Reflexologia

1,400 views
1,219 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,400
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reflexologia

  1. 1. ReflexologiaA Reflexologia pode ser caracterizada comouma forma extremamente eficaz de massagemterapêutica, através da aplicação de pressõesespecíficas em pontos reflexos em especial nospés, que detém um lugar de destaque nocampo da medicina natural complementar.Temtrazido muitos benefícios na recuperação decirurgias por acelerar processos decicatrização.Parece não haver dúvidas em relação àexistência de uma forte ligação entre aReflexologia e a Acupuntura, baseando-seambas em idéias semelhantes, ou seja, emterapias enérgicas e de meridianos, na medidaem que propõem a idéia de que as linhas deenergia ligam as mãos e os pés a diversaspartes do corpo. Isso permite que todo o corposeja tratado quando se trabalham as áreasreflexas.A Reflexologia é uma arte suave, uma ciênciafascinante e uma forma extremamente eficazde massagem terapêutica, através de aplicaçãode pressões específicas em pontos reflexosespecialmente nos pés embora também possaser feita nas mãos, que conquistou um lugar dedestaque no campo da medicina naturalcomplementar. É uma ciência porque se baseiano estudo fisiológico e neurológico, sendotambém uma arte porque depende bastante da
  2. 2. habilidade com que o terapeuta aplica o seuconhecimento e da dinâmica que ocorre entreeste e o beneficiário.A massagem reflexa dos pés, praticada naReflexologia, não deve ser confundida com amassagem básica só aos pés ou com amassagem do corpo de uma maneira geral. Éuma técnica específica de pressão que atua empontos reflexos precisos dos pés com base napremissa de que as áreas reflexas dos péscorrespondem a todas as partes do corpo.A pressão é aplicada nas áreas reflexas comos dedos das mãos e usando técnicasespecíficas, provocando mudanças fisiológicasno corpo, na medida em que o próprio potencialde cura do organismo é estimulado. Dessamaneira, os pés podem desempenhar um papelimportante para conquistar e manter umasaúde melhor.Você sabe que seu pé e um mapa de seucorpo (espelho do corpo),e que a reflexologiapode relaxar,limpar o corpo dastoxinas,melhorar a circulação ou ate mesmoprovocar um enorme bem-estar.Tal como em todas as terapias holísticas, naReflexologia é enfatizada a necessidade dopaciente assumir a responsabilidade pelo seupróprio estado de saúde, ou seja, para se
  3. 3. obterem os melhores resultados, é necessárioà participação do paciente.A doença é o resultado direto dos pensamentose ações da pessoa. A mente éextraordinariamente poderosa e afeta todas ascélulas do corpo, provocando a ocorrência demudanças químicas. Assim, emoçõesnegativas como a ansiedade, desgosto, medo epreocupação, largamente disseminadas nasociedade moderna, terão repercussõesnegativas na saúde.Tal como em todas as terapias holísticas, naReflexologia é enfatizada a necessidade dopaciente assumir a responsabilidade pelo seupróprio estado de saúde, ou seja, para seobterem os melhores resultados, é necessárioa participação do paciente.Numerosos terapeutas, após diversos anos deestudo e prática, concluíram que a Reflexologiaatua aos níveis fisiológico, psicológico eespiritual.
