Formação e Transformação do Relevo Terrestre

21,025 views
20,659 views

Published on

A teoria das placas tectônicas, os terremotos e maremotos, o vulcanismo, a formação das montanhas, as principais formas do relevo continental e a ação dos agentes externos na modelação do relevo.

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
21,025
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
359
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Formação e Transformação do Relevo Terrestre

  1. 1. Formação eTransformação doRelevo Terrestre Por Mauricio Martins em 09/2012 1
  2. 2. Teoria sobre a formação dos continentes Transformação da crosta terrestre desde a Pangeia até os dias atuais.• A Teoria da Deriva Continental foi desenvolvida por Alfred Wegener no início do século XX.• Postulava que, há cerca de 300 milhões de anos, os continentes estavam agrupados em um supercontinente chamado Pangeia.• Inicialmente a Pangeia separou-se em dois continentes: Laurásia e Gondwana.• O movimento contínuo levou à atual configuração dos continentes. 2
  3. 3. Quais foram os sinais que levaram AlfredWegener a chegar à sua teoria?• Encaixe das costas da África e da América do Sul.• Fauna e flora da costa oeste da África e leste da América do Sul muito semelhantes.Porém, a Teoria de Wegener não oferecia aresposta a um questionamento: como oscontinentes se movem?• Anos 50: cientistas estadunidenses descobriram que o fundo dos oceanos estava em movimento.• Anos 60: imagens de satélites da NASA comprovaram que os continentes estão em movimento. 3
  4. 4. Placas tectônicas e a constante transformação do planetaPLACAS TECTÔNICAS: blocos gigantescos de rochas commuitos quilômetros de altura que formam a crosta terrestre edeslizam sobre o magma. 4
  5. 5. TerremotosPor que existem tremores na terra e no fundo do mar?• A movimentação das placas tectônicas gera abalos sísmicos.• As áreas de encontro entre as placas tectônicas estão mais sujeitas a esses movimentos.• Terremotos causam grandes problemas, especialmente em áreas urbanas, como desabamentos, ferimentos e mortes, além de danos sociais e financeiros. 5
  6. 6. Maremotos• Tremores de terra que ocorrem no fundo dos oceanos em função dos movimentos das placas tectônicas.• Dependendo da intensidade da movimentação, as ondas formadas podem transformar-se em tsunamis.• Tsunami: onda gigantesca que provoca catástrofes nas cidades da costa litorânea. Tsunami atinge área urbana. Onda gigante chegando à cidade. 6
  7. 7. Exemplo de uma área atingida por um tsunami. Vista aérea de Banda Aceh, na Indonésia, totalmente destruída pelo tsunami de 2004. 7
  8. 8. O vulcanismoA partir das rachaduras existentes nas placas tectônicas e devidoà alta pressão no manto terrestre, o magma pode atravessaressas rachaduras e acumular-se na câmara magmática, dandoorigem a um vulcão. Vulcão em erupção Vulcão Tungurahua no Equador exalando fumaça e gases. 8
  9. 9. A formação das montanhas• Os dobramentos resultam do choque entre duas placas tectônicas (movimento convergente).• A ação horizontal do choque provoca a elevação vertical das rochas.Cordilheira dos Andes, Chile. Esquema representativo da formação da Cordilheira dos Andes. 9
  10. 10. • Quando ocorre o afastamento das placas tectônicas (movimento divergente), surgem fendas por onde o magma passa em altas temperaturas.• O magma resfriado dá origem a novas cadeias montanhosas, chamadas dorsais.• Dorsal Mesoatlântica — cadeia montanhosa em processo de formação no interior do oceano Atlântico. Dorsal Mesoatlântica Esquema que representa a formação da Dorsal Mesoatlântica. 10
  11. 11. As principais formas de relevo • Montanhas • Planícies • Planaltos • Depressões 11
  12. 12. Diferentes formas de relevo nas paisagensDiferentes altitudes na América do Sul Cordilheira dos Andes (maiores altitude do continente). Planície amazônica, uma das mais baixas altitudes da América do Sul. 12
  13. 13. Vento, água e ação humana: agentes externos que modelam o relevo • O relevo terrestre está em constante processo de formação e transformação. • Os agentes formadores estão ligados aos movimentos das placas tectônicas (internos). • Os agentes modeladores do relevo estão ligados ao vento, à chuva e à ação humana (externos).Lava quente derretida, magma na superfície Formação rochosa erodida pela ação do vento,terrestre. da chuva e pelas alterações de temperatura. 13
  14. 14. A ação do vento• Agente modelador do relevo, atua mais intensamente em espaços amplos e abertos, como desertos e praias.• As dunas são formadas a partir da ação do vento, transportando os grãos de areia de um local a outro.Dunas no Deserto do Saara Vento transportando grãos de areia em duna no Parque Nacional Altyn-Emel, Cazaquistão. 14
  15. 15. • A ação erosiva do vento recebe o nome de ação eólica.• O vento pode produzir, transportar e depositar sedimentos (resquícios de rochas ou de partículas da decomposição de seres vivos).• A ação do vento produz formatos interessantes nas superfícies afetadas. Parque Estadual das Parque Nacional dos Arcos, Utah, EUA. Rochas, Novo México, EUA. 15
  16. 16. A ação das águasA água é outro importante agente de transformação do relevo,provocando diferentes formas de erosão: Pela chuva (erosão pluvial) – ocorre Pelos rios (erosão fluvial) – acontece com maior frequência em regiões pela força exercida pela água nas de clima equatorial e tropical. margens e leitos dos rios. Vale formado em milhares de anos a partir da erosão do Rio dos Peixes, Namíbia. 16
  17. 17. Pelo mar (erosão marinha) – acontece Pelas geleiras (erosãoquando as águas do mar batem nas glacial) – ocorre em regiõesrochas da costa. Ao transportar os de baixas temperaturas, porsedimentos em direção à praia, o mar meio do gelo e degelo.auxilia no processo de construção dorelevo. Ponte natural esculpida pelo mar. Geleira de Mingyong, China. 17
  18. 18. A ação dos seres humanos• O homem transforma o relevo pela construção de diferentes elementos: pontes, prédios, represas e outros.• Quando destrói morros, desempenha atividades agropecuárias, extrativistas, industriais, entre outras.• Geralmente orientadas por motivos econômicos, tais ações provocam sérios impactos ambientais, causando danos irreversíveis à natureza. Mineração a céu aberto em Garzweiler, Alemanha. 18

×