0
Grécia
Localização Limita-se ao norte com a República da Macedônia, com a Bulgária, e com a Albânia, a leste com a Turquia, quer ...
Grécia <ul><li>A civilização grega surgiu por volta de 2000 a. C. Formou-se após a migração de tribos nômades de origem in...
cidades-Estado <ul><li>   A Grécia antiga não era um país, mas uma série de cidades-estado autogovernadas. </li></ul><ul>...
cidades-Estado <ul><li>Sociedade Espartana </li></ul><ul><li>A  sociedade era estamental e estava composta da seguinte for...
cidades-Estado <ul><li>Educação Espartana </li></ul><ul><li>O princípio da educação espartana era formar bons soldados par...
cidades-Estado <ul><li>Política Espartana </li></ul><ul><li>Apelá (Assembleia do povo):  reunião mensal de todos os cidadã...
Atenas <ul><li>“ Em Atenas, todos os cidadãos tinham direitos políticos, mas nem todos habitantes eram cidadãos”.   </li><...
Atenas
Educação Ateniense <ul><li>Por volta dos sete anos de idade, o menino ateniense era orientado por um pedagogo. Na escola, ...
leis  <ul><li>O governo dos nobres era opressor e indiferente à sorte do povo. Com o tempo, formou-se uma nova classe soci...
Atenas <ul><li>Em 594 a.C., os atenienses elegeram para o Arcontado* um dos &quot;sete sábios da Grécia&quot;, Sólon, home...
tirania <ul><li>As reformas de Sólon originaram descontentamento: os eupátridas se viram prejudicados e o povo achou que d...
Definições <ul><li>  Tirania </li></ul><ul><li>   é uma forma de governo usada em situações excepcionais na Grécia em alt...
Definições <ul><li>Aristocracia </li></ul><ul><li>   significa, literalmente,  poder dos melhores , dos sábios, Família n...
Definições <ul><li>Democracia </li></ul><ul><li>   é um regime de governo onde o poder de tomar importantes decisões polí...
Clístenes  (Pai da democracia) <ul><li>Coube, a Clístenes, homem de origem aristocrática, mas de tendências populares a se...
Democracia em atenas  <ul><li>Igualdade perante a lei; </li></ul><ul><li>Meritocracia; </li></ul><ul><li>“ Democracia Dire...
Guerras médicas (492-479 a.c.) <ul><li>Persas = Medas </li></ul><ul><li>Motivo    expansão grega na ilhas do mar Egeu e n...
Guerras do peloponeso <ul><li>Liga de Delos (Atenas) x Liga do Peloponeso (Esparta) </li></ul><ul><li>Riqueza x Exércitos ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Grecia Antiga

6,018

Published on

Material de apoio para aulas...

Published in: Education
0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,018
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
214
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Grecia Antiga"