  4. 4. MAPA DAS PLANTAS DOS PÉS 1- CÉREBRO 2- DENTES 3- MASTÓIDE 4- GLÂNDULA PITUITÁRIA 5- TRIGÊMIO 6- NARIZ 7- PESCOÇO 8- OLHOS 9- OUVIDOS 11- OMBROS 12- SISTEMA RESPIRATÓRIO 13- TIREÓIDE 14- PULMÕES 15- ESTÔMAGO 16- DUODENO 17- PÂNCREAS 18- FÍGADO 19- VESÍCULA BILIAR 20- SISTEMA DIGESTIVO 21- SUPRA RENAIS 22- RINS 23- URETRA
  5. 5. 24- BEXIGA 25- INTESTINO DELGADO 26- APÊNDICE 27- VÁLVULA ILEOCECAL 28- COLON ASCENDENTE 29- COLON TRANSVERSO 30- COLON DESCENDENTE 31- COLON SIGMÓIDE 32- RETO 33- CORAÇÃO 34- BAÇO 35- ÓRGÃOS GENITAISRefle
  6. 6. A Reflexologia é a aplicação de pressão empontos dos pés e das mãos, por norma, os pésque estimulam o sistema de cura do própriocorpo. Os reflexologistas acreditam que asdiferentes partes do corpo se refletem nos pése nas mãos.Uma ação reflexa ocorre num músculo ouórgão quando a sua energia é ativada a partirde um ponto de estímulo do corpo e o ponto deestímulo no caso, situa-se nos pés e nas mãos.A aplicação de pressão nesses pontos reflexospode melhorar a saúde física e mental.Dependendo dos pontos escolhidos, oterapeuta pode utilizar a terapia para aliviar atensão, reduzir a inflamação, melhorar acirculação ou ainda eliminar as toxinas docorpo.A reflexologia é uma forma eficaz detratamento que os clínicos utilizam paraestimular o corpo a autocurar-se, fazem-no
  7. 7. para estimular a cura aos níveis físico, mental eemocional. Embora a terapia não implique umesforço consciente da parte do doente,encoraja o sistema curador do corpo a procurare encontrar o seu ponto de equilíbrio natural esaudável.ReflexologiaHistoria Antiga 2500 AC - 1850 DC Egito >Índia > China > Europa Tumba dos Médicos 2330 A.C.Não pode ser atribuída a nenhuma culturaespecífica a "descoberta" da REFLEXOLOGIA.Sabe-se que diversos povos utilizaramdiferentes formas de trabalho nos pés e arelação entre os pés e os órgãos internos docorpo era conhecida pelas antigas civilizações.A mais antiga documentação que se temnotícia é proveniente do Egito. Eles eramgrandes estudantes do corpo humano. Isto
  8. 8. ficou registrado pelos artistas da época nasinscrições dos túmulos e nos murais.A origem da Reflexologia, ou da terapia porzonas, como se chamava, ainda é um mistério.O Dr. William Fitzgerald diz no seu livro Zone11 Jerapy que "a forma de tratamento por meiodos pontos de pressão já era conhecida naÍndia e na China há mais de 2000 anos. Porém,este conhecimento parece ter-se perdido ouesquecido há muito tempo. Talvez fosse postode lado em favor da acupuntura, que surgiucomo um rebento mais forte da mesma raiz".Entretanto, esta suposição não se comprova,este conhecimento está preservado na Chinana massagem Tui Na, na Índia pela massagemAyurveda, e no Japão pelo Shiatsu.Outra suposição é a de que teve origem noEgito. Isto é sugerido por um desenhoencontrado num túmulo egípcio com data de2330 a.C. Este desenho (D1) mostra quatropessoas, uma delas sendo tratada com umamassagem aos pés, e uma outra, com umamassagem às mãos. Outros atribuem a suaorigem aos Incas, povo pertencente a umacivilização peruana muito antiga, remontando,possivelmente a 3000 a.C. Diz-se que estespassaram o conhecimento da terapia por zonasaos índios norte-americanos, que ainda hojeusam esta forma de tratamento.
  9. 9. Depois disso os monges budistas provenientesda Índia trouxeram para a China os seusconhecimentos de "observação dos pés etratamento dos nervos do pé".Na Europa do Séc. XV uma forma deREFLEXOLOGIA era praticada. Era a chamada"terapia de zonas", que visava ao alívio da dore do cansaço através de pressão aplicada emzonas do corpo.Historia Moderna 1850 - 1962Os britânicos fizeram grandes descobertassobre a ação reflexa. · Os alemães seespecializaram no tratamento de doenças commassagens, técnicas conhecidas como"Massagem reflexa".Os soviéticos desenvolveram os seus trabalhosna teoria de reflexos condicionados a umenfoque psicológico.Os Índios americanos já conheciam e usavama massagem de zonas reflexas. Um Índiocherokee vê o pé da seguinte forma: "Seus péscaminham sobre a terra e através deles o seuespírito se une ao universo. Os nossos pés sãoo nosso contato com a terra e com as energiasque fluem através dela".
