Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

2014 2 TRI LIÇÃO 10 - O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR

  • 7,306 views
Published

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves …

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves
Programa Escola Dominical na WEBTV.
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
7,306
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
107
Comments
2
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 2º TRIMESTRE DE 2014 LIÇÃO 10 O Ministério de Mestre ou Doutor Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  • 2. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO: www.natalinodasneves.blogspot.com.br www.redemaoamiga.com.br
  • 3. "De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada: [...] se é ensinar, haja dedicação ao ensino" (Rm 12.6,7). TEXTO ÁUREO
  • 4. Os vocacionados por Deus para o ministério do ensino são por Ele chamados para edificar a Igreja de Cristo. Lições Bíblicas - CPAD VERDADE PRÁTICA
  • 5. Mateus 7.28,29; Atos 13.1; Romanos 12.6,7; Tiago 3.1 LEITURA BÍBLICA
  • 6. INTRODUÇÃO • O ministério de mestre e doutor é fundamental para o crescimento e maturidade da igreja. • Temos uma sistematização da doutrina bíblica hoje graças a mestres como Paulo que se dedicou ao seu ministério. • Qual o valor que se tem dado ao ministério de mestres e doutores?
  • 7. I. JESUS, O MESTRE POR EXCELÊNCIA
  • 8. I. JESUS, O MESTRE POR EXCELÊNCIA • Jesus é chamado mestre cerca de quarenta e cinco vezes ao longo do Novo Testamento. • Jesus dedicou grande parte de seu ministério ao ensino (Reino de Deus) e com autoridade (Mt 4.23; 7.28-29). • Nicodemos, o mestre da lei, reconhece o ministério de mestre de Jesus (3.1-2).
  • 9. I. JESUS, O MESTRE POR EXCELÊNCIA • Jesus ensinava com o exemplo e humildade (Jo 13.4-15). Dava o exemplo e cobrava a mesma atitude dos discípulos. • Jesus “um mestre de vida que ensina a viver de maneira diferente sob o signo do reino de Deus” (PAGOLA, 2010, p. 287). • Falando na linguagem popular (parábolas, sentenças breves, ...), Jesus põe em questão a religião convencional e propõe uma vida centrada no reino de Deus. • Fazia as pessoas pensarem.
  • 10. APLICAÇÃO PRÁTICA Você tem observado o exemplo de Jesus? Quantas ensinos recebidos têm feito você pensar? Seus ensinos tem feito as pessoas pensarem?
  • 11. II. O ENSINO DAS ESCRITURAS NA IGREJA DO PRIMEIRO SÉCULO
  • 12. II. O ENSINO DAS ESCRITURAS NA IGREJA DO PRIMEIRO SÉCULO • Para o crescimento da Igreja era necessário o ensino das Escrituras (Mt 28.19-20). • Com o crescimento e organização da Igreja se fez necessário mestres/doutores (At 13.1; Ef 4.11). • Ter o dom não significa receber tudo pronto. • Exemplo do apóstolo Paulo: sistematização da doutrina cristã. • Durante a história da Igreja foi necessário mestres e doutores para defenderem a doutrina cristã.
  • 13. APLICAÇÃO PRÁTICA Você tem se dedicado ao estudo da Palavra de Deus? Você tem procurado viver a Palavra de Deus?
  • 14. III – A IMPORTÂNCIA DO DOM MINISTERIAL DE MESTRE
  • 15. III – A IMPORTÂNCIA DO DOM MINISTERIAL DE MESTRE • Para um ensino eficaz é preciso pessoas vocacionadas e dedicadas a esse ministério (Rm 12.6-7). • Quanto despreparo vemos em nossos púlpitos! Pessoas “brincando” de ensinar. • Os mestres e doutores tem espaço em nossas igrejas? Muitos “donos de igreja” não tem interesse de ter mestres o doutores na liderança! • Quantos se dizem mestres com base em seu título ministerial?
  • 16. III – A IMPORTÂNCIA DO DOM MINISTERIAL DE MESTRE • Um mestre/doutor precisa ter profundidade no conhecimento bíblico (história, teologia, hermenêutica, exegese, gêneros literários, entre outros). • Quantos se valem de escritos de terceiros para se dizerem mestres? • Quanto tempo a denominação perdeu por não investir em formação acadêmica de seus líderes? • Uma igreja que investe na capacitação de seus líderes colherá seus frutos.
  • 17. APLICAÇÃO PRÁTICA Qual o valor que sua igreja local dá aos verdadeiros mestres? Como será o futuro da igreja se ela não investir nas pessoas vocacionadas para o ensino?
  • 18. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • 19. O mestre Jesus deu exemplo de alguém que se dedicou ao ministério do ensino.
  • 20. O apostolo Paulo é um exemplo de alguém dedicado em sistematizar as doutrinas bíblicas e deixar escrito para ensino da posteridade.
  • 21. Para que a igreja continue crescendo e de forma saudável é preciso o investimento nas pessoas que são vocacionadas para o ensino.
  • 22. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CARSON, D. A.; MOO, Douglas J.; MORRIS, Leon. Introdução ao Novo Testamento. São Paulo: Vida nova, 1997. DUNN, James D. G. A teologia do apóstolo Paulo. São Paulo: Paulus, 2003. HORTON, Stanley M. A Doutrina do Espirito Santo no Antigo e Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2012. HORTON, Stanley M. Teologia Sistemática: Uma Perspectiva Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 1996. LIÇÕES BÍBLICAS. Dons Espirituais e Ministeriais: Servindo a Deus e aos homens com poder extraordinário. Rio de Janeiro: CPAD, 2014.
  • 23. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PAGOLA, José Antonio. Jesus: aproximação histórica. 6ª Ed. Petrópolis, RJ, 2010. RENOVATO, Elinaldo. Dons Espirituais & Ministeriais: Servindo a Deus e aos homens com poderes extraordinários. Rio de Janeiro: CPAD, 2014. RIDDERBOS, Herman. A teologia do apóstolo Paulo: a obra definitiva sobre o pensamento do apóstolo aos gentios. São Paulo: Cultura Cristã, 2004. ZUCK, Roy B. Teologia do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2008. Velloso, Ary. Foco e desenvolvimento do Novo Testamento. São Paulo: Hagnos, 2008.
  • 24. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Elson Pereira Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589
  • 25. FAVOR COMPARTILHAR.