Romantismo

1,386 views
1,288 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,386
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Romantismo

  1. 1. “ O caminho do mistério aponta para dentro.”
  2. 2. Última grande época da Europa <ul><li>Fins do século XVIII até meados do século XIX. </li></ul><ul><li>Compreende: poesia, filosofia, arte e ciência. </li></ul><ul><li>Começou na Alemanha: crítica ao iluminismo (culto à razão). </li></ul><ul><li>PALAVRAS CHAVE: Sentimento, imaginação, experiência e anseio. </li></ul><ul><li>Alguns pensadores do iluminismo tinham alertado para a importância do sentimento. </li></ul><ul><li>Rousseau critica os iluministas por enfatizarem apenas a razão. </li></ul>
  3. 3. KANT – influencia o romantismo <ul><li>Muitos românticos chegaram a se considerar sucessores de Kant, pois o mesmo havia dito que haviam limites para o que poderíamos saber e sobre a contribuição do nosso “eu” para o processo de aprendizagem. </li></ul><ul><li>ROMANTISMO: SUA interpretação da vida (pessoal). </li></ul><ul><li>Exemplo: BEETHOVEN: artista livre, ao contrário de Bach e Handel (barroco): que compunham obras em louvor a Deus. </li></ul>
  4. 4. Paralelo entre o renascimento e o romantismo: individualismo. <ul><li>Importância da arte no processo de conhecimento humano. </li></ul><ul><li>Influência de Kant – ESTÉTICA: trabalha o que acontece conosco quando nos deparamos com algo que é belo – ultrapassamos fronteiras da razão – o artista brinca com a capacidade de conhecimento. </li></ul><ul><li>Comparação com Deus – ato de criar. </li></ul>
  5. 5. Só a arte é capaz de aproximar do indizível... <ul><li>O artista cria sua própria realidade, assim como Deus criou o mundo. </li></ul><ul><li>Não há fronteiras entre o sonho e a realidade. </li></ul><ul><li>NOVALIS: “O mundo se transforma em sonho e o sonho em realidade.” </li></ul><ul><li>Valorização da Idade Média, de culturas distantes, do sobrenatural, do “lado oculto da vida.” </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Fenômeno urbano; românticos são jovens, normalmente, estudantes. </li></ul><ul><li>Chamam de “filisteus” os inimigos: burgueses, polícia, locatária dos quartos em que moram. </li></ul><ul><li>Contudo, ao envelhecerem deixam de ser românticos e tornam-se burgueses conservadores. </li></ul>
  7. 7. Os sofrimentos do jovem Werther – 1774 – Goethe. <ul><li>Wherter suicida-se por não possuir quem ama => por onde o livro circulou houve ondas de suicídio. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Sentimento de amor pela natureza => “de volta à natureza” (Contrário ao urbano) </li></ul><ul><li>Natureza = alma do mundo, espírito do mundo. </li></ul><ul><li>Espírito da natureza e consciência humana: expressão única da mesma coisa. </li></ul><ul><li>O homem traz o universo dentro de si. </li></ul>

×