Cyberbulling

929 views

Published on

O que é?
Como evitar?

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
929
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cyberbulling

  1. 1. CYBERBULLYING O que é? Como Evitar?
  2. 2. BULLYING Bullying é uma expressão, originada do termo Bully, em inglês, que pode ser traduzida como “intimidar” ou “amedrontar”. Segundo alguns autores, “bullying é toda ação repetitiva e insistente de colocar apelidos, hostilizar, segregar, ofender, zoar, humilhar, agredir, aterrorizar, amedrontar, perseguir, bater, chutar, ferir, dominar, assediar e outros sinônimos dessas ações”.
  3. 3. BULLYING Sem nenhum motivo aparente, a prática de atitudes agressivas e intencionais, gera a violência tanto física quanto psicológica. Os tipos de bullying podem ocorrer sobre características físicas, orientação sexual, regionalidade, nacionalidade, seguimento político, religiosidade, cunho sexual, entre outros.
  4. 4. BULLYING Quem são os participantes? A Vítima O Agressor A Platéia
  5. 5. BULLYING A Vítima É aquela que difere do padrão do grupo, geralmente tímida e pouco sociável Insegura e não dispõe de recursos para reagir Torna-se alvo fácil Pode desenvolver doenças, transtornos comportamentais, inclusive, levar ao suicídio
  6. 6. BULLYING O Agressor Pode ser uma “vítima” que reproduz os maus tratos sofridos Atinge alguém com repetidas humilhações ou depreciações Quer se tornar popular, ter poder, status e diversão
  7. 7. BULLYING A Platéia São aqueles que assiste ao bullying, porém não defendem nem se juntam aos agressores, muitas vezes por medo de se tornarem os próximos alvos Podem também serem ativos, incentivando o agressor ou sendo solidários à vítima
  8. 8. CYBERBULLYING Cyberbullying é forma virtual de praticar o Bullying. A prática é feita através das ferramentas da Internet e dos meios eletrônicos de comunicação. Por ultrapassar as barreiras físicas, as dimensões que esse problema toma, são incalculáveis.
  9. 9. CYBERBULLYING Enquanto o Bullying é presencial, no cyberbullying, as agressões ocorrem: ● ● ● ● através de e-mails, postagens em redes sociais, ameaças por MSN, torpedos via celular
  10. 10. CYBERBULLYING A principal diferença é que, no “mundo real” é possível identificar os agressores, enquanto no “mundo virtual” predomina a idéia do anonimato, que gera a sensação de impunidade.
  11. 11. CYBERBULLYING A Vítima Quando se deparam com a situação, seus nomes, fotos e dados pessoais já se encontram divulgados em rede mundial Muitas vezes não identificam os agressores Não estão a salvo em nenhum lugar
  12. 12. CYBERBULLYING O Agressor Pode ser “qualquer um” e não necessariamente aquele que quer ser o mais popular Se esconde por trás do anonimato
  13. 13. CYBERBULLYING A Platéia São envolvidos, mas não necessariamente participantes. Quando recebem uma mensagem via celular, e-mail ou rede social, não repassam, mas também não saem em defesa da vítima.
  14. 14. CYBERBULLYING Por que esse tipo de atitude é tão ocorrente? ❏ Por problemas no convívio social e nas referências familiares desde a infância; ❏ Pela falsa garantia de anonimato e sensação de impunidade e o silêncio das vítimas; ❏ Pela baixa infraestrutura para realizar os procedimentos e punições legais aos crimes realizados por meios eletrônicos.
  15. 15. CYBERBULLYING O que pode ocorrer às vítimas? ❏ Reações psicológicas que podem originar doenças e transtornos mentais; ❏ Raiva, vergonha, baixa autoestima; ❏ Sensação de insegurança em qualquer lugar, por muitas vezes não conhecer os agressores; ❏ Medo de denunciar, temendo novas agressões; ❏ Não suportar a situação, levando ao suicídio.
  16. 16. O QUE PODE SER FEITO PARA EVITAR O CYBERBULLYING: Conscientização! Em escolas, em ambientes de trabalho, em grupos, para que todos possam conhecer sobre o assunto e combater esse crime. É o melhor meio para evitar que novas vítimas sejam feitas.
  17. 17. O QUE PODE SER FEITO PARA EVITAR O CYBERBULLYING: O bullying ou cyberbullying não deve ser praticado nem por pessoas do mesmo nível, (ex: alunos e funcionários). nem por pessoas de níveis diferentes (ex: professor e aluno, chefe e funcionário)
  18. 18. O QUE PODE SER FEITO PARA EVITAR O CYBERBULLYING: ➔ Diálogos entre pais e filhos sobre a existência dessas ações; ➔ Controle sobre o que crianças e adolescentes acessam na Internet; ➔ Observação quanto à mudanças de comportamento, seja ele agressivo ou depressivo; ➔ Diferenciar: brincadeiras de mau gosto de atitudes características do bullying; ➔ Professores, educadores, pais, coordenadores, líderes formadores de opinião e influentes na formação de valores devem cultivar, praticar e promover a diversidade e a tolerância entre os membros de seus grupos.
  19. 19. O QUE PODE SER FEITO PARA EVITAR O CYBERBULLYING: Líderes e educadores formados e preparados para lidar com o uso da tecnologia e identificar atitudes suspeitas. Proporcionando auxílio aos envolvidos, pois tanto a vítima como o agressor são pessoas necessitadas de ajuda, tanto física quanto psicológica.
  20. 20. O QUE PODE SER FEITO PARA EVITAR O CYBERBULLYING: DENUNCIAR! Aos Pais; Ao Educador; Á Direção Escolar; Á Liderança Empresarial; Á Polícia. BULLYING e CYBERBULLYING é CRIME!!!
  21. 21. Elaboração: Nanci Furtado Capacitadora em treinamentos pelo IDORT nancifurtado@gmail.com Setembro/2013
  22. 22. Bibliografia: Material consultado no treinamento: Educador NetWeaver da ABC Branding

×