Palestra sobre Gestão de Escritórios Contábeis no CRC-RJ
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,018
On Slideshare
2,018
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
14
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Gestão do escritório Contábil Renata Motta
  • 2. Renata Motta
  • 3. O mercadoHoje,sabemos que toda empresa precisa se dedicarao seu negócio principal.A cada dia as empresas descobrem tarefas quepodem e devem terceirizar, visando a produtividade.Sabemos, que só a eficiência vence.Só a competência permanece. Renata Motta
  • 4. A empresa de serviços - CaracterísticasA principal característica da empresa de serviços é queela presta serviços contínuos e diários para diversosclientes, dos mais variados ramos da economia, emlocais diferentes.O serviço feito no dia anterior, precisa ser feitonovamente hoje, atraente, novinho em folha, cheio dequalidade.A empresa de serviços sofre cada vez mais a pressãodo cliente, que exige mais qualidade e preço baixo,como se esses dois fatores não fossem antagônicos. Renata Motta
  • 5. A empresa de serviços – NecessidadesCapacidade operacionalCompetência e QualidadePreocupação constante com a satisfação do clienteAdministração de custos e resultadosResultado por contratoFerramentas de gestão Renata Motta
  • 6. Empresário ou Dono de escritório?É possível ser os dois?O que ambos precisam ter?A contabilidade dever ser umparceiro estratégico docliente. Renata Motta
  • 7. Empresário ou Dono de escritório? Renata Motta
  • 8. Excelência Especialidade Qualidade Primazia Renata Motta
  • 9. Gestão do escritórioGestão do Gestão de cliente vendas Renata Motta
  • 10. TríadeTecnologia Pessoas Qualidade Renata Motta
  • 11. Pessoas ?ClientesEquipeFornecedores e parceiros Renata Motta
  • 12. TreinamentoComunicação Conhecimento do serviço Renata Motta
  • 13. Poder Saber QuererRealizar minhas tarefas Renata Motta
  • 14. Administração Recursos Humanos Renata Motta
  • 15. Qualidade? Processos Treinamento Foco no clienteRenata Motta
  • 16. Entender o cliente e suas necessidades Renata Motta
  • 17. Um dos maiores erros quecometemos é tratar os clientes como se fossem todos iguais! Renata Motta
  • 18. Zelar QualidadePrever Renata Motta
  • 19. Tecnologia ?SistemasCRMBackup Renata Motta
  • 20. O que não pode faltar na minha empresa?Controle de processos,CRM, sistemas internos de boa qualidade esegurança das informações.Como escolher uma boa empresa?Não olhar superficialmente o sistema.Se atende o máximo possível a sua empresa.Se tem uma interface de comunicação com outros sistemas que você játenha. Como CRM ou sistema de análise de declarações.Se tem um bom suporte.Se tem uma estrutura de atualização do software eficiente.Se atende todas as obrigações legais. Renata Motta
  • 21. Se eu não entendo nada de tecnologia?Contratar uma pessoa de TI não é a melhor solução. Pois se não temosconhecimento e ele escolher uma solução ruim, como vamos questionar?A solução ruim vai ser implantada.O ideal é contratar uma consultoria na área de TI para dar um norte e sedepois houver a necessidade de contratar alguém a própria empresa deconsultoria pode ajudar nesta busca.Hoje, existem soluções e empresas que tem um custo bem razoável.Quais são as novidades?Só tem novidade. E nos próximos anos vão ter mais novidades ainda.A contabilidade está passando da estrutura manual para a estruturadigital.O futuro é ter toda a movimentação do escritório digital.Todo relacionamento da empresa contábil com o fisco vai ser digital. Renata Motta
  • 22. Renata Motta
  • 23. Renata Motta
  • 24. Energia Trabalho Sucesso Renata Motta
  • 25. Renata Motta
  • 26. A VacaUm velho mestre resolveu visitar, na companhia de um discípulo, a mais pobredas aldeias da região. Ele dirigiu-se ao casebre mais miserável.Mestre e discípulo se viram em uma casa de pouco mais de seis metrosquadrados, onde moravam pai, mãe, quatro filhos e dois avós. Apesar damiséria, a família contava com um único bem, extraordinário diante dascircunstâncias: uma vaca muito magra, cujo pouco leite mal dava paraalimentar a todos.O pai, um homem pobre e hospitaleiro, convidou o mestre e o discípulo apassar a noite com eles. No dia seguinte, bem cedo, cercando-se de cuidadospara não acordar as pessoas, o mestre disse em voz baixa as discípulo:-Está na hora da lição. O mestre diante do olhar atônito do jovem, puxou umaadaga e degolou a vaca.- Que lição posso tirar de uma família que não tem nada? – perguntou o rapaz.- Vamos voltar para casa – foi a única resposta do mestre. Renata Motta
  • 27. No ano seguinte, mestre e discípulo voltaram a aldeia para ver o que tinhaacontecido com a família. Mas no lugar do velho casebre, encontraram umacasa grande e luxuosa.Os dois viram o pai saindo de casa. Bem vestido. Tinha um ar orgulhoso eestava com alguns quilos a mais. O homem não suspeitava do mestre comoresponsável pela morte da vaca, contou que no dia da partida deles alguminvejoso havia degolado o animal.-A vaca era nosso sustento. As pessoas nos respeitavam porque tínhamos umpouco de leite. Quando vimos a vaca morta soubemos que estávamos emdificuldade e que era preciso reagir. Foi o que fizemos.Limpamos o quintal da casa, conseguimos algumas sementes e plantamosbatatas e legumes. Percebemos que a horta produzia mais que o necessário ecomeçamos a vender. Com o dinheiro compramos mais sementes e hojearrematei a casa da frente para plantar mais batatas e hortaliças e ... Renata Motta
  • 28. Enquanto o orgulhoso homem continuava falando, o discípulo se deu conta deque durante todo aquele tempo a vaca não havia sido apenas o único bemdaquela família. Na verdade era também a corrente que mantinha as pessoaspresas a uma vida de conformismo e mediocridade.-Todo mundo tem uma desculpa, uma barreira para não alcançar o sucesso.- Afinal é mais fácil aceitar um fracasso relativo do que se arriscar para alcançarum sucesso absoluto.- A pessoas que estão no topo se arriscaram por um caminho nunca antespercorrido.- O maior inimigo do sucesso é o conformismo. Renata Motta
  • 29. Faça diferente Renata Motta
  • 30. Faça a diferença Renata Motta
  • 31. Obrigada! Renata Motta