Your SlideShare is downloading. ×
Roteiro DIPJContábil GoldO acesso ao módulo DIPJ, deve ser feito através do menu Obrigações Federais >> DIPJ 2013 –Declara...
Mesmo assim, no caso de o campo acima não ser preenchido, o Contábil Gold ainda lhe daráa oportunidade de, ao acessar a te...
No box Ano-Calendário, na parte superior esquerda da tela acima, o próprio sistema habilitará aseleção do Exercício, de ac...
Preenchimento das Fichas F02 (Dados Cadastrais) e F03 (Dados do Representante e doResponsável)Concluída a etapa inicial de...
necessários, como o Código da Natureza Jurídica e o Código da Atividade Econômica (CNAE-Fiscal)Nesta ficha (F03), os Dados...
Imune IRPJLucro RealVejamos agora como preencher/classificar as fichas que contêm valoresPara lançar os valores dos impost...
composição dos valores caso a caso.Cabe ressaltar que as opções abaixo, dependerão de qual o tipo de apuração do IRPJ e da...
Para Trimestral, são:Sem fórmula: Desabilita os campos Mês e Conta para que o usuário digite o valormanualmente.Saldo do T...
Exportação do Arquivo TXTApós o preenchimento, basta gerar o arquivo através do menu Obrigações Federais >> DIPJ 2013 –Dec...
Após configurar as opções, basta clicar em “Gravar” e aguardar a mensagem de que o arquivo foigerado com sucesso.Declaraçã...
Após finalizar o processo de retificação, para gerar a Declaração Retificadora, basta acessar o menuabaixo e proceder da m...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

DIPJ 2013

4,278

Published on

Preparamos um roteiro da DIPJ 2013 em nosso sistema!

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,278
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "DIPJ 2013"

