2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes

6,948 views

Published on

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves
Programa Escola Dominical na WEBTV.
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva

Published in: Education
3 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
6,948
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
108
Comments
3
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2014 1 TRI LIÇÃO 12 - Consagração dos sacerdotes

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2014 LIÇÃO 12 Consagração dos Sacerdotes Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  2. 2. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO: www.natalinodasneves.blogspot.com.br www.redemaoamiga.com.br
  3. 3. TEXTO ÁUREO "E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão" (Hb 9:22).
  4. 4. VERDADE PRÁTICA O sacrifício expiador de Cristo no Calvário foi perfeito, único e capaz de nos purificar de todo pecado.
  5. 5. LEITURA BÍBLICA
  6. 6. ÊXODO 29:1-12 1 - Isto é o que lhes hás de fazer, para os santificar, para que me administrem o sacerdócio: Toma um novilho, e dois carneiros sem mácula, 2 - e pão asmo, e bolos asmos amassados com azeite, e coscorões asmos untados com azeite; com flor de farinha de trigo os farás. 3 - E os porás num cesto e os trarás no cesto, com o novilho e os dois carneiros. 4 - Então, farás chegar Arão e seus filhos à porta da tenda da congregação e os lavarás com água; 5 - depois, tomarás as vestes e vestirás a Arão da túnica, e do manto do éfode, e do éfode mesmo, e do peitoral; e o cingirás com o cinto de obra de artífice do éfode. 6 - E a mitra porás sobre a sua cabeça; a coroa da santidade porás sobre a mitra;
  7. 7. ÊXODO 29:1-12 7 - e tomarás o azeite da unção e o derramarás sobre a sua cabeça; assim, o ungirás. 8 - Depois, farás chegar seus filhos, e lhes farás vestir túnicas, 9 - e os cingirás com o cinto, a Arão e a seus filhos, e lhes atarás as tiaras, para que tenham o sacerdócio por estatuto perpétuo, e sagrarás a Arão e a seus filhos. 10 - E farás chegar o novilho diante da tenda da congregação, e Arão e seus filhos porão as mãos sobre a cabeça do novilho; 11 - e degolarás o novilho perante o SENHOR, à porta da tenda da congregação. 12 - Depois, tomarás do sangue do novilho, e o porás com o teu dedo sobre as pontas do altar, e todo o sangue restante derramarás à base do altar.
  8. 8. INTRODUÇÃO
  9. 9. INTRODUÇÃO • Antes de oferecer sacrifícios em favor do povo, Arão deveria oferecer sacrifício para a remissão dos seus próprios pecados. • Imperfeição humana – necessidade de purificação. • Estudaremos a respeito do ato de consagração e purificação do sacerdócio. • Cristo, o sumo sacerdote perfeito e eterno (Hb 6:20).
  10. 10. I. A CONSAGRAÇÃO DE ARÃO E SEUS FILHOS
  11. 11. I. A CONSAGRAÇÃO DE ARÃO E SEUS FILHOS • Rituais de preparação para os sacerdotes antes de se achegarem à presença de Deus. • Ritual da lavagem com água – símbolo de pureza (Lv 19:2; Jo 15:3; 1 Jo 1:7). • Outro ritual: unção com azeite (Ex 12:7) – símbolo do Espírito Santo ou a formalização de uma separação/santificação? • Cuidado para não dar ênfase no ritual e não exercer a prática da santidade. • Depois da purificação, vem a oferta/sacrifício.
  12. 12. Aplicação prática Como você tem chegado diante de Deus? Você tem valorizado mais o ritualismo do que a prática da fé? Antes do culto e adoração, vem a prática da justiça!
  13. 13. II. O SACRIFÍCIO DA POSSE (santidade e pureza cultual)
  14. 14. II. O SACRIFÍCIO DA POSSE • Lições bíblicas (LB): ênfase no sacrifício do segundo carneiro e no oferecimento diário e constante de sacrifícios de um animal inocente (Ex 29:19-35). • Fonte sacerdotal (P) - preocupação com prática da organização cultual. • O objetivo não é oferecer uma teologia e uma interpretação do sacrifício e dos ritos, mas sim como executar uma ação litúrgica. • Na esfera do sagrado, as prescrições de Deus devem ser cuidadosamente cumpridas (Ver Lv 10.1s).
  15. 15. II. O SACRIFÍCIO DA POSSE • (LB) Necessidade de derramamento de sangue (Hb 9:22). • (P) – Israel como um povo murmurador com inclinação constante para o pecado. Contato diário com coisas imundas, que contaminam. • Ideia de expiação e de purificação = principais preocupações com a lei cultual. • Contatos muito estreitos com Iavé e trato constante com o santo deveriam ter um cuidado todo especial com a santidade e pureza cultual.
  16. 16. Aplicação prática Você tem se preocupado com a organização na liturgia do culto a Deus? Você reconhece sua fraqueza e necessidade constante da misericórdia de Deus? No âmbito do sagrado deve ter reverência.
  17. 17. III. CRISTO, PERPÉTUO SUMO SACERDOTE
  18. 18. III. CRISTO, PERPÉTUO SUMO SACERDOTE • Tipologia: Jesus, sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque (Hb 5:10). • Melquisedeque um sacerdote de Deus (Gn 14:18). Sem genealogia (Hb 7:3)? • Diferente dos sacerdotes da antiga aliança que necessitavam oferecer diariamente sacrifícios por seus pecados e também do povo, Jesus ofereceu o sacrifício único e perfeito (Hb 5:6,10; 7:11,12; 7:24-28).
  19. 19. Aplicação prática Você tem buscado se sacrificar para ser justificado diante de Deus? Jesus ofereceu um sacrifício perfeito e que tem validade eterna, busque a prática da justiça e seja grato a esse Deus!
  20. 20. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  21. 21. Nesta lição nos aprendemos que:
  22. 22. 1. Devemos tomar cuidado com muito ritualismo e priorizar a verdadeira santidade diante de Deus.
  23. 23. 2. Devemos valorizar a organização cultual e reconhecer nossas fraquezas diárias diante de Deus.
  24. 24. 3. Sacrifício do AT apontam para o sacrifício único e perfeito de Cristo, nosso cordeiro Pascal.
  25. 25. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ARCHER JUNIOR, GLEASON L. Merece confiança o Antigo Testamento? 4ª Edição. São Paulo: Vida Nova, 1991. LIÇÕES BÍBLICAS. Uma jornada de fé: a formação do povo de Israel e sua herança espiritual. 1º trimestre de 2014. Rio de Janeiro: CPAD, 2014. COHEN, Armando Chaves. Êxodo. Rio de Janeiro: CPAD, 1998. CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamento numa perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996. HAMILTON, Victor P. Manual do Pentateuco. 2ª Ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2007.
  26. 26. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS HOFF, Paul. O Pentateuco. São Paulo: Vida, 1997. MERRILL, Eugene H. História de Israel no Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001. NEVES, Natalino das. Educação Cristã Libertadora. São Paulo: Fonte Editorial, 2013. RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Academia Cristã, 2009. SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do Antigo Testamento. São Paulo: Teológica, 2004.
  27. 27. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Elson Pereira Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589
  28. 28. FAVOR DIVULGAR PARA SUA REDE SOCIAL

×