Your SlideShare is downloading. ×
Unificação alemã
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Unificação alemã

743
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
743
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
28
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Unificação Alemã
  • 2. Congresso de Viena
    • Com o Congresso de Viena (1815), a região onde é o atual território da Alemanha foi dividida em 38 Estados independentes. Entre todos eles, Áustria e Prússia eram as nações mais poderosas e tinham posições divergentes. Enquanto a Áustria era um país predominantemente agrícola e não via com bons olhos a idéia da unificação alemã, a Prússia acreditava que desta forma era possível proporcionar um grande desenvolvimento à região.
  • 3. Conflito
    • Em 1862, o rei da Prússia nomeou Otto Von Bismark como primeiro-ministro, o que foi fundamental para a unificação alemã. Von Bismark era extremamente nacionalista e via o uso da força militar como principal alternativa em qualquer conflito.
  • 4. Unificação
    • Em 1866, o primeiro-ministro provocou um conflito com a Áustria e saiu vencedor. Essa vitória foi de suma importância naquele contexto, uma vez que reduziu a grande influência política dos austríacos, abrindo o caminho para a criação da Confederação Germânica dos Estados do Norte. Mesmo com a unificação do Norte, os Estados do sul se mantiveram neutros, ea estratégia do primeiro-ministro era a de provocar uma grande guerra e despertar o espírito nacionalista em todos os alemães.
    • A França foi o alvo, já que era declaradamente contra tal unificação. Em 1º de Setembro de 1870, a França foi derrotada, tendo sido obrigada posteriormente a pagar uma multa muito grande para os padrões da época, além de ceder a região da Alsácia-Lorena. Após todos estes conflitos, o império alemão finalmente se unificou e começou a viver um período de grande desenvolvimento econômico e industrial.