Recurso

343 views
245 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
343
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Recurso

  1. 1. VERA D’OREY SANTIAGO TÂNGER O L I V R O B RA N C O do CASAMENTO TUDO O QUE PRECISA SABER PA RA O R G A N I Z A R O S E U C A S A M E N T O E TORNÁ-LO INESQUECÍVEL O F E R TA AGENDA do meu CASAMENTO
  2. 2. Vera d'Orey Santiago Tânger O LIVRO BRANCO DO CASAMENTO Tudo o que precisa saber para organizar o seu casamento e torná-lo inesquecível
  3. 3. Vera d'Orey Santiago Tânger O LIVRO BRANCO DO CASAMENTO Tudo o que precisa saber para organizar o seu casamento e torná-lo inesquecível
  4. 4. Este livro foi escrito segundo o Novo Acordo Ortográfico de 1990 Título: O livro branco do casamento Copyright © Vera Tânger e Publicações Dom Quixote, 2012 Revisão: Eda Lyra Capa: Maria Manuel Lacerda Paginação: Vera Tânger Ilustrações: André Trindade 1. a edição: maio de 2012 ISBN: 9789895559565 Reservados todos os direitos Livros d’Hoje Publicações Dom Quixote Uma editora do Grupo Leya Rua Cidade de Córdova, n.o 2 www.livrosdhoje.pt www.leya.com
  5. 5. ÍNDICE 9 AGRADECIMENTOS 11 INTRODUÇÃO 13 O NOIVADO E O PEDIDO 17 GERIR O ORÇAMENTO 25 A IMPORTÂNCIA DA DATA 27 A IMPORTÂNCIA DO LOCAL DE RECEÇÃO 33 FAZER A LISTA DE CONVIDADOS 37 ESCOLHER AS EMENTAS E A EMPRESA DE CATERING 43 A ESCOLHA DO VESTIDO DE NOIVA 59 O NOIVO 63 AS MADRINHAS E OS PADRINHOS 65 PRESENTES PARA OS NOIVOS 69 A DECORAÇÃO 73 BELEZA A DOIS 75 MATERIAL IMPRESSO 87 OUTROS ASSUNTOS 99 DICAS PARA POUPAR 103 SENTAR OS CONVIDADOS 109 DESENROLAR DA CERIMÓNIA, PASSO A PASSO 119 SER CONVIDADO
  6. 6. AGRADECIMENTOS À minha editora, Maria João Costa, a grande entusiasta deste tema desde a primeira hora; um especial obrigada à Maria João Vieira, que sendo multidisciplinar pessoal e profissionalmente deu um contributo importante; ao António Ribeiro de Matos, decorador e organizador de eventos, pela forma engraçada como relatou algumas situações profissionais e à Luísa Monjardino, organizadora de casamentos e eventos na Quinta do Pé da Serra, em Sintra, pela forma simpática como me esclareceu, e, aos meus filhos, Maria e Pedro, que por se casarem este ano, foram os primeiros leitores.
  7. 7. INTRODUÇÃO Celebrado no mundo inteiro, o casamento é a festa de família mais antiga da história da humanidade e que tem sobrevivido através dos tempos. Celebrado civil ou religiosamente, é através do casamento que homem e mulher se unem e constituem família. Variando de cultura para cultura, de religião para religião, esta festa é celebrada com mais ou menos pompa, de acordo com as respetivas tradições, e pode durar até vários dias. Há países e culturas onde o casamento funciona como um contrato entre duas famílias e os nubentes são escolhidos e apenas se conhecem no dia do casamento. Outros há em que a oferta do dote é tema de grande importância, podendo atingir valores extraordinários. Entre nós, a festa do casamento tem-se adaptado aos tempos e modos de viver de hoje e, naturalmente, há algumas tradições que se perderam e outras que se ganharam. A idade dos noivos mudou, o namoro e o modo de vida antes do casamento também, e a organização e o pagamento da festa são cada vez mais controlados pelos noivos. Dentro do bom senso, da educação e sem ofender os convidados, «tudo» é permitido desde que bem feito.
  8. 8. 12 O livro branco do casamento | Vera d’Orey Santiago Tânger Para organizar um casamento necessita de: Ter dinheiro para pagar tudo. Aprender a controlar o stresse. Este livro-guia-manual é dirigido às noivas, que são, na maior parte dos casos, as organizadoras deste evento, e responde, passo a passo, de forma prática, às questões mais frequentes que surgem durante a preparação da festa do casamento, no seu formato mais habitual. A Agenda do meu casamento, prática e pequena, para andar sempre consigo, tem espaço para tomar notas e escrever as suas ideias, anotar os contactos dos fornecedores, um planificador de despesas para controlar o orçamento, listas de tarefas, questionários para os fornecedores e o calendário de execução.
  9. 9. O NOIVADO E O PEDIDO A paixão dá asas à imaginação, as ideias mais românticas surgem e o pedido de casamento acontece. De joelhos sobre um coração recheado de pétalas de rosa... … Depois de um jantar a dois, naquele restaurante em que juraram amor eterno... E o anel? Lindo!
  10. 10. 14 O livro branco do casamento | Vera d’Orey Santiago Tânger E agora, o que faço? A quem vou contar em primeiro lugar? À minha mãe ou à minha melhor amiga? E como vai ser a festa de casamento? E tantas coisas para tratar!!!! Surge um turbilhão de ideias e imagens e, depois da excitação, da alegria e da felicidade, o stresse instala-se.