  10. 10. Um otorrinolaringologista americano, o Dr.William Fitzgerald, desenvolveu a teoria de queo corpo pode ser dividido em linhas ou zonaslongitudinais. · A partir deste trabalho outromédico, o Dr. Joseph ShelbyRileydesenvolvendo esta prática fez diagramas edesenhos detalhados de pontos reflexoslocalizados nos pés. · No início de 1930, EuniceIngham, como assistente de Riley, separou ostrabalhos sobre reflexos nos pés dos trabalhosde zonas em geral.Eunice deveria ser considerada a mãe daModerna REFLEXOLOGIA. Ela usou a terapiapor zonas em seu trabalho, mas sentiu que ospés deveriam ser os alvos específicos daterapia, devido a sua natureza altamentesensível. Ela mapeou os pés em relação àszonas e seus efeitos sobre o restante daanatomia até chegar a produzir nos própriospés um "mapa" de todo o corpo. O seu trabalhofoi tão bem sucedido que sua fama disseminou-se e ela agora é conhecida como fundadora daREFLEXOLOGIA de pés. Eunice faleceu em1974 após ter devotado 40 anos de sua vida àREFLEXOLOGIA. Escreveu dois livros:"Histórias que os pés podem contar" e"Histórias que os pés contaram".O que sabemos ao certo é que a terapia porzonas era usada no século XVI. Cellini (1500-1571), grande escultor florentino, exerceu,
  11. 11. segundo se diz, uma forte pressão nos dedosdas mãos e dos pés para aliviar a dor do corpo,com aparente êxito. Do presidente americanoJames Abram Garfield (1831-1881), que foivítima de uma tentativa de assassinato, diz-seter aliviado a dor exercendo pressão em váriospontos dos pés. Durante o século XVI, várioslivros sobre a terapia por zonas forampublicados na Europa. Um deles foi escritopelos Drs. Adamus e Atatis. Pouco tempodepois de ter aparecido no mercado, um outrolivro semelhante foi publicado pelo Dr. Ball emLeipzig.O início da Reflexologia, tal como aconhecemos hoje, deve-se ao Dr. WilliamFitzgerald. Nascido em 1872 e licenciado emmedicina na universidade de Vermont, EUA,em 1895, exerceu medicina em hospitais deViena, Paris e Londres, especializou-se emotorrinolaringologia e estabeleceu-se emConnecticut. Enquanto trabalhava em Viena,estudou a obra do Dr. H. Bresslar, queinvestigara a ligação entre os pontos depressão nos pés e os órgãos internos do corpoe publicou os resultados dessa pesquisa numlivro intitulado Zone Tberapy. Curiosamente, oDr. Bresslar refere no seu livro que amassagem terapêutica dos pés era praticadano século XIV.
  12. 12. Na América latina a ZONOTERAPIA e emseguida a REFLEXOLOGIA, foram trazidas aprincípio ao Paraguai pela missionáriaMargarida Gootaht, que após tratar a esposado próprio presidente do Paraguai, passou aensinar no instituto CONARAS, emAssuncion/Paraguay.No Brasil, foi criada a ABRT (AssociaçãoBrasileira de Reflexologia e Terapias Afins),que vem desenvolvendo, através de seufundador Érik Motta Pereira[1], um trabalho nãosó de divulgação, mas também comoproduzindo estudo e pesquisa o que colocanosso país em situação de destaque junto acomunidade internacional.A REFLEXOLOGIA atualmente é conhecida eutilizada em mais de 20 países representadospor suas associações.O QUE É REFLEXOLOGIA E COMOFUNCIONA?A REFLEXOLOGIA é uma arte suave, umaciência fascinante e uma forma extremamenteeficaz de massagem terapêutica no campo damedicina complementar. A REFLEXOLOGIA éuma ciência porque se baseia no estudofisiológico e neurológico. É também uma arteporque muita coisa depende da habilidade comque o terapeuta aplica o seu conhecimento.