  1. 1. Grécia
  2. 2. Localização Limita-se ao norte com a República da Macedônia, com a Bulgária, e com a Albânia, a leste com a Turquia, quer em fronteira terrestre, quer com fronteira marítima no mar Egeu, a sul com o mar Mediterrâneo e a oeste com o mar Jônico, através do qual tem ligação a Itália.
  3. 3. Grécia <ul><li>A civilização grega surgiu por volta de 2000 a. C. Formou-se após a migração de tribos nômades de origem indo-européia, como, por exemplo, aqueus, jônios, eólios e dórios. As pólis (cidades-estado), forma que caracteriza a vida política dos gregos, surgiram por volta do século VIII a.C. As duas pólis mais importantes da Grécia foram: Esparta e Atenas. </li></ul>
  4. 4. cidades-Estado <ul><li> A Grécia antiga não era um país, mas uma série de cidades-estado autogovernadas. </li></ul><ul><li> Surgem a partir do estabelecimento de famílias reunidas em torno do seu chefe. </li></ul><ul><li> Conj. de famílias com ancestral comum  Genos </li></ul><ul><li> Ao conj. de clãs se dava o nome de Fratria </li></ul><ul><li> Nos casos de guerra, as Fratrias se reuniam formando uma tribo, cujo nome é Filo </li></ul><ul><li> O chefe do filo denominava-se Filobasileu </li></ul><ul><li> À formação de uma cidade fortificada localizada no alto, deu-se o nome de Acrópole. </li></ul><ul><li> Ao crescimento das famílias em torno da Acrópole deu-se o nome de Demos e ao seu conjunto de Pólis </li></ul><ul><li> A Pólis se tornou a principal unidade político-administrativa da Grécia Antiga. </li></ul>
  5. 5. cidades-Estado <ul><li>Sociedade Espartana </li></ul><ul><li>A sociedade era estamental e estava composta da seguinte forma: Esparciatas : eram os cidadãos de Esparta. Filhos de mães e pais espartanos, haviam recebido a educação espartana. Esta camada social era composta por políticos, integrantes do exército e ricos proprietários de terras. Apenas eles tinham direitos políticos. </li></ul><ul><li>Periecos : eram pequenos comerciantes e artesãos. Moravam na periferia da cidade e não possuíam direitos políticos. Não recebiam educação, porém tinham que combater no exército, quando convocados. Eram obrigados a pagar impostos. </li></ul><ul><li>Hilotas : eram servos. Pagavam pelo uso da terra. Não tinham direitos políticos e, segundo as leis espartanas podiam ser alvos de humilhações, maltratos e massacres. Chegaram a organizar várias revoltas sociais em Esparta, combatidas com extrema violência pelo exército. </li></ul>
  6. 6. cidades-Estado <ul><li>Educação Espartana </li></ul><ul><li>O princípio da educação espartana era formar bons soldados para abastecer o exército da polis. </li></ul><ul><li>Ao nascer era apresentado a um representante do Estado para verificação da condição física do recém-nascido. Se reprovado, era abandonado a morte. </li></ul><ul><li>Muito exercício, muita luta entre as crianças e pouca roupa mesmo no inverno para que aprendessem a suportar as mudanças climáticas. </li></ul><ul><li>Pouca alimentação. Assim, com autorização do Estado, poderiam furtar comida para complementar sua dieta diária, mas se fosse pego era punido. </li></ul><ul><li>Leitura e escrita era minimamente ensinada. </li></ul><ul><li>Aos 30 anos entravam para política e só aos 60 encerravam sua vida militar. </li></ul><ul><li>Para as mulheres, o mesmo padrão de vida, mas com o objetivo de as tornarem forte fisicamente para dar a luz a filhos fortes e sadios completando o ciclo. </li></ul>
  7. 7. cidades-Estado <ul><li>Política Espartana </li></ul><ul><li>Apelá (Assembleia do povo): reunião mensal de todos os cidadãos com 30 anos completos. Escolhem os éforos e anciãos. </li></ul><ul><li>Reis: a cidade era governada por dois reis que possuíam funções militares e religiosas. Tinham vários privilégios. </li></ul><ul><li>Gerúsia: formada por vinte e oito gerontes (cidadãos com mais de 60 anos) e os dois reis. Elaboram as leis da cidade que eram votadas pela Assembléia.  </li></ul><ul><li>Éforos: formado por cinco cidadãos, tinham diversos poderes administrativos, militares, judiciais e políticos. Atuavam na política como se fossem verdadeiros chefes de governo. </li></ul>
  8. 8. Atenas <ul><li>“ Em Atenas, todos os cidadãos tinham direitos políticos, mas nem todos habitantes eram cidadãos”.   </li></ul>
  9. 9. Atenas
  10. 10. Educação Ateniense <ul><li>Por volta dos sete anos de idade, o menino ateniense era orientado por um pedagogo. Na escola, os jovens estudavam música, artes plásticas, Filosofia, etc. As atividades físicas também faziam parte da vida escolar, pois os atenienses consideravam de grande importância a manutenção da saúde corporal.  </li></ul><ul><li>As meninas de Atenas não freqüentavam escolas, pois ficavam aos cuidados da mãe até o casamento. </li></ul>
