Projeto Horta

9,873 views

Published on

A fim de possibilitar ações pedagógicas integradas as mídias, a horta escolar visa conforme Neves (2006) afirma, “permitir práticas em equipe explorando a multiplicidade das formas de aprender”. Desta forma os alunos se sentirão motivados a darem continuidade ao projeto. O uso das TIC’s (Tecnologias de Informação e Comunicação) como fonte de observação, pesquisa e relato são fontes fundamentais para o desenvolvimento e divulgação do projeto “Horta Escolar”. Com o plantio da horta, espera-se que o educando leve para o seu dia-a-dia a experiência adquirida na prática e passe agir de forma correta e significativa no ambiente em que vive.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
9,873
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
153
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto Horta

  1. 1. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VEREADORA ILMA ALVES DA COSTA HORTA ESCOLAR CASSILÂNDIA/MS 2011
  2. 2. INTRODUÇÃO <ul><li>O Centro Municipal de Educação Vereadora Ilma Alves da Costa de Cassilândia – Mato Grosso do Sul é voltado principalmente para atendimento de alunos da área rural, estes estudantes, em sua maioria são carentes, tanto em relação a suas moradias quanto a sua alimentação. Não há na escola atividades práticas voltadas para estes alunos em relação as suas vivências diárias no meio rural. Baseada nesta realidade propõe-se a implantação de uma “Horta Escolar”. </li></ul>
  3. 3. JUSTIFICATIVA <ul><li>A fim de possibilitar ações pedagógicas integradas as mídias, a horta escolar visa conforme Neves (2006) afirma, “permitir práticas em equipe explorando a multiplicidade das formas de aprender”. Desta forma os alunos se sentirão motivados a darem continuidade ao projeto. O uso das TIC’s (Tecnologias de Informação e Comunicação) como fonte de observação, pesquisa e relato são fontes fundamentais para o desenvolvimento e divulgação do projeto “Horta Escolar”. Com o plantio da horta, espera-se que o educando leve para o seu dia-a-dia a experiência adquirida na prática e passe agir de forma correta e significativa no ambiente em que vive. </li></ul>
  4. 4. OBJETIVO GERAL <ul><li>Elaborar e manter uma horta escolar e para isto fazer uso das TIC’s. </li></ul>
  5. 5. OBJETIVOS ESPECÍFICOS <ul><li>Valorizar o trabalho e a cultura do campo; </li></ul><ul><li>Estabelecer relações entre a instalação e manejo da horta com conteúdos curriculares como: solo, água, plantas, adubação, alimentação, nutrição, produção textual, entre outros; </li></ul><ul><li>Orientar os alunos quanto ao valor nutricional das hortaliças, formas de consumo e aproveitamento, combate ao desperdício, noções de higiene e qualidade dos alimentos; </li></ul><ul><li>Auxiliar na composição alimentar dos lanches, realizados na cantina da escola; </li></ul><ul><li>Buscar informações sobre técnicas de produção em artigos de sites da internet, revistas e jornais; </li></ul><ul><li>Construir um blog sobre o “Projeto Horta Escolar”; </li></ul><ul><li>Elaborar vídeos e hipertextos sobre a construção de uma horta e alimentação saudável para serem apresentados a comunidade escolar no data-show durante a Mostra Cultural e posteriormente postados no blog; </li></ul><ul><li>Confeccionar uma cartilha sobre hábitos alimentares saudáveis para ser entregue aos visitantes da Mostra Cultural. </li></ul>
  6. 6. METODOLOGIA <ul><li>O projeto será desenvolvido com os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, nas disciplinas de Práticas Agropecuárias e Ciências. Serão trabalhados conteúdos curriculares como: solo, água, plantas, adubação, alimentação, nutrição, produção textual, entre outros. </li></ul><ul><li>O professor de Práticas Agropecuárias da escola e também técnico agrícola fará um levantamento de todo o material que deve ser adquirido para a implantação da horta, que serão comprados pela escola. </li></ul><ul><li>Os alunos pesquisarão na internet, revistas e jornais sobre os cuidados e manejo da horta, também poderão trazer esterco, sementes e mudas. Com a coordenação do professor de práticas agropecuárias e da professora de ciências construirão e farão o manejo de uma horta nos fundos da escola. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Eles receberão palestras da bióloga das Linhas de Transmissão do Itatim sobre alimentação equilibrada, com a elaboração de pratos saudáveis pelas cozinheiras da escola. Receberão receitas simples com partes antes não utilizadas de frutas e verduras. </li></ul><ul><li>Sob a orientação da professora de ciências e também professora da sala de tecnologias, vão inserir as TIC’s em seus trabalhos, criando vídeos temáticos sobre a importância da construção de uma horta, cuidados do solo e alimentação equilibrada. </li></ul><ul><li>Também será desenvolvido um trabalho com hipertextos criando links nos termos desconhecidos para os alunos. Paralelamente será criado um blog para postar todas as atividades desenvolvidas pelos alunos no Projeto Horta Escolar. </li></ul><ul><li>Os alunos deverão confeccionar uma cartilha sobre hábitos alimentares saudáveis para ser entregue aos visitantes da Mostra Cultural. Todo o trabalho desenvolvido será apresentado na mesma mostra. </li></ul>