  13. 13. A REFLEXOLOGIA é uma técnica específicade pressão que atua em pontos reflexosprecisos dos pés com base na premissa de queas áreas reflexas dos pés correspondem atodas as partes do corpo. Como os pésrepresentam um microcosmo do corpo, todosos órgãos, glândulas e outras partes estãodispostas num arranjo similar ao dos pés.Fenômeno da representação microcósmico departes do corpo em diferentes áreas doorganismo também se manifesta na íris doolho, na face, na orelha, na coluna e nas mãos.Todavia, as áreas correspondentes dos péssão mais específicas, tornando mais fáciltrabalhar com elas.A pressão é aplicada nas áreas reflexas comos dedos das mãos e usando técnicasespecíficas. Isso provoca mudançasfisiológicas no corpo na medida em que opróprio potencial de equilíbrio do organismo éestimulado. Dessa maneira, os pés podemdesempenhar um papel importante para seconquistar e manter uma saúde melhor. A metada REFLEXOLOGIA é o retorno da harmonia.O passo mais importante para isso é reduzir atensão e induzir o relaxamento.O relaxamento é o primeiro passo danormalização. Quando o corpo está relaxado, otratamento é possível. A massagemprofissional dos pés vai mostrar quais partes do
  14. 14. corpo estão fora de equilíbrio e, portanto nãoestão funcionando eficientemente. Pode-seentão ministrar o tratamento apropriado paracorrigir esses desequilíbrios e fazer o corporetornar a um estado ótimo de saúde.A massagem reflexa dos pés é útil notratamento de doenças e eficaz para manter asaúde e prevenir o aparecimento de doenças.Problemas de saúde podem ser detectadosprecocemente e o tratamento ministrado paraprevenir o desenvolvimento de sintomas maissérios.A REFLEXOLOGIA pode ser considerada oequivalente a uma regulagem, um ajuste docorpo. O reflexologista não cura - somente ocorpo é capaz de fazê-lo. Mas aREFLEXOLOGIA ajuda a equilibrar todos ossistemas corporais, estimulando uma áreapouco ativa e acalmando uma superativa,(simpático e parassimpático). Ela é inofensivapara as áreas que estão funcionandoadequadamente. Como todos os sistemas docorpo intimamente relacionados, qualquer coisaque afete uma parte vai acabar afetando otodo. Numerosos terapeutas, após diversosanos de estudo e prática, concluíram que aREFLEXOLOGIA atua em diversos níveis:fisiológico, psicológico e espiritual.Objetivos
  15. 15. A REFLEXOLOGIA tem como objetivo corrigiros três fatores negativos implicados noprocesso das doenças: congestão, inflamaçãoe tensão (Norman, 1991). Quando se fala emtensão, devemos lembrar que não se apresentaindependente das emoções e sentimentos, ouseja, uma tensão também diz de uma partepsicológica a ser cuidada. Portanto aREFLEXOLOGIA é de grande auxílio naspsicoterapias trazendo material importante aopsicoterapeuta principalmente os deabordagem corporal e transpessoal.Temos que lembrar que nossos pés suportamnosso peso durante todo o dia, portanto estãosubmetidos a uma pressão