Your SlideShare is downloading. ×
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Relatório final extensão 2009
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Relatório final extensão 2009

5,789

Published on

Published in: Technology, Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
5,789
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DEPARTAMENTO DE AÇÃO COMUNITÁRIA RELATÓRIO PROGRAMA DE EXTENSÃO TÍTULO: Programa de Extensão do Núcleo de Educação Especial e Núcleo de Acessibilidade do Campus de Marabá ÁREA TEMÁTICA PRINCIPAL: Educação COORDENADOR: Profa. Dra. Hildete Pereira dos Anjos ANO: 2009 Rua AUGUSTO CORREA, nº 1 (Núcleo Universitário) — CEP: 66.075-900 — BELÉM - PARÁ - BRASIL Fone (PROEX): (091) 32017127; Fax (PROEX): (091) 32107256 / e-mail para contato dacproex@ufpa.br
  • 2. TÍTULO DO PROJETO Programa de Extensão do Núcleo de Educação Especial e Núcleo de Acessibilidade do Campus de Marabá PERÍODO DE REALIZAÇÃO 2008/2009 ANO BASE 2009 UNIDADE ACADÊMICA RESPONSÁVEL Campus Universitário de Marabá/ Faculdade de Educação GRANDE ÁREA Ciências Humanas ÁREA TEMÁTICA PRINCIPAL Educação LINHA PROGRAMÁTICA Pessoas com Deficiências, Incapacidades e Necessidades Especiais LOCAL DE REALIZAÇÃO Campus Universitário de Marabá
  • 3. N° PESSOAS ATENDIDAS:403 1. Professores, técnicos e formadores que desenvolvem atividades vinculadas à inclusão escolar de pessoas em situação de deficiência/Secretarias Municipais de Educação/Equipe de Educação Especial da 4ª URE/SEDUC/PA - 30 pessoas 2. Alunos participantes do NEES (Núcleo de Educação Especial) e matriculados nas disciplinas correlatas: Concepção e Metodologia do Ensino de Surdos, Concepção e Metodologia do Ensino de Cegos, Deficiência Múltipla e Fundamentos da Educação Especial – 38 pessoas. 3. Participantes da III Jornada de Educação Especial – 320 pessoas 4. Alunos de ensino médio com deficiência visual – 08 pessoas 5. Alunos de ensino médio com deficiência auditiva – 06 pessoas 6. Aluno de ensino superior com deficiência visual -01 pessoa METAS ATINGIDAS 1. Ofertar cursos de formação específicos sobre Educação Inclusiva e Dislexia, Síndrome de Down, Deficiência Múltipla, iniciando 50 profissionais e 90 alunos de graduação nos princípios e práticas da educação inclusiva (cento e oitenta horas). 2. Assessorar e acompanhar os projetos municipais de inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais, assim como articulação desses projetos entre si (200 h/ano) Jacundá, Marabá, Xinguara. 3. Executar 20 mini-cursos e oficinas preparados a partir dos conteúdos debatidos nas disciplinas especifica (80) horas 4. Realização da Jornada Anual de Educação Especial e da Inclusão Escolar, onde serão apresentados os trabalhos realizados e debatidas e partilhadas as questões importantes da área (30h). 5. Organização de grupo de pré-vestibular para jovens surdos e com deficiência visual, com participação de graduandos do Campus e a assessoria de técnicos em Libras, Braile , tecnologias assistivas e outras especificidades, oriundos das equipes da SEMED e DA 4ª URE. OBJETIVOS ALCANÇADOS Nosso objetivo geral para esses dois anos de projeto foi articular as atividades universitárias de ensino e pesquisa do Campus de Marabá – no que tange à educação especial e inclusão escolar das pessoas em situação de deficiência – com as ações desenvolvidas a nível governamental e não governamental na região. Como o NEES assumiu um papel central nessa articulação, constituindo-se como referencia regional par aos debates acerca da educação especial e da inclusão, esse objetivo foi largamente alcançado. Os objetivos específicos indicam o alcance desse processo de
