WALTER PINHEIRO BARBOSA JUNIOR
walter_natal@hotmail.com
outubro/2010
OFICINA
CADERNO 3 E 6
Autor: Lauro Wittmann
P
ENCONTR...
Principiando...
•A palavra autêntica como referência para o
nosso diálogo (não queira mudar meu verso);
•O Lugar não é só ...
Referencias para navegar em uma
terceira margem.
 Menino para onde vai a estrada?
 Quando a ida, parece mais distante qu...
Concepção de escolarização
O encarcerar
A carteira
A foto 3X4
A razão do estudo – nota;
Raiz: esquecimento do
ser-aí.
Concepção de escolarização
 O princípio é o esquecimento de si, do outro e do lugar;
 O sujeito estuda o mundo, não seu ...
Contrato de Professoras em 1923
 Este é um acordo entre a senhorita ........... mestra, e o
Conselho de Educação da Escol...
Ninguém pode permanecer em si: a humanidade
do Ser-aí, é uma responsabilidade pelos outros
Metáfora educacional: Beijo na ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

ENCONTRO DE FORMAÇÃO DOS CONSELHEIROS

379

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
379
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

ENCONTRO DE FORMAÇÃO DOS CONSELHEIROS

  1. 1. WALTER PINHEIRO BARBOSA JUNIOR walter_natal@hotmail.com outubro/2010 OFICINA CADERNO 3 E 6 Autor: Lauro Wittmann P ENCONTRO DE FORMAÇÃO DOS CONSELHEIROS
  2. 2. Principiando... •A palavra autêntica como referência para o nosso diálogo (não queira mudar meu verso); •O Lugar não é só um espaço físico. Não o lugar que ocupo no CE, mas o lugar que o CE ocupa em mim. (chuva que floresce)
  3. 3. Referencias para navegar em uma terceira margem.  Menino para onde vai a estrada?  Quando a ida, parece mais distante que a volta (Maceió)  Se as pedras do mundo acabar o mundo se acaba? (pronuncia da palavra autêntica);
  4. 4. Concepção de escolarização O encarcerar A carteira A foto 3X4 A razão do estudo – nota; Raiz: esquecimento do ser-aí.
  5. 5. Concepção de escolarização  O princípio é o esquecimento de si, do outro e do lugar;  O sujeito estuda o mundo, não seu mundo;  O sujeito sabe do mundo e desconhece o lugar onde mora;  Os saberes são conteúdos estranhos as demandas das comunidades (saberes sagrados da tribo);  O processo é vivenciado sem totalidade (atividades que separam, disciplinas que não se articulam, anos que não se relacionam) e sem objetivação para uma vida toda;  Não há pessoas, mas coisas em um processo que os aparta cada vez mais de si mesmo;  A gestão é baseada na conservação de um modelo secular de escola sem se submeter essa mentalidade a uma análise política do seu sentido;
  6. 6. Contrato de Professoras em 1923  Este é um acordo entre a senhorita ........... mestra, e o Conselho de Educação da Escola ........... pelo qual a senhorita ........... acorda em lecionar em classes durante um período de oito meses a partir de ............. septiembro de 1923. O Conselho de Educação acorda pagar à senhorita .............. a quantia de (*75) mensais. A senhorita ................. concorda: 1.- Não casar-se. Este contrato será automáticamente anulado e sem efeito se a professora se casar. 2.- Não andar em companhia de homens. . 3.- Estar em sua casa entre às 8 da noite e às 6 da manhã, a menos que seja para atender função escolar. 4.- Não passear por sorveterias do centro da cidade. 5.- Não abandonar a cidade sob nenhum motivo sem permissão do presidente do Conselho de Delegados.
  7. 7. Ninguém pode permanecer em si: a humanidade do Ser-aí, é uma responsabilidade pelos outros Metáfora educacional: Beijo na boca
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×