muito grande esobretudo com sapatos não adequados,fazendo com que haja um desequilíbrio nonosso eixo de sustentação. Mexendo comtodos os nossos músculos e articulações,mudando a nossa postura. Assim, podemoscompreender o quanto a Reflexologia pode serútil aos tratamentos.Normalmente as pessoas sentem muitas doresnos pés e sofrem numa constante tentativa deadaptação refletindo esta tensão aos músculos,principalmente nos joelhos e ombrosaumentando assim a fadiga e irritabilidade.Abusamos de nossos pés, visto quanto bemnos faz, ficar com os pés livres, após um dia detrabalho. Reflexos sensíveis à dor indicam
  16. 16. quais partes do corpo estão congestionadas.Essa avaliação diz respeito apenas a partes docorpo "fora de equilíbrio", e não a distúrbiosespecíficos. É importante ter consciência disso.Os reflexologistas não praticam medicina. Esseé o domínio dos médicos licenciados. Osreflexologistas nunca diagnosticam umadoença, nunca tratam uma doença específicanem prescrevem ou ajustam a dosagem demedicamentos.A REFLEXOLOGIA ajuda a eliminar problemascausados por doenças específicas. Ao trazer ocorpo de volta a um estado de harmonia, otratamento reflexológico pode combaterdiversas doenças. A REFLEXOLOGIA relaxatensões, melhora a circulação sangüínea,oxigenação e o sistema nervoso, ajudando aequilibrar o organismo naturalmente.PRINCÍPIOS EM QUE SE BASEIA AREFLEXOLOGIAEm cada célula existem agentes demanutenção da vida. Um destes agentesresponsáveis pela absorção da energianutridora (ATP) é a mitocôndria a parteresponsável da célula pela absorção destaenergia. Podemos comparar a mitocôndriacomo a "industria" da célula. Se a célulaprecisar de mais energia para efetuar melhorsuas tarefas, a mitocôndria se divide e
  17. 17. praticamente dobra a quantidade de absorçãode energia. Se por algum impedimento aabsorção de energia ou nutrientes ficadebilitada esta célula começa a ficar doente.Para que este mecanismo funcioneadequadamente, dependemos do plenofuncionamento de outros sistemas;1. Primeiro fator a ser considerado é se estáhavendo uma boa alimentação econseqüentemente uma boa digestão.2. Segundo fator, se está havendo uma boarespiração não só em caráter de funcionamentopulmonar bem como os agentes inspirados eexpirados diariamente. São estes dois fatoresresponsáveis pela matéria prima do ATP.3. Terceiro fator é se está havendo uma boadistribuição desta energia e da troca de gases.Isto é feito através de um bom funcionamentodo sistema circulatório.4. O quarto fator é uma boa comunicação doestado geral da célula com o centro de controledo corpo. Isto é feito através de transmissãoneuronal ou nervosa que iniciou junto à célulaatravés das terminações nervosas.5. Um quinto fator a ser considerado é, se estáhavendo um bom sistema de manutenção dacélula, que envolve a retirada dos resíduosdepositados nos interstícios celulares, papeleste desempenhado pelo sistema linfático.