  • 4. articulação: _Fortaleceu-se o espaço de participação efetiva, através do Núcleo de Acessibilidade, de alunos deficientes visuais e auditivos e dos profissionais a eles vinculados, nas atividades acadêmicas do Campus. Foi fundamental, para o fortalecimento desse espaço, a atuação dos voluntários, graduandos do Campus de Marabá, que assumiram o ensino das disciplinas especificas do vestibular e se dedicaram aprender as especificidades de cada situação de aprendizagem, assim como a assessoria dos Professores Francisca Cerqueira e Edson Rodrigues do Anjos, interpretes de Libras, e Edinaldo Bomfim Sales, especialista em atendimento à deficiência visual . _ O debate acerca de educação especial e inclusão escolar, no município e região, se integrou a partir das Jornadas de Educação Especial e Inclusão, eventos de alcance regional mas já com vínculos com pesquisadores de outros grupos no Brasil (Ivanilde Apoluceno de Oliveira, Thereza Bastos, Luciene Silva, Joiran Medeiros). _Ocorreram, já por iniciativa das equipes de educação especial dos municípios da região, vários momentos de articulação, culminando na participação efetiva nas conferências municipais de educação de Jacundá, Brejo Grande, Parauapebas, Xinguara e Marabá. _Fortaleceu-se nossa relação com a prática pedagógica, especialmente a partir dos estágios realizados na APAE, sob a coordenação da Profa. Vanja Elizabeth Costa. _O objetivo de estimular, sistematizar e divulgar a produção cientifica regional no campo da educação especial e inclusão escolar, fazendo-a interagir com as atividades desenvolvidas na práxis pedagógica, tem sido alcançado com os artigos produzidos para participação nas Jornadas locais, no Congresso Brasileiro de Educação Especial (UFSCAR), no Congresso Brasileiro de Extensão Universitária (Dourados-MS), no Encontro de Pesquisa em Educação do Norte e Nordeste (João Pessoa, PB) e no II Congresso Baiano de Educação Inclusiva (Salvador, BA). Tais produções estão sendo agrupadas em um livro, a ser publicado em 2010. _Desse modo, consideramos que temos contribuído com a formação permanente de graduandos, pós-graduandos e educadores em geral no que se refere às práticas e princípios da educação inclusiva. METODOLOGIA APLICADA 4.1.Atividades contínuas, que se desenrolaram ao longo de cada ano: Atendimento diário no núcleo. Execução de mini-cursos e oficinas, pelos alunos das disciplinas correlatas. Palestras/Encontros de formação e assessoria envolvendo os municípios da região (ONGs e OGs). Estágios na APAE (Dislexia, Síndrome de Down, Deficiência Múltipla) Treinamento de alunos de Matemática no uso do Soroban Adaptação de material (ampliação e braile). Acompanhamento e assessoria de aluno do ensino superior com deficiência visual. Pré-vestibular aos sábados para alunos com deficiência visual e auditiva, com monitoria voluntária de alunos dos cursos de licenciatura e bacharelado do
  • 5. Campus. 4.2.Atividades pontuais 4.2.1. De socialização Jornadas Anuais de Educação Especial e Inclusão Escolar Participação nos Seminários Anuais de Extensão do Campus de Marabá/UFPA Participação nas Jornadas Anuais de Extensão da UFPA. 4.2.3. De avaliação Encontro de avaliação ao final do ano. TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO ORIUNDOS DA EXECUÇÃO DO PROGRAMA E/OU PROJETO Em andamento (previsão de defesa em abril de 2010): 1. Título: O processo de inclusão escolar do aluno deficiente: impasses na passagem para o sexto ano Autora: Elineis Tavares Lima. Orientadora:. Hildete Pereira dos Anjos. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia). 2. Título: Educação inclusiva e atendimento especializado. Autora: Helane Moreira Oliveira. Orientadora: Hildete Pereira dos Anjos. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - 3. Título: A construção e ressignificação de conceitos por alunos surdos do ensino médio. Autora: Ingrid Fernandes Gomes Pereira Orientadora:. Hildete Pereira dos Anjos. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia). 4. Título: Tecnologias assistivas Autora: Débora Fabiane Carvalho Salvador Orientadora: Vanja Elizabeth Souza Costa. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia). Defendidos: 1. Titulo: O processo de alfabetização de uma criança cega Autora: Câmelha Pereira dos Santos Souza Orientadora: Hildete Pereira dos Anjos. 2008. Monografia (Especialização em Tecnologias, Linguagem e Educação Inclusiva) 2. Título: O ensino de matemática para deficientes visuais. Autores: Gildeberg de Araújo Guimarães, Reinaldo das Dores Félix e Deusimar Alves da Silva 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Matemática). Orientador: Narciso das Neves Soares
  • 6. 3. Titulo: O processo de inclusão escolar dos deficientes visuais em Marabá. Autor: Edinaldo Bomfim Sales. Orientadora: Hildete Pereira dos Anjos. 2008. Monografia (Especialização em Tecnologias, Linguagem e Educação Inclusiva) 4. Titulo: Informática na educação em Marabá: possíveis contribuições na formação social de educando/as com NEE's . Autora: Tariana Alves dos Santos: Orientadora: Vanja Elizabeth Sousa Costa;. 2008. Monografia (Especialização em Tecnologias, Linguagem e Educação Inclusiva). 5. Titulo: O atendimento educacional especializado no âmbito da educação inclusiva: entre o real e o ideal. Autora: Suelene Miranda de Sousa Orientadora:, CORDEIRO, Salete Noro; COSTA, Vanja Elizabeth Sousa; ANJOS,.2008. Monografia (Especialização em Tecnologias, Linguagem e Educação Inclusiva) 6. Titulo: Concepção dos professores sobre a inclusão de alunos com deficiência na classe regular. Autora: Maria Sele da Costa Ferreira. Orientadora Hildete Pereira dos Anjos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia). 7. Titulo: Dificuldades encontradas pelos alunos em situação de deficiência no preparo para o vestibular. Autora: Emmanuele Pereira de Andrade. Orientadora. Hildete Pereira dos Anjos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) 8. Titulo: Aprendizagens de alunos em situação de deficiência: expectativas e estratégias dos docentes. Autora: Mirian Rosa Pereira. Orientadora Hildete Pereira dos Anjos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) 9. Titulo: A prática do professor da sala de apoio pedagógico com um aluno hiperativo: um estudo de caso. Autora: Gilmara da Silva Barros. Orientadora: Hildete Pereira dos Anjos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia) . 10. Titulo: Avaliação escolar da criança com Síndrome de Down: concepções das professoras da APAE Autora: Ana Maria Costa dos Reis. Orientadora: Hildete Pereira dos Anjos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia). 11. Titulo: As concepções de mães de alunos surdos sobre a inclusão escolar. Autora: Elisnalva Costa de Andrade
  • 7. Orientadora: Hildete Pereira dos Anjos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Pedagogia). ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS E SEUS RESULTADOS Foi realizado um estágio supervisionado de 45 horas, na APAE, com acompanhamento de crianças com Síndrome de Down e com deficiência múltipla na Sala de Leitura, Laboratório de Informática e em outras atividades, sob a supervisão da Profa. Vanja Elizabeth Sousa Costa. Cinco alunos do Curso de Pedagogia treinaram Braile no NEES, sob a supervisão das bolsistas Patrícia Chagas e Louriana Santos, e quatro alunos de Matemática treinaram o uso de soroban, sob a supervisão da voluntária Míriam Rosa Pereira. EVENTO UNIDADE CARGA N° DE ALUNOS REALIZADO HORÁRIA CONCLUINTES III Jornada de Educação Especial e 01 24 h 320 participantes Inclusão (coord. Profa. Hildete Pereira dos Anjos) III Debate de Fundamentos de 01 4h 60 participantes Educação Especial (coord. Profa. Kátia Regina da Silva) PUBLICAÇÕES E OUTROS PRODUTOS ACADÊMICOS Faltam os trabalhos da Miriam e da Manu Artigos completos publicados em periódicos 1. ANJOS, Hildete Pereira dos; ANDRADE, E. P. ; PEREIRA, M. R. . A inclusão escolar do ponto de vista dos professores: o processo de constituição de um discurso. Revista Brasileira de Educação, v. 14, p. 116-129, 2009. 2. ANJOS, Hildete Pereira dos; A práxis pedagógica e os enfrentamentos no campo discursivo. Laterna - Revista do Núcleo de Estudos da Linguagem
  • 8. Araguaia-Tocantins, v. 2, p. 151-156, 2007. Textos em jornais de notícias/revistas 1. ANJOS, Hildete Pereira dos . III Jornada de Educação Especial e Inclusão: construindo linguagens na convivência entre diferentes. Opinião, Marabá, PA, p. 2 - 2, Caderno 2 23 set. 2009. Trabalhos completos publicados em anais de congressos 1. ANJOS, Hildete Pereira dos. O conceito de inclusão nas falas de professores: deslizamentos de sentido presentes no discurso. In: 19º EPENN -Encontro de Pesquisa Educacional do Norte e Nordeste, 2008, João Pessoa. Anais do 18º EPENN: Educação, direitos humanos e inclusão social 1CD-ROM 2009. SILVA, Kátia Regina da. Alfabetização e letramento de pessoas cegas: diferentes formas de contato com a leitura e a escrita. In: 19º EPENN - Encontro de Pesquisa Educacional do Norte e Nordeste, 2008, João Pessoa. Anais do 18º EPENN: Educação, direitos humanos e inclusão social 1CD-ROM 2009. Resumos publicados em anais de congressos 1. CAVALCANTE, Lucélia Cardoso ; ANJOS, Hildete Pereira dos . Propostas de formação continuada de professores na perspectiva inclusiva: tendências, intenções e tensões. In: III Congresso Brasileiro de Educação Especial, 2008, São Carlos -SP. Livro de programas e resumos. São Carlos-SP: UFSCar, 2008. p. 89-89. 2. ANJOS, Hildete Pereira dos ; ANDRADE, E. P. ; PEREIRA, M. R. . A inclusão escolar do ponto de vista dos professores: o lugar do outro na constituição do discurso. In: III Congresso Brasileiro de Educação Especial, 2008, São Carlos. Livro de programas e de resumos. São Carlos-SP: UFSCar, 2008. p. 105-105. 3. ANJOS, Hildete Pereira dos . Núcleo de Educação Especial/UFPA/Marabá: a universidade se inclui nos debates da deficiência. In: III Congresso Brasileiro de Educação Especial, 2008, São Carlos. Livro de Programas e Resumos. São Carlos : UFSCar, 2008. p. 133-133. Apresentações de Trabalho 1. ANJOS, Hildete Pereira dos ; CHAGAS, Patricia da Silva ; SANTOS, Louriana Saima Sousa ; SILVA, Greicy Kelly Maciel da . Deficiência e acesso ao ensino superior: uma experiência de aprendizagem. 2009. In: IV Congresso Brasileiro de Extensão Universitária. UFMS. Dourados-MS. Participação em eventos
  • 9. 1. II Congresso Baiano de Educação Inclusiva. Praticas inclusivas na escola. 2009. (Mesa Redonda com Katia Caiado (UFSCAR, Ivanilde Apoluceno de Oliveira (UEPA, Hildete Pereira dos Anjos e Theresinha Guimarães Miranda (UFBA). 2. 11ª Jornada de Extensão da UFPA. Tecnologias Sociais e Inclusão: Caminhos para a extensão universitária. Acesso ao ensino superior: aprendendo junto com alunos em situação de deficiência (Hildete Pereira dos Anjos, Louriana Sayma de Sousa Santos, Patrícia da Silva Chagas e Greicy Kelly da Silva Maciel.1 CD. 3. Conferência Municipal de Educação. Educação inclusiva. 2009. (Marabá). Profa. Hildete Pereira dos Anjos (conferencista) 4. Conferência Municipal de Educação. Educação inclusiva. 