  1. 1. Roteiro DIPJContábil GoldO acesso ao módulo DIPJ, deve ser feito através do menu Obrigações Federais >> DIPJ 2013 –Declaração de Informações Econômico-Fiscais de Pessoa Jurídica.Para iniciar o preenchimento e classificação de contas para a DIPJ, no menu abaixo, acesse aopção Declaração Normal.A DIPJ é dividida em Fichas, em 3 Etapas:- Cadastro da DIPJ (Dados Iniciais - F01).- Preenchimento das Fichas Iniciais (Dados Cadastrais e Dados do Representante – F02 eF03).- Preenchimento das Fichas de Apuração dos Impostos (IRPJ, CSSL, IPI, etc - F04 a F60).A Ficha F01 é requisito chave para a importação no programa DIPJ. Qualquer inconsistêncianesta ficha, invalidará o arquivo.Cadastro da DIPJ (Dados Iniciais – F01)Caso ainda não esteja preenchida, será aberta a tela de Cadastro da DIPJ, onde deverão serinformadas características da empresa e da forma de tributação em que ela se enquadra.Por isso, é fundamental que no cadastro da empresa, na aba Outros Dados, o campo“Tributação” esteja preenchido corretamente. É baseado nesta informação que o sistemasaberá definir o que deve ou não ser preenchido, bem como as opções de QualificaçãoJurídica que estarão disponíveis nesta ficha e que variam de acordo com a forma deTributação do Lucro da empresa.
  2. 2. Mesmo assim, no caso de o campo acima não ser preenchido, o Contábil Gold ainda lhe daráa oportunidade de, ao acessar a tela de Cadastro da DIPJ, informar, no menu à esquerda, aTributação do Lucro.No entanto, se no cadastro da empresa, o preenchimento do campo “Tributação” estiver feito,ao acessar a tela de cadastro da DIPJ, a Tributação do Lucro estará definida e não serápossível alterá-la nesta tela; a alteração deverá ser feita no cadastro da empresa, conformeantes citado.Cabe ressaltar que se a empresa estiver configurada no Contábil com a forma de tributaçãoSimples Nacional, a geração da DIPJ 2013 não estará habilitada no Menu.
  3. 3. No box Ano-Calendário, na parte superior esquerda da tela acima, o próprio sistema habilitará aseleção do Exercício, de acordo com o Exercício que estiver selecionado no sistema. Para aDeclaração Normal, o Ano Base 2012 deve estar indicado.No entanto, caso em 2013 sua empresa se enquadre em alguma situação especial, no exercício de2013, deverá ser selecionado no ano Sub-sequente ou corrente (2013), qual a situação especial quesua empresa se enquadra. Cabe lembrar que a geração desta DIPJ de situação especial nãodesobriga a geração da DIPJ 2012.Dentre as opções possíveis estão:− Extinção− Fusão− Incorporação / Incorporada− Incorporação / Incorporadora− Cisão Total− Cisão ParcialSeguindo o tramite normal, ou seja gerando a DIPJ de 2012, o próximo passo é preencher ascaracterísticas da empresa. Deve ser informada a qualificação da empresa, a forma de Apuração dosImpostos IRPJ e CSLL, bem como as demais características econômico-fiscais em que a empresa seenquadra, antes de o botão GRAVAR ser pressionado. Após a gravação ser feita, o sistema jádisponibilizará conforme a segunda imagem abaixo, a possibilidade de preenchimento das fichassubsequentes.
  4. 4. Preenchimento das Fichas F02 (Dados Cadastrais) e F03 (Dados do Representante e doResponsável)Concluída a etapa inicial de cadastro dos Dados iniciais da DIPJ, passamos à etapa seguinte, quecorresponde aos dados cadastrais da empresa, representante, e responsável pelas informaçõesdeclaradas. Grande parte destas informações cadastrais já virão preenchidas de acordo com o queestiver informado no próprio cadastro da empresa. No entanto, alguns dados ainda serão
  5. 5. necessários, como o Código da Natureza Jurídica e o Código da Atividade Econômica (CNAE-Fiscal)Nesta ficha (F03), os Dados do Representante da Pessoa Jurídica, serão preenchidos com asinformações do Primeiro Sócio que estiver cadastrado em Cadastro / Sócios.Já os dados do Responsável pelo Preenchimento, o sistema busca no Cadastro do Contador queestiver vinculado à empresa, na aba Outros Dados, do cadastro da EmpresaPreenchimento das Fichas de Apuração dos Impostos (IRPJ, CSSL, IPI, etc - F04 a F60).Passaremos agora ao preenchimento e classificação das contas, para que os valores jácontabilizados no sistema, através dos lançamentos, possam ser aproveitados e exportados para oprograma gerador da DIPJ2013. Dependendo da Forma de Tributação do Lucro selecionada, asfichas podem variar, sendo exibidas/omitidas. Veja as figuras de exemplo abaixo:
  6. 6. Imune IRPJLucro RealVejamos agora como preencher/classificar as fichas que contêm valoresPara lançar os valores dos impostos, em cada Discriminação desejada, clique duas vezes no campodo Valor “0,00” em preto na coluna Total, ou pressione a tecla <ENTER> quando o campo estiverfocado. Será aberta a janela conforme a imagem acima, para que o usuário escolha qual será a
  7. 7. composição dos valores caso a caso.Cabe ressaltar que as opções abaixo, dependerão de qual o tipo de apuração do IRPJ e da CSLL, foidefinido na Ficha F01: Anual / Trimestral.Para Anual, são:Sem fórmula: Desabilita os campos Mês e Conta para que o usuário digite o valormanualmente.Saldo até o Mês: Busca o saldo acumulado da Conta informada nesta tela, desde o início doexercício até o Mês definido em seu respectivo campo.Saldo do Mês: Busca somente o Saldo da Conta e do mês informados na tela. Não serãoconsiderados os meses anteriores.Total de Crédito até o mês: Busca o Total de Créditos acumulados da Conta informada natela, desde o início do exercício até o Mês definido em seu respectivo campo.Total de Crédito do mês: Busca o Valor do Crédito da Conta e do Mês informados a tela.Total de Débito até o mês: Busca o Total de Débitos acumulados da Conta informada a tela,desde o início do exercício até o Mês definido em seu respectivo campo.Total de Débito do mês: Busca o Valor do Débito da Conta e do Mês informados a tela.
  8. 8. Para Trimestral, são:Sem fórmula: Desabilita os campos Mês e Conta para que o usuário digite o valormanualmente.Saldo do Trimestre: O sistema buscará o saldo do trimestre e da Conta informados nestatela. Não considera o Saldo Anterior.Total de Crédito do Trimestre: O sistema buscará o Total de Crédito do Trimestre e daConta informados nesta tela. Não considera o Saldo Anterior.Total de Débito do Trimestre: O sistema buscará o Total de Débitos do Trimestre e daConta informados nesta tela. Não considera o Saldo Anterior.PS: Em todas as fichas, no grid de exibição dos campos, os valores em preto correspondem avalores que devem ser digitados e/ou classificados, e os valores em azul são campos totalizadores.
  9. 9. Exportação do Arquivo TXTApós o preenchimento, basta gerar o arquivo através do menu Obrigações Federais >> DIPJ 2013 –Declaração de Informações Econômico-Fiscais de Pessoa Jurídica. >> Exportação >> DeclaraçãoNormal.O sistema fará uma validação prévia e gravará o arquivo DIPJ2013.txt no local indicado (comopadrão, ...SistemasArqDiscoCodido_da_Empresa).Na tela de exportação da DIPJ no Contábil, existe uma opção para integrar o arquivo (DIPJ) geradopelo programa Scritta Gold, onde os clientes que também tiverem este nosso programa, poderão sebeneficiar.Para fazer a integração dos arquivos, basta selecionar a opção "Incluir arquivo do Scritta" e, emseguida, informar o local onde o arquivo antes gerado pelo Scritta se encontra. Para indicar o local,basta clicar no botão existente no final da linha do campo, abaixo da opção “Sobrepor Registros:R01, R02, R03 e R057”.Ocorre que como o Scritta e o Contábil geram registros em comum, exemplo: R01, R02, R03 e R57,foi colocada uma opção “Sobrepor Registros: R01, R02, R03 e R057” para o cliente dizer se vaiconsiderar os registros em comuns do Contábil ou do Scritta. Com esta opção marcada, estesregistros em comum, considerarão somente os que foram gerados pelo Scritta.
  10. 10. Após configurar as opções, basta clicar em “Gravar” e aguardar a mensagem de que o arquivo foigerado com sucesso.Declaração RetificadoraPode ser acessada através do menu abaixo:Quando selecionada, abrirá a DIPJ desde a ficha F01, permitindo assim que qualquer parte da DIPJseja retificada. É importante ressaltar que neste momento, o sistema irá habilitar o campo obrigatório“Nº do Recibo da DIPJ a ser Retificada”, conforme abaixo:
  11. 11. Após finalizar o processo de retificação, para gerar a Declaração Retificadora, basta acessar o menuabaixo e proceder da mesma forma já explicada no item Exportação do Arquivo TXT:RefazerCaso, durante o preenchimento, seja percebido que a declaração está errada. É possível que amesma seja refeita. Para tanto, acesse o menu Obrigações Federais >> DIPJ 2013 – Declaração deInformações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica >> Refazer.A partir daí, pode-se escolher o que deseja refazer: somente as Fichas Cadastrais ou toda aDeclaração. Esta possibilidade vale tanto para a Declaração Normal quanto para a Retificadora.Cabe ressaltar que esta operação, apagará todos os dados já informados.

×