Arte renascentista

22,910 views

Published on

0 Comments
25 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
22,910
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
39
Actions
Shares
0
Downloads
1,103
Comments
0
Likes
25
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Arte renascentista

  1. 1. ARTE RENASCENTISTA Capella dos Pazzi, Florença 1421 David, Miguel Ângelo (1504) La Gioconda, Leonardo da Vinci (1505)
  2. 2. ARQUITECTURA RENASCENTISTA <ul><li>“ QUATTROCEN TO” - SÉCULO XV - FLORENÇA </li></ul>Cidade das Artes - graças à acção dos Médicis (mecenas). Afluíram arquitectos, escultores e pintores ilustres vindos de toda a Itália
  3. 3. ARQUITECTURA RENASCENTISTA <ul><li>CINQUECENTO –SÉCULO XVI –ROMA E VENEZA </li></ul><ul><li>Superou Florença em grandiosidade artística (principalmente Roma). </li></ul><ul><li>• Mecenato exercido pelos papas Júlio II e Leão X. </li></ul>Basílica de S. Pedro, em Roma Cidade de Veneza
  4. 4. ARQUITECTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Recurso a elementos clássicos (Classicismo): ordens arquitectónicas (colunas), frontões triangulares, arcos de volta perfeita, abóbadas e cúpulas. </li></ul>Cúpula Arcos de volta perfeita Frontão triangular Coluna clássica
  5. 5. Basílica de São Pedro, Roma Cúpula Frontão triangular Coluna com capitel clássico Arcos de volta perfeita
  6. 6. Cúpula da Basílica de São Pedro (interior), Vaticano Abóbada de berço
  7. 7. ARQUITECTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Predomínio das linhas horizontais – horizontalidade ( em oposição às linhas verticais – verticalidade – típicas do gótico). </li></ul>Palácio Médici-Ricardi , Florença Catedral de Notre-Dame (estilo gótico)
  8. 8. ARQUITECTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Racionalidade; </li></ul>Igreja do Espírito Santo (interior), Florença (Brunelleschi) Ponto de fuga <ul><li>Preocupação pelo equilíbrio geométrico </li></ul><ul><li>Simetria na distribuição dos volumes </li></ul>
  9. 9. ARQUITECTURA RENASCENTISTA <ul><li>Alguns arquitectos e as suas obras… </li></ul>Brunelleschi Autor da cúpula da Catedral de Santa Maria das Flores, Florença
  10. 10. ARQUITECTURA RENASCENTISTA Donato Bramante Responsável pelo projecto da Basílica de S. Pedro em Roma
  11. 11. ARQUITECTURA RENASCENTISTA Responsável pela construção da cúpula da Basílica de S. Pedro em Roma
  12. 12. ESCULTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Escultura separada da arquitectura (torna-se uma arte independente). </li></ul>David Bronze(158cm) Donatello Escultura medieval
  13. 13. ESCULTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Realismo (representação fiel da realidade); </li></ul><ul><li>Representação do nu; </li></ul><ul><li>Expressividade (expressão sentimentos - </li></ul><ul><li>alegria, tristeza, dor…) </li></ul>David , 1501-1504 Mármore (434cm) Miguel Ângelo
  14. 14. ESCULTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Retorno do gosto pelas estátuas equestres (típico do período romano). </li></ul>Donatello, Estátua Equestre
  15. 15. ESCULTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Racionalismo - organização geométrica das composições </li></ul>Piéta, de Miguel Ângelo Composição em pirâmide – para manter o esquema triangular das personagens, o artista alterou deliberadamente as suas proporções, tornando Cristo menor do que a Virgem.
  16. 16. ESCULTURA RENASCENTISTA <ul><li>Alguns escultores e as suas obras… </li></ul>David , 1501-1504 Mármore (434cm) Piéta (1499)
  17. 17. ESCULTURA RENASCENTISTA Donatello Estátua Equestre David Bronze(158cm
  18. 18. ESCULTURA RENASCENTISTA Andrea del Verrochio David
