Your SlideShare is downloading. ×
Lição 9 - Um lugar de adoração a deus no deserto
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Lição 9 - Um lugar de adoração a deus no deserto

6,498
views

Published on

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves …

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves
Programa Escola Dominical na WEBTV.
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva

Published in: Education

15 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
6,498
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
97
Comments
15
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2014 LIÇÃO 9 Um Lugar de Adoração a Deus no Deserto Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  • 2. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO: www.natalinodasneves.blogspot.com.br www.redemaoamiga.com.br
  • 3. TEXTO ÁUREO "E me farão um santuário, e habitarei no meio deles" (E 25.8).
  • 4. VERDADE PRÁTICA Deus deseja habitar entre nós, para que Ele seja o nosso Deus e para que nós sejamos o seu povo.
  • 5. LEITURA BÍBLICA
  • 6. ÊXODO 25:1-9 1 - Então, falou o SENHOR a Moisés, dizendo: 2 - Fala aos filhos de Israel que me tragam uma oferta alçada; de todo homem cujo coração se mover voluntariamente, dele tomareis a minha oferta alçada. 3 - E esta é a oferta alçada que tomareis deles: ouro, e prata, e cobre, 4 - e pano azul, e púrpura, e carmesim, e linho fino, e pêlos de cabras, 5 - e peles de carneiros tintas de vermelho, e peles de texugos, e madeira de cetim, 6 - e azeite para a luz, e especiarias para o óleo da unção, e especiarias para o incenso, 7 - e pedras sardônicas, e pedras de engaste para o éfode e para o peitoral. 8 - E me farão um santuário, e habitarei no meio deles. 9 - Conforme tudo o que eu te mostrar para modelo do tabernáculo e para modelo de todos os seus móveis, assim mesmo o fareis.
  • 7. INTRODUÇÃO
  • 8. INTRODUÇÃO • O tema do santuário ocupa quase um terço do livro de Êxodo (E 25-40). • Santuário era uma espécie de tenda contendo no seu interior dois espaços, e exteriormente um pátio com alguns objetos. • Representação da presença de Deus e local de adorá-lo. • Revelação progressiva Deus ao povo. e aproximação de
  • 9. I. DEUS ORDENA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO
  • 10. I. DEUS ORDENA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO • Deus ordenou que o seu povo edificasse um lugar específico que expressasse sua presença e para adoração. • Revelação progressiva de Deus. • Recursos o povo havia recebido na saída do Egito (E 3:21,22; 12:35,36). • Construção segundo a vontade de Deus e não humana. • Deus tem interesse em se comunicar com o ser humano.
  • 11. I. DEUS ORDENA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO • Deus orienta Moisés sobre os pormenores: • Os tributos do povo para o santuário (E 25:1-7); • Os planos e o mobiliário (25:8-27:21); • As vestimentas e a consagração dos sacerdotes (28:1-29:37); • Os sacrifícios a serem realizados no santuário (29:38-46); • O tributo para o resgate (30); • Os artesãos do santuário (31:1-11); • O descanso do sábado (31:12-17).
  • 12. Aplicação prática Você tem reservado um local e tempo para adorar a Deus? Deus está perto de você! Ele quer se comunicar constantemente com você.
  • 13. II. A PARTE EXTERNA DO TABERNÁCULO
  • 14. I. DEUS ORDENA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO • O culto para ser celebrado precisava de um lugar sagrado. • Lugar de culto é o local de homenagear a Deus e comunicar-se com ele – presença da divindade. • A escolha do lugar de culto orientada pelo próprio Deus. deve ser • As aparições divinas marcavam os lugares de culto no período patriarcal (Jz 6:24-26; 2 Sm 24:16-25; E 20:24).
  • 15. I. DEUS ORDENA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO • O pátio (E 27:9) - O pátio tinha o formato retangular, e indicava que, na adoração a Deus, deve haver separação, santidade. • O altar dos holocaustos (E 27:1) – ficava logo na entrada do pátio, onde o sacerdote oferecia sacrifícios pelo pecador. Ele mesmo não podia oferecer pelo seu próprio pecado. • A pia de bronze (E 30:17-21). Na pia os sacerdotes lavavam suas mãos e pés antes de executarem seus deveres sacerdotais. Devemos ser "limpo de mãos e puro de coração" (Sl 24:4)
  • 16. Aplicação prática Você tem sido grato a Deus por não precisar de intermediário entre você e Ele? Como estão suas mãos e coração? Limpos?
  • 17. III. A PARTE INTERNA DO TABERNÁCULO
  • 18. I. DEUS ORDENA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO • O castiçal de ouro (E 25:31-40) - As lâmpadas do castiçal ardiam continuamente e eram abastecidas diariamente de azeite puro de oliveira (E 27:20-21). • Os pães da proposição e o altar do incenso (E 25.30). • • Havia uma mesa com doze pães e, todos os sábados, esses eram trocados. Além dos pães, próximo ao Santo dos Santos ficava o altar do incenso, um lugar destinado à oração e ao louvor a Deus
  • 19. I. DEUS ORDENA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO • O Santo dos Santos e a arca da aliança (E 25.10-22). • • • local restrito ao sumo sacerdote (uma vez ao ano). A arca da aliança era a única peça no local. Era uma caixa de madeira forrada de ouro. Simbolizava a presença de Deus no meio do seu povo Durante a peregrinação pelo deserto os sacerdotes carregavam-na sobre os ombros. Os israelitas a utilizaram como uma espécie de amuleto. • Em Hebreus 10:19,20 – Sombras do sacrifício perfeito de Cristo, ocorrido de forma real diante de Deus (Hb 10:19-20.
  • 20. Aplicação prática Os objetos do tabernáculo tinham significados especiais para o povo de Israel! Guardadas as proporções, alguns também têm significado para o cristianismo. Glorifique a Deus, pois Jesus apresentou o melhor e perfeito sacrifício para sua salvação!
  • 21. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • 22. Nesta lição nos aprendemos que:
  • 23. 1. Deus orienta Moisés em detalhes para construção do local de “encontro” do divino com o povo.
  • 24. 2. O tabernáculo e seus objetos apontam para o sacrifício de Cristo. Cristo acaba com a separação e a necessidade de intermediários.
  • 25. 3. Cristo apresentou o sacrifício perfeito e aceito por Deus, de uma vez por todas.
  • 26. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ARCHER JUNIOR, GLEASON L. Merece confiança o Antigo Testamento? 4ª Edição. São Paulo: Vida Nova, 1991. LIÇÕES BÍBLICAS. Uma jornada de fé: a formação do povo de Israel e sua herança espiritual. 1º trimestre de 2014. Rio de Janeiro: CPAD, 2014. COHEN, Armando Chaves. Êxodo. Rio de Janeiro: CPAD, 1998. CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamento numa perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996. HAMILTON, Victor P. Manual do Pentateuco. 2ª Ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2007.
  • 27. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS HOFF, Paul. O Pentateuco. São Paulo: Vida, 1997. MERRILL, Eugene H. História de Israel no Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001. NEVES, Natalino das. Educação Cristã Libertadora. São Paulo: Fonte Editorial, 2013. RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Academia Cristã, 2009. SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do Antigo Testamento. São Paulo: Teológica, 2004. VAUX, R. de. Instituições de Israel no Antigo Testamento. São Paulo: Editora Teológica, 2003.
  • 28. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589
  • 29. FAVOR DIVULGAR PARA SUA REDE SOCIAL