  11. 11. O livro branco do casamento | Vera d’Orey Santiago Tânger O PEDIDO DE CASAMENTO Longe vai o tempo em que, em privado e formalmente, o futuro noivo pedia a mão da amada ao pai dela e, caso fosse aceite, oferecia à noiva um anel de noivado como sinal de comprometimento. Os tempos mudaram e o pedido de casamento atualmente é mais íntimo e mais ou menos romântico consoante o estilo de cada um. Nesse momento a dois e em privado, o noivo oferece o anel de noivado e a noiva coloca-o na mão esquerda e usa-o até ao dia do casamento. Este momento é mais tarde formalizado por um jantar que a mãe da noiva organiza e para o qual convida a família próxima do noivo. Hoje em dia, as casas são mais pequenas ou não oferecem as condições necessárias para a realização deste jantar, pelo que já é comum realizá-lo num restaurante e, caso os pais sejam divorciados ou haja constrangimentos de outra ordem, esta solução é mais cómoda para todos. Depois de estabelecida uma data, a dona da casa convida todas as pessoas da lista de convidados para o jantar de pedido de casamento da sua filha. Convém saber se alguém tem alguma restrição alimentar para que se possa preparar uma ementa tendo em conta isso e evitar problemas mais tarde. Se o jantar for realizado num restaurante, para comodidade dos presentes, escolhe-se previamente uma ementa com opção de peixe ou carne, vinho tinto e vinho branco e um prato para as crianças, se for o caso. Em muitos casos é neste jantar que as duas famílias se veem pela primeira vez e se conhecem de facto. O principal tema de conversa é, naturalmente, a realização do casamento e todos os assuntos inerentes, nomeadamente a data, o local, o número de convidados e a decisão do tipo de casamento – civil ou religioso. Os noivos gostam de falar sobre as ideias para a decoração ou tema escolhido e depressa 15
  12. 12. 16 O livro branco do casamento | Vera d’Orey Santiago Tânger surgem opiniões e conselhos de quem, com mais experiência, passou pelas mesmas emoções. Dada a situação de muitas famílias em que os pais são divorciados ou vivem separados, os noivos têm de escolher, de forma clara e inequívoca, quem desejam que os leve ao altar e quem desejam ter por perto durante a organização do casamento, assim como quem querem que se sente na sua mesa no dia do casamento. São temas delicados e a gestão destes assuntos familiares tem de ser feita com muito bom senso e muita diplomacia, a contento de todos e sem ferir suscetibilidades. A lista de convidados ; casamento for religioso);
  13. 13. GERIR O ORÇAMENTO Ainda não há muito tempo eram os pais da noiva que pagavam a boda, os pais do noivo compravam o recheio para a casa e a madrinha da noiva oferecia o vestido. Hoje não é necessariamente assim e todas as hipóteses são viáveis. Na maior parte dos casos os noivos casam-se mais tarde, têm emprego e são independentes financeiramente, alguns já vivem juntos e já há bastantes casos em que organização da festa de casamento. No entanto, todas as ajudas são bem-vindas e aproveitadas. «Gostava de chegar à igreja numa carruagem puxada por quatro cavalos brancos, vestida de seda branca com aplicações de pérolas prateadas. Depois da cerimónia, desfilo, bonita e segura, de braço dado com o meu marido, pelos jardins do palácio e saúdo os convidados. Os pajens vestidos como príncipes cobrem o chão de pétalas de rosa à nossa passagem.» «Adorava chegar de helicóptero ao estádio de futebol do... onde o meu noivo me espera para casar. As mesas para o jantar estão decoradas com orquídeas roxas e aos convidados será servido um jantar gourmet. No momento de cortar o bolo inicia-se um espetáculo de som e luz seguido de um concerto ao vivo de Mickael Carreira.»
  14. 14. 18 O livro branco do casamento | Vera d’Orey Santiago Tânger imaginação a trabalhar, será que tem meios para tudo isso? A primeira grande questão é saber de quanto dinheiro dispõe e, informal ou alternativo), escolher o local da receção, determinar o número de convidados possível, estabelecer um preço para o vestido de noiva e todos os outros pormenores sempre dentro do estabelecido. O casamento é, neste momento, a festa mais importante para si e para o seu noivo e é constrangedor ter de planear um evento tão importante com tantas limitações e condicionantes, mas tudo tem um preço. Mantenha os pés bem assentes na terra e seja realista! nem a solução correta. Despesas antes do casamento Convites, envelopes e selos; Roupas e acessórios para os noivos; Cabeleireiro/barbeiro e tratamentos de beleza; Alianças; Despedidas de solteiro; Documentação. Despesas com a cerimónia e receção Aluguer do local da receção; Catering; Bolo de noiva; Transporte; Fotógrafo; Flores e buquê;

×