• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Festival de neve e gelo
 

Festival de neve e gelo

on

  • 1,322 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,322
Views on SlideShare
1,309
Embed Views
13

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

2 Embeds 13

http://blog.nunocosta.eu 11
http://paper.li 2

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • A város részei.
  • Séta a városban, lehet enni is, hi.
  • Kényelem a fontos! Kifáradtak a sétában.

Festival de neve e gelo Festival de neve e gelo Presentation Transcript

  • Festival de neve e gelo de Harbin
    • A temperatura em Harbin frequetemente atinge os –40°C e permanece abaixo de zero durante seis meses. Esta cidade situada em Manchúria na China , fica a cerca de 450 km a noro este da região siberiana Vladivostok na Rússia. Qual a melhor maneira de desfrutar o inverno do que organizando um festival ao ar livre?
    • Todos os anos os moradores de Harbin organizam um festival de neve e gelo e há uma ferrenha disputa em criar as melhores e mais bonitas esculturas.
  • TRANSPORTE da MATÉRIA-PRIMA: NEVE e GELO
    • Arte, perícia e muita paciência…
    • Um exemplo do resultado:
  •  
    • A realização de esculturas de neve e gelo tem sua origem já nos tempos de Manchu, mas a primeira exposição foi realizada pela primeira vez em 1963. O festival anual data de 1985. Desde então o festival tem crescido e tornou-se um evento de massa, que atrai milhões de turistas de todo o mundo. Por isso, as esculturas tornam-se cada ano cada vez mais belas e mais artísticas; este urso é apenas uma pequena parte da escultura de 50 metros de comprimento!
  •  
    • A maioria das esculturas é criada pelos participantes. Cada equipe recebe um bloco de 3 x 3, com o qual eles devem criar suas figuras.
    • Essas equipes vêm de todo o mundo – Rússia, Japão, Canadá, França e até da África do Sul.
  •  
    • Aqui vê-se o pôr do sol atrás da entrada da escultura. O festival de neve e gelo se estende através da planície ao norte do rio Songhua Jiang em Harbin.
  •  
    • Fiquei surpreso quando descobri uma escultura de um colonista americano, e isso no noroeste da China! Ela foi realizada por uma equipe canadense.
  •  
    • Até o pôr do sol em Harbin foi estupendo, e a temperatura a cair mais ainda. Mas a noite trouxe mais cenas lindas, porque agora o festival iria começar de fato.
  •  
  •  
  •  
  •  
    • O festival de gelo continua por vários quilômetros de distância. Luzes brilhantes de neon reforçam o impacto ainda mais e ao fundo ouve-se jazz e música de dança.
  •  
    • Aqui você tem visão geral do festival de gelo. Você iria achar que entrou na Disneylândia; por todosm os lados há restaurantes e as crianças se divertem ao máximo. As únicas diferenças naturalmente a temperatura e que o evento se constitui de gelo. Por isso, escorregar e cair faz parte dele e você não poderá reclamar reivindicações ao seguro.
  •  
    • Aqui um palácio em estilo tusso.
  •  
    • Este muro é também um escorregador que você pode deslizar em alta velocidade até chegar em baixo.
  •  
  •  
  •  
    • Este é um navio totalmente feito de gelo, e com passageiros a bordo. 
  •  
    • Uma das atividades mais populares durante o festival de gelo é a escalada de parede, também feita de gelo, claro.
    • Todo gelo vem do Songhua Jiang , um afluente do rio Amoer na Rússia.
  •  
    • O festival é mais uma exibição de arte, na qual o festival de gelo é um reflexo da arquitetura. 
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    • Este templo tailandês também pode ser visto em um dos filmes Disney: ” Maravilhas da China”.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •