Funções do cortex e nucleos da base
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Funções do cortex e nucleos da base

on

  • 6,817 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,817
Views on SlideShare
6,733
Embed Views
84

Actions

Likes
2
Downloads
80
Comments
0

6 Embeds 84

http://fisioterapiamarioschenberg.blogspot.com.br 76
http://fisioterapiamarioschenberg.blogspot.com 4
http://fisioterapiamarioschenberg.blogspot.com.ar 1
http://fisioterapiamarioschenberg.blogspot.mx 1
http://fisioterapiamarioschenberg.blogspot.com.es 1
http://fisioterapiamarioschenberg.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Funções do cortex e nucleos da base Funções do cortex e nucleos da base Document Transcript

  • 05/11/2012 1 PAPEL DO CÓRTEX CEREBRAL, NÚCLEOS DA BASE, CEREBELO,TRONCO ENCEFÁLICO E MEDULA ESPINHAL NO CONTROLE MOTOR 1 Córtex Cerebral Conceito e Estrutura • O córtex cerebral é constituído por uma camada de substância cinzenta que envolve os hemisférios cerebrais. Na espécie humana, a superfície do cérebro apresenta sulcos e giros que aumentam significativamente a quantidade de córtex, sem aumento do volume craniano. 2 Córtex Cerebral Conceito e Estrutura • No homem, o córtex cerebral é altamente desenvolvido e a complexidade das conexões inter-hemisféricas e intra- hemisféricas acompanha esse grau de desenvolvimento. O córtex cerebral tem áreas definidas relacionadas a funções neurológicas especificas, seja para recepção sensorial primaria, seja para atividade integrativa complexa. 3 Córtex Cerebral 4 Córtex Cerebral Conexões • O córtex cerebral recebe um grande número de fibras aferentes sensitivas, que chegam a partir de núcleos do tálamo, o qual manda projeções excitatórias para as porções específicas do córtex relacionadas com cada modalidade sensorial. • As conexões eferentes são amplas. Há fibras que se dirigem para a medula espinhal, para diferentes regiões do tronco encefálico, para o corpo estriado, para o tálamo, etc. 5 Córtex Cerebral Conexões • Grande parte das fibras que se dirigem ao córtex ou que dele saem passa pela cápsula interna, onde estão agrupadas as fibras relacionadas com a sensibilidade e a motricidade do todo o corpo. Uma lesão nessa região pode provocar sintomas extensos, com prejuízos sensoriais e motores na metade contralateral do corpo, comumente vistos nos acidentes vasculares cerebrais (AVCs). 6
  • 05/11/2012 2 Córtex Cerebral 7 Córtex Cerebral Classificações Divisão em Lobos - Frontal, Parietal, Occipital, Temporal. Classificação de Brodmann - divide o córtex em 52 regiões diferentes,cada uma designada por um número. 8 Córtex Cerebral 9 Córtex Cerebral 10 11 Córtex Cerebral Considerações Funcionais Córtex cerebral Diferentes conexões e funções Diferentes áreas e mesma função Sistemas funcionam harmonicamente Córtex Cerebral Considerações Funcionais  Áreas de Projeção Sensitivas (Áreas primárias) Motoras  Áreas de Associação Secundárias Terciárias  Áreas Límbicas 12
  • 05/11/2012 3 Córtex Cerebral ÁREAS DE PROJEÇÃO(ÁREAS PRIMÁRIAS) • São também chamadas de áreas primárias - recebem ou dão origem a fibras relacionadas diretamente com a motricidade ou sensibilidade – são divididas em dois grandes grupos: áreas sensitivas e áreas motoras. 13 Córtex Cerebral ÁREASSENSITIVASPRIMÁRIAS ÁreaSomestésica • Responsável pela sensibilidade somática geral; • Recebe projeções talâmicas trazendo impulsos nervosos relacionados a temperatura, dor, tato e propriocepção da metadeoposta do corpo; • Lesões dessa área levam a perda de sensibilidade discriminativa do lado opostoda lesão. 14 Córtex Cerebral ÁREA MOTORA PRIMÁRIA • Ocupa a parte posterior do giro pré-central, correspondente a área 4 de Brodmann; • Caracterizada pela presença de neurônios piramidais gigantes; • No homem esta área da origem à maior parte das fibras do tracto córtico-espinhal. 15 Córtex Cerebral Tanto nas áreas motora primária quanto somestésica, a representação cortical de uma parte do corpo é proporcional não à seu tamanho, mas sim a delicadeza dos movimentos musculares realizados pela parte representada ou à importância funcional desta parte do corpo para à biologia da espécie. 16 Córtex Cerebral ÁREAS DE ASSOCIAÇÃO(SECUNDÁRIASOU TERCIÁRIAS) • Ocupam a maior parte da superfície do cérebro humano. Ao longo do processo evolutivo, o aumento da superfície cortical se fez através da expansão do córtex de associação, permitindo o aparecimento de funções no homem não encontradas em outras espécies, como a linguagem verbal e autoconsciência. Podem ser divididas em áreas secundárias e terciárias. 17 Córtex Cerebral ÁREASDE ASSOCIAÇÃOSECUNDÁRIAS • Áreas unimodais, que relacionam-se indiretamente com alguma modalidade sensorial ou motora. 18
  • 05/11/2012 4 Córtex Cerebral ÁREAS DE ASSOCIAÇÃOSECUNDÁRIASSENSITIVAS • Recebem aferências das áreas primárias correspondentes e repassam às informações recebidas a áreas supra –modais; • São responsáveis pela interpretação ou (gnosia) das característicassensoriais percebidas pelas áreas primárias. • Lesões nestas áreas induzem AGNOSIAS (Visuais, Auditivas e Somestésicas. 19 Córtex Cerebral ÁREAS DE ASSOCIAÇÃOSECUNDÁRIASMOTORAS • Adjacentes às áreas motoras primárias; • Lesões nessas áreas causam APRAXIAS (incapacidade de executar certos atos, mesmo na ausência de déficits motores - dificuldade no planejamento do ato voluntário e não em sua execução). 20 Córtex Cerebral 21 Córtex Cerebral LINGUAGEM: ÁREA DE BROCA • Responsável pela programação da atividade motora envolvida com a expressão da linguagem. ÁREA DE WERNICK • Responsável pela análise simbólica (falada escrita gestual). 22 Córtex Cerebral 23 Córtex Cerebral ÁREASDE ASSOCIAÇÃOTERCIÁRIAS • Ocupam o topo da hierarquia funcional do córtex cerebral; • Recebem e integram as informações sensoriais já elaboradas por todas as áreas secundarias; • Responsáveis pela elaboração de estratégias comportamentais. 24
  • 05/11/2012 5 Córtex Cerebral HEMISFÉRIO ESQUERDO Dominante Forte consciência focal Intelectual, formal Prepositivo Objetivo Pensamento realista Dirigido HEMISFÉRIO DIREITO Não dominante Consciência difusa Sensual, experimental Imaginativo Subjetivo Idiossincrático Livre, associativo, ambíguo 25 Córtex Cerebral HEMISFÉRIO ESQUERDO Judicial, avaliativo Matemático, científico Raciocínio convergente Racional Literal Explícito Controle Percepção direta HEMISFÉRIO DIREITO Acrítico Artístico Raciocínio divergente Não racional Metafórico Implícito Emoção Percepção holográfica 26 Núcleos da Base • Sob a designação de núcleos da base compreendem- se as massas cinzentas subcorticais situadas profundamente no interior de cada hemisfério cerebral. Os núcleos da base são: Núcleo Caudado, o Núcleo Lentiforme, o Claustrum, o Corpo Amigdalóide, o Núcleo Accumbens e o Núcleo Basal de Meynert. 27 Núcleos da Base 28 Núcleos da Base Funções dos Núcleos da Base • Controlar padrões complexos da atividade motora; • Iniciar e parar o movimento; • Controle do curso temporal e a escala da intensidade dos movimentos (em associação com o córtex parietal); • Planejamento cognitivo das combinações de padrões motores seqüenciais e paralelos para atingir objetivos conscientes específicos. 29 Núcleos da Base Sinais e Sintomas da Lesão nos Núcleos da Base • Discinesias, perda do controle motor voluntário e de sua regulação • Hipercinesia, Coréia, Atetose,Balismo • Hipocinesia, Doença de Parkinson 30