  18. 18. Considerando que um conjunto de célulasforma um tecido; células doentes formarão umtecido doente. [Tecidos] doentes formarão umórgão doente. Um conjunto de órgãos doentesformará um aparelho ou sistema doente eassim teremos um indivíduo doente.Resumindo; o que nos informou a situaçãooriginal da doença ou patologia foi a princípio acélula.Nos interstícios celulares (espaços entre umacélula e outra), são encontrados váriosreagentes responsáveis pela manutenção davida; nutrientes para serem absorvidos ouimpurezas que deverão ser eliminadas. Aoredor de cada célula encontramos uma áreadenominada mazênquima. Nesta área ocorrementão as trocas de substâncias para a célulabem como oxigênio e nutrição através de veiase artérias. O responsável pela limpeza da áreaé o sistema linfático que, com seus capilares,inicia seu trabalho nesta região, absorvendoimpurezas e proteínas que, por terem umadimensão maior, só poderia entrar no sistemalinfático.Porém o que nos informa sobre todo estefuncionamento, se precisa ser reparado algo,ou se há nutrição suficiente é a terminaçãonervosa? Esta terminação se comunica atravésde feixes nervosos levando a informação até océrebro, onde começa uma série de reações,
  19. 19. que posteriormente serão enviadas tanto àsáreas afetadas, bem como a outras partes docorpo as quais manifestarão os sintomasconhecidos por nós. Esta comunicação vianeurônios (células do sistema nervosoresponsáveis pela função de resposta aoestímulo recebido) permite, por exemplo, queao encostamos o braço em algo muito quente,imediatamente o tiramos do local, bem como,outros impulsos sensitivos como dores, malestar, etc., que tem por finalidade informar-noscomo está o nosso corpo.A REFLEXOLOGIA PODAL Mapa de zonas reflexas nos pésA REFLEXOLOGIA Podal é a técnica quebusca nos pés, áreas doloridas que, como na
  20. 20. Zonoterapia, refletem o corpo humano porinteiro. Através de estímulos nestas áreas,obtêm-se resultados que vão desde o alívio depequenos desconfortos e dores até aeliminação de certos distúrbios em variaspartes do corpo.Teorias que procuram explicar aREFLEXOLOGIAProdução de cristaisDevido à grande quantidade de sangue quepassa pelos pés, podem ocorrer obstruçõesentre os 26 ossos dos pés, que coincidiriamcom as Zonas reflexas do Corpo. O própriopeso, o sedentarismo e o não andar descalçopodem contribuir para isso por permitir oaparecimento de cristais, os quais impediriam olivre fluxo da circulação provocando asdoenças. Com a eliminação destes cristais oindivíduo ficará saudável.Medicina Tradicional ChinesaA MTC afirma: “Quando ocorrer umaestagnação no KI (Energia Vital) o organismomanifestará este distúrbio como doença ou dor.Através de movimentos de sedação outonificação em pontos e zonas dos pés, poderáser liberada e equilibrada a circulação destaenergia”.tjtrjrjtujktuk
  21. 21. Teoria das Terminações NervosasOs pés são riquíssimos em terminaçõesnervosas, alocadas de tal forma quecorrespondem em sua topografia local a umarepresentação fiel de cada parte que compõemo corpo por inteiro. Da área motora do SNC,impulsos são codificados e enviados em formade descarga elétrica para que o organismodesempenhe suas funções normais.Quando da debilidade ou dificuldade funcionalde um tecido ou órgão, a resposta ao estímulodado provoca pequenos “curto-circuitos” quesão captados e registrados em váriasterminações nervosas concentradas em áreasou zonas reflexas, deixando-as mais ou menossensíveis (dependendo da gravidade e tempodecorrente da debilidade ou dificuldadefuncional existente). Ao localizar essa área etocar nestas terminações teremos vários tiposde sensações doloridas. Estas sensaçõesvariam desde uma alfinetada até umasensação de osso esmagado.A técnica da REFLEXOLOGIA (manuseio e usode pressão), possibilita não só a avaliação daintensidade e natureza do problema manifesto,bem como, através de ação apropriada,provocar um estímulo na região da debilidadeou dificuldade funcional existente. Assim, cadacélula na região debilitada, mesmo distante,
  22. 22. poderá reagir a estes estímulos e passará atrabalhar melhor para a própria manutenção.Como resposta, haverá um aumento no poderde absorção de nutrientes, um favorecimento alimpeza intersticial e desobstrução dosimpedimentos responsáveis pela enfermidade.Os estímulos dados nas terminações nervosasdos pés chegam ao cérebro por meio de canaisaferentes, e são codificados e enviados aosórgãos, tecidos e células pelos canaiseferentes, até as terminações nervosascelulares.Estudos da ABRT (Associação Brasileira deREFLEXOLOGIA e Terapias Afins.Esta última teoria apresentada, "dasterminações nervosas", tem sido desenvolvidapela ABRT (Associação Brasileira deREFLEXOLOGIA e Terapias Afins). Por estarembasada em estudos mais profundos defisiologia e do mecanismo das doenças, etambém porque propicia resultados maisrápidos a nível clínico, vem recebendo elogiose apoio de várias autoridades internacionais daárea.No que se refere a explicarmos a fisiologia daREFLEXOLOGIA pela medicina chinesaentramos em outra divergência. Embora aorigem da energia se dê da mesma forma,entra pelo nariz (respiração) e pela boca(nutrição) e se complementa com a energia
  23. 23. original transmitida de mãe para o filho(hereditariedade) a fisiologia bem como aprópria nomenclatura entra em divergência.Por exemplo, na medicina chinesa o coraçãofabrica o sangue e o fígado o armazena, porémsabemos que o fígado órgão não armazena osangue e sim o baço, e o coração não fabrica osangue, apenas o distribui, portanto concluímosque ao se referir a um órgão como fígado porexemplo à medicina chinesa está falando, nãodo órgão fígado, e sim de uma função chamadafígado. Isto diverge em muito daREFLEXOLOGIA porque, ao estimularmos umponto determinado, não estamos agindo emuma função mas sim diretamente no órgão emquestão.Com respeito à energia extra corpórea, nós daABRT nunca adotamos tal conceito, visto osestímulos serem dados através da pressãodolorosa (no caso de uma patologia) e ondemuitas vezes não há o contado direto daenergia do terapeuta com o paciente e nemindireto, pois usamos instrumentos e aparelhosque provocam os estímulos que sãonecessários na REFLEXOLOGIA.A teoria da fisiologia da REFLEXOLOGIA apósnossos estudos sobre o ATP E O SISTEMANERVOSO CENTRAL E PERIFÉRICO.É sabido que os pés possuem 7.200terminações nervosas e que passam por eles
  24. 24. diariamente mais de 18.000 quilos de sangue elíquidos extracelulares diariamente, sangueeste que transporta, entre outras substâncias, oATP (Trifosfato de Adenosina) bem comominerais e vitaminas e outros nutrientes, istoatravés de uma cadeia vascular de mais 22 Kmde cumprimento.Estas terminações nervosas se comunicamcom o cérebro através de canais aferentes eeferentes em um compartimento especifico docérebro que chamamos de área podal. Estaárea situada na porção medial superior docérebro registra, não somente a parte sensitivado pé propriamente dito, como também recebee transmite via terminações nervosasinformações do pleno funcionamento de cadaórgão específico do corpo. Uma vez recebidasestas informações o cérebro envia estes sinaispara os pés nas terminações nervosas que selocalizam nas áreas correspondentes aosórgãos como já explicado através zonoterapia.Essas informações chegam na forma dedescarga elétrica.Caso o órgão esteja saudável esta descarga éleve e moderada, não causando nenhum tipode agressão às terminações nervosas. Porém,no caso de haver um mau funcionamento ouuma patologia num órgão, este enviará umainformação mais acentuada, gerando assim umstress nervoso que passa pelo cérebro e é