2009. (Jacundá). Profa. Hildete Pereira dos Anjos (conferencista) 5. Conferência Municipal de Educação. Educação inclusiva. 2009. (Brejo Grande). Profa. Vanja Elizabeth Sousa Costa (conferencista) RECURSOS FINANCEIROS FONTE VALOR 2 bolsas (PIBEX) 10 meses 7200,00 2 bolsas Permanência (4 meses) 2080,00 Produção de Folders e Cartazes (Pref. Xinguara) 2500,00 Material de consumo (UFPA Marabá) 2000,00 Hospedagem (4ª URE) 1920,00 Alimentação (doadores diversos: comércio local) 7000,00 Transporte professores (prefeituras municipais). 3000,00 Produção de bolsas para o evento 1500,00 Passagens aéreas (Prefeitura Municipal de Marabá) 5395,00 Confecção de banners ( Colégio Êxito) 1500,00 Reprografia (UFPA Marabá) 500,00
  • 10. Total 34.595 EQUIPE DE TRABALHO Titularidade/ ENVOLVIDA Lotação/Matrícula SIAPE Carga Horária DOCENTES Hildete Pereira dos Anjos Doutorado/2182430 Sem ch Vanja Elizabeth Souza Costa Mestrado/1152850 10 h Kátia Regina da Silva Mestrado/ 10 h TÉCNICOS - ADMINISTRATIVOS: Especialista/ 2418119 Sem ch Lucélia Cardoso Cavalcante Rabelo EXTERNO: Suelene Miranda de Sousa _DEE/SEMED Roselene Sarges _DEE/4ª URE Francisca Cerqueira – DEE- 4ª URE Edson Rodrigues dos Anjos- SEMED Edinaldo Bomfim Sales- DEE- 4ª URE DISCENTES (BOLSISTAS DE EXTENSÃO / OUTROS ALUNOS COM ATIVIDADE CURRICULAR / PROCEDÊNCIA MATRÍCULA CONCEITO OUTROS DA BOLSA ALUNOS VOLUNTÁRIOS, EXTERNO) PIBEX (Letras) 07014001407 EXC Patricia Silva das Chagas Louriana Sayma Sousa Silva PIBEX (Letras) 0601401307 EXC Emmanuele Pereira de Andrade Voluntária (Graduada, ex- bolsista) Miriam Rosa Pereira Voluntária Graduada, ex- bolsista) Ingrid Pereira G. Fernandes Ativ. 04219001007 EXC Curricular - Pedagogia Suzany Chagas Rodrigues Voluntária- 07207003407 EXC Ciências Sociais Andson Pereira Ferreira Voluntário - 04124000707 EXC
  • 11. Eng. De Minas Orianes da Silva de Sousa Voluntária - 03219002707 BOM Pedagogia Debora Fabiane Carvalho Salvador Ativ. BOM Curricular- Pedagogia Amanda Costa Silva Voluntária- 07209001707 EXC Ciências Sociais Thaira Correa Ferreira Bolsa 09210003507 EXC Permanência (Direito) Danilo Mourão dos Santos Bolsa 09414002307 EXC Permanência (Ciências sociais) Thiago Sarges de Alfaia Voluntário – 08209000407 EXC Ciências Sociais Domingos Nonato Voluntário - EXC Direito Alyne Costa Ativ. BOM Curricular- Pedagogia CONSIDERAÇÕES FINAIS E RECOMENDAÇÕES O programa atingiu suas principais metas no período 2008/2009, considerando que as dificuldades de financiamento e a inexistência de estrutura física adequada Aproveitou-se as forças humanas disponíveis no seu limite, destacando-se a atividade incansável de bolsistas, voluntários, professores envolvidos assim como a boa vontade das equipes governamentais e a disposição de trabalhos dos alunos do ensino médio envolvidos no pré- vestibular.A aprovação de um aluno cego no vestibular 2009, assim como a aprovação nas fases iniciais de vários alunos (surdos, cegos e de baixa visão) coloca novos desafios, muito especialmente a construção de espaços físicos adequados e aquisição de material. O trabalho dos intérpretes durante todo o ano de 2008 e 2009 foi voluntário, fazendo-se necessário algum tipo de retribuição financeira aos seus esforços e, principalmente, a contratação de professores de LIBRAS para os cursos de licenciatura, atendendo às determinações legais. O programa será reformulado, com base na experiência acumulada, e submetido de novo no PIBEX 2010, contando ainda com destinação de recursos financeiros específicos para a inclusão no interior da universidade (hoje a pouca estrutura que há foi conseguida através de recursos do Programa INCLUIR/MEC).
  • 12. _____________________________________________ Assinatura do(a) Coordenador(a

×