  8. 8. MÍDIAS ENVOLVIDAS NO PROJETO DIDÁTICO <ul><li>Internet : Rede de Computadores que permite a ligação entre computadores de todo o mundo. A internet trouxe novas oportunidades para a escrita, já que se pode pesquisar em várias fontes diferentes quando acessada. </li></ul><ul><li>Mídias impressas (Revistas, jornais e cartilha): As mídias impressas têm uma importância tremenda nas nossas vidas, pois registram de forma “permanente” artigos, documentos que precisam servir como apoio a pesquisas e estudos. </li></ul><ul><li>Vídeos : Conforme Moran (1995), vídeo significa também “uma forma de contar multilingüística, de superposição de códigos e significações, predominantemente audiovisuais, mais próxima da sensibilidade e prática do homem urbano”. A produção em vídeo é significativa neste projeto, pois os alunos estarão construindo e registrando seus trabalhos, desta forma se sentirão mais envolvidos nas atividades. </li></ul><ul><li>Hipertextos : O hipertexto é subversivo, revolucionário, permite que o leitor se torne também autor, ao inserir sons, gravuras e links ele está participando da produção do texto. Isto favorece e facilita que o leitor, enquanto “interage” com o texto, aprenda a acrescentar o que ele considera interessante, fazendo agora parte daquele texto. </li></ul><ul><li>Blog : Segundo Marinho (2007), blog é “a denominação atual para aquilo que foi chamado de weblog, um termo que teria sido cunhado em 1997. Weblog veio de web + log. Log representa um registro; web diz respeito à teia que é a Internet. Em síntese, seria uma forma de fazer registro na Internet.” A vantagem de usar o blog é pela facilidade de construção e edição, na internet, dos registros de todo o processo de desenvolvimento do projeto didático. </li></ul>
  9. 9. CONCEPÇÃO DE ENSINO/APRENDIZAGEM <ul><li>Concepção construtivista </li></ul><ul><li>A abordagem cognitivista, em especial a teoria construtivista de Jean Piaget, defende que a inteligência é adaptação, que resulta da assimilação e acomodação. Segundo Silva (1998), o construtivismo de Piaget, defende que “o conhecimento se constrói pouco a pouco, à medida em que as estruturas mentais e cognitivas se organizam, de acordo com os estágios de desenvolvimento da inteligência”. Isso justifica as mudanças quantitativas e qualitativas do crescimento intelectual do indivíduo. </li></ul><ul><li>Ao desenvolvermos nossa prática pedagógica por meio de projetos, trabalhamos com o construtivismo, pois o processo de ensino-aprendizagem, partindo de uma “situação-problema”, faz com que o aluno analise os dados e esteja assim construindo seu conhecimento através da sistematização do que aprendeu. </li></ul>
  10. 10. AVALIAÇÃO <ul><li>Em todas as atividades desenvolvidas serão avaliados o comprometimento e participação do corpo discente, por meio de relatórios. Se for demonstrada no decorrer do projeto mudança de hábitos alimentares e compreensão da importância da conservação do meio ambiente será considerado satisfatório o seu desempenho. </li></ul><ul><li>Também será avaliada a melhora ou não na aprendizagem, bem como as atividades com as mídias: pesquisas, hipertextos, vídeos, cartilha informativa e o blog. </li></ul>
  11. 11. CRONOGRAMA
  12. 12. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>Manual para elaboração de trabalhos técnico e científicos de acordo com as </li></ul><ul><li>normas vigentes da ABNT / [organização: Jacira Helena do Valle Pereira, </li></ul><ul><li>Jucimara Silva Rojas, Margarita Gonzalez Rodriguez]. -- Campo Grande, </li></ul><ul><li>MS, 2011. </li></ul><ul><li>MARINHO, Simão Pedro P. Blog na Educação e Manual Básico do Blogger . 3ªedição. 2007. Disponível em: <http://www.scribd.com/doc/2214260/Blog-na-educacao>. Acesso em: 17 jul. 2011. </li></ul><ul><li>MORAN, José Manuel. O vídeo na sala de aula. Revista Comunicação e Educação . São Paulo, ECA-Ed. Moderna, [2]:, jan./abr. de 1995, p. 27 a 35. Disponível em: <http://www.eca.usp.br/prof/moran/vidsal.htm>. Acesso em: 17 jul. 2011. </li></ul><ul><li>NEVES, Maria Inês Soares Costa. Projeto Horta Escolar . 2006. Disponível em: <www.sme.pmmc.com.br/arquivos/ambiental/ horta .doc>. Acesso em: 09 jul. 2011. </li></ul><ul><li>SILVA, Cassandra Ribeiro de Oliveira e. Bases Pedagógicas e Ergonômicas para Concepção e Avaliação de Produtos Educacionais Informatizados . 1998. Disponível em: <http://www.eps.ufsc.br/disserta98/ribeiro/cap2.html>. Acesso em: 26 maio 2011. </li></ul>
  13. 13. Fotos do PEA Horta Escolar do dia 07/07/11 <ul><li>Está sendo desenvolvido no CMEIC o Projeto de Educação Ambiental (PEA) Horta Escolar. Na primeria etapa a bióloga Larissa Hofman, das Linhas de Transmissão do Itatim, em parceria com a professora de Ciências Naira Patrícia e o professor de Práticas Agropecuárias Keric Alves, juntamente com os alunos do 6º Ano &quot;A&quot;, fizeram os primeiros canteiros com plantas medicinais e hortaliças trazidas pelos próprios alunos. </li></ul>
  14. 14. Alunos durante o aterro na horta.
  15. 15. Foram usadas garrafas PET para construir ferramentas.
  16. 16. Profissionais envolvidos no projeto.
  17. 17. Canteiro da horta pronto.
  18. 18. Aguardem...

×