado de meses a fio de filmagem meticulosamente editada. E tem como trunfo um ritmo exuberante que busca acompanhar a importância da água dentro da paisagem e do quotidiano de uma cidade tão marcada pela presença dela como Amesterdão. O dispositivo adoptado por Ivens passa sobretudo pelo de aproximar a água da chuva de outras superfícies igualmente húmidas ou refractárias dessa humidade: canais, calhas, poças, cisternas, clarabóias, coxias, vitrinas, vidraça s, o asfalto molhado, etc. Num dos planos mais belos, capta-se o rastro de luz que água deixa sobre a cobertura preta dos guarda-chuvas. Ficha técnica:  Director: Joris Ivens, Mannus Franken  Camera: Joris Ivens  Produção: Joris Ivens, Mannus Franken  Edição: Joris Ivens  Musica: Lou Lichtveld  black&white / 35mm
  12. 12.  http://en.wikipedia.org/wiki/Man_with_a_Movie_Camera http://blogmultiplicidade.wordpress.com/category/man- with-a-movie-camera/ http://dziga.perrybard.net/ http://en.wikipedia.org/wiki/Berlin:_Symphony_of_a_Gre at_City http://wn.com/Berlin,_Symphony_of_a_City http://www.curtadoc.tv/curta/index.php?id=334 http://pt.wikipedia.org/wiki/Koyaanisqatsi http://pt.wikipedia.org/wiki/Powaqqatsi http://pt.wikipedia.org/wiki/Naqoyqatsi http://www.ivens.nl/film29-5.htm

×