  25. 25. codificado e transformado em impulsoselétricos fortes, sobrecarregando assim estasterminações correspondentes e provocandouma espécie de soldagem nervosa. Quantomaior a descarga maior será o número determinações nervosas coladas, neste quadroencontraremos dores fortes quandopressionados como a sensação de haver um"cristal" nos pés e até mesmo a casos raros emque o paciente sente um verdadeiro choque aoser pressionado. Estas comunicações ocorremvia sistema nervoso central, daí a explicaçãoda diminuição da resposta podal em caso deacidente vertebral onde houve um rompimentomedular.Sendo assim não há necessidade de havercristais nos pés que bloqueariam qualquerforma de energia. Mas como é então afisiologia da REFLEXOLOGIA? Para responderisso é importante entender o que é energia,como e onde ela age, como se transforma ecomo pode causar alguma enfermidade e alemdisso conhecermos bem a fisiologia humana eo mecanismo das doenças.A ENERGIAAssim como na medicina chinesa, ela provemda respiração e nutrição. E formada de fósforo,carbono, hidrogênio e oxigênio. Uma vez estasmoléculas agrupadas com suas devidas cargas
  26. 26. formarão a princípio a Ribose, a Adenina e oTrifosfato. É na união destes compostos queformamos o Trifosfato de Adenosina (ou ATP)que representa mais de 90% da energia devida do ser humano. O curso desta energia éatravés da circulação sangüínea que a leva acada célula individualmente e entra namitocôndria desta, dando assim energia àcélula e assim, esta tem força para absorver osnutrientes e excretar os resíduos nãoaproveitáveis. Com isso a célula fica saudávelfazendo com que o tecido fique saudável eassim também todo o órgão bem como seusaparelhos e sistemas e todo o organismo.Porém o ATP não entra na célula nesta forma;antes ele recebe uma carga de cálcioprovocando assim a divisão do ATP emBifosfato de Adenosina ABP e MonofosfatoCíclico de Adenosina AMP, em qualquer destasformas, o ABP ou o AMP consegue entrar namitocôndria e assim exercer o seu papel.Porém na forma isolada como AMP ou ABPque não entrou na célula, este não tem afunção energética visto esta ser transferidapara a célula, porém por uma ação hormonal oAMP une-se ao ABP tomando-se novamenteATP e novamente assumindo o papel deenergia, pronto para ser utilizado novamentesegundo o processo acima.
  27. 27. As enfermidades ou mau funcionamento doorganismo, como se este estivesse fraco paraagir, se dará devido à falta de energia celularque por sua vez afetará em efeito dominó todoo organismo, e como há uma ligação direta doórgão com o cérebro, qualquer distúrbio celularou tecidual será comunicado ao cérebro, queiniciará o processo de stress nervoso, enviandoas descargas elétricas nas terminaçõesnervosas correspondentes nos pés.A fisiologia da REFLEXOLOGIA explica quefazendo o trabalho inverso ou seja,pressionando as terminações nervosas, estasenviarão estímulos nervosos ao cérebro que,por sua vez, estimulará o órgão como que osacudindo para que funcione bem e absorva osnutrientes que por ali estiverem, bem como oATP. Porém às vezes a patogeníase pode nãoestar ligada diretamente ao órgão. Pode ser umproblema ligado diretamente ao ATP, como porexemplo, deficiências respiratórias ounutricionais, mau metabolismo do cálcio oudesequilíbrio hormonal, além de agressõesexternas, tanto físicas como emocionais.Nestes casos precisamos estimular asglândulas e aparelhos como um todo paracorrigir outras deficiências, às vezes nãoligadas diretamente à patologia. Outras causaspodem ser: um distúrbio do próprio Sistema decomunicação no caso o sistema nervoso, ou
  28. 28. um problema ligado diretamente com acirculação sangüínea; nestes casos tambémdevemos estimular estes sistemas através dosmesmos estímulos.Por isso a importância de uma boa avaliaçãoprévia do paciente, se possível até com umdiagnóstico clínico, para vermos até que pontohá uma lesão reversível ou irreversível. Assimatravés destes estímulos nociceptivos enervosos podemos fazer com que todo oorganismo tenha força própria para lutar evencer suas próprias enfermidades e passar afuncionar o mais próximo da perfeição possível.Resumindo: O ATP é a forma de energianutridora que percorre cada célula do nossocorpo. É formada de Carbono, Hidrogênio,Oxigênio e Fósforo, que são retiradosdiretamente da respiração e da digestão. OATP exerce uma influência direta namitocôndria da célula, fazendo com queesta tenha energia para trabalhar, como sefosse a indústria da célula. Porém para queo ATP chegue ao seu destino existemalguns caminhos a percorrer. Há anecessidade de certos quesitos a fim doATP desempenhar o seu papel para amanutenção da saúde.

×