  19. 19. PINTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Técnica de pintura a óleo que permitiu obter cores mais brilhantes e duradouras; </li></ul><ul><li>Uso da tela (na Idade Média usava-se como suporte da pintura a madeira); </li></ul><ul><li>Aplicação da técnica do “sfumato” – através da gradação das cores e dos efeitos de luz sombra, permite representar com maior rigor o que estava mais próximo, envolvendo numa espécie de névoa as figuras mais afastadas; </li></ul>Mona Lisa –Leonardo da Vinci
  20. 20. PINTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Noção de perspectiva ( o que cria a noção de profundidade e de espessura dos objectos representados); </li></ul>Escola de Atenas - Rafael
  21. 21. PINTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Composição em pirâmide ; </li></ul>Madonna no Prado - Rafael
  22. 22. PINTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Naturalismo (inspiração à Natureza); </li></ul>A Primavera - Botticelli
  23. 23. PINTURA RENASCENTISTA <ul><li>Características </li></ul><ul><li>Retrato </li></ul>Retrato de Federico Montefeltro Retrato dum músico, Leonardo da Vinci
  24. 24. PINTURA RENASCENTISTA <ul><li>Alguns pintores e as suas obras… </li></ul>Leonardo da Vinci Mona Lisa (Gioconda) Última Ceia
  25. 25. PINTURA RENASCENTISTA Sandro Botticelli Nascimento de Vénus
  26. 26. PINTURA RENASCENTISTA Jan Van Eyck O matrimónio de Arnolfini
  27. 27. Em Portugal… A Persistência do Gótico
  28. 28. <ul><li>Ao contrário do que sucedeu na maior parte dos países europeus, a arquitectura gótica marcou presença em Portugal até meados do século XVI – continuaram-se a usar elementos arquitectónicos góticos, tais como, arcos quebrados, arcobotantes, abóbadas sobre cruzamento em ogiva. </li></ul>Arco quebrado ou em ogiva
  29. 29. Arcobotantes
  30. 30. Abóbadas sobre cruzamento em ogivas
  31. 31. Arco quebrado ou em ogiva Arcobotantes Mosteiro dos Jerónimos
  32. 32. Abóbadas sobre cruzamento em ogivas Interior do Mosteiro dos Jerónimos
  33. 33. Arte Manuelina <ul><li>Embora a estrutura dos edifícios se tenha mantido gótica, a sua decoração passou a orientar-se segundo a arte Manuelina. </li></ul><ul><li>Decoração naturalista inspirada no mundo vegetal: </li></ul><ul><ul><ul><li>- Troncos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Folhas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Raízes </li></ul></ul></ul><ul><li>Inspirada nas actividades marítimas </li></ul><ul><ul><ul><li>- Cordas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Bóias </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Redes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Âncoras </li></ul></ul></ul><ul><li>Símbolos nacionais </li></ul><ul><ul><ul><li>- Cruz de Cristo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Esfera Armilar </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>- Escudo Real </li></ul></ul></ul>Janela manuelina do Convento de Cristo
  34. 34. Edifícios com decoração Manuelina Torre de Belém
  35. 36. Mosteiro dos Jerónimos
  36. 37. Foi durante o reinado de D. João III, no século XVI, que o estilo renascentista entrou definitivamente em Portugal. Contudo, a arte Renascentista nunca atingiu no nosso país dimensão equivalente à do resto da Europa. Na arquitectura temos… Claustros do Convento de Cristo
  37. 38. Igreja da Graça, Évora
  38. 39. Na pintura… <ul><li>Ao contrário do que sucedeu com a arquitectura, a pintura renascentista chegou ao nosso país ainda no século XV e foi influenciada sobretudo pela escola flamenga. </li></ul>Painéis de S. Vicente de Fora, Nuno Gonçalves Retrata de forma admirável a nova sociedade portuguesa saída da revolução de 1383-1385.
  39. 40. Vasco Fernandes (Viseu, ~1475 — ~1542), mais conhecido por Grão Vasco , é considerado o principal nome da pintura portuguesa quinhentista. Nasceu provavelmente em Viseu e exerceu sua actividade artística no Norte de Portugal na primeira metade do século XVI. Detalhe do São Pedro pintado por Vasco Fernandes para a Sé de Viseu, hoje no Museu Grão Vasco em Viseu

×