2ª guerra mundial
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

2ª guerra mundial

on

  • 5,431 views

 

Statistics

Views

Total Views
5,431
Views on SlideShare
5,431
Embed Views
0

Actions

Likes
4
Downloads
295
Comments
2

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

2ª guerra mundial 2ª guerra mundial Presentation Transcript

  • 2ª Guerra Mundial 1939 – 1945
  • Na Alemanha surgiu o nazismo, liderado por Hitler e que pretendia expandir o território Alemão, desrespeitando o Tratado de Versalhes,  inclusive reconquistando territórios perdidos na Primeira Guerra. Itália e Alemanha passavam por uma grave crise econômica no início da década de 1930, com milhões de cidadãos sem emprego. Um dos mais importantes motivos foi o surgimento, na década de 1930, na Europa, de governos totalitários com fortes objetivos militaristas e expansionistas.
  • Hitler e Benito Mussolini Fotografia foi tirada em Munique, em 1937. Na Itália estava crescendo o Partido Fascista, liderado por Benito Mussolini, que se tornou o Duce da Itália, com poderes sem limites.
  • Japão
    • Lutava contra a expansão comunista no oriente. Sua política expansionista era barrada pelo Tratado de Versalhes, o que eles consideravam uma traição por parte das potências vencedoras da 1ª Guerra.
    • Aliaram-se à Alemanha, cuja política expansionista ia ao encontro das ambições japonesas de conquistas territoriais.
  • O Japão também possuía fortes desejos de expandir seus domínios para territórios vizinhos e ilhas da região. Estes três países: Itália, Alemanha e Japão com objetivos expansionistas, uniram-se e formaram o Eixo.
  • Sudetos
    • Região Montanhosa que separa a Alemanha, Polônia e Tchecoslováquia.
    • Ao fim da 1ª Guerra Mundial a região fica sob domínio geopolítico da Tchecoslováquia.
    • Em 1938 Hitler exige a anexação à Alemanha.
  • Conferência de Munique (1938)
    • Líderes da Inglaterra, França, Alemanha e Itália se reúnem para decidir sobre os Sudetos.
    • Tchecoslováquia não é convidada!
    • Os líderes resolvem ceder os Sudetos à Alemanha com a condição de reconhecimento da independência da Tchecoslováquia e da manutenção da paz.
  • Após dominar a Áustria e conseguir os Sudetos, Hitler decidiu anexar a Polônia. Para anexar o “Corredor Polonês”, a Alemanha precisaria de um acordo que neutralizasse uma das potências europeias. O exemplo da 1ª Guerra de abrir duas frentes ofensivas mostrou que não era possível. Hitler se aproxima de Stálin e, em agosto de 1939, assinam um Pacto de Não-Agressão Germano-Soviético.
  • Blitzkrieg (Guerra Relâmpago) A partir do Pacto com os russos, a Alemanha invade e arrasa a Polônia em 3 semanas. Blindados, aviões e armas poderosas a Alemanha conseguiu realizar a estratégia da Guerra Relâmpago. Inglaterra e França declararam guerra à Alemanha, após a negativa de retirada das tropas alemãs do território polonês.
  • 1940 Além das conquistas anteriores, a Alemanha ocupa a Dinamarca, Bélgica, Holanda, Luxemburgo e França. A França tentou defender a fronteira com a Bélgica (por onde aconteceu a invasão na 1ª Guerra), mas os alemães invadiram por uma região de floresta e muito acidentada – Ardenas. O Exército francês foi dominado em menos de 3 semanas, e em junho de 1940 Hitler desfilava nas ruas de Paris.
  • Com a ocupação da França pela Alemanha, Hitler voltou suas atenções à Inglaterra. Ordenou um bombardeio aéreo seguido de um desembarque maciço... Os primeiros radares ajudaram a localizar os aviões e facilitar o trabalho da artilharia anti-aérea, que fez Hitler cancelar a missão. Como alternativa, Hitler iniciou uma ação de isolamento da Inglaterra. Suas forças foram deslocadas para impedir a chegada de mantimentos à Inglaterra.
  • Em 1941, Alemanha e URSS iniciam a tentativa de criar estados-satélites que servissem de “cordão sanitário” em caso de ataque. A chamada “Operação Barbarossa” foi uma espécie de “blitzkrieg” alemã. Em junho de 1941, tentou-se ocupar o território de Leningrado e Moscow antes do inverno. Os soviéticos foram recuando até estabelecerem uma base de defesa. Iniciou-se uma espécie de “guerra de trincheiras”.
  • O Japão era aliado da Alemanha. Quando houve a ocupação alemã na França os japoneses receberam autorização para ocuparem a Indochina. A partir de então, o Japão passou a sofrer sanções econômicas dos EUA, pois a região era estratégica segundo os americanos. Em 1941, o governo americano bloqueou todos os bens japoneses em território americano.
  • Pearl Harbor - 1941 Em 1941 o Japão ataca a base militar norte-americana de Pearl Harbor (07/12 - Havaí), no Oceano Pacífico . Após este fato os estados Unidos entraram no conflito ao lado das forças aliadas.
  • Os camicases (vento divino) eram esquadrões suicidas formados pelas forças aéreas japonesas nos últimos meses da II Guerra Mundial.
  • Domínio Japonês no Pacífico - 1942
  • 1º PERÍODO: 1939 – 1941 O EIXO ATACA 2º PERÍODO: 1942 – 1945 OS ALIADOS ATACAM
  • De 1941 a 1945 ocorreram as derrotas do Eixo, iniciadas com as perdas sofridas pelos alemães no rigoroso inverno russo. Ocorre assim uma regressão das forças do Eixo que sofrem derrotas seguidas. Após o ataque a Pearl Harbor os EUA entram na guerra. Os aliados ganharam força nas frentes de batalha. 
  • Os alemães passam a manter as posições e evitar a ofensiva a partir de 1942. Os Aliados passam ao ataque. Os japoneses (que dominavam o Pacífico) começam a perder território por território para os EUA, que iniciam uma série de ataques para revidar Pearl Harbor. Os alemães sofrem derrotas também na África e perdem o Canal de Suez.
  • A Alemanha sofria um cercamento. Ao sul a África foi tomada, ao leste os soviéticos atacavam incessantemente, alvos estratégicos eram bombardeados constantemente. O sul da Itália foi dominado por tropas americanas e brasileiras. Com a destituição de Mussolini, as tropas da FEB (Força Expedicionária Brasileira) atuou junto aos americanos para expulsar os alemães da Itália.
  • O Brasil participa diretamente, enviando para a Itália ( região de Monte Cassino ) os pracinhas da FEB, Força Expedicionária Brasileira. Início 09/02/1944. Os cerca de 25 mil soldados brasileiros conquistam a região, somando uma importante vitória ao lado dos Aliados.
  • A Muralha do Atlântico: Desde 1942, Hitler, com 65% das suas divisões de combate lutando no oriente contra os soviéticos, decidira proteger o fronte ocidental erguendo uma série de casamatas no litoral do Atlântico: a Muralha do Atlântico. Cobriria a costa da Noruega até o norte da Espanha. Pronta, a Atlantic Wall lembraria um colar de cimento e ferro com bunkers construídos a cada 300 metros, aparelhados com canhões navais de 152mm. capazes de expulsar ou manter a distância qualquer barco mais ousado.
  • O Dia D: O dia 6 de junho de 1944 é uma das datas mais importantes da Segunda Guerra Mundial. Naquela ocasião, uma vanguarda de 175 mil soldados americanos, ingleses e canadenses desembarcaram corajosamente nas praias da Normandia para libertar a França da ocupação nazistas.
  • Dia-D: a invasão Na madrugada do dia 6, mais de 800 aviões conduzindo a bordo três divisões aerotransportadas anglo-americanas, lançaram tropas pára-quedistas atrás das defesas alemãs, exatamente para quebrar a estratégia de alemã, fazendo a maior confusão possível.
  • Ao amanhecer, exatamente às 6.30 h. deu-se a vez dos lanchões de desembarque. Milhares deles apareceram na frente das cinco praias previamente acertadas seus codinomes eram Omaha,Utah, para os americanos; Juno, Gold, Sword para os anglo-canadenses
  • Devido ao volume impressionante de navios de guerra, embarcações de transporte de tropas e aviões dos mais variados tipos e modelos, seguramente o Dia-D , o começo da Segunda Frente, deve ser considerado como a maior invasão aero-naval que a história até então conheceu.
    • Muitos morreram, mas no final a França estava libertada e o caminho aberto para a vitória sobre a Alemanha...
  • Final e Conseqüências Após a rendição da Itália e a invasão da França... Em 30 de abril Hitler se suicida e em 8 de maio é assinada a rendição alemã. Mas, o Japão continuava a resistir no Pacífico e não aceitava se render...
  • Nagasaki Para forçar o Japão a se render, os EUA despejou bombas atômicas sobre as cidades de Hiroshima e Nagazaki. Uma ação desnecessária ...
  • A bomba tinha 3,2 m em comprimento, 71 cm de largura e pesava 4000 Kg. 6 de agosto de 1945 : O avião americano B-29 Enola Gay larga uma bomba atômica de urânio, apelidada de Little Boy , sobre Hiroshima. A explosão mata um total de 140 mil pessoas.
  • Little Boy – Hiroshima (06/08/1945)
  • Fat Man – Nagasaki (09/08/1945)
  • 9 de agosto de 1945: Uma segunda bomba atômica americana, contendo plutônio, atinge Nagasaki, matando cerca de 80 mil pessoas. Nuvem em forma de cogumelo deixada pela bomba atômica que explodiu a 550 m. de altitude no centro de Nagasaki. A nuvem atingiu 18 km de altura.
  • O racismo que esteve presente, principalmente, na Alemanha onde os nazistas mandaram para campos de concentração e mataram aproximadamente seis milhões de judeus no Holocausto.
  • Campo de concentração de Buchenwald. Dia da libertação em 16 de Abril de 1945.
  • Wobbelin Alemanha 5 de Abril de 1945
    • Com o final do conflito, em 1945, foi criada
    • a ONU, cujo objetivo principal seria a manutenção da paz entre as nações.
    • Inicia-se também um período conhecido como Guerra Fria, colocando agora, em lados opostos, Estados Unidos e União Soviética.