  11. 11. leis <ul><li>O governo dos nobres era opressor e indiferente à sorte do povo. Com o tempo, formou-se uma nova classe social: a dos comerciantes que desejavam participar dos atos de governo. Uniram-se, por isso, aos demais e deram começo a uma série de lutas, visando a melhores condições de vida de toda a população. </li></ul><ul><li>No século VII a.C., surgiram as primeiras leis escritas, atribuídas a Drácon e que se tornaram famosas pela severidade e rigor. era um passo à frente na conquista dos direitos humanos, embora a maior parte das coisas se mantivessem praticamente no mesmo estado anterior.  </li></ul>
  12. 12. Atenas <ul><li>Em 594 a.C., os atenienses elegeram para o Arcontado* um dos &quot;sete sábios da Grécia&quot;, Sólon, homem de grande inteligência, que realizou importante reforma no sentido democrático, inspirado no desejo de favorecer os direitos do povo. </li></ul><ul><li>Arconte  Representante da Assembleia com poderes administrativos, militares e religiosos. </li></ul>
  13. 13. tirania <ul><li>As reformas de Sólon originaram descontentamento: os eupátridas se viram prejudicados e o povo achou que devia ter mais direitos. </li></ul><ul><li>Das lutas aproveitou Pisístrato, jovem endinheirado que, apoiado no partido popular, apoderou-se do governo. </li></ul><ul><li>Tirano, designava os que se elevavam ao poder por meios irregulares e uso da força. </li></ul><ul><li>Acabou por ser um período de transição entre a Aristocracia e a Democracia. </li></ul><ul><li>Sucederam-lhe os filhos Hiparco e Hípias: o primeiro foi morto numa conjuração e o segundo foi obrigado a fugir, por força de uma sublevação de nobres atenienses (510 a.C.). </li></ul>
  14. 14. Definições <ul><li> Tirania </li></ul><ul><li> é uma forma de governo usada em situações excepcionais na Grécia em alternativa à democracia. Nela o chefe governava com poder ilimitado, embora sem perder de vista que devia representar a vontade do povo. Hoje, entre sociedades democráticas ocidentais, o termo tirania tem conotação negativa. Algumas raízes históricas disto, entretanto, podem estar no fato de os filhos do grande tirano grego Pisístrato (que era adorado pelo povo pois fez a reforma agrária e dava subsídio) terem usufruído do espaço público como se fosse privado, sendo assim, banidos e mortos. </li></ul>
  15. 15. Definições <ul><li>Aristocracia </li></ul><ul><li> significa, literalmente, poder dos melhores , dos sábios, Família nobre de sangue superior, enfim, daqueles que apresentam superioridade não só intelectual, mas também moral. </li></ul>
  16. 16. Definições <ul><li>Democracia </li></ul><ul><li> é um regime de governo onde o poder de tomar importantes decisões políticas está com os cidadãos (Povo), direta ou indiretamente, por meio de representantes eleitos — forma mais usual. Uma democracia pode existir num sistema presidencialista ou parlamentarista, republicano ou monárquico. </li></ul>
  17. 17. Clístenes (Pai da democracia) <ul><li>Coube, a Clístenes, homem de origem aristocrática, mas de tendências populares a sequência da política de Sólon. </li></ul><ul><li>Nomeado arconde realizou reformas políticas de grande importância, aboliu a divisão de classes e permitiu que todos os domiciliados em Atenas fossem considerados cidadãos. </li></ul><ul><li>Para evitar influências de indivíduos que pudessem atentar contra a liberdade instituiu o ostracismo  Voto pessoal e escrito que indicava o nome do cidadão que seria banido. </li></ul><ul><li>A partir de 503 a.C., data em que tivessem aplicação as reformas de Clístenes, o Estado ateniense passou a ser uma democracia, embora estivesse longe se assemelhar-se as democracias de nosso tempo (havia ainda muita desigualdade, mais do que a existente hoje).      </li></ul>
  18. 18. Democracia em atenas <ul><li>Igualdade perante a lei; </li></ul><ul><li>Meritocracia; </li></ul><ul><li>“ Democracia Direta”, ou seja, os cidadãos se reuniam e decidiam as questões do governo; </li></ul><ul><li>Estavam excluídos os Metecos (estrangeiros), escravos e ex-escravos e mulheres! </li></ul>
  19. 19. Guerras médicas (492-479 a.c.) <ul><li>Persas = Medas </li></ul><ul><li>Motivo  expansão grega na ilhas do mar Egeu e na Ásia Menor </li></ul><ul><li>Dário, Rei dos persas, cobra pesados tributos às colônias; Insatisfeitos, os colonos se revoltam contra os persas; Atenas apóia os colonos </li></ul><ul><li>Dário declara guerra à Atenas </li></ul><ul><li>A guerra termina em 479 a. C. com a vitória grega na batalha de Plateia. </li></ul><ul><li>Historiadores como Heródoto e Tucídides falam que foi a vitória da inteligência sobre a força bruta. </li></ul>
  20. 20. Guerras do peloponeso <ul><li>Liga de Delos (Atenas) x Liga do Peloponeso (Esparta) </li></ul><ul><li>Riqueza x Exércitos Profissionais </li></ul><ul><li>(431-421 a.C.) </li></ul><ul><li>50 Anos de Paz </li></ul><ul><li>Após 8 anos mais Guerra! </li></ul><ul><li>413 a.C derrota Ateniense... </li></ul><ul><li>404 a.C Egos-pótamos batalha final e perda definitiva de Atenas. </li></ul><ul><li>Batalhas  desgaste </li></ul><ul><li>Economia em cacos </li></ul><ul><li>Filipe II da Macedônia  batalha de Queronéia (338 a. C) </li></ul><ul><li>336 a.C Filipe II é assassinado </li></ul><ul><li>Assume Alexandre III (O grande?!?